Os 7 erros mais comuns dos growers iniciantes

Quem cultiva há algum tempo provavelmente já cometeu alguns ou muitos erros nesse tempo. Já quem começou agora talvez esteja fazendo esses erros agora mesmo sem nem saber. E não tem problema, afinal, é como dizem: errar é humano. E isso é ainda mais aceitável quando se está fazendo algo pela primeira vez. No caso do cultivo de Maconha também é assim e muitos growers iniciantes acabam cometendo erros que se repetem com outros cultivadores que estão começando.

Isso é muito comum já que, embora cultivar Cannabis não seja algo tão difícil, é uma prática que exige conhecimento e dedicação. Porém, esses erros sempre podem ser evitados. Para ajudar que eles não aconteçam, o Growroom traz essa lista com os 7 erros mais comuns dos growers iniciantes. Sabendo quais são, quem está cultivando ou pensando em começar a cultivar pode corrigi-los ou simplesmente não cometê-los.

1. Falta de conhecimento

É até possível que jogando uma semente na terra e simplesmente colocando ela no sol e regando de vez em quando cresça uma planta de Maconha. Mas ela nunca vai render o suficiente e nem ficarão tão saborosa ou potente quando uma planta cultivada corretamente. Para fumar uma flor de verdade natural e se livrar do tráfico é necessário conhecimento sobre o cultivo de Cannabis. E a falta dele é culpada pela grande maioria dos erros cometidos pelos growers iniciantes. Não à toa, esse é o erro nº 1.

Sem estudar nem que seja um pouco sobre cultivo dificilmente ele vai dar certo. Para isso existe o fórum do Growroom no ar desde 2002, tem o Guia de Cultivo que pode ser baixado gratuitamente , além de todo o conteúdo aqui do site, da Semana do Grower, e também dos cursos de cultivo e extração com BHO da Growroom High School (GRHS). A escola de cultivo oferece cursos presenciais no Uruguai e online ensinando a cultivar sem cometer os erros que estamos falando aqui.

A maconha tem um fotoperíodo, tem a sua temperatura ideal, e outras particularidades. Quem quer cultivar tem que tirar um tempo por dia para literalmente aprender sobre cultivo e colocar isso em prática. Informação não falta e é ela quem vai ajudar a não errar.

Falta de podas é um dos erros cometidos por growers iniciantes – Créditos: Fórum Growroom

2. Contar para todo mundo sobre o cultivo

Esse é mais erro comum e que pode trazer ainda mais problemas dependendo da circunstância. Nós sempre falamos que o segredo do sucesso é o segredo. No caso de um cultivo de maconha isso é ainda mais importante, afinal, pode resultar em prisão, mesmo que seja por algumas horas. Contar para todo mundo que tem um cultivo é algo que muitos growers iniciantes fazem e que definitivamente não deveriam fazer. O ideal é não contar para ninguém além das pessoas que convivam junto na mesma casa.

3. Colher e fumar antes da hora

É realmente muito difícil segurar a emoção de consumir as próprias flores quando está se cultivando. Porém, a paciência tem que ser uma aliada do grower neste longo período em que as plantas estão se desenvolvendo. O que muitos cultivadores de primeira viagem acabando errando é na hora de colher e de fumar justamente pela ansiedade. Muitos colhem antes da hora e da planta ter formado todos os Tricomas. E também degustam antes dela estar realmente seca e curada.

Colher antes da hora é hora dos growers iniciantes também – Créditos Maxium Yeld

Existe a hora certa de fazer a colheita. E também tem o ponto exato para a maconha ser fumada. Pular essas etapas é um erro e pode acabar afetando todo o sabor, o aroma, a qualidade, e a potência da erva cultivada.

4. Regar demais

A maconha é uma planta que gosta de sol. Se muitos growers iniciantes soubessem disso talvez teriam afogado menos plantas. Regar demais é outro erro comum cometido e que também poderia ser evitado com um pouco de conhecimento sobre cultivo. Diferentemente de outras espécies, a Cannabis não precisa ser regada todos os dias em alguns casos. E muito menos precisa receber uma quantidade tão expressiva de água. Aqui dá pra entender a maneira e frequência correta de fazer a rega sem matar a planta.

5. Gastar desnecessariamente

Esse é um erro que acaba doendo mais no grower do que no próprio cultivo, mas é muito comum: os gastos desnecessários com equipamentos e principalmente com sementes. Algumas inclusive que nunca chegam na residencia ou não chegam feminizadas. Muitas pessoas deixam de cultivar alegando falta de sementes, porém definitivamente não vale a pena investir um grande dinheiro nelas quando está se cultivando pela primeira vez, simplesmente porque pode não dar certo por conta de todos esses erros citados e com isso o dinheiro ir fora.

É possível encontrar sementes germináveis no prensado, assim como é possível fazer clones de plantas já desenvolvidas. E isso também vale para gastos com equipamentos para montagem do grow. O ideal é comprar o básico e colocar a mão na terra. Com o tempo o cultivador vai aprendendo na prática e vai adquirindo outros itens que vai julgar necessário, seja para tirar o cheiro ou simplesmente para que as plantas cresçam mais. Investir é necessário, mas não é preciso errar ao fazer isso.

6. Seguir dicas de diferentes pessoas é erro comum dos growers iniciantes

Quem segue páginas canábicas ou participa de grupos de cultivo ou sobre maconha nas redes sociais já deve ter presenciado muitas postagens com fotos de plantas e dúvidas de cultivadores. Até aí tudo bem, afinal, é normal ter questionamentos. O problema é que abaixo surge uma enxurrada de comentários com diversas pessoas dando diferentes dicas para aquele cultivo, muitas vezes com menos conhecimento até do que os growers iniciantes que mesmo assim acabando seguindo e errando.

O ideal é sempre buscar em alguma fonte confiável ou confiar apenas em quem sabe que já cultiva e entende do assunto. Ouvir e seguir opiniões que muitas vezes estão incorretas pode acabar arruinando todo um cultivo e isso é muito comum.

Erros comuns growers iniciantes – Créditos: Green Flower Media

7. Deixar de cuidar 

A maioria dos growers iniciantes acaba pecando pelo cuidado excessivo muitas vezes, mas também tem aqueles cultivadores que simplesmente não cuidam das plantas e neste caso não tem o que fazer a não ser ver o cultivo morrer. A maconha é uma planta realmente resistente e que muitas vezes se desenvolve sozinha. Porém, isso só ocorre quando ela está em um ambiente totalmente propício, e mesmo assim é difícil que tenha um bom rendimento.

A falta de podas, treinamentos, e até mesmo fertilizantes, nutrientes, ou o famoso Flush, são determinantes para a qualidade, potência, e quantidade que um cultivo de Cannabis vai render. Sem o cuidado diário, a observação, e aplicação de técnicas é bem provável que o resultado fique bem longe do esperado.

Erro imperdoável

O único erro que não é aceitável é desistir de cultivar por conta desses erros. É preciso corrigir, persistir, e sempre continuar, pois não tem nada melhor do que consumir as próprias flores naturais sem gastar com isso ou recorrer ao tráfico de drogas. Os erros vão acontecer, mas eles só vão ajudar no aprendizado. Bora plantar!