Você sabia que o Growroom presta consultoria jurídica grátis para cultivadores com problemas legais?

Em uma sociedade recheada de preconceitos, não será por acaso que muitas pessoas ao lerem este título, presumam de antemão, que o Growroom defende traficantes. Não se trata disso, muito pelo contrário.

Como proteger o cidadão que não quer financiar o tráfico e resolve cultivar cannabis para consumo próprio em sua residência? Ou pais que plantam para fabricarem remédios para seus filhos? Qual o malefício que esses cidadãos causam à sociedade? E quando a justiça incrimina uma pessoa que queria diminuir as consequências da guerra às drogas e acaba sendo enquadrada como traficante?

Pensando nisso, nosso fórum uniu esforços para ajudar os cultivadores do Brasil e criou a Consultoria Jurídica do Growroom (CJGR). Afinal, é uma grande injustiça que alguém que plante para consumo próprio seja considerado traficante.

A CJGR é uma rede que conta atualmente com 4 advogados que lutam por você, grower que cultiva para consumo próprio e está enfrentando problemas na justiça. Além disso, o fórum do Growroom conta com um time de consultores jurídicos que está disponível para sanar suas dúvidas à respeito das leis brasileiras.

Como a CJGR funciona? 

Apesar de nunca ter sido lançado oficialmente, desde 2010 oferecemos gratuitamente uma assistência jurídica em diversos casos, principalmente quando um cultivador é enquadrado como traficante pela justiça.

Caso você seja intimado pela justiça, envie um e-mail para sos@growroom.net. Nós analisaremos seu caso e orientaremos como proceder. Por uma questão de ética profissional, caso você já possua um advogado, pedimos para que o mesmo entre em contato.

A CJGR recebe pedidos diariamente, já foram mais de 2000 e-mails desde a sua criação. São casos do Brasil inteiro, growers de norte a sul do país, que aconselhamos como deve agir durante o depoimento e ficamos à disposição se o caso virar um processo criminal.

É importante salientar que a CJGR defende apenas pessoas que cultivam para uso próprio e não cobramos nada por isso. Fazemos a defesa sem cobrar honorários, por entender que é uma grande injustiça ser considerado traficante quem cultiva para consumo próprio.

A CJGR também faz parte da REFORMA (Rede Jurídica pela Reforma da Política de Drogas), uma instituição que luta pelos direitos dos usuários que foram afetados de alguma forma pela política de drogas em geral, funcionando na mesma linha.

Importante: Recebemos casos diariamente, por tanto, pedimos que você apenas nos escreva se o seu caso for de urgência. Muitas dúvidas podem ser esclarecidas no fórum do Growroom na parte de Seguraça e Leis.