Estudo defende terapia à base de maconha

Um remédio à base de derivado da maconha se mostrou mais eficaz do que outros medicamentos aplicados contra enjôo e vômitos causados pela quimioterapia, tratamento usado no combate ao câncer.
Em uma revisão realizada por pesquisadores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), foram analisados 11 mil trabalhos sobre o assunto feitos no mundo todo até julho do ano passado. Desses, 30 foram selecionados. A maconha fumada não foi avaliada com profundidade, pois havia poucos estudos a respeito.
No estudo, o derivado da maconha dronabinol teve eficácia superior aos neurolépticos, remédios que são utilizados contra náuseas e vômitos causados pela quimioterapia. Os pacientes também demonstraram preferência pelos remédios com os derivados da maconha.
Leia mais na Folha de São Paulo