Ir para conteúdo
Growroom

Temperaturas de vaporização de terpenos e cannabinoides


Recommended Posts

  • Usuário Growroom

Ao controlar a temperatura de vaporização consigo perceber os aromas dos terpenos e os efeitos dos diferentes cannabinoides. Mas surgiu uma dúvida, se cada elemento da cannabis tem uma temperatura de vaporização diferentes, ao atingir chegar próximo do ponto de combustão (cerca de 300°), em tese, os terpenos e cannabinóides incluindo o THC e o CBD já teriam sido vaporizados. Assim, a matéria restante no vaporizados não teria mais princípios ativos, mas porque ao fuma-la ainda bate uma brisa forte? Ou será que os principios ativos estão mais concentrados?

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 3 weeks later...
  • Usuário Growroom
Em 14/01/2021 at 20:00, ShigaNait disse:

Ao controlar a temperatura de vaporização consigo perceber os aromas dos terpenos e os efeitos dos diferentes cannabinoides. Mas surgiu uma dúvida, se cada elemento da cannabis tem uma temperatura de vaporização diferentes, ao atingir chegar próximo do ponto de combustão (cerca de 300°), em tese, os terpenos e cannabinóides incluindo o THC e o CBD já teriam sido vaporizados. Assim, a matéria restante no vaporizados não teria mais princípios ativos, mas porque ao fuma-la ainda bate uma brisa forte? Ou será que os principios ativos estão mais concentrados?

Nem toda a carga do vaporizador recebe a temperatura mais alta, vários pontos ficam protegidos, principalmente mais no meio.

Ao queimar os resíduos do vaporizador, além de usar os canabinoides e terpenos que sobraram da vaporização, pelo fato da temperatura de queima ser maior que os 195°C ideais da vaporização, libera adicionalmente THCV, CBC e terpenos extra.

Sobre o ABV até entendo no desespero, mas daí não faz sentido usar vaporizador, melhor fumar do jeito antigo que é mais saudável.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom
3 horas atrás, Naberus disse:

Nem toda a carga do vaporizador recebe a temperatura mais alta, vários pontos ficam protegidos, principalmente mais no meio.

Ao queimar os resíduos do vaporizador, além de usar os canabinoides e terpenos que sobraram da vaporização, pelo fato da temperatura de queima ser maior que os 195°C ideais da vaporização, libera adicionalmente THCV, CBC e terpenos extra.

Sobre o ABV até entendo no desespero, mas daí não faz sentido usar vaporizador, melhor fumar do jeito antigo que é mais saudável.

ABV geralmente a glr usa pra fazer comestíveis. pra aproveitar 100% da erva, nunca vi ninguém fumar ABV não, primeira vez 😂. depedendo do caso deve ser melhor que fumar pren né..

 

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...
×
×
  • Criar Novo...