Zoidigatomarolado

Bad Trip de 5 anos

Recommended Posts

Boa noite a todos, meu nome é Steph, tenho 22 anos, fumo desde os 15, aos 16 aumentei a frequência e desde 2014 fumo Diariamente sem pausar nenhum dia, na média de 4 baseados. Sou extramemente viciado, fumo prensado pois moro com meus pais e não tem como plantar e cultivar. Porém eu não consigo entrar na brisa de quando comecei, mais não é questão de tolerancia, o que pega é que TODA vez que eu fumo rola uma bad, eu fico mais ansioso que o comum, fico focado no presente e no que as pessoas vao pensar de mim, minhas reações e palavras sao detalhadamente no intuito de agir de uma forma que nao parece ser o "bobão" na frente dos outros, nesses 4 anos aconteceu muitas coisas, tentei parar com ajuda de remédios psiquiatricos que só piorou tudo, me isolei da vida, e nao tenho mais paz pra nada, meu unico socego é quando chega de noitão eu tomo 10 gotas de rivotril fumo 1 e dou uma viajada ( pego uma onda legal ), depois de ter fumado o dia todo e passado por milhões de pensamentos e emoções, no momento nao to trabalhando pois não paro em nenhum serviço, devido a não conseguir me socializar com NINGUEM, me sinto estranho, esquisito, e as vezes sinto coisas que não sei explicar... e tenho certeza que é o excesso de prensado, não consigo parar, fico nervoso, acabo fazendo coisas que nao quero por exemplo maltratando pessoas que gosto muito, ja fiz varios tratamentos, tentei varios metodos, inclusive no que eu mais acredito que é ocupar a mente "trabalhar" porem todos foram frustados, assim como vários planos e projetos na minha vida, tudo isso decorrente da forma que fica meu pensamento quando fumo, e eu sempre fumo então fico nesse ciclo... No começo foi legal, curtia a brisa, viaja nas musicas, curtia a paisagem de uma forma diferente, altas risadas e tenho ainda boas lembranças, e nao quero largar a ganja, porque eu gosto muito, mais me faz muito mal também, não vejo mais luz no fim do túnel, acredito que o problema ja veio de infância e talvez o "prensado" só tenha desenvolvido de uma forma mais rápida, se alguém leu até o fim e tiver algo pra dizer, independente do que seja, já sou grato! Desejo paz de espirito a todos! 

  • Like 1
  • Sad 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mano já senti isso também algumas vezes.. mas vejo que você tem que avaliar o que é melhor p você nesse momento, a época q fiquei mais nessa foi quando joguei todo o prensado que eu tinha no vaso ( esse ato foi importante) e fiquei uns dias sem fumar.. gostei bastante do resultado até pq podia interpretar as coisas que aconteciam puramente do meu jeito, sem interferencia da erva.. sem poder colocar a culpa de algo que deu errado nela..

Meu conselho é : tente ficar sem uns dias sem fumar.. pense que a maioria das pessoas não fumam e levam suas vidas normalmente. E não se esqueça SEMPRE continue seguindo, a vida é curta se parar fodeuu. Abraço mano!

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dar essa pausa, como os colegas falaram, é importante.

Pendure um calendário na parede do seu quarto e marque um X na data uma semana pra frente logo que acordar e antes de ter fumado pra assumir um compromisso visível, palpável, algo que você possa monitorar e olhar com orgulho o que já avançou em vez de só uma ideia abstrata na cabeça. Essa é a sua meta pra dar uma desconectada da erva e uma reconectada com você mesmo. 

Passe o primeiro dia sem fumar porque é algo que você tem consciência que é importante e está determinado a conquistar. Quando for dormir sem ter fumado, marque um X e repare que não foi fácil, mas que o mais difícil você já fez: começar. Note que você não está em guerra com a maconha, você está é procurando trégua com você mesmo e reconquistar a paz e orgulho de se ver no espelho. A força de fazer uma vontade virar ação você já teve, então pode comemorar!

Se você conseguiu hoje, é prova que você consegue. Ponto final. Porque não é por uma semana que você vai ficar sem fumar pra organizar a cabeça. É só por hoje. Você acordou hoje e não fumou hoje. Não pense em amanhã, amanhã nem existe, o que existe é que hoje você não vai fumar, não está fumando, não fumou porque resolveu assim. Quando acordar no dia seguinte, não será amanhã, será hoje de novo. Olhe para o calendário na parede e repare que você já ficou um dia sem fumar e que pode ter sido difícil às vezes, mas, ué, você ficou! Comemore! Não é porque foi difícil que você deixou de ter força, você enfrentou e conseguiu! E, se já conseguiu ontem -- o passado existe, e ontem foi um dia de conquista seu, pense nele e em como você ficou orgulhoso de ter conseguido -- é porque pode também conseguir hoje. Só por hoje. E marque outro X orgulhoso no calendário, fale em voz alta "eu sou foda!", pra você mesmo ouvir e lembrar que é mesmo.

Se você errar e fumar, é um vacilo. Mas não é pra você se chicotear pelo erro -- cara, você é humano. Tão humano que consegue entender que uma coisa que você curtia tanto acabou se tornando um erro porque saiu do controle. Se você fosse um bicho, ia se acabar seco sem nem entender que tinha um problema, mas você é humano, que erra mas se corrige porque se reconhece como pessoa que merece respeito a si próprio. Então fique chateado, perceba que errou, olhe pro calendário na parede e olhe para os dias que estavam marcados com um X. Mas não olhe para eles pensando que eles estão decepcionados que você não honrou a conquista daqueles dias. Olhe pensando que aqueles dias marcados com X estão orgulhosos de você por fazerem parte da sua conquista. Conquistar dois dias e perder é infinitas vezes melhor do que não ter conquistado nenhum. Mas agora você zerou o placar antes do fim do jogo -- 4 vira, 7 acaba, então ainda não acabou.

Quando acordar no dia seguinte, antes de fumar, marque novo X em data daqui a uma semana. E recomece. Recomeçar é tudo o que você deseja e precisa, então recomece só por hoje. Recomeçar é digno, é sinal de respeito ao esforço que você já fez.

Comente dessa sua decisão de dar uma desligada pra um amigo. Mas um amigo na real, não um "amigo" que vai te zoar, chamar de fraco que não aguenta, essas coisas. Converse abertamente, explique como se sente, diga que quer dar esse tempo e peça pra ele não só te incentivar como te cobrar, perguntar como tá indo, comemorar com você. Talvez deixe o seu chá guardado com ele pra evitar de você ficar entendiado e ligar o foda-se pra fumar. Envolva alguém de confiança que esteja disposto a te dar esse suporte e dividir com você o peso. Mas evite fazer isso com seus pais ou irmãos, já rola uma relação complexa de muitos anos cheia de gatilhos e atalhos, então é fácil você desrespeitar a autoridade deles porque sempre vai ficar tudo bem ou até sair briga se rolar cobrança. Um amigo tem bem mais poder nessas horas.

Tente sair pra caminhar ou pedalar. Defina um roteiro, até onde vai, não fique apenas rodando em círculos em volta do quarteirão ou em alguma pista de caminhada na sua cidade pra não bater o tédio de estar andando sem chegar a lugar nenhum. Curta o passeio, admire pequenos detalhes que você costuma ignorar, repare nos pássaros, tente imitar o assobio deles por um tempo, veja que o jardim de uma casa tem 25 vasos de orquídeas na frente e faça uma pausa pra ver quantas são de cada tipo, repare nas diferenças, coloque atenção no parafuso que prende a placa de trânsito e que aquela de Pare tem uma figurinha da Copa colada, veja se reconhece o jogador ou ao menos o país. Não é apenas manter a cabeça ocupada, é manter a cabeça ocupada com detalhes pequenos e novos, se empolgar com coisas banais que fazem você pensar solto, sem ficar preocupado se alguém está te olhando ou julgar seus pensamentos. Se puder, chame alguém pra ir junto, o amigo que virou seu cúmplice nessa conquista ou outra pessoa ponta firme pra você poder conversar sem neura, marque horário pra não se render pra preguiça na hora de sair. 

Veja uns filmes, vá ao cinema se tiver onde você mora pra aproveitar e ver movimento, outras pessoas, pense que você normalmente estaria chapado pra ver mas que agora você não estava e -- olha só -- o filme continua divertido e você nem precisou fumar. Não apenas manter a cabeça ocupada: manter a cabeça ocupada e ter orgulho disso. De você.

Só por hoje, Steph. Não é uma cobrança, é uma comemoração. Pense no macro, gerencie no micro. Você quer passar os seus próximos 70 anos bem com você próprio e fumar sem controle não está funcionando, então você vai agir e vai conquistar uma semana, um dia por vez. Durante essa semana, você vai conseguir limpar o pensamento, deixar de sentir essa paranoia e ansiedade do THC, desligar esse ciclo de ter vergonha quando fuma e fumar já preocupado que vai ter vergonha pra depois ficar ainda mais envergonhado porque já estava esperando isso e então preocupado que isso vai acontecer de novo... E aí você pode até decidir emendar mais um dia, já ficou 7, por que não 8? E quem sabe depois disso você não se sinta muito foda no espelho por estar superando aquela montanha e conseguindo, só por hoje, simplesmente não fumar e não resolve colocar outra semana de meta?

E se um dia você achar que deve fumar após essas conquistas, fume, ué. Não enfie o pé na jaca, não tente compensar o tempo perdido porque agora você está com crédito. Pelo contrário: faça um fino, dê algumas bolas e encoste. Mais tarde você continua, mas mantendo um ritmo mais lento do que antes, pra ser você que fuma a erva e não a erva que fuma você. E fume quando estiver de boa, feliz, não porque rolou um estresse e você tá pra baixo, isso só vai abrir as portas para uma experiência frustrante e dolorida.

Mas, se você continuar sentindo os mesmos pensamentos negativos apesar de fumar pouco, ou se não conseguir se controlar por mais do que um ou dois dias várias vezes seguidas, tente entrar em contato com o Narcóticos Anônimos. A gente costuma pensar no NA só pra vício em droga mais pesada, cocaína, crack, mas o acolhimento é pra todos e você será muito respeitado e apoiado. Você vai poder dividir a sua força de vontade com os outros e se beneficiar da deles também, vendo que não está sozinho pra enfrentar sua dificuldade.

Toda força, maninho, depois aparece pra contar pra gente o que você conquistou.

✌️

  • Like 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Já senti o que sente amigo!

Dificuldade até pra falar no meio de uma roda, considere ficar um bom tempo sem fumar para restabelecer a sua mente como era antes de fumar e siga um tratamento médico que vai ter uma melhora significativa, porém pode ser lenta!

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara a galera ai já deu a letra que é parar por um tempo e eu concordo plenamente. Acredito que a maioria aqui ( incluindo eu ) ja sentiu isso que você está sentindo.... e só por você já ter enxergado o problema já é meio caminho andando tlgd? Pode parecer agressivo isso que eu vou falar mas eu uso comigo todas as vezes que tenho que dar uma pausa e a dica é: VIVA UM DIA DE CADA VEZ igual nos alcoolatras anonimos mano! Não fique colocando metas longas pq você só vai se frustar.... acorda e fala... hoje eu vou ficar sem fumar.... ai vai e faz tuas coisas.. no dia seguinte a msm coisa... cara pode parecer simples e até mesmo bobo mas isso da uma ajuda que não ta ligado! Falo por experiencia própria mano! Outra coisa que me ajudou muito a suportar os dias que tinha que ficar sem fumar foi minha vontade de, igual você comentou, ter a mesma brisa de quando você começou a fumar. Eu ficava pensando " Não mano rlx quando terminar esse periodo se vai voltar a ter aquelas viagem de quando vc ria pra caralho lembra?" e sim eu ficava (fico) meio que conversando comigo mesmo na minha cabeça pra me estimular tlgd? Então é isso mano fica na paz 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...

  • Tópicos

  • Posts

    • Meu gato arrancou a minha planta de 2 semanas da terra, ela quebrou o caule e perdeu a raiz (já que o miserável do gato arrancou) coloquei ela de volta na terra, será que ela sobrevive ?? Me ajudem ai pelo amor de Jah, doeu profundamente em coração.
    • É muito simples todos aqui sabemos quanto custa para montar um grow de 1x1, então fica muito fácil dizer que isso daí mancha sim e pacas a nossa cara, como disse o irmão @punk77 para o sistema não importa 4 ou 4 mil, nos somos vistos como traficantes de luxo, se algum de vcs conhece como eu pessoalmente um grower que foi preso sabe bem do que estou falando... sabe por que mancha nossa causa, pq ali tinha muito dinheiro investido para ser um bando de growers de fundo de quintal o aparato existente nas imagens dizem tudo, engana-se quem pensa que isso é desobediência civil isso é só o sistema agindo dentro do sistema, tinha financiamento pesado nessa plantação só pode ser o crime organizado, como eu sei, vai por mim eu sei...como disse, isso ai tá bem longe de ser desobediência civil, apenas mercantilismo mesmo... a maior proteção para um grower é e sempre será o segredo e a discrição até as leis mudarem pelo menos, quer viver fora do estado e do sistema não chame a atenção deles é simples, agora essa é minha opinião como todos os irmãos ai tem a opinião de vcs, acho muito justo e válido essa troca sadia de ideias, é noises irmandade, sempre resistindo, quando for fumar hunzinho oferecerei em pensamento a vcs hj...eh noises...boa quarta a todos...
    • Não fornecendo pra facção e pra miliciano por mim que plantem toneladas pra colocar no mercado... Mais uma pedra no túmulo das biqueiras... Investiram pesado em território nos últimos anos, se foderam, o crime ficou devagar aqui pelo sul pq o investimento não teve retorno... Biqueiras prósperas e pacíficas viraram território conflagrado e instável, acabaram com a confiança da clientela, agora tem uma nova modalidade de distribuição de drogas baseada em networking, sem território, sem arrego pra porco, sem apadrinhamento político... Biqueira hoje só pra quem fuma pedra... E quanto mais camarão de qualidade no mercado melhor o preço... E à lei? Não é, nunca foi e nunca será nossa amiga...  Tudo muito longe do ideal, mas às coisas são como são...