Ir para conteúdo
Growroom

Denunciar

  • Conteúdo Similar

    • Por cielzinho
      Olá, eu fumo/vaporizo maconha recreativamente, mas recentemente meu pai começou a ter insônia devido a problemas no trabalho, procurou ajuda médica e foi diagnosticado com ansiedade, o médico receitou 3 remédios diferentes, dentre eles alprazolam, sertralina. 
      Meu pai (60 anos) tem tido problemas para dormir, consegue adormecer mas acorda no meio da madrugada e não consegue voltar ao sono, fica pensando no trabalho - depois que ele tomou os remédios, os problemas continuaram só que ele ficou mais 'dormente' durante o dia. 
      Eu sugeri a ele conversar com o médico sobre o uso de CBD, mas ele me respondeu que no Brasil só seria liberado em casos mais graves, e ai está minha duvida - ainda hoje ainda está bem restrito a casos mais graves, como última opção? 
      Vejo alguns usuários comentando o uso do CBD em casos de ansiedade/insônia, mas não informam se utilizam do CBD prescrito/receitado ou se produzem/conseguem e se 'auto-medicam'.
       
      Ele não se considera um caso grave e aceitará os remédios tarja preta que lhe receitarem, mas com tantos efeitos colaterais eu me questiono se o CBD de alguma forma serviria como tratamento para esse caso 'não grave'. 
      Ele nunca fumou ou vaporizou maconha, já pensei em oferecer uma vaporizada algumas horas antes dele dormir, mas não tenho acesso* a uma flor rica em CBD, então descartei a ideia visto que o THC poderia agravar a insônia. 
       
      *ainda  ; se me disserem que vaporizar uma flor rica em CBD poderia ser uma forma de tratamento, consigo acesso
    • Por lviee
      Sempre gostei de fumar maconha, fumo a 2/3 anos, nunca me trouxe problema nenhum, sempre fumei feliz ou triste e sempre consegui aproveitar bem a brisa, mas nesses ultimos tempos, fiquei uns 2 meses sem fumar nada, e até estava tranquilo mas quando deitava para dormir a cabeça demorava pra relaxar e eu tinha muitos pensamentos, pensava em como seria o outro dia e algumas coisas que eu poderia fazer no dia seguinte, pensava em coisas que já aconteceram e no geral antes de conseguir dormir eu tinha muitos pensamentos.
      Ontem eu fumei um fino que me deram de salve, e guardei a ponta, ao chegar em casa, misturei essa ponta com um pouco de tabaco e fumei, nas duas ocasiões não foram quantidade suficiente para me chapar, mas um leve relaxamento, até ai estava de boa, fumei a ponta jogando, após algum tempinho a internet no pc parou de funcionar e eu apaguei a luz e me deitei pra dormir, quando do nada a cabeça foi a milhão, eu tava tendo muitos pensamentos um em cima do outro, não conseguia controlar muito bem e o coração acelerado, levantei pra beber água e a principio achei que oque causava isso era ficar no escuro, pois quando eu me levantava só sentia um pequeno desconforto, mas quando deitava novamente as coisas já pioravam, ao deitar depois de beber água tive um pouco de tremedeira e me conformei que estava tendo uma bad trip e tentei me acalmar controlando a respiração, as coisas foram se acalmando mas até agora não sei oque causou isso, não quero parar de fumar maconha pois eu estou bem comigo mesmo e não passo estresse ou qualquer outra coisa que possa ser gatilho pra uma bad trip, sempre fumei tranquilo e curtia uma brisa, isso simplesmente aconteceu do nada e eu não sei explicar, pesquisei bastante e quem geralmente tem bads trip foi porque fumou em um dia ruim ou em um local ruim, fumei dentro de casa, feliz, e mesmo assim passei por essa, mais alguém já passou por uma situação parecida?
    • Por viniciuscruz
      Aos 17 anos eu fumava maconha as vezes, e um certo dia fumei e tive pressão alta(21x10) e BPM altíssima também, coração parecia que ia estourar no peito. Fui parar no pronto socorro da minha cidade no dia com muita paranóia e pânico achando que todos queriam me matar, e me injetaram calmante e foi passando, porém, após esse fato minha vida nunca foi a mesma, precisei tomar remédios depois pq eu comecei da dar crises de pânico com um flashback de tudo que senti no dia que passei mal, até hoje se eu der mole posso sentir isso sendo que isso foi em 2014, e depois disso nunca mais eu quis fumar porém antes de me sentir mal eu gostava muito da experiência. O que vocês acham que poderia ter me ocasionado tais problemas? Quais as possíveis causas?
    • Por savages
      Bom gente vou adiantando que eu sou nova nao sei utilizar muito bem o fórum, entao me desculpem qualquer coisa, não sei quem vai ler isso mas pf me deem um help!
      Sou usuaria a 2 anos, quando conheci a erva sofria de depressão cronica e tomava muitos remedios para a depre e ansiedade, comecei usando uma vez por mes, depois toda a semana, e quando minha familia legalizou em casa comecei a fumar todos os dias, sempre no prensado, agora ja faz 6 meses que eu só fumo flor (comprada com um contatinho), e assim... sempre fumo a noite, um fino todos os dias, finais de semana uns 2. O problema é que meu namorado acredita muito que eu estou viciada (ele fuma tambem mas uma vez ou outra no mes), ou usando a maconha como apoio, ou um suporte... gente me ajudem, eu amo a erva comecei meu Grow esse mes, as meninas estao lindas e nenens... e agora me vejo perdida nesses pensamentos de achar que real eu estou viciada. Quando acaba ou chega perto de acabar eu ja quero correr pra comprar mais, ficar sem erva chega a doer no pensamento, mas quem determina o que é certo ou errado, vicio ou não, nunca tive problemas financeiros por causa disso, nem nunca fumei pra fazer nada que nao fosse relaxar e meditar, (evito fazer qualquer coisa chapada pra nao sentir a necessidade de fumar antes de fazer tal coisa sempre)... 
      Não quero parar, e dar um tempo sempre é doloroso, hoje posso dizer que o vicio psicologico me assusta muito... gostaria de uma opniao de vocês sobre o meu caso...
    • Por davidgr96
      Salve galera 
      Fumo há uns bons anos, antes eu fumava só com amigos, nunca sozinho, e era uma brisa muito gostosa até uma vez que baixou minha pressão e eu fiquei vendo "escuro" por uns 10 minutos, fiquei pálido e até cheguei a pedir pra um amigo chamar ambulância pq achei que ia morrer. A partir desse dia, minha brisa nunca mais foi a mesma. 
      Ainda hoje quando fumo com meus amigos é bom, mas quando fumo sozinho sinto que me dá taquicardia e eu fico muito paranoico, qualquer barulho já acho que é dentro da minha casa e tal. Por não sentir nada desse tipo quando não tô sozinho, pensei que talvez essa taquicardia que sinto pode ser psicológica, talvez meu corpo tenha associado esse mal estar que passei com a substância que tava no meu corpo aquela hora. 
      Ja aconteceu algo parecido com vcs? Contem suas experiências e oq fizeram pra amenizar esses efeitos 
      Sinto muita saudade de fumar sozinho e ficar de boa, era relaxante demais 
×
×
  • Criar Novo...