Vaporizar x fumar: veja o que fazer!

Então você chegou naquele momento em que decide dar uma chance para um vaporizador de ervas, seja porque quer dar uma aliviada nos pulmões, reduzindo os danos e toxinas sem abrir mão de curtir suas ervas, ou porque está achando uma onda legal essa história de vape. Afinal, como escolher entre vaporizar ou fumar?

Realmente os benefícios de um vaporizador são inúmeros, principalmente quando comparado ao cigarro tradicional. Uma vez que você já fez sua cabeça de que vai testar um vaporizador de ervas, você vai começar a descobrir diversos benefícios, e agora mais alguns que ninguém te conta, mas vamos falar por aqui.

Logo de cara, suas roupas não terão mais aquele cheiro de cinzeiro ambulante. A sua mochila não vai exalar marofa de longe e seus dedos não vão te entregar assim tão descaradamente.

Vaporizar ou fumar? Como mudar de hábitos?

Como qualquer um que já tentou, temos que admitir que parar de fumar não é assim tão simples, é um habito gostoso, e enrolar aquele baseado chega a ser um ritual. A principal coisa a considerar é que a transição é gradual, não é do dia para a noite que você irá resolver nunca mais pegar num cigarro, mesmo porque alternar entre um vape e um baseado pode ser o suficiente para você.

Ao longo do tempo você começa a perceber o quão suave é o vapor na garganta versus a fumaça do cigarro e como o sabor da erva muda quando não é queimada pelo fogo. Você começa a identificar as notas puras da erva e a sensação mais suave também começa a agradar.

Fumar um baseado ou consumir em um vaporizador – Vape Mig Vap

Muitas vezes, um vaporizador de ervas pode ser apenas uma alternativa para curtir a cannabis sem stress em locais públicos ou de uma maneira mais prática para a correria do dia a dia.

O que você irá perceber é que com um vaporizador a sua erva rende muito mais, você irá usar uma quantidade menor para uma sessão. Não é só o fato da eficiência e do melhor consumo da erva, mas também a extração de seus princípios ativos faz do vaporizador uma boa escolha.

Ao queimar a maconha, a maior parte dos princípios ativos são perdidos, enquanto ao vaporizar na temperatura correta, você tira mais proveito disso. Em outras palavras, com um vaporizador a mesma quantidade de erva vai gerar muito mais efeito e durar muito mais. Entendeu porque entre vaporizar x fumar, a vaporização é bem mais vantajosa?

Qual vape escolher?

Bom, você já entende as diferenças de vaporizar ou fumar, mas e o próximo passo? Você vai gastar um bom tempo até escolher o vaporizador de ervas ideal para começar. No início, apesar de dar aquela vontade de ter os melhores, os mais indicados não são os mais caros, mas aqueles que vão cumprir com sua tarefa de te mostrar as possibilidades de vaporizar.

Lembre-se de colocar na conta o quanto você gasta de erva e seda hoje, pois a seda você vai eliminar e a erva você vai economizar, então esse valor pode ser convertido em um aumento de quanto você pode gastar com seu primeiro vaporizador.

Um vape ideal é aquele que faça com que você consiga testar as experiências ao variar de temperatura, que você consiga sentir a pureza e suavidade de um vapor puro, livre de toxinas e do gosto da combustão.

Uma das coisas que você deve considerar é a durabilidade do vaporizador e quanto você está disposto a investir, lembrando que o custo do vape se dilui a longo prazo e que é algo que você provavelmente irá utilizar diariamente.

Podemos te dar mil dicas sobre escolher um vaporizador com a câmara em cerâmica, fluxo de ar isolado, de preferência em vidro, visor digital e etc, mas você deve escolher o modelo que entende que é o certo para você e seu bolso, principalmente no começo.

Vaporizadores portáteis e vaporizadores de mesa

Os vaporizadores também são encontrados em diferentes modelos: existem os portáteis, que como o nome diz podem ser levados para qualquer lugar. E também os vaporizadores de mesa, que são utilizados fixos em algum lugar. Esses modelos são maiores e mais recomendados para uso doméstico ou em festas e eventos.

Vaporizadores portáteis e de mesa – Créditos VapeFuse

Modelos para vaporizar

Existem diversas marcas de vaporizadores de ervas e cada uma delas com vários modelos tão diferentes e tão completos que fica difícil escolher um só. As marcas mais reconhecidas e de melhor reputação no mercado são DaVinci, Storz&Bickel, Arizer e Pax.

Existem também vaporizadores de ervas excelentes para o dia a dia com um ótimo custo-benefício para quem está começando, como o Black Widow, Penguin, ou mesmo os Grenco, que entregam o básico de vaporização, que é o sabor puro da erva e o vapor que não agride a garganta e pulmões como um cigarro.

Há também o Linx Gaia, um vaporizador que vem ganhando muito espaço pela qualidade dos componentes e custo benefício, ficando numa faixa de preço intermediária.

O número 1 do mercado é o vaporizador de ervas Mighty, campeão de potência e qualidade. Na linha de vaporizadores mais potentes, para quem não quer saber de reduzir consumo e quer extrair o máximo dos princípios ativos da erva, criando aquelas nuvens massivas para todo mundo ver, o Mighty é o melhor.

Se liga nesse review que fizemos:

Escolhi, e agora?

A primeira coisa que você precisa fazer com o seu vaporizador é ajustar a quantidade de erva ao que você considera necessária. A razão pela qual isso é tão importante é que, se você não escolher o nível adequado de erva, pode ficar chapado além do costume, uma vez que está consumindo aquele material puro e extraindo seus princípios ativos com mais intensidade do que um cigarro. Mas o ideal é sempre respeitar o limite da câmara do vape, não passando e nem colocando a menos.

Pode demorar um pouco para pegar o jeito de usar o seu vaporizador, mas como tudo na vida, com a prática vem a perfeição. E a mágica de um vaporizador é que com ele você

testa diversas experiências, regula a quantidade de vapor, a intensidade da sessão, se quer mais sabor ou mais vapor, se quer ficar muito chapado ou dar um pega de leve.

Controle de temperatura do Vaporizador. Pode ser em ºF ou Cº

O vaporizador de ervas te dá inúmeras alternativas além de um simples cigarro, você consegue misturar outros materiais para dar diferentes notas e sabores, além de diversos acessórios para dar aquela turbinada no vapor.

E a roda de amigos?

Muitas pessoas se preocupam com a roda de amigos quando pensam na ideia de um vaporizar vs. fumar. Isso não vai mudar, estando com um vaporizador ou não. Existem vapes que você troca a capa do bocal pra dividir a sessão com mais pessoas, assim como existem os vaporizadores de mesa, que te permitem um vapor muito maior e potente.

Porém, no final, um vaporizador vai ser aquele seu companheiro solitário, que vai te dar o que você precisa, no momento que você precisa, sem se preocupar com danos ou com o cheiro que fica ao redor.

E aí, curtiu saber mais sobre a diferença entre vaporizar e fumar? Pra continuar lendo mais conteúdos como esse, continue acompanhando o Growroom!