Marcha da Maconha de Fortaleza 2013

Por José Pinheiro Junior

“Não é mole não… A Beira Mar parou pela legalização!”

Hoje, 4.000 pessoas saíram às ruas de Fortaleza para realizar mais uma edição da Marcha da Maconha!
Além da defesa da legalização da maconha, a Marcha teve hoje como principais bandeiras, o repúdio à condenação do Ras Geraldinho e ao PL 7663 do Dep. Osmar Terra que prevê a internação compulsória de usuários de drogas em comunidades terapêuticas religiosas.

A Marcha também pediu agilidade no julgamento do RE 635659 que tramita no STF e que pode descriminalizar o usuário de drogas no Brasil.

A Marcha seguiu em ritmo de festa com apresentações de vários MCs locais, músicas canábicas regionais e também apresentação do grupo de percussão Tambores de Safo.

Foram puxadas palavras de ordem como…
“Dilma Rousseff… Legalize o beck!”
“Ah, que papelão… Igreja roubando e o Ras tá na prisão!”

A Marcha da Maconha contou ainda com um concurso de fantasias que premiou um bong para a fantasia eleita como a mais criativa. E o ganhador foi o “Macaconheiro” que além de ter ido fantasiado ainda fez performances que divertiram à todos durante a marcha!

A polícia divulgou através da imprensa local que 300 pessoas participaram da Marcha da Maconha em Fortaleza. Mas as fotos falam por sí próprias…

Conclusão: A marcha é dos maconheiros, mas foi a polícia que ficou doidona…
Com um número maior de manifestantes a cada ano, em Fortaleza e no resto do Brasil, as marchas e a luta pela legalização da maconha tem ficado cada vez mais consolidadas em nossa sociedade.
Apesar das marchas estarem mais lotadas à cada ano, ainda existem muitos maconheiros que não saíram do armário. Dentre eles, muitos parlamentares, juízes, policiais, médicos que infelizmente ainda se escondem atrás da cortina de fumaça que é a proibição das drogas.
Hoje ainda somos alguns milhares, mas um dia seremos milhões na Marcha da Maconha.
Aí quero ver quem nos segura!