Recommended Posts

Eae growers, ganhei essas duas plantas de uma amiga, ela disse que tem 2 meses, mas ela estava em um ap, devia estar pegando nada de sol, eu comprei uma lampada hqi de 400w e um refletor,  queria saber se ainda tem como salvar ela, estou deixando 20/4, para ver se ela vega e cresce, estou ciente da herma, vou corta la amanha, alguma dica? Qualquer coisa é bem vinda

vou deixar algumas fotos dela: 

https://prnt.sc/nku4ph

http://prnt.sc/nku50b

http://prnt.sc/nku58s

http://prnt.sc/nku5hg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

mano, eu arrumaria outra seed e dava inicio ao um novo ciclo, agora já com as lampadas q comprpu e talz... começa da umas estudas nos ferts, nos substratos, nas temperaturas e etc !!!

abr irmao !!

boa sorte !!

 

quem planta colhe !!:roll-up:

  • Thanks 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...

  • Conteúdo Similar

    • Por Tarabell
      Esse post é uma tradução e resumo do excelente trabalho do Dr Bruce Bugbee da universidade de Utah nos EUA. São 30 anos de experiência no estudo do cultivo de canábis em laboratório, adaptada ao cultivo caseiro. O video original em inglês é esse aqui Maximizing Cannabis Yields for Home Growers with Dr Bruce Bugbee

      Pode parecer muita ciência e muitos números mas, finalmente, de uma vez por todas, eis os números exatos do professor para os melhores rendimentos.
      Luz: de 30 a 60 DLI (quantidade diária de luz, faça a conversão/calculo com as especificações da luz do seu fabricante). Temperatura ambiente: idealmente entre 26 e 29C mas nunca fora do intervalo 20-30C, evitando grandes variações.  Umidade: idealmente a 60% mas nunca fora do intervalo 40-70%. Vento: se as folhas estiverem balançando levemente é suficiente (+-1metro/segundo). CO2: garanta uma boa circulação do ar para reposição do CO2 (+-400ppm), repor o ar a cada par de minutos é suficiente. Somente cultivos muito sofisticados emriquecem o CO2. Temperatura das raízes: a mesma que a temperatura ambiente está ótimo. Água: a cada dois ou tres dias, quantidade suficiente para +-10% vazar por baixo do vaso mas não deixe acumular estes 10% no fundo. Pese os vasos com as mãos para saber se deu tempo de secar o vaso entre uma rega e outra. Se tiver muito pesado ainda tem muita água. Não tem muita regra mas também não tem muito erro. Nutrientes: os macro nutrientes devem ser adicionados a cada rega de maneira bem diluída nas proporções NPK 20-10-20. Adicionar mais fosforo na floração. Oxigenação das raízes: fique atento para que o substrato escolhido permita uma boa oxigenação das raízes. O substrato ideal:
          • 50% turfa, é o que promove a oxigenação das raízes, deixando o substrato fofo e aerado.
          • 50% vermiculita (ou perlita) a vermiculita contém sílica que é benéfico para os tricomas.
          • 1,4g/L de dolomito que contém cálcio e magnésio
          • 0,4g/L de gipsite que contém cálcio e enxofre
      Sobre a iluminação, a canábis pode absorver muita luz e seu crescimento é quanto mais rápido e robusto. Porém para poder colocar 60DLI de luz na planta ela precisa que todos os outros parâmetros estejam em seus níveis ideais. Sendo que no estagio vegetativo as luzes ficam acesas por mais tempo, 16-18h por dia a potência da luz pode ser menor que durante a floração onde a luz fica acesa somente 12h ao dia mas as necessidades de luz da planta continuam altas. Durante a floração é extremamente importante obter um período diario de escuridão absoluta, sem nenhuma interferência luminosa. Mesmo um pequeno led piscando dentro do espaço de cultivo ou uma fresta pode atrapalhar a floração e reduzir drasticamente os rendimentos.
      Espero que ajude a ter altos rendimentos na sua próxima colheita!
      Salve!
    • Por fabioagtorres
      Ola amigos Growers, estou com algumas plantinhas aqui, e estou tendo este problema com elas , nas folhas  no meio da planta e na parte de baixo, tem aparecido manchas na cor cobre e elas tambem enrolam para cima, cultivo elas outdoor, uso terra com adubos organicos, borra de cafe ovo, cha de casca de banana, e recentemente faz uns 5 dias apliquei oleo de neen, nos 2-3 priemiros dias depois da aplicacao do oleo nao aconteceu nada deixei elas 1 dia na sombra ate secar o oleo, agora estao com essas manchas mais nao tenho certeza se foi causado pelo oleo de neem.
      Quem puder me dar uma orientacao ai ficarei enormemente grato ;D


    • Por LokinFT_
      Salve galera, eu vou começar um grow no meu quintal de tras onde é afastado e afins, tenho quase tudo exceto as sementes. Alguem ai sabe onde conseguir ou se posso usar sementes de presando ?
    • Por Coffegreen
      Ei pessoal jóia? é normal prenseed ficar com bud menor mesmo? eu imagino que sim, demorei muito pra conseguir fazer uma "saudável" crescer e agora estou com uma na floração que estão com tricomas já, tricomas brancos e alguns ficando ambar. Será que já posso colher ou vale a pena esperar mais pra ver se engorda? Eu tenho um outro post sobre isso mas eu acho que coloquei no lugar errado e estou tentando apagar. Mas já agradeço de antemão quem me ajudar. 😃


  • Tópicos

  • Posts

    • Salve gurizada, vcs sabem se posso usar brita no lugar de perlita? Em função do novo corona virus as floricultura estão todas fechadas :s
    • Salve rapazeada!!!  Tirei umas sementes de um skunk muito gostoso q peguei uma vez, resolvi germinar, deu certo e resolvi encarar o cultivo. Tenho q cultivar indoor pois moro em apartamento, então fiz um PCGROW bem grosseiro, e estou usando um abajur pequeno pra fornecer luz, colocando a cabeça do abajur dentro do gabinete por uma abertura na traseira.  Agora vão as perguntas. ME AJUDEM COM A LÂMPADA. Não tenho ideia das especificações da lâmpada q está no abajur, então queria por uma mais correta pro meu caso. Acontece q a lampada é redonda, e a planta mais afastada fica um pouco carente de luz. Gostaria de conselhos pra uma daquelas lâmpadas compridas, dessa forma resolveria o problema, mas uma q não esquente muito. Poderia até comprar um soquete e prender a lampada dentro do gabinete.  MUDANÇA DE VASO E TERRA. Em breve vou comprar um vaso q me permita fazer amarras, para controlar e guiar o crescimento da planta. Seria possível cultivar essa danada em um vaso pequeno de uns 20CM ou até mesmo um pote de 2L de sorvete? Quanto a terra... apenas um solo com humus nesse estágio inicial da planta, é o suficiente? Me deem um help nessas questões por favor. Logo estarei disponibilizando um espaço um pouco maior (uns 70x80 cm) para colocar essas duas plantas, mas elas vão ter q ficar nesse gabinete por 1 ou 2 meses.  Procurei bastante algumas dicas aqui no fórum, mas resolvi postar pra quem sabe encontrar alguém q já fez a mesma coisa, nas mesmas condições, e conseguiu colher algo no final. ME PERDOEM A IGNORÂNCIA, e pra quem for ajudar aí, NOIS SÓ AGRADECE!!!
    • Fala pessoal, na paz? Pois bem, eu tenho 27 anos e faz 10 anos que fumo um banza. Já tive épocas que fumava quase todo santo dia, porém já teve épocas que fumei menos.  Neste ano decidi fazer algo inédito: Ficar sem fumar de forma compulsória por 40 dias. Faz parte da Quaresma; eu também optei por não beber álcool no mesmo período. Foram inúmeros os benefícios e gostaria de compartilhar brevemente a minha experiência. Nesses últimos anos eu já estava querendo melhorar a qualidade da maconha que eu fumava: fui 3x para Amsterdam, lá eu fumei Skunk de qualidade, e depois que voltei comecei a minha busca de uma maconha melhor... Logicamente a realidade é outra aqui infelizmente... porém hoje em dia com alguns contatos você consegue um Bud num preço salgado ou se tiver a oportunidade você planta - o que é de longe a melhor solução; custo, benefício, qualidade e risco.  Então eu consegui pegar mais buds e fui lentamente me afastando do pren. Hoje em dia eu quase não fumo mais prensado - acho um lixo - só fumo quando tem disponível, lógico hehe.  Já sei que terão aqueles que dirão que não dá pra largar do pren por inúmeras questões... Eu tenho amigos que fumam pren todo santo dia! Porém eu posso afirmar que os benefícios são avassaladores quando você substitui o bud pelo pren: - A brisa vai ser mais forte: Mas isso não significa que a brisa vai ser a brisa do pren x 10. A brisa é outra, a verdadeira, legítima! Você sente de verdade os efeitos da Cannabis. Se tiver sorte vai experimentar strains diferentes e vai diferenciar o efeito de uma sativa para uma indica, gosto e intensidade. Quando eu fumava pren eu ficava na maior parte lesado e depois sentia uma dor de cabeça, (não sei porque, porém era uma dor insuportável algumas vezes que fumava) além de você ter que fumar aquele baseado gigantesco e sentir a "brisa" por pouquíssimo tempo. - Quando você fuma bud você fuma menos: Isso é fato. Não tem como você fumar no mesmo ritmo. Até os que fumam todos os dias vão acabar fumando menos; por 2 motivos: 1 - A brisa dura mais e é mais intensa - você vai precisar de 2 a 3 finos pra ficar  chapado o dia inteiro. 2 - o custo será bem maior, então você vai ter que fumar menos por causa da grana. E aí muitos usam a desculpa de ser caro e vou fumar pren por causa do preço. Acredite: Se você gosta mesmo de fumar maconha, não vai querer voltar para o pren depois de fumar bud. - A qualidade é de outro nível: Nos argumentos acima eu já mencionei, porém tenho que reforçar para aqueles que não experimentaram ainda: O nível é outro!! Não tem comparação. No meu caso em particular eu comecei a apreciar muito mais quando fumava um bud em todos os sentidos, e isso fez eu moderar o consumo. Bem, agora que eu falei dos benefícios de fumar um Bud e que você acaba fumando menos voltamos a minha experiência: (paciência, agora tudo vai fazer sentido) Eu já estava fumando mais de 80% bud e 20% pren das mais variadas qualidades. Eu senti que deveria resetar o meu cérebro de todas substâncias que entorpecem o meu corpo (lícitas e ilícitas) Daí veio o desafio. E por causa que eu já estava fumando na maioria das vezes bud, e eu já fumava muito menos, (cerca de 1 a 2 x por semana) eu senti que foi mais fácil parar de fumar. Não senti qualquer efeito negativo (estresse, ansiedade, abstinência) tanto da maconha quanto do álcool (vou focar no caso da maconha apenas - porém a combinação dos 2 foi fantástica). Também me senti mais focado durante o dia em atividades, e agora já sinto uma relação distinta quanto a querer fumar. Percebi que fumar algumas vezes atrapalhava os meus planos e meu foco (isso  varia de pessoa para pessoa). Vejo que como tudo na vida, não podemos exagerar o seu consumo e além disso, devemos buscar a melhor qualidade para ter o seu melhor proveito. Ainda não quebrei a minha quaresma, vou relatar como vai ser a brisa da volta ( já deixei separado um bud de qualidade aqui), mas sinto que o meu vício irá diminuir: A moral deste relato é que a maconha tem poucos (quase nenhum) efeitos negativos quando consumida de maneiro regular e de boa qualidade. Se você fuma todos os dias pren, a história já é outra... Cabe a você priorizar o quão importante é fumar e a brisa que vai ter.  Sei que a realidade não permite, mas se tiverem a oportunidade  recomendo a todos fumar o bud mais vezes. E logicamente recomendo fazer essa pausa. Já foi comprovado que desintoxicar o corpo nos ajuda de inúmeras formas. Além disso, você vai provar para si mesmo que você está no controle, o que eu acho que é o mais importante!