Entre para seguir isso  
SebVettel05#

Da BAD TRIP p/ a GOOD TRIP

Recommended Posts

Bem desde quando eu descidi não fumar mais em casa, eu não tenho feito mais corre, então eu só fumo de role com alguem que salva, esse mês eu só fumei 4 vezes, e contando até hj fazia 7 dias em que eu não fumava, e a melhora que eu percebi nesses dias foi a melhora na memoria, mais sociabilidade com as pessoas, menos irritação em geral, também parei de fumar cigarro, esse faz 11 dias hj, então vamos a história... 

 

Fui convidado por um amigo a fazer uma trilha de bike mais uns amigos dele, e esse amigo tem um jeito meio de band, mas tudo bem ele é dboa e eu colo com ele faz um bom tempo, fomos encontar com os parças dele pra ir para esse role, chegando lá na casa dos mano eu já fiquei psicado, tinha fumado um antes que esse conhecido tinha colocado em uma praça, os cara muito esparrado ce loko, so os cordãozao de prata, e eu pensando que já ia rolar um bacu ali mesmo só pelo o cheirão de beck, eles bolou duas velas e fumamos antes de ir, e isso fui tipo meio que ignorado, talvez por ter uma cara meio de play, como diz os mala, passou pouco tempo chegou outros que era tão esparrado quanto os que tava na casa, e fomos embora para trilha, colocarei pseudonimos nos mesmos de acordo com o desempenho dos mesmos no role, o schumacher (o cara que andava melhor puxava o bonde), kubica ( um cara chato pkrai que toda hora queria parar pra fumar 1, mas andava mt), kovalaine (o mais lento) e o massa depois da molada (o conhecido). 

 

Eu e o schumacher depois de sair da casa, socializamos melhor pq ele viu que eu andava mt bem de bike e puxou assunto sobre o meu conjunto de cambio e etc,  e ai a partir dali eu curti mais o role, não estava sendo meio psicado, pq eu realmente com medo de tomar um bacu naquele bonde ali, tivemos alguns problemas com o gps que fez a gnt andar mais uns 10km atoa, até chegar na bendita trilha, chegando lá bolamos um e tiramos algumas fotos naquelas poses de bandido, e meu sentimento  que algo ia da merda estava cada vez menos presente, terminamos de fumar, fomos meter marcha, já de cara tinha uma puta descida que eu falei (meu pai do céu onde eu fui me meter) eu não sabia como era o caminho então eu fui tranquilo sem abusar, chegando na metade, eu ja estava mais confiante, acabei parando em uma arvore, cai bonito mas não machuquei nada, ainda bem, foi só um susto mesmo, após isso achamos uma cachoeira no meio da trilha, acabamos indo dar um mergulho, deu aquela revigorada, agua extramamente gelada, parecendo que acabou de sair da geladeira. 

 

Ali eu vi o tanto que é bom f1 de role, fazer algo relacionado a natureza, não so ficar enfurnado no quarto pitando pitando, na frente do computador vendo video de conspiração global e esse tipo de coisa, eu senti realmente bem, fazia tempo que eu não ficava genuinamente feliz, sem precisar de gastar dinheiro, ou depender de estar chapado toda hora, estava sentindo a dor da queda, mas aquela dor me fez se sentir como uma criança quando tem o seu primeiro ralado de bike, terminamos o trajeto, paramos em uma conveniencia compramos uma coca, e fumamos outro em uma praça, ali eu já tava com 0 medo de tomar um bacu, mas mesmo assim tava de olho na contenção, para não vacilar e tomar um bote desnecessario, depois de fumar esse da praça comprimentei todos e me despedi ( não tinha comprimentado no inicio de role)... meu dia hj valeu a pena, vou dormir bem e cansado, percebem que minha mente no começo estava só pensando no que poderia da errado, meio que julgando a galera ali, sem querer realmente participar do role.. mas o pedal foi doido!

 

 

IMG-6353.thumb.jpg.4025e475525449eed6e30a7b0cf9fe92.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Já passei pela bad e pela felicidade na vida cannabica. Quando eu tinha 16 anos fazia trilha todo final de semana. Uma vez tive curiosidade de saber como era F1. No outro dia sai de casa e só cheguei em um maluco da praça e perguntei se tinha "a massa". Eu sabia dessa gíria pois na época andava de skate e todos os caras mais velhos que fumavam falavam assim. Coloquei o fumo na carteira e fui pra uma praça da cidade encontrar meu amigo. Paguei R$20 e não recebi nem R$5. O cara percebeu que eu tava nervoso e que era a primeira vez e me tapeou sem dó.

Chegando na praça meu amigo tava com mais amigos dele e eu perguntei de alguém fumava maconha. Um amigo dele foi e perguntou: "Por que, você tem?". Eu falei que sim e ele me chamou pra ir fumar na casa dele. Ninguém mais da mesa quis ir. Achei estranho mas fui mesmo assim. Porem isso ficou na minha cabeça.

Entrando na casa desse cara eu fiquei muito assustado. Nunca tinha entrado em uma casa tão grande. Ele me contou que o pai era apicultor e tinha muito gado. Mesmo ele me contando isso eu fiquei desconfiado. Quando fumamos, eu já senti o tempo passar mais devagar e a visão ficar meio "borrada", a audição tava diferente, etc.

Mas alem da lombra normal o que me deu foi muita paranoia. Fiquei com medo do cara ser um ladrão de órgãos ou assaltante.

Essa paranoia eu aprendi a controlar com o tempo. Ainda tenho até hoje mas sempre que vejo que to ficando assim eu lembro de uma coisa que meu primo me falou a muito tempo: "Só você sabe que ta chapado, ninguém fica reparando nisso". E depois que comecei a pensar nisso vi que eu sempre estragava minha brisa atoa com coisa que era da minha cabeça.

Sempre que você fumar leva seu kit anti-paranoia. Eu tenho o meu e me ajuda bastante: Colírio Moura, Halls preto e desodorante ou perfume.

Você usando esse kit sempre que fumar vai te ajudar a lembrar que mais ninguém sabe que você ta chapado.

Com respeito a tomar baculejo, eu nunca tomei pois tenho a "cara de playboy" que você falou. Mas relaxa cara. Se você estiver só com um beck ou dois não vai preso por isso. Na maioria das vezes o policial so confisca sua droga e te manda embora sem ter que assinar o termo. Seja respeitoso com o policial. Peça desculpas e fale que é usuário e a abordagem vai correr bem.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

  • Conteúdo Similar

    • Por BASEADG
      Fé rapaziada, chuva de mec?  Eu sou novo aqui no fórum mas acompanho hà 6 meses já e ja fui ajudado muitas vezes por dicas dos usuários, então resolvi passar uma visão legal aí pra galera que quer da um2 mas sofre com a paranoia dos pais assim como eu.
      Há 2 meses minha mãe comprou uns testes de thc/coc no mercadolivre e ela fica ameaçando de fazer o teste. No começo fiquei  de cara, mas aí como tava tudo suave eu saí e f1.
      5 dias depois ela pediu pra eu fazer o teste.
      Fui pesquisar sobre isso e acabei usando umas dicas pra passar nesses testes e funcionou, espero que ajude vocês:
      O que precisam saber é que o figado gera metabólitos de todas as substâncias externas do corpo para eliminá-las, e elas saem pela urina. O exame basicamente consiste em um reagente que só manifesta em contato com o THC-COOH(metabólito do thc). Conforme você urina, a substância vai sendo eliminada e esse processo demora em média 3 a 7 dias (para quem fumou pouco), 15 dias (pra usuários moderados) e 1 mês (pra usuários pesados).
       Caso você tenha fumado e esteja perto do dia do exame (obvio que se você fumou o mês inteiro e parou 1 dia antes não funciona) existe um jeito de aumentar a chance de negativo. Esses exames caseiros são imprecisos, os laboratoriais medem até a quantidade de agua no sangue para equilibrar os niveis de THC-COOH. O segredo está em beber muita água e urinas consecutivas vezes antes do exame, assim você acelera o processo de eliminar os metabólitos, sem que se passem dias (beba muita água também para fazer o exame). Também é importante não consumir açúcar porque ele atrasa esse processo).
      Também vale tentar outras dicas que já se mostraram eficientes como: beber café (puro), tomar 4-5 aspirinas (elas ajudam a mascarar o thc) e tomar sulfato de zinco (ele encaminha os metabólitos para o canal fecal tornando a urina livre de boa parte de metabólitos). Tome diuréticos naturais para eliminar as substâncias, se quiser pode tentar tomar Hidroclorotiazida ela age de forma muito eficaz como diurético para eliminar os metabólitos.
      Pra quem sofre de pais paranoicos como eu (já vi pessoas no fórum pedindo ajuda por isso) é bom saber dessas dicas, pra mim funcionou e deu negativo, boa sorte maconheiros.
    • Por Don Fumador de THC
      Boa tarde, meus camaradas.
      Seguinte, fumava direto desde os 17 anos, atualmente tenho 27.
      A onda sempre foi de muita risada, descontracao, relaxamento e alegria. Sempre fumei hash ou skunk.. Fumava ate mt mas nunca me atrapalhou em nd, me formei e trabalhei desde cedo.
      Porem, ha dois anos atras a historia mudou, e infelizmente pra pior.
      Passei o reveillon de 2015 no Universo Parallelo, e desde que voltei a onda da maconha ja nao era mais a mesma. Ficava mt pra baixo, passava da preguica.. Batia na depre mermo. Nessa epoca tava saindo do meu emprego e nao sabia pra qual area ou industria queria seguir minha carreira, estava mt perdido mermo. Somado a isso, continuei fumando meus baseados diarios, algo de 3-5 por dia. 
      Só que tipo uns 5 meses dps a onda tava uma merda, eu ficava loucasso, com umas viagens introspectivqs de energia ruim, de que eu tava possuido por espiritos ruins, meus pensamentos tavam pesados, de baixa estima e mt voltado pra promiscuidade, pensava mt em sexo.
      Enfim, mesmo assim continuei tentanto fumar, e tive algumas experiencias horriveis que mais tardar foram diagnosticas como surtos psicoticos pelo meu psiquiatra. Comecei um tratamento psquiatrico em agosto de 2016 (fez 2 anos esse mes).. Tomei remedios por mt tempo e fui acomoanhado por um terapeuta especializado em drogas. Atualmente nao estou tomando remedio.. Ja me recuperei mt, mas ainda nao me sinto bem como smp me senti, e mt se deve ao fato de nao ter conaeguido mais controlar a onda da maconha.
      Tive algumas recaidas/tentativas de fumar nesses dois anos, mas sempre a paranoia ditou a onda.. Nunca mais foi a mesma, e isso me deixa me sentindo incompleto. Atualmente medito diariamente, pratico mt esporte, me alimento bem, estudo e estou em busca de emprego. Porem, a maconha sempre ta na minha cabeca.. E a questao que eu venho compartilhar c vcs e pedir conselhos é: sera que alguma hr a onda da maconha voltara ser boa e eu consiguirei controlar? Alguem ja passou por algo similar?? Gosto mt dessa porra e por mt tempo me fez bem.. Mas tenho medo da onda ser down e pesada como foram nas ultimas vzs q fumei.
      obrigado pela atencao e grande abss
    • Por Barto
      Boa tarde meu povo.
      Muitas vezes fumei um back e pude conversar com qualquer pessoa dar risada e ficar tranquilo e sempre atento( nao fiquei numa leza total) , mas a maioria acabo entrando em paranoias do tipo corpo tremendo e achar que vou desmaiar e tambem nao presto muita atenção nas coisas. Mas conforme a brisa passa depois de algumas horas eu me sinto muito bem e relaxado
      Strains ricas em cbd podem me ajudar a controlar isso?
      E como controlar?
      Outra duvida rapida.... devo lavar o preensado?....
       
      Abraço e muita paz 
       
    • Por Venomx5
      Bom, criei esse tópico pra galera que sofre algum tipo de "cisma" ou até mesmo acha que tem algum "transtorno" se orientar perante o uso da maconha, tópico com o intuito de compartilhar positividade exclusivamente, pra pessoas sensíveis que querem continuar a fazer uso, mas precisam de apoio psicológico por conta das malezas do mundo, você que é ansioso, que tem cisma com bad trip, ou outras coisas, sinta-se a vontade para esclarecer e encontrar pessoas com "piras" semelhantes, somos cheio delas, mas somos normais, quando estiver em uma cisma sinta-se a vontade para compartilhar e ser apoiado/ajudado. 
    • Por freak98
      Eae galera, então, meu primeiro baseado foi aos 15 anos (tenho 18 agora) e desde lá tenho problemas para interagir socialmente chapado. Normalmente eu sou bem extrovertido, mas quando fumo um, não consigo conversar com as pessoas, fico muito paranóico e ansioso,  parece que todos na rua estão olhando pra mim e eu fico mexendo meu corpo o tempo todo, cruzando os braços, passando a mão nos joelhos e tal.
      Acontece com alguém aqui?
      Paz