Bong Caseiro: 3 Ideias para fazer um bong com itens que você tem em casa!

Se você não gosta tanto de fumar na seda e quer algo menos prejudicial para sua garganta na hora de fumar maconha, aposte em um bong caseiro, fácil de preparar em casa e ideal para quem quer testar novas formas de consumir a erva. Dá para comprar um? Dá sim, mas um bong caseiro pode ser a solução para quem não tem como gastar com isso agora.

Separamos as 3 principais formas de fazer um bong caseiro, no estilo DIY (Do It Yourself – Faça Você Mesmo) com itens baratos e fáceis de encontrar em casa. Vamos conferir?

Antes de irmos para os tutoriais, é ideal que você entenda o funcionamento de um bong. Assim será mais fácil reproduzir a forma de criar um bong independentemente dos itens à sua disposição.

O que é essencial para fazer o bong caseiro?

Todo bong caseiro precisa ter três itens indispensavelmente:

  1. Um furo com um tubo e cuia acoplada, onde a erva será inserida e queimada;
  2. Uma saída para puxar a fumaça;
  3. Um furo suspiro, que é um buraco no bong usado exclusivamente para ser tampado enquanto você puxa a fumaça.

Pronto, esses fatores são essenciais para o funcionamento do bong DIY. Contanto que seu bong tenha todas essas funcionalidades, é permitido adaptar os materiais usados de acordo com os itens que você tem em casa.

Assim você não fica limitado apenas a fumar ou comer a maconha, mas pode testar e escolher qual é a melhor maneira de consumir sua cannabis.

Sabendo disso você já pode adaptar o que tem à sua disposição para criar um bong caseiro. Vamos ver como ele é feito?

Créditos: WikiHow – How to Make a Quick Bong

Bong caseiro com garrafa pet

Uma das formas mais baratas de fazer um bong caseiro é usando uma garrafa pet, caneta hidrográfica e papel alumínio.

Antes do passo a passo, é válido alertar que esse bong caseiro não é indicado para uso diário.

A garrafa plástica libera substâncias tóxicas quando entra em contato com o calor da fumaça da maconha. Sem contar que, se você planta cannabis em casa, é possível que o plástico altere os sabores e aromas únicos da erva cultivada.

Por isso, use o bong caseiro de garrafa pet apenas como um quebra galho. Não use este bong diariamente.

Agora vamos preparar seu bong:

  1. Escolha uma garrafa pet – o tamanho ideal é a partir de 500ml;
  2. Faça um furo à 5cm da base da garrafa;
    • Atenção: quanto menor o furo, melhor ficará o seu bong. Capriche!
  3. Insira um tubo de forma diagonal para baixo no buraco que você acabou de fazer (pode ser um canudo de aço, uma caneta sem o tubinho de tinta, etc);
  4. Garanta que o buraco com a caneta está hermeticamente fechado. Se houver algum furinho escapando ar, feche com chiclete, durepox ou outra massa disponível;
  5. Enrole um papel alumínio na ponta da caneta e faça uma cuia com ele – é aqui que você irá colocar a erva;
  6. Faça outro buraco na garrafa, desta vez, do lado oposto ao buraco da caneta – esse será o buraco de desobstrução;
  7. Encha o bong com água até o tubo da caneta ficar no mínimo 3cm submerso no líquido. Não coloque muita água além disso, pois isso pode acabar molhando sua erva.

Pronto! Seu bong caseiro já pode ser usado. Agora você só precisa colocar seu fumo na cuia de alumínio, ascendê-lo, tampar o buraco de obstrução com o dedo e puxar a fumaça devagar.

Enquanto estiver puxando a fumaça, mantenha o dedo no buraco de obstrução. Assim que a garrafa encher de fumaça, tire o dedo para tragar.

Vai bongar pela primeira vez? Aproveite e confira nossas dicas para evitar uma bad trip de maconha. Afinal, a trip do bong geralmente é mais intensa que do baseado.

Como fazer bong caseiro com garrafa de vidro

Outra forma de fazer um bong caseiro é usando uma garrafa de vidro, que é mais segura para a saúde do que o bong de garrafa pet.

Porém, nesse caso o tutorial pode ser um pouco mais complicado pela necessidade de perfurar a garrafa com uma furadeira.

Siga os passos abaixo para fazer seu bong artesanal:

  1. Escolha uma garrafa de vidro a partir de 600ml para usar de bong;
  2. Coloque sua garrafa embaixo de uma torneira com água corrente;
  3. Use uma furadeira com broca diamantada para fazer um furo à 5cm da base da garrafa;
    • Atenção: Esse processo é demorado, portanto, não feche a torneira enquanto não terminar de furar – sem água, a garrafa pode estourar.
  4. Depois de fazer o primeiro furo, faça o “furo suspiro” da mesma forma como fez o anterior. Faça o segundo furo mais perto da boca da garrafa e não tão perto da base;
  5. No buraco mais próximo da base, insira um tubo (canudo inox, caneta ou outra haste);
  6. Na ponta do tubo, insira uma cuia para a erva – é possível comprar cuias em lojas de ferramenta ou fazer a sua própria com qualquer coisa que tenha o formato adequado, como um conector coaxial;
  7. Caso algum furo tenha ficado maior do que você imaginou ou fique espaços vazando, preencha frestas com durepoxi.

E está pronto seu bong de vidro! A vantagem desse modelo caseiro é que o vidro não solta componentes químicos tóxicos á saúde.

Além disso, se sua ideia é reduzir danos ou variar a forma de consumir sua cannabis, aposte também em um vaporizador de ervas.

Portanto, seu bong caseiro de vidro pode ser usado por muito tempo, aproveite para deixá-lo com sua cara!

Bong caseiro com pote de massa de tomate

Você vai precisar de um pote de vidro de alguma marca de massa de tomate, dois tubos, massa durepoxi e um conector coaxial (muito utilizado em fios de internet e televisão).

  1. Primeiro, lave e limpe seu vidro de massa de tomate;
  2. Na tampa, faça dois furos (um será utilizado para puxar a fumaça e o outro serve de suporte para a erva);
  3. Em um furo, insira um tubo que alcance o fundo do pote (onde você irá colocar água);
  4. Na ponta desse tubo, coloque o conector coaxial (ele servirá como cuia para a erva);
  5. No outro furo, insira um tubo menor que não encostará na água. Ele servirá apenas como um canudo para você puxar a fumaça e tragar;
  6. Não tampe o furinho que já vem no meio da tampa, ele servirá como suspiro;
  7. Depois de todas as peças no lugar certo, aplique durepoxi para unir todos os componentes (o conector no tubo, o canudo na tampa, etc);
  8. Na hora de aplicar o durepoxi, fique atento pois caso o pote não esteja fechado hermeticamente, o bong não irá funcionar.

Agora é só acender! Seu mini-bong caseiro com pote de massa de tomate já está pronto para ser usado, com prensado ou plantado. Por ser uma lata de vidro pequena, esse bong é fácil de transportar e não altera os aspectos da sua erva.

Você deve colocar a erva no conector coaxial e queimá-la enquanto puxa a fumaça pelo canudo. Não se esqueça de usar o furo suspiro enquanto o pote enche de fumaça.

Dica: Personalize seu bong!

Não é porque você fez seu bong em casa que ele precisa parecer algo mal feito. Personalize o bong caseiro do seu jeito.

Cole adesivos e pinte com tintas adequadas, dê a sua cara para o bong. Principalmente se você fez um de vidro, que é um material mais duradouro, decore-o como quiser e crie um bong único.

Conseguiu fazer seu bong em casa? Conte para gente como ficou!