Fazendas de maconha triplicam na Grã-Bretanha

O número de fazendas de maconha encontradas pela polícia britânica triplicou nos últimos dois anos, segundo um relatório da organização não-governamental DrugScope. De acordo com a ONG britânica, 1,5 mil fazendas de maconha foram descobertas apenas em Londres nos últimos dois anos, comparadas com as 500 descobertas nos dois anos anteriores.

A revista da organização, Druglink, divulgou que mais de 60% da maconha vendida na Grã-Bretanha é cultivada localmente, em comparação ao índice de 11% registrado há dez anos. A organização afirma que análises das buscas da polícia mostraram que mais de 75% das fazendas eram mantidas por quadrilhas vietnamitas.

Nos últimos 12 meses, as fazendas administradas por quadrilhas vietnamitas foram encontradas em Londres, Birmingham, Yorkshire e no sul do País de Gales, entre outras regiões da Grã-Bretanha, segundo a DrugScope.

Residências
Cerca de 400 plantas são recuperadas em média em uma busca da polícia, enquanto oficiais continuam a invadir fazendas em propriedades residenciais e comerciais. Martin Barnes, da DrugScope, afirmou que muitas das fazendas foram estabelecidas em propriedades residenciais vazias.
“Em algumas ocasiões, devido ao envolvimento (do narcotráfico) com o tráfico de pessoas, alguém pode ser incumbido de cuidar da propriedade”, disse Barnes à BBC. “Encontramos casos em que vizinhos relataram a existência destas plantas, pois ladrões invadiram as casas, acidentalmente encontraram e maconha e foram vistos fugindo com ela”, acrescentou.

Fonte: Terra