Maconha broxa? Impotência sexual e Cannabis

Eu acho que sei o que você provavelmente deve estar pensando. Que maconha não broxa nada e que transar chapado com a pessoa que a gente gosta ou que simplesmente vamos ter uma relação sexual é bem melhor.  Muita gente tem essa opinião. Tanto usuários que acreditam que com maconha até o sexo melhora, quanto também quem não faz consumo frequente, mas curtiu a brisa da erva no sexo. Mas será que maconha broxa também?

Pesquisas e estudos estão tentando responder essa pergunta. Isso porque embora muitos associem a Cannabis aos efeitos relaxantes, muitos usuários relatam aumento no apetite sexual sob efeitos da planta, ou seja, aumento da libido. Inclusive casais que fumam juntos costumam relatar uma vida sexual melhor e mais ativa.

Porém, em outros casos, a maconha pode estar relacionado com a infertilidade masculina e até mesmo à impotência sexual, embora não se tenha um resultado concreto. A verdade é que ainda há muito o que se descobrir sobre essa relação, mas dá para se ter uma ideia se maconha broxa ou não.

Maconha e sexo

Responder a pergunta se maconha brocha ou prejudica o desempenho sexual não é tão simples, pois assim como os efeitos podem ser diferentes em cada usuário, quando se estuda a relação dela com o sexo também é necessário levar em consideração questões psicológicas, sociais, e principalmente biológicas. Nenhum indivíduo é igual, e por isso um resultado sobre o assunto pode variar, que é o que vem ocorrendo em diversas pesquisas.

O que se sabe com certeza, e que não é nenhuma novidade, é que os aspectos negativos costumam aparecer mais frequentemente quando há um consumo excessivo da planta, assim como acontece com o abuso de qualquer substância. O segredo pode estar nas pequenas doses de consumo para não ter nenhum problema, seja de impotência sexual ou de outras coisas.

Sexo e maconha têm uma relação próxima – Créditos: Alternative Daily

Infertilidade e alterações no DNA

Um dos mais recentes estudos sobre o tema foi o publicado na revista Epigenetics e realizado pela equipe da Duke University Medical Center. Os pesquisadores descobriram que o uso de maconha e, em particular, seu componente psicoativo, o THC, é capaz de promover alterações epigenéticas nos espermatozóides. É como se a Cannabis pudesse afetar no desenvolvimento de espermas, e inclusive torná-los mais preguiçosos ou até mesmo confusos, não atingindo o óvulo.

Além disso, os estudos mostrar uma quantidade menor de espermas nos usuários crônicos da planta. Tudo isso pode colaborar com uma infertilidade em alguns casos. “O que descobrimos é que os efeitos do uso de cannabis nos homens e sua saúde reprodutiva não são completamente nulos, pois há algo sobre o uso de cannabis que afeta o perfil genético dos espermatozóides”, disse o Dr. Scott Kollins, um dos responsáveis pela pesquisa.

Impotência sexual: afinal, maconha broxa?

Infertilidade não tem nada a ver com disfunção erétil/impotência sexual, a famosa brochada. Uma coisa é não poder ter filhos, outra é não conseguir uma ereção, também conhecida como impotência sexual que atinge muitos homens, embora muitos tenham vergonha de falar sobre isso. Mas um dia acontece com todos, resta saber se a maconha pode vir a ter culpa disso ou não em algum momento.

A verdade é que ainda não é possível responder a pergunta com clareza porque não há evidências suficientes para definir se maconha broxa ou não. Segundo estudos, a maconha pode causar euforia, depois sonolência e um tempo de reação mais lento que podem sim acabar diminuindo o apetite sexual. Porém, por quase sempre ser utilizada em locais privados e íntimos, ela acaba sendo praticamente um afrodisíaco, especialmente quando compartilhada na hora do sexo.

Não é possível responder se maconha broxa, pois faltam estudos e pesquisas – Créditos: HuffPost

Mas isso não quer dizer que ela sempre vai dar tesão. E nem mesmo que um dia irá brochar. Tudo depende do consumo, e de outros fatores. Os receptores canabinóides estão presentes no tecido muscular liso do orgão reprodutor masculino, e pode sim alterar sua função. Para melhor, ou para pior. Tudo depende de cada indivíduo, momento, e quantidade de consumo de THC.

Lubrificante de maconha

Sucesso entre a mulherada, o lubrificante de maconha já foi assunto aqui no Growroom, inclusive com uma receita para fazer o próprio lubrificante. Usuárias relatam até mesmo orgasmos mais longos ao aplicar o creme na região da vagina. Isso ocorre porque, resumidamente, o THC e o CBD cumprem suas funções só que no corpo, e não de forma ingerida. O THC aumenta o fluxo sanguíneo, o que aumenta a lubrificação, e CBD ajuda a relaxar o tecido muscular deixando tudo mais excitante e melhor.

Pesquisas irão revelar influência da maconha no sexo

Assim como segue o mistério sobre o papel de diversas substâncias que compõem a maconha, ou em quais e quantas doenças ela pode ajudar, o mesmo segue com a relação entre Cannabis e sexo e com a dúvida se maconha broxa. Faltam estudos e pesquisas suficientes para responder isso, e provavelmente só o futuro conseguirá responder com certeza esses questionamentos. Enquanto isso não acontece, o bom é ir com calma na dosagem.

Maconha e sexo. Um assunto que ainda vai ser muito debatido – Créditos: Merry Jane