EUA rejeitam uso medicinal da maconha

Decisão do FDA contraria parecer do Instituto de Medicina dos EUA
O FDA, o órgão do governo americano que controla alimentos e remédios, rejeitou nesta sexta-feira a possibilidade de uso medicinal da maconha.

De acordo com a entidade, estudos científicos e testes em humanos e animais não comprovaram a eficiência do uso terapêutico da maconha.

A decisão do FDA contraria o parecer do Instituto de Medicina norte-americano, que em 1999 tinha defendido o uso de componentes ativos da droga em diversos tratamentos.

Para o Instituto de Medicina, o princípio ativo da maconha poderia ser utilizado para aliviar as dores, náuseas, perda de apetite e outros sintomas em pacientes de câncer ou Aids.

Vários estados norte-americanos permitem o uso da maconha em tratamentos medicinais apesar de a Suprema Corte do país ter decidido no ano passado que o seu uso como remédio é ilegal.

Fonte: BBC

Leia mais sobre no fórum