Obama "foge" de pergunta sobre maconha medicial

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, saiu pela culatra ao ser perguntado sobre a legalização da cannabis medicinal durante uma visita a Cannon Falls, no estado de Minessota. Obama – que faz uma cruzada pelo país, em busca de retomar a confiança dos eleitores – se desvencilhou da pergunta certeira: “se você não pode legalizar a maconha, porque não legaliza a maconha medicinal, para ajudar aqueles que precisam?”.

“Vários estados estão tomando decisões sobre a maconha medicinal”, disse o presidente. “Como uma substância controlada, a emissão é prescrita pelo doutor, ao contrário de… você sabe, bem, vou deixar isso por aqui”, brincou. Apesar da declaração parcialmente favorável à regulamentação da cannabis, Obama se mostrou desconcertado com a questão. Gaguejou, foi evasivo, e não respondeu a pergunta da mulher.

O presidente mudou de assunto rapidamente, e começou a falar sobre o sistema de saúde implementado por ele, chamado Affordable Care Act e apelidados pelos críticos de “Obamacare”. Sobre a brincadeira, Obama rebateu seus opositores e disse: “eu não tenho problema com os camaradas dizendo que o Obama cuida. Eu cuido mesmo”, diz ele.

Aos usuários de cannabis mundo afora, fica a pergunta: por que não cuidar, então, da regulamentação federal de uma planta tão necessária na vida de milhares de pessoas, a exemplo de estados como a Califórnia, Colorado e Nova Jersey?

Assista ao vídeo!