Ex-presidente mexicano Vicente Fox irá liderar simpósio internacional sobre drogas

O ex-presidente do México, Vicente Fox, confirmou que vai liderar o Primeiro Simpósio Internacional sobre a Legalização da Maconha para Uso Médico nos dias 18 a 20 de julho, no estado mexicano de Guanajuato.

Em conferência de imprensa realizada em San Francisco, o ex-presidente estava acompanhado do fundador e presidente da empresa Diego Pellicer, Jamen Shively, que disse que o simpósio será realizado no Centro de Fox que ele administra.

Shively será responsável pela abertura do simpósio, que contará com a participação de 20 especialistas, 10 dos Estados Unidos e 10 doMéxico. Eles discutirão o atual cenário da legalização da maconha nos estados de Colorado e Washington. O ex-ministro das Relações Exteriores mexicano, Jorge Castañeda, coordenará uma conferência com especialistas sobre a situação da legalização da maconha no México.

Na sexta-feira, 19 de julho, conferência contará com o simpósio “Mudando o paradigma, do crime e da violência à legalização e harmonia”, que será coordenada pelo ex-presidente Fox, e que irá se referir à mudança de emprego do crime organizado para a criação de empregos legais de qualidade. O escritor Hector Aguilar Camin falará no mesmo dia sobre “As experiências globais no processo de legalização das drogas.”

Em 20 de julho, será abordado  “O problema das drogas nas Américas”, bem como propostas legislativas que têm sido discutidas na Colômbia, Chile, Guatemala e Uruguai.

Logo, “O uso medicinal da maconha no tratamento de câncer e outras doenças”, será moderado por Julio Frenk Mora.

Para terminar o evento, conclusões do ex-presidente Fox e Jamen empresário Shively.