Rabinos proíbem maconha na Páscoa judaica

Durante o feriado judeu da Pessach, alimentos não-kosher como feijão, lentilha e pães fermentados são proibidos. Este ano, um item em específico na lista de proibições dos rabinos causou estranheza: a maconha.

Até mesmo o partido que tem como plataforma a liberalização da cannabis em Israel está de acordo com o veto no feriado, mas há quem o considere uma faca de dois gumes. Pois, se a maconha é proibida durante a Pessach, supõe-se que ela seja permitida durante o resto do ano.

A Pessach, que quer dizer “passagem” e também é conhecida como Páscoa judaica, representa a libertação do povo de Israel no Egito. As festividades começam no pôr-do-sol de segunda-feira e se estendem por uma semana. A tradição judaica manda comer um pão não-fermentado chamado matzá.

Veja o vídeo na TV Terra

Conheça a Semana do Grower!