Como comprar maconha no Uruguai

Em 2013, o Uruguai, um país pequeno de pouco mais de 3,5 milhões de habitantes chamou a atenção do mundo ao regularizar o cultivo, o comércio, e o consumo da Maconha. Uma atitude inédita que fez também com que o país, conhecido por sua tranquilidade e belas paisagens, passasse a ser visitado também por amantes da planta, ou simplesmente por curiosos querendo ver a aplicação da nova lei. Com isso, uma das perguntas mais repetidas pelas ruas do país se tornou: como comprar maconha no Uruguai?

Esse é um questionamento que todo maconheiro que chega no país faz. Principalmente os brasileiros que tem procurado muito o Uruguai. E não é para menos, afinal, é o país mais próximo do Brasil onde o uso da Maconha pode ser feito livremente. Um sonho que não fica tão distante assim e que facilita com que os brazucas tenham a chance de desfrutar dessa experiência. Mas isso não quer dizer que comprar maconha no Uruguai seja tão fácil assim como fumar.

Vivendo a experiência do Uruguai e da Maconha legalizada ofertando cursos de cultivo em Montevidéu, o Growroom já publicou diversas dicas importantes antes de viajar para o Uruguai. Ali diz tudo sobre a documentação necessária, como usar o celular no país, e outros itens que podem tornar a sua viagem mais fácil e segura. E principalmente, evitar que você não entre no país.

O que diz a lei uruguaia sobre a Maconha

Ao chegar em um país novo é importante conhecer suas regras. Principalmente quando o assunto é Cannabis, já que ela é proibida em boa parte do mundo ainda. O que não é o caso do Uruguai, mas o que não significa também que a lei permita tudo relacionado à erva. A legislação que foi aprovada em 2013 especifica bem o que pode e não pode, inclusive regra como comprar maconha no Uruguai.

Fumando Maconha no Uruguai

Mas o mais importante é que certos termos da lei valem somente para residentes. Ou seja, uruguaios ou cidadãos que moram lá e que contam com cidadania no país. Para turistas a história é outra, embora soltar fumaça esteja permitido como veremos a seguir. Até porque, o Uruguai criou o Instituto de Regulamento e Controle da Cannabis (IRCCA) justamente para regulamentar todo esse tema. É possível cultivar até 6 plantas em floração por domicílio por exemplo, mas é necessário registro junto ao IRCCA. Assim como os comestíveis são proibidos embora sejam encontrados.

Como comprar Maconha no Uruguai sendo residente

A lei oferece duas opções para se comprar maconha no Uruguai. Nos dois casos o limite é 40 gramas por mês, e esses dois modelos valem somente para uruguaios ou quem mora no país e tem a cédula de identidade local. Turistas não podem obter Cannabis legalmente no país, embora existam outras formas. Agora para quem mora no País é bem fácil.

  • Comprar Maconha na Farmácia

Caso opte pela opção de compra de Maconha nas farmácias, é necessário ir até o IRCCA, que é o orgão regulador e fazer o cadastro que fica pronto na hora. Depois disso, basta se dirigir à uma farmácia credenciada para vender Cannabis e retirar 5 ou 10 gramas. Somente a pessoa registrada pode fazer compra que é realizada via sistema biométrico.

Além disso, nem todas as farmácias estão habilitadas ou contam com estoque em alguns dias. Muitas vezes é possível encontrar somente a variedade Indica, e em outras somente Sativas. Isso irá variar conforme a produção, que é estatal, ou até mesmo a demanda da farmácia. Cada 5 gramas custa em torno de 250 pesos, em algo em torno de R$ 30 reais. A Maconha da farmácia uruguaia costuma ter no máximo 8% de THC.

Comprar maconha no Uruguai sendo residente nas farmácias
  • Comprar Maconha em clubes

A outra maneira de moradores do Uruguai que não cultivam comprarem Maconha legalmente é fazendo parte de algum dos vários clubes canábicos que existem no país. Esses clubes tem seus cultivadores que são responsáveis por cultivar e distribuir para seus sócios suas 40 gramas mensais de Cannabis. Os membros dos clubes, que não podem ultrapassar 45 pessoas, pagam uma mensalidade para manutenção dos cultivos, mão de obra, e claro, consumo.

Muitos optam pelos clubes para comprar maconha no Uruguai por conta da qualidade das flores. As da farmácia costumam ser ótimas também, porém com menos potência, já que é o Governo que fornece. Nos clubes, além de se encontrar uma maconha com THC mais alto, ou com mais CBD para quem necessita, também é possível fumar strains diferentes que certamente não são comuns nas farmácias.

Como um turista pode comprar maconha no Uruguai

Infelizmente turistas não têm acesso à erva legal, embora possam fumar livremente como qualquer uruguaio. Porém, para comprar maconha no Uruguai, visitantes têm que recolher para o velho tráfico, embora ele seja bem mais tranquilo por lá. Vale também a lábia ao conhecer algum consumidor ou cultivador, mas é importante não ser chato ou impertinente, pois ninguém gosta de ser taxada ou chamado de traficante só porque mora no Uruguai ou gosta de fumar um.

Por lá o baseado também é conhecido como “poho” então se quiser pedir uns tapas para alguém que está fumando, ou perguntar mais intimamente onde conseguir erva dá para usar essa expressão. Já se alguém falar em “regalo” , que significa presente aceite na hora, pois pode vir coisa boa.

Como comprar maconha no Uruguai sendo turista

O grande problema de se comprar maconha no Uruguai ilegalmente é que ao invés de fumar as famosas flores, pode-se fumar um prensado bem parecido com o do Brasil. Embora seja possível encontrar prensados melhores, a qualidade costuma ser a mesma dos encontrados por aqui.

Pra desfrutar uma experiência melhor, é bom já ir com algum trocado separado para isso, pois como em todos os lugares do mundo, fumar flores naturais não sai tão barato assim. Já ande com alguns pesos na carteira ou no bolso caso dê a sorte de encontrar algo no caminho, mas prepara-se para não pagar muito barato. Uma forma de talvez facilitar o acesso é conversando ou conhecendo algum brasileiro que já more pelo país e talvez tenha alguns contatos.

Mas é possível encontrar amantes da erva em vários parques, bairros da cidade, pontos turísticos, e na região central. Afinal, é permitido!

Participando de copas canábicas

Outra maneira de visitantes aproveitarem as flores uruguaias é participando de copas canábicas realizadas no país. É uma ótima maneira de conhecer growers, genéticas, e fazer contatos com quem realmente entende do assunto por lá. Além da possibilidade de colocar suas flores para competir se quiser.

Copa Canábica no Uruguai