Ir para conteúdo
Growroom

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

Salve rapaziada!

Abri o tópico depois de já ter lido inúmeros a respeito, mas como tem muito pouco sobre cultivo orgânico de automáticas( levando no mesmo vaso do início ao fim), decidi criar esse para vocês me ajudarem e compartilharem esta informação com quem mais estiver fazendo esta busca específica, como no meu caso.

Vou levar 18 automáticas em vasos de 7 à 8 litros. Para isso preparei um solo de acordo com o que fui pesquisando, bem como com o que eu já tinha e com o que consegui comprar por aqui. 

Segue:

30Kkg de Humus

1L de Humus Líquido

30kg de Terra Preta

30L de Amafibra(acho que é pó de coco, nao chega a ser fibra pq achei bem granulado)

40L de Perlita Expandida

15L de Vermiculita

1,5kg de Torta de Mamona

1,5 de Farinha de Osso

2,7kg de Calcário dolimítico

2kg de Torta de Neem

200gr de calcário de conchas

 

A vermiculita eu nem ia colocar, mas como precisava de um solo menos compacto e era a unica coisa que tinha me sobrado, acabei colocando , pq as automáticas precisam de espaço para crescer as raizes em sua curta vida. Achei que peguei pesado no Calcário, to muito bolado com isso. Pelo que vi, poderia ate acrescentar mais 1kg de torta de mamona e farinha de osso, mas a ideia nao era fazer tao forte, pois autos nao precisam de tanto nutrientes. Adicionei também 5 Yakults(kkkkK) e 100ml de glicose de milho para dar uma aflorada nos micro-organismos, mas isso aí já foi gaiatice minha rsrsrs.

Já coloquei farinha de osso e mamona, pq li que demora para compor o solo. Entao a ideia eh deixar essa terra descansar somente por 7 dias, pois essas autos vegam em media de 28 dias. Entao nao daria tempo do solo trabalhar e nao ficar  muito over na vega e já começar a bombar na flora. 

O que acharam? Me da essa força aí, já germinei as meninas, devo tacar no solo em 3 dias, mas queria corrigir algo se fosse o caso!

Valeu aí Growroom! Tenho aprendido muito com vocês e espero que esse tópico também seja mais uma fonte de informação . Obrigado! Abraços!

 
  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 weeks later...
  • 1 month later...
  • 3 months later...
  • Usuário Growroom

Maneiro teu post! Acho importante informações específicas para as automáticas; sinto essa falta nos tópicos, pois percebo, pelas que já plantei, que elas têm necessidades próprias da sua característica autoflorescente e não dá tão certo ficar "copiando" as dicas do cuidado com as fotoperíodo...

Sou nova no cultivo e por isso, não tenho muita experiência pra te responder, mas compartilho com o que posso. Reiterando o que os colegas já disseram que menos é mais...  E uma coisa muito importante (e até óbvia rs) é saber a função específica de cada componente da mistura, pra não fazer barulho a toa, desperdiçando material e deixando de ajudar a planta em seu pleno desenvolvimento. Mas vamos lá...

Chegaram as seeds do meu segundo cultivo e estou me preparando pra essa nova empreitada. Uma já tá germinada e indo pra terra amanhã e as outras, estou esperando a vermiculita chegar pra fazer a mistura, que será assim:

 

Substrato orgânico

Terra preta (um pouco)

Húmus 

Torta de mamona

Farinha de ossos

Fibra de coco

Vermiculita

(Alguma dica pra acrescentar algo ESSENCIAL?!)

Lembrando que a mistura pra automáticas é pra vega e flora.

As porcentagens de cada, vou decidir na hora, considerando as quantidades que tenho, que serão divididas entre os 8 vasos... Alguma sugestão de porcentagens??? Agradeço!

Nesse cultivo estou fazendo um investimento maior no solo, pois percebi no 1° que o tamanho deixou a desejar, ela ficou bem pequena. Isso pq foi plantada no meio do verão, Sol a pino.

Como estamos num outono de muitas nuvens, penso que devo tentar "compensar" com um solo muito rico e aerado. Estou me questionando se as outras plantas ficaram pequenas por conta do sol ou do solo...como são auto, ou seja, estão geneticamente preparadas pra escassez solar, imagino que o erro deva ter sido sim em um solo pouco aerado, que prejudicou o crescimento das raízes e por consequência, de toda a planta. Nessas eu usei terra preta, húmus, substrato e dps joguei uma mistura de torta de mamona com farinha de ossos, qnd vi que o negócio tava brabo rsrs. Agora pretendo honrar a qualidade das strains e investir em um solo decente! Rs

Tb me questiono se esse raciocínio, de tentar compensar no solo por conta do sol de outono, faz algum sentido... mas acredito que a experiência vá me responder.

Novamente, agradeço todas as contribuições que porventura vierem.

 

Plantar pra não comprar!

 

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 4 weeks later...
  • Usuário Growroom

Saudações @Pedro Mel 
|Vou começar umas automáticas e este post esta sendo bem util.
Vou usar Perlita + sunshine + turfa + vermiculita + calc dol + farinha osso/torta de mamona + fibra de coco no fundo|+ bem pouco de humus... Esta descansando há uns dias...
@MariaErva Uma dica, arruma um pouco de calcario dolo para ajudar no P.h... uma perlita pra ajudar aerar... e mete bala, só cuidado na proporção, menos é mais...
Saudações!! 
#nãocompreplante

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 4 weeks later...
  • Usuário Growroom

Bom dia growlera, pretendendo dar início ao cultivo orgânico e outdoor, já tenho 2 seeds automáticas, tô com 2 vasos de 7L e 1 de 20L +-, pretendo usar a seguinte mistura:

35% Turfa

35% Perlita

20% Húmus de Minhoca

10% Terra Adubada 

Tenho tb farinha de osso, npk e torta de algodão, receita de enraizador natural a base de lentilha, posso fazer um chá de bananas tbm.

Minha dúvida é a seguinte, com o que descrevi aí em cima, vou conseguir levar a minha planta sem problemas de crescimento? 

Em relação aos fertilizantes, pelo que andei lendo só posso começa a colocar depois da 2 semana de Vega, isso confere ou já posso incluir no solo desde o primeiro momento?

  • Thanks 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 7 months later...
  • Usuário Growroom

Boa meu povo! Uma dúvida, aqueles mix de turfa mais perlita, misturado com torta de mamona c/ farinha de osso, calcário dolomitico e vermiculita e um bom solo para as automáticas? Seguindo com chá de humos na vega e chá de banana e/ou melado de cana na flora? Tudo pra levar no mais orgânico possível! Valeu demais, esse tópico está ajudando muito 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 1 year later...
  • Usuário Growroom
Em 04/06/2018 at 09:40, Galhardo disse:

Bom dia growlera, pretendendo dar início ao cultivo orgânico e outdoor, já tenho 2 seeds automáticas, tô com 2 vasos de 7L e 1 de 20L +-, pretendo usar a seguinte mistura:

35% Turfa

35% Perlita

20% Húmus de Minhoca

10% Terra Adubada 

Tenho tb farinha de osso, npk e torta de algodão, receita de enraizador natural a base de lentilha, posso fazer um chá de bananas tbm.

Minha dúvida é a seguinte, com o que descrevi aí em cima, vou conseguir levar a minha planta sem problemas de crescimento? 

Em relação aos fertilizantes, pelo que andei lendo só posso começa a colocar depois da 2 semana de Vega, isso confere ou já posso incluir no solo desde o primeiro momento?

E aí mano, suave?

 

Queria saber se deu bom esse substrato que vc fez?

 

Tô pra colocar umas automáticas nessas mesmas condições aí..

 

Abs

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Posso dar um pitaco também @Saiber? Falou de composição meu olho até brilha hahaha.

Torta de mamona e farinha de osso, duas coisas geralmente a galera não coloca certo (vide eu mesmo até criar vergonha na cara e estudar pra não fazer merda hahahaha).

Vega: 7~10% de torta de mamona e 2~5% de farinha de osso

Flora: 5~10% de torta de manona e 10~15% de farinha de osso

Eu mesmo faço só solo pra vega e depois complemento, claro que esse valores variam de acordo com o que você agrega, mas na base do que li e do livro do Vidal é isso ai, e faz sentido.

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom
2 horas atrás, marioc disse:

Posso dar um pitaco também @Saiber? Falou de composição meu olho até brilha hahaha.

Torta de mamona e farinha de osso, duas coisas geralmente a galera não coloca certo (vide eu mesmo até criar vergonha na cara e estudar pra não fazer merda hahahaha).

Vega: 7~10% de torta de mamona e 2~5% de farinha de osso

Flora: 5~10% de torta de manona e 10~15% de farinha de osso

Eu mesmo faço só solo pra vega e depois complemento, claro que esse valores variam de acordo com o que você agrega, mas na base do que li e do livro do Vidal é isso ai, e faz sentido.

em volume ou peso?

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom
6 horas atrás, Saiber disse:

HAHAHAHA sempre muito bem vindo mano !

Eu ainda preciso tomar vergonha na cara e passar para o organico de uma vez, ainda utilizo substrato organico mas sempre completando com os ferts, estou pra fazer um cultivo num solo totalmente organico e levar só com o flowermind pra fazer o teste, cansei de ver gente falando que da certo e gente falando que não da, realmente nao consegui ter uma base só com os feedback da galera. 

Essas porcentagens que vc citou ai tanto da farinha de osso quanto da torta de mamona, realmente da certo? Tipo, eu uso aqui mas nao costumo medir, vai meio que no olho, mas fazendo as contas por aqui, 15% de um vaso de 7L seria 1L só de farinha de osso, é isso mesmo? Normalmente acabo adicionando coisa de 4kg de torta de manona e 4kg de farinha de osso pra uns 100L+ de substrato, por isso o motivo da pergunta, se vc ja tem feito com essas quantidades certeza que tem um feedback ai HAHA Deixa eu descolar que estou colocando pouca coisa no meu solo que vou ficar puto comigo mesmo HAHAHAHAHAH

Cara, eu uso aqui na média 7% de torta de mamona e 2-5% de farinha de osso, como disse sempre faço pra "vega" não diferencio os que faço porquê eu complemento durante todo o ciclo, e ta indo tranquilo, agora não testei os mais fortes, mas tirei do livro do Vidal, e vendo a composição da galera por ai não ta mto fora, mas tem que lembrar que não precisa complementar com muita coisa, muito menos químicos numa receita dessa, se não é over de cara hahaha além de quê esse solo tem que descansar, e quando descansa é sempre bom ter algo plantado pra não ficar parado, ai já da um equilibro. Também não pode colocar 15% de farinha de osso e colocar outras fontes de P, esse valores são com base em ser o "único" fornecedor de NP, começou a misturar coisa tem que calcular.

Flowermind até onde vi é muito bom, em alguns casos eu vi que a galera que usou falou que o final da flora precisava de complemento, então parece um abono muito bom, mas também é dependente da qualidade do humus que tu coloca.

 

Mas fica tranquilo, tu complementa com químicos, então tem que ser menos mesmo, o ponto é que parece muita coisa, mas lembremos que é orgânico e as vezes parece muito, mas tem mtos outros componentes quando é decomposto e não só o nutriente como no caso dos químicos. Caralho falei por bosta, primeiro do dia me deixou acordado.

4 horas atrás, CannabisGuia disse:

em volume ou peso?

volume

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Boa tarde seus maconheiros

 

Estou prestes a iniciar o meu primeiro cultivo, escolhi as automaticas por ouvir falar que elas são mais resistentes, enfim, gostaria da opniao de vocês referente a esse substrato, estou pensando em levar nele

 

https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1169385756-substrato-orgnico-automatic-grow-tropikali-20-litros-_JM#position=2&type=item&tracking_id=2b0965f9-39a8-4afc-8222-3cfe2c7d393e

 

também vi esse

 

https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1420684508-substrato-pronto-flores-power-10l-mixturfa-indoor-grow-_JM?quantity=1#position=2&type=item&tracking_id=78027170-823e-4997-af7f-69caa7fcdfe9

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 months later...
  • 3 months later...
  • Usuário Growroom

Salve família, na paz??

 

Baah!!! Torta de Mamona, Farinha de Ossos, Calcário, Torta de Neem, Farinha de Sangue, tudo isso para o cultivo de AUTOMÁTICAS?? Cês tão loucos irmandade!! Não precisa jamais disso tudo! Esses nutrientes irão causar apenas problemas. Automáticas não tem toda essa necessidade de nutrição. Podem fazer um solo mais leve sem medo, e depois conforme a planta for atingindo seus níveis de ciclo, apliquem chás orgânicos. Eu cultivo strains automáticas por mais de 6 anos consecutivos agora, e sempre com ótimos rendimentos, com plantas exuberantes e sem problemas com pragas.

Todos esses preparos de solo que vi aqui, tirando o do @Galhardo, que é o mais próximo do ideal, são preparos para plantas FOTOPERIÓDICAS, tomem muito cuidado com isso, se você quer levar um cultivo de automáticas, germinando as seeds já nos recipientes e solos finais, então não pode usar a mesma mistura de um solo para floração de fotoperíodos. Irá queimar uma mudinha atrás da outra. 

Minha mistura de solo é simples:

30% turfa

30% Composto orgânico

20% Perlita

10% Húmus

10% Fibra de Coco

Levo do início ao fim nesse preparo. Desde a germinação inserindo enraizador de lentilhas até completarem 15 dias. A partir dos 15 dias de vida inicio fertilização rica em Nitrogênio, e a partir dos 30 dias de vida entro com os chás aeróbicos e uma ou outra rega com Advanced Nutrients Bloom, Big e Candy. Não é necessário mais nada além disso para as autos.

 

Simples, sem perigo de over algum, orgânico e com excelentes resultados, aromas e sabores ;)

 

Segue ai o link de um artigo ótimo que trata especificamente do preparo de substratos para autoflowers.

 

https://apotforpot.com/blogs/apotforpot/soil-mix-made-to-grow-great-autoflowers

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom
Em 19/10/2020 at 17:45, Krause disse:

Salve família, na paz??

 

Baah!!! Torta de Mamona, Farinha de Ossos, Calcário, Torta de Neem, Farinha de Sangue, tudo isso para o cultivo de AUTOMÁTICAS?? Cês tão loucos irmandade!! Não precisa jamais disso tudo! Esses nutrientes irão causar apenas problemas. Automáticas não tem toda essa necessidade de nutrição. Podem fazer um solo mais leve sem medo, e depois conforme a planta for atingindo seus níveis de ciclo, apliquem chás orgânicos. Eu cultivo strains automáticas por mais de 6 anos consecutivos agora, e sempre com ótimos rendimentos, com plantas exuberantes e sem problemas com pragas.

Todos esses preparos de solo que vi aqui, tirando o do @Galhardo, que é o mais próximo do ideal, são preparos para plantas FOTOPERIÓDICAS, tomem muito cuidado com isso, se você quer levar um cultivo de automáticas, germinando as seeds já nos recipientes e solos finais, então não pode usar a mesma mistura de um solo para floração de fotoperíodos. Irá queimar uma mudinha atrás da outra. 

Minha mistura de solo é simples:

30% turfa

30% Composto orgânico

20% Perlita

10% Húmus

10% Fibra de Coco

Levo do início ao fim nesse preparo. Desde a germinação inserindo enraizador de lentilhas até completarem 15 dias. A partir dos 15 dias de vida inicio fertilização rica em Nitrogênio, e a partir dos 30 dias de vida entro com os chás aeróbicos e uma ou outra rega com Advanced Nutrients Bloom, Big e Candy. Não é necessário mais nada além disso para as autos.

 

Simples, sem perigo de over algum, orgânico e com excelentes resultados, aromas e sabores ;)

 

Segue ai o link de um artigo ótimo que trata especificamente do preparo de substratos para autoflowers.

 

https://apotforpot.com/blogs/apotforpot/soil-mix-made-to-grow-great-autoflowers

Krause, qual seria o composto orgânico? Estou no meu cultivo e já queimei minha primeira semente com radícula. Estou pensando na próximas plantar a semente inicialmente em Um vasinho pequeno com um solo apenas com turfa, vermiculita E uma pequena quantidade de torta de mamona e em até 1 semana transplantar pro vaso definitivo. 
nessa minha primeira tentativa q queimou plantei diretamente no vaso definitivo, mas acho que pesei a mão no orgânico. 

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 4 weeks later...
  • Usuário Growroom
Em 26/10/2020 at 11:09, Jonas e a baleia disse:

Krause, qual seria o composto orgânico? Estou no meu cultivo e já queimei minha primeira semente com radícula. Estou pensando na próximas plantar a semente inicialmente em Um vasinho pequeno com um solo apenas com turfa, vermiculita E uma pequena quantidade de torta de mamona e em até 1 semana transplantar pro vaso definitivo. 
nessa minha primeira tentativa q queimou plantei diretamente no vaso definitivo, mas acho que pesei a mão no orgânico. 

Salve irmão, perdão da demora, mas estive ausente por alguns dias aqui do fórum.

Então, o composto orgânico ao qual me refiro e que uso aqui, eu elaboro com restos de resíduos vegetais (cascas e restos de frutas, legumes e verduras) misturado com grama cortada. Ai deixo curtindo por algumas semanas antes de preparar o solo. Mas você pode utilizar resíduos animais também nessa mistura (estercos no caso). Eu levo um cultivo vegano, então deixo esses resíduos de fora. 

Mas assim irmão, para germinar suas seeds, pode coloca-las apenas em uma mistura de solo com turfa e húmus (caso queira germiná-las em recipientes menores e transplantar depois) a torta de mamona nessa primeira etapa é absolutamente dispensável. 

Se forem sementes de automáticas, aconselho  a plantar já nos recipientes finais (com aquele preparo de solo que descrevi no post acima) e evitar o transplante, mas se forem sementes de fotoperíodo, ai pode germinar em recipientes menores e ir transplantando conforme a evolução da planta. 

 

Jah bless!

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...
  • Conteúdo Similar

    • Por JanTrindade
      E aew pessoal, meu primeiro post aqui no fórum (desculpa se está na área errada).
      Esse é meu primeiro cultivo, estou fazendo um grow humilde de papelão. Fiz a base de cano, no tamanho 1,20x40x40, irei usar 2 lâmpadas LED 36W (3060/3060 Lúmens). Pesquisei bastante coisa, mas tem bastante informação, acabei ficando com algumas duvidas muito importantes pra mim tirar. Se alguém puder me dar aquela força, ficaria MUITO GRATO MESMO!
       
      TERRA/SOLO DO PLANTIO
      Não encontrei aqui perlita e nem vermiculita. Aí comprei pó de coco e isopor, li que dava pra substituir. O que vocês acham, procedi corretamente?
      Comprei também um saco de homús e outro de terra adubada (na embalagem diz ter: esterco ovino e bovino, palha de milho e calcário dolomítico).
      Esses materiais (homús, terra adubada, pó de coco e isopor) é suficiente pra vega e flora? E Como devo misturar em cada fase? quantos % de cada?
      (DEI UMA LAVADA NO PÓ DE COCO PRA TIRAR O TANINO)  
       
      QUAIS MATERIAL É MELHOR PRA FORRAR O INTERIOR DO GROW?
      Na minha pesquisa vi que papel alumínio não era legal, pois fazia hotspots e aumentava a temperatura do grow. Pensei em isopor ai falaram que é bem inflamável e que não é tão reflexivo assim. A idéia mais aceitável achei foi FOLHA DE PAPEL A4, porém vi que ele não era tão reflexivo quanto o mylar por exemplo (aqui região não tem esse material), vi um comentário dizendo que era melhor deixar sem nada do que com o A4, pois ficaria zoado. Estou sem saber com o que forrar, o que indicam? Pensei em lona branca ou manta térmica, qual dos dois é mais eficiente, tem outros?
       
      VENTILAÇÃO
      Comprei 3 cooler, todos 12V, um com 0.20A outro 0.16A e outro 0.14A. Vi que preciso de uma fonte de 12V pra ligar estabilizado. Caso eu consiga uma fonte de 12v com 2.0A eu consigo ligar os 3?ou os Ampères não influenciam e precisaria de 3 fontes de carregador? O que eu poderia usar pra substituir o carregador?
       
      Acho que minhas maiores dúvidas até o momento são essas, se alguém puder me ajudar. Só gratidão mesmo, GROWER É IRMÃO!
    • Por leodiniz
      Salve rapaziada! Suave? 
       
      To com um grow indoor aqui com 6 filhotas auto. Percebi que muitas folhas estavam secas, algumas amarelando.
       
      Mesmo sempre regando com água por volta de 6 / 6,5 , decidi testar o runoff e vi que tava por volta de 8. Testei em todas e de fato todas alcalinas. Não sei se foi por que em uma das regas baixei o ph com melaço de cana orgânico, e pode ter acumulado aquela gosma no fundo. 
       
      A questão é que resolvi tratar hj, fiz um flush por horas, umas 3 ou 4 vezes o tamanho dos vasos (11L) com água filtrada variando de 6,5 a 5,5. E nada parece baixar. Continua saindo 7,5 / 8. O que eu faço? 
      ps. Usei limão e vinagre para abaixar. Comecei com limão dps vinagre, depois de ler que limão pode ser instável. 
      abssss



    • Por Superhighman
      Salve galera, boa noite! 
      To abrindo esse tópico pq queria umas dicas, críticas e sugestões direcionadas ao meu cultivo. Essa vai ser minha primeira experiência, e apesar de toooooda leitura e estudo, sempre restam umas dúvidas e algumas inseguranças. 
      Vamos lá...
      Vou plantar uma automática da Trikoma seeds, chama Al Tiro, vou usar 2 vasos de 12 litros e um painel de led 400w. Até aí tudo OK, as minha maiores dúvidas são sobre o solo.
      Tenho aqui 40 litros de um substrato pronto feito de pó e fibra de coco, pó de pinus, casca de arroz torrada, termofosfato natural e micronutrientes, 4kg de húmus de minhoca, torta de mamona, farinha de ossos, vermiculita e calcário dolomitico.  
      Enchi os vasos com a maior parte do substrato de coco pronto e adicionei pouco menos de 2kg de humus em cada vaso, uns 600ml de torta de mamona, umas 4 colheres de farinha de osso, uns 600ml de vermiculita e 2 ou 3 colheres de calcário, juntei muitas informações q li aqui e fui fazendo no "olhometro" kkk
      Não pretendo adicinar nada além disso, fert to pensando em usar só Flowermind.
      Na parte mais de cima do vaso coloquei so o substrato com a vermiculita pra não queimar a planta quando for muito novinha. 
      Tá certo ? Falta algo ? Exagerei ? 
      Tava pensando em adicionar perlita, mas conversei com um pessoal e disseram q não é necessário.
      Se por favor alguém puder me ajudar, vou ficar muito agradecido ! 
      Os vasos ja estão prontos, dei uma rega hoje e to esperando as seeds chegarem.
      Valeu galera.
    • Por Citral Mystik
      De boa moçada... minha dúvida é sobre tipos de turfa. Montei meu substrato com 45% turfa, 45% perlita e 10% hunos de minhoca. Não estou gostando dos resultados, em comparação com os antigos substratos orgânicos que sempre usei. Estou fertilizado com flowermind 3x por semana usando o limite máximo recomendado. No meu diário de uma Dinamed CBD fui alertado por um irmão do GR sobre a cor do meu substrato, muito escuro, e perguntou se eu estava usando turfa negra. Como é a primeira vez que uso substrato semi inerte com turfa comprei só como turfa na loja e creio que comprei a turfa negra e não a clara que dizem ser de spahgnum. Apesar que li em um fórum gringo e dizem que todas são sphagnum, só muda a espécie e ambiente de formação.
      Essa é uma foto do vaso:

      Fui pesquisar num site aqui do Brasil mesmo e encontrei isso:
      Que é a turfa?
      Turfa, uma das palavras mais usadas em jardinagem, é um material orgânico constituído por elementos procedentes da decomposição de vegetais.
      Este material é de cor castanha (escura ou clara, dependendo do tipo) e é muito rico em carvão. A sua natureza depende das condições ambientais presentes na sua formação.
      Usa-se principalmente em jardinagem formando parte do substrato. Relacionado com isto, as suas características principais são as seguintes:
      Porosidade: a turfa tem uma alta porosidade que permite a circulação do ar e a correta drenagem da água por parte das raízes da planta. Este material é ideal para as espécies que não toleram alagamentos. Permutador catiónico: o seu pH é variável e costuma-se encontrar entre 3 e 4 quando se trata da turfa loira e entre 7 e 8 quando é turfa negra (já vamos falar dos tipos de turfa mais à frente). Retenção da água: é um elemento capaz de conseguir a retenção da humidade, por isso usa-se em conjunto com outros compostos (perlite) para evitar os excessos e os temidos encharcamentos ou alagamentos. Nutrientes: tem poucos nutrientes, daí que seja muito habitual adubar com frequência para suprir a falta destas substâncias. Como se forma a turfa?
      A turfa é um material formado por espécies vegetais decompostas. A formação desta “substância” é o primeiro passo pelo que a vegetação se transforma em carvão mineral (tal como mencionado antes, a turfa é muito rica em carvão).
      Trata-se de um processo lento.
      Nas bacias em que se forma (terra turfosa) e na parte mais superficial destas, é onde os resíduos vegetais, através da decomposição anaeróbica, lenhina e celulose, se transformam em turfa.
      De acordo com o grau de decomposição e a zona, a turfa é de um tipo ou de outro.
      Tipos de turfa
      Como mencionado anteriormente, existem dois tipos de turfa, diferenciadas entre si pelas suas particularidades:
      Turfa loira
      Também chamada turfa alta, é a que se desenvolve nas regiões com climas suaves, onde as precipitações são abundantes, as temperaturas são suaves e nas que a radiação solar escasseia.
      Nestes lugares desenvolvem-se espécies pouco exigentes, difíceis de decompor pelo que a estrutura principal da vegetação que forma a turfa fica praticamente inalterada.
      Como consequência, a terra é pobre e o pH é baixo.
      Turfa negra
      A turfa negra, denominada assim pela cor escura que tem a vegetação que se decompôs quase por completo, desenvolve-se em zonas baixas, ricas em bases.
      Ao contrário da anterior, o seu pH é alto e é a mais adequada para cultivar praticamente todo o tipo de plantas. Pode-se dizer que é quase um “substrato universal”.
      Lido isso vêm as dúvidas, se minha turfa é essa turfa negra que tem Ph mais alto eu precisaria corrigir? Alguém  já usou essa turfa negra e teve bons resultados? Será que se eu fizer uma cobertura com mais húmos de minhoca e farinha de osso melhoraria? 
      É isso galera, valeu pelo espaço.
  • Tópicos

  • Posts

    • bora ve no que vai dar essa nave.kkk o que eu quero agora saindo uns 110 real com frete.a mao ta coçando pra pega kkkk,é bom que é poca grana investida se a nave bate nao perdi muito,pelo mennos tentamos trazer alguns graos diferentes,mas pa quem tem uma grana sobrando pague o super,mega,blaster,sthelt do seed city pelo menos chega no br suave e capricha no carrinho por que o menu é brabo,,, as do hs é 1 mes pra chega aqui no br passa pela aduana e mais 15 dias pra chega na sua mão,tal veis esse prazo seja menor,por que refrescou o fluxo de importações. muita sorte pro cê ai mano....🙏 nóis que pranta.  
    • Salve amigos, estudando bastante pra iniciar o primeiro cultivo. To com sementes que veio em uma flor linda maravilhosa de um cara que vende caro, strain Cinderela. O cara é cultivado experiente com certeza, indica armazenar com Boveda (só aí já dá pra sacar que entende um mínimo, mas também "deu mole" de deixar polinizar, mandou sementes junto de buds muito bem cuidados... vai saber) O lance é que é um contato mocado e não dá pra perguntar a origem, e eu não perguntaria com medo dele não mandar mais nada com semente... Pergunta: Se as sementes tiverem vindo de uma planta que foi originada de uma semente automática, a genética permanece, sendo essa próxima semente também automática?  Viajando mais e fazendo menos sentido: Se a semente que deu origem a esta planta, que foi polinizada e deu as sementes que eu tenho, podem ser feminizadas se a semente mãe for? Dúvidas que ficaram aqui antes de eu juntar todas as peças e colocar elas no papel toalha. Sementes rajadinhas e firmes, não veja a hora de ver a cara das meninas. Muito obrigado a quem se dispor a responder!
    • Fala grower94 Comprei lá semana passada, e recebi ontem. Tudo tranquilo bem embalado, sementes de boa aparência, no final de semana já vão pra terra! .   Valeu Plantar pra não comprar!!!!  
×
×
  • Criar Novo...