crustgrind

Maconha causa uma mudança na vida?

Recommended Posts

Olá, gosto muito desse forum e resolvi postar aqui.

 

A maconha nos desliga da matrix e essa mudança que eu chamo de libertação vem de forma brusca e cheia de barreiras, preconceitos etc

Sou usuário regular de maconha a mais ou menos 1 ano e uns meses, tenho 21 anos, ja havia fumado muitas vzes na adolescencia mas nunca regularmente, ou digamos, todos os dias, e notei uma diferença...

Com o uso frequente tive muitas brisas, pensamentos, comecei a enxergar o que realmente é o sistema e o que realmente está acontecendo, a ambição do homem, a ganancia, disputa por poder, uns querendo ser/ter mais que os outros, consigo sentir todo o caos , estresse dos meio em que vivo, da cidade, a frenética luta por dinheiro e status, coisas que antes eu era, a mais pura disseminação do ego no cortex cerebral.

Um dia acordei e me olhei no espelho e senti como se minha "máscara" tivesse caido, consegui enxergar meu olhar verdadeiro que todos agora enxergam, um olhar meio triste, abatido,diferente mas libertador,  tive uma mudança significativa no olhar, nao sei se foi devido ao uso ou o que pode ter acontecido comigo, mas não sou mais o mesmo, mas me sinto bem, voces tambem viram essa diferença no seu olhar?

Com essa mudança, meus hábitos mudaram, só busco coisas positivas e verdadeiras (mesmo as vzes me sentindo em total abismo), alguns amigos se distanciaram, as vezes me sinto mal visado, algumas pessoas me olham torto, por causa da minha cara de maconheiro e o jeito tb, em todo lugar que vou sinto uma energia estranha de "quem é esse cara esquisito" (mas parece que as mulheres gostam) mas mesmo assim sigo meu caminho e continuo em frente.

As vzes sinto que meu estilo de vida ou minha liberdade própria incomoda algumas pessoas, pois tudo gira em torno de status, quem é voce no meio em que vive, médico? advogado? drogado? as pessoas valorizam isso.

Não consigo mais viver a vida igual todos vivem, seguindo os mesmos caminhos, acreditando fielmente em produtos do sistema como carreiras, cursos de faculdade e etc, acredito que essas coisas podem aprisionar o homem, essa luta insana pelo sucesso, nossa jornada é espiritual.

As pessoas veem até o seu jeito de vestir , etc, se anda largado ou bem arrumado, se anda largado é bandido, se anda em arrumado é playboy ou "cidadão de bem", odeio essas distinções.

A maconha me fez enxergar esses conceitos que antes eu nao via tão profundamente, estou num caminho impossivel de voltar atrás, e tambem não quero, me sinto bem, mas as vzes ainda sinto um certo incomodo das pessoas, sempre fui um cara educado mas parecem que em alguns lugares não sou muito "engolido" por causa do meu jeito, situações do tipo "cheguei de bermudão e camiseta larga num lugar onde todos estão de calça jeans justa e sapatenis", vi que as pessoas se incomodam com quem é "diferente" e não estou falando só de aparencia, citei somente um exemplo para que entendam onde quero chegar.

Voces ja tiverem pensamentos parecidos como estes? como é o seu caminho? tambem passa por isso?

 

boa noite a todos.

 

 

  • Like 9

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bem vindo ao clube @crustgrind kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Um dia, um senhorzinho meio franzino, de cabelo bagunçado, famoso por ter uma foto com a língua de fora e saber fazer uns paranauês com umas fórmulas e números  - Beto (para a galera), Betão (para os íntimos) ou Albert Einstein (na biblioteca mais próxima) disse uma parada assim: "A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original". 

Nem todos vão - e querem - abrir a mente.

E eu não tô falando de maconha ou qualquer experiência com drogas. Tô falando da vida. 

Faz parte. 

 

  • Like 9

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O problema é q vc tem q jogar esse jogo, as contas estão aí, vc precisa garantir um futuro pra qnd ficar velho, tua familia vai encher teu saco, em fim, eu percebi que é mais facil vc cumprir com as obrigações q esse mundo idiota te impoe do q ficar a margem, é até mais confortável vc ser um idiota ignorante

Agora no mercado de trabalho a situação é mais lastimável, fumando maconha, sou um dos mais produtivos do meu setor, e de fácil comunicação, e observo essa loucura ai que é vc ficar esperando receber um pagamento que vai te garantir viver por mais um mês, mt gnt vem só pra cumprir horário e receber o salário, exibir seu carro no estacionamento, mostrar marca de celular

A ideia q eu ando alimentando pra me afastar um pouco disso é me tornar um produtor rural no futuro, sabe, toda essa historia de jardinagem aqui no gr abriu a minha cabeça, e eu acho que vc produzir alimentos orgânicos é o jeito mais digno de vc se afastar de toda essa loucura e ainda assim ganhar dinheiro, sem passar a perna em ninguem, mas é claro q é mais fácil vc ter um trabalho regular e seguir os outros..

assunto complexo, mas ja passei por isso q vc ta passando

  • Like 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Compartilho do mesmo amigo @crustgrind, comigo essa mudança veio depois de algumas experiencias com os cogumelos mágicos e desde então sou outro. 

Se as portas da percepção estivessem limpas, tudo apareceria para o homem tal como é: infinito... William Blake.

Desde nosso nascimento somos criados nesse sistema, que nos manipula com as falsas informações, com o capitalismo esse falso estilo ideal de vida que ja se mostrou insustentável, evitam de todas as formas fazer com que agente não consiga ver de fora da caixa o que estão fazendo, oque está acontecendo no nosso planeta, querem nos manter cegos, querem que as portas da percepção fiquem lacradas. 

As plantas enteogenas  (enteógeno significa manifestação interior do divino) assim como a maconha, cogumelos e tantas outras, como o próprio nome já diz nos traz essa reflexão, traz essa manifestação do nosso interior divino, passamos a ver como estamos envolvidos nesse sistema falido, hipócrita, manipulador, e isso não é mais o suficiente pra gente queremos algo a mais, queremos algo que seja verdadeiro o real objetivo de estarmos aqui a busca do alto conhecimento, da libertação de melhorar como pessoa de viver em um planeta de fraternidade e não de ser estimulado a viver em uma competição sem objetivo pelo dinheiro e status, ter que ser isso, ter que ser aquilo, quando nada disso vai te trazer a real felicidade, somente o desgaste emocional, físico e mental.

Sou muito grato por uma simples planta, trazer um despertar tão grande em nossa jornada, quando nos despertamos pra isso ja é um grande começo da busca do auto conhecimento. 

  • Like 6

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ainda nao consegui me libertar totalmente, queria chegar a um lugar e nem me ligar se as pessoas me olham torto ou não, isso ainda me incomoda um pouco, a forma que as pessoas me veem, por que a gente muda.

 

@supershunk ja comi cogumelos uma vez e curti, nao tive nenhuma bad nem nada, mas as vzes ainda fico com pé atrás de usar denovo, a brisa da erva me abre muitos pensamentos, muitas portas como se eu pudesse surfar por elas, pra mim ja é o suficiente, a erva me ensinou muita coisa.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

mano eu entendo isso que vc disse cara, hoje eu comi maconha porque um policial fez eu comer,e era logo um colombian gold, meu mano, eu comi tipo achando delicioso ele fico impressionado, ai ele falo, ta ruim? eu falei, não, esse não, esse ta uma delicia!

pena que um brother tinha um prensado, e eles fizeram a gente mastigar, mas aí, sabe o que eu reparei, a ganja só e recriminada porque é libertadora

maluco os cara nao ta nem aí se o cara ta usando ou não, os cara só ta preocupado em criar tatica de guerra

e os policial age na emoção, não entende em qual situação foram condicionados, mo fita

seloco mano so queria a paz, mas esse skunk que eu comi deu MO BRISA KKKKKK

 

um relato the real ganjaman

 

  • Like 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A 1ª vez que fumei, não senti tanta brisa, pois fumei pouco pelo medo . Deu só fome e um pouco de olho vermelho .

A 2ª vez que eu fumei maconha, eu pedia pra Deus tirar de mim a brisa que eu nunca mais iria voltar a fumar .

Depois fumei uma dose digamos ''menor'' pra dar só uma balançada e não dopar .

Ai fui acostumando e hoje em dia posso fumar 10 baseado no dia, que eu fico feliz, com fome, durmo bem, e tudo isso é bom pra mim . :D

Acho muito errado julgar a maconha pelas primeiras brisas que ela causa . Tem gente que fala mal até hoje e só fumou 1, 2 vezes .

Complicado . Acho que comentários assim não podem ser válidos .

  • Like 6

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Existe uma pesquisa que diz que a maconha diminui a ambição e é desistimulante. E diminui mesmo, você começa a ver a completa MENTIRA que é a sociedade e todos os seus dogmas e rituais, as relações mentirosas, as vidas perdidas por nada e começa a diminuir o ritmo, a querer menos. Eu comecei a enxergar que todo mundo está perdido, sem saber o que fazer da vida, que os adultos são só crianças crescidas, e que muitas vezes morrem sem nem ter vivido. Todos são sonâmbulos, correndo atrás de dinheiro e status, e se param pra pensar na vida, ficam desesperados. Fora que com a cannabis vem o sentimento de sofrer um preconceito, e o quanto isso é ruim. Somos julgados por um habito que não trás dano nenhum a outras pessoas, mas somos considerados a escória da sociedade. Isso faz a nossa mente trabalhar e procurar mais sentido nas coisas. A mentira cansa.

Com a cannabis passei a ficar mais acordado, e é muito difícil aceitar o absurdo geral que é a vida moderna. Hoje em dia faço o mínimo possível pra manter o meu eu-social e só quero ficar cada vez mais tranquilo, menos ligado em consumo e correria. Cada vez menos ligando pra opinião alheia, porém com cada vez mais compaixão pelas pessoas, pois, depois que passei a ver as coisas como ela são, vejo o tanto de sofrimento que as pessoas passam e como são ignorantes. Machucam a elas mesmas e a quem está em volta, sem nem saber que estão fazendo isso. São como animais acuados, que sentem medo de algo que nem sabem o que é e se debatem.  Se sentem oprimidos pelo peso da existência e descarregam as frustrações em quem está perto. Com a cannabis e a meditação aprendi a deixar essas coisas passarem, aprendi que quando eu crio sentimentos ruins pelas pessoas e pela vida, a primeira passo que sofre sou eu, e não quero isso. Parei a roda do sofrimento. 

Em 2017-5-29 at 19:49, crustgrind disse:

Olá, gosto muito desse forum e resolvi postar aqui.

 

A maconha nos desliga da matrix e essa mudança que eu chamo de libertação vem de forma brusca e cheia de barreiras, preconceitos etc

Sou usuário regular de maconha a mais ou menos 1 ano e uns meses, tenho 21 anos, ja havia fumado muitas vzes na adolescencia mas nunca regularmente, ou digamos, todos os dias, e notei uma diferença...

Com o uso frequente tive muitas brisas, pensamentos, comecei a enxergar o que realmente é o sistema e o que realmente está acontecendo, a ambição do homem, a ganancia, disputa por poder, uns querendo ser/ter mais que os outros, consigo sentir todo o caos , estresse dos meio em que vivo, da cidade, a frenética luta por dinheiro e status, coisas que antes eu era, a mais pura disseminação do ego no cortex cerebral.

Um dia acordei e me olhei no espelho e senti como se minha "máscara" tivesse caido, consegui enxergar meu olhar verdadeiro que todos agora enxergam, um olhar meio triste, abatido,diferente mas libertador,  tive uma mudança significativa no olhar, nao sei se foi devido ao uso ou o que pode ter acontecido comigo, mas não sou mais o mesmo, mas me sinto bem, voces tambem viram essa diferença no seu olhar?

Com essa mudança, meus hábitos mudaram, só busco coisas positivas e verdadeiras (mesmo as vzes me sentindo em total abismo), alguns amigos se distanciaram, as vezes me sinto mal visado, algumas pessoas me olham torto, por causa da minha cara de maconheiro e o jeito tb, em todo lugar que vou sinto uma energia estranha de "quem é esse cara esquisito" (mas parece que as mulheres gostam) mas mesmo assim sigo meu caminho e continuo em frente.

As vzes sinto que meu estilo de vida ou minha liberdade própria incomoda algumas pessoas, pois tudo gira em torno de status, quem é voce no meio em que vive, médico? advogado? drogado? as pessoas valorizam isso.

Não consigo mais viver a vida igual todos vivem, seguindo os mesmos caminhos, acreditando fielmente em produtos do sistema como carreiras, cursos de faculdade e etc, acredito que essas coisas podem aprisionar o homem, essa luta insana pelo sucesso, nossa jornada é espiritual.

As pessoas veem até o seu jeito de vestir , etc, se anda largado ou bem arrumado, se anda largado é bandido, se anda em arrumado é playboy ou "cidadão de bem", odeio essas distinções.

A maconha me fez enxergar esses conceitos que antes eu nao via tão profundamente, estou num caminho impossivel de voltar atrás, e tambem não quero, me sinto bem, mas as vzes ainda sinto um certo incomodo das pessoas, sempre fui um cara educado mas parecem que em alguns lugares não sou muito "engolido" por causa do meu jeito, situações do tipo "cheguei de bermudão e camiseta larga num lugar onde todos estão de calça jeans justa e sapatenis", vi que as pessoas se incomodam com quem é "diferente" e não estou falando só de aparencia, citei somente um exemplo para que entendam onde quero chegar.

Voces ja tiverem pensamentos parecidos como estes? como é o seu caminho? tambem passa por isso?

 

boa noite a todos.

 

 

Sou desses aí. Cara de maconheiro, fala mansa e arrastada. Nunca uso calça. Só uso bermuda e camiseta branca e chinelo, se está frio ou chovendo, coloco um allstar. Já senti essas sensações que você disse, mas aí descobri que elas são criadas por mim. Por mais que uma pessoa me julgue, sou eu que me sinto julgado. A partir daí, passei a ligar o foda-se lindamente, e não me sentir mal por ser como sou. Simplesmente acho até bom que as pessoas se mostrem de verdade, me julgando por causa da minha aperância, assim eu já elimino eles da minha vida. É como se fosse um filtro. Não quero me relcionar com pessoas tão pequenas que ficam dando importância a aparência em vez da essência.

Conforme fui fortalecendo isso, isso foi me incomodando menos e menos, ao ponto que agora acho que transmito uma segurança que faz as pessoas me julgarem menos.

 

A cannabis, a psicologia e a meditação me ajudaram muito no auto-conhecimento. Conforme você conhece mais a si mesmo, fica difícil se sentir ofendido pelos outros.

Se quiserem saber da minha linha de meditação, se chama Vipassana. Se quiserem eu explico aqui.

 

E dois videozinhos pra refletir

 

 

 

 

 

  • Like 10

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
16 horas atrás, WeedMan127 disse:

A 1ª vez que fumei, não senti tanta brisa, pois fumei pouco pelo medo . Deu só fome e um pouco de olho vermelho .

A 2ª vez que eu fumei maconha, eu pedia pra Deus tirar de mim a brisa que eu nunca mais iria voltar a fumar .

Depois fumei uma dose digamos ''menor'' pra dar só uma balançada e não dopar .

Ai fui acostumando e hoje em dia posso fumar 10 baseado no dia, que eu fico feliz, com fome, durmo bem, e tudo isso é bom pra mim . :D

Acho muito errado julgar a maconha pelas primeiras brisas que ela causa . Tem gente que fala mal até hoje e só fumou 1, 2 vezes .

Complicado . Acho que comentários assim não podem ser válidos .

Exatamente assim..... A brisa de quando fumei aos 18 anos é diferente da de hoje com 43... |e de fato é libertador... Sou muito mais analítico e perceptivo hoje.. Fumo 2 baseados por dia e trabalho fácil 12 horas por dia... Me sinto bem!

  • Like 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tô que nem o Venom . Hoje em dia todas as pessoas que eu vejo, parecem estarem sob efeito de um DOPANTE chamado HIPOCRISIA .

Até minha psiquiatra fala merda atrás de merda, e o professor titular da USP de psiquiatria também, fala tanta merda que parecem estarem endemoniados .

E quem não usa, fala mais merda ainda . Parece até que o Diabo coloca palavras na boca das pessoas pra elas nos IRRITAREM e a gente perder a razão .

Tô vivendo eu e 1 quarto já há anos . Nem do portão eu saio ! Prefiro ouvir o latido dos meus cachorros .

O duro que é tanta ANTA, que pra se desviar da manada só se eu voasse . kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Então, prefiro a SOLIDÃO do que a companhia de QUALQUER um que seja ELEITOR BRASILEIRO .

Pessoas que não usam drogas, a droga delas é o cérebro alienado e sem informação .

Bahhhhhhhhhhh !!! Isso me causa tanta raiva . Por isso acredito que legalização no Brasil, só depois de 2025 .

AAA_zpszuqjzb1n.jpg

Essa imagem ai de cima representa os maconheiro que tá esperando da política (desde antes de matarem o Teori) .

Gente, a política é sustentada por eleitores (105.000.000) . Se a pesquisa estiver certa, 8.000.000 de pessoas fumam maconha no Brasil, 1.500.000 todos os dias . O que é 1.500.000 de maconheiros perto de 105.000.000 de eleitores (onde a maioria aprova a criminalização) ? Nada . É muita gente contra !

Então temos que resistir,  mesmo correndo o risco de ser preso . O quadro não mudará tão cedo . Daqui 10 anos talvez, com a galera que hoje vai crescer .

Enfim . Negativar a maconha e achar que ela deve ser proibida, é coisa de gente que nunca fumou ou que fumou 1x e se assustou .

Ai o cara que fumou 1x e não gostou, bate no peito dizendo que já usou e que realmente é coisa do Capeta . (e desses tá cheio)

Ai só reforça a IMBECILIDADE dos psiquiatras e professores de psiquiatria, que diz que o Maconheiro tem psicose e preguiça . kkkkkkkkkkkkk

  • Like 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Venom420 disse:

[...] Eu comecei a enxergar que todo mundo está perdido, sem saber o que fazer da vida, que os adultos são só crianças crescidas, e que muitas vezes morrem sem nem ter vivido. Todos são sonâmbulos, correndo atrás de dinheiro e status, e se param pra pensar na vida, ficam desesperados. [...]

[...] Somos julgados por um habito que não trás dano nenhum a outras pessoas, mas somos considerados a escória da sociedade. Isso faz a nossa mente trabalhar e procurar mais sentido nas coisas. A mentira cansa. [...]

Resumindo, é isso !

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 2017-6-2 at 17:26, WeedMan127 disse:

Tô que nem o Venom . Hoje em dia todas as pessoas que eu vejo, parecem estarem sob efeito de um DOPANTE chamado HIPOCRISIA .

Até minha psiquiatra fala merda atrás de merda, e o professor titular da USP de psiquiatria também, fala tanta merda que parecem estarem endemoniados .

E quem não usa, fala mais merda ainda . Parece até que o Diabo coloca palavras na boca das pessoas pra elas nos IRRITAREM e a gente perder a razão .

Tô vivendo eu e 1 quarto já há anos . Nem do portão eu saio ! Prefiro ouvir o latido dos meus cachorros .

O duro que é tanta ANTA, que pra se desviar da manada só se eu voasse . kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Então, prefiro a SOLIDÃO do que a companhia de QUALQUER um que seja ELEITOR BRASILEIRO .

Pessoas que não usam drogas, a droga delas é o cérebro alienado e sem informação .

Bahhhhhhhhhhh !!! Isso me causa tanta raiva . Por isso acredito que legalização no Brasil, só depois de 2025 .

AAA_zpszuqjzb1n.jpg

Essa imagem ai de cima representa os maconheiro que tá esperando da política (desde antes de matarem o Teori) .

Gente, a política é sustentada por eleitores (105.000.000) . Se a pesquisa estiver certa, 8.000.000 de pessoas fumam maconha no Brasil, 1.500.000 todos os dias . O que é 1.500.000 de maconheiros perto de 105.000.000 de eleitores (onde a maioria aprova a criminalização) ? Nada . É muita gente contra !

Então temos que resistir,  mesmo correndo o risco de ser preso . O quadro não mudará tão cedo . Daqui 10 anos talvez, com a galera que hoje vai crescer .

Enfim . Negativar a maconha e achar que ela deve ser proibida, é coisa de gente que nunca fumou ou que fumou 1x e se assustou .

Ai o cara que fumou 1x e não gostou, bate no peito dizendo que já usou e que realmente é coisa do Capeta . (e desses tá cheio)

Ai só reforça a IMBECILIDADE dos psiquiatras e professores de psiquiatria, que diz que o Maconheiro tem psicose e preguiça . kkkkkkkkkkkkk

reforçando seu pensamento

eu fui internado já em clínica de reabilitação por causa de LSD, eu surtei uma vez q tomei um double face inteiro, fiquei 5 dias acordado estudando KKKKKKKKKK

aí blz, minha familia depois disso surtou, me internou 4 vezes

e cara

nas clínicas, la eu conheci mano q só pq fumou maconha a muito tempo atras, era maconheiro, ai foi inventar de cheirar e fumar pedra

bota a culpa do vicio em pedra, na maconha

o proprio usuario de crack em recuperação, as vezes, julga a maconha...

AÍ QUE FICA A PIRA DA SOCIEDADE, o tratamento de usuarios de crack e cocaina deixa claro que eles não podem

CONSUMIR BEBIDA ALCOOLICA, nem frequentar, biqueira, bar, prostibulos, etc

não fala nada de cigarro e cannabis, pq na verdade o cigarro e a cannabis ajudam na ansiedade do ex usuario

porem por a cannabis ser proibida, as clinicas e "profissionais da area" (grande parte dessa area é formada por ex usuarios de crack, e muitos são manipuladores e picaretas, não sei se por serem ex usuarios, ou por falta de carater mesmo)

continuando... os profissionais da area, julgam a cannabis, como se fosse ela que fez eles usarem crack e vender até a mãe na boca de fumo

aí eu la, um cara que tomou LSD uma droga sintética que não provoca vício cronico igual crack e cocaina

sendo tratado como viciado, só pq eu falei que fumava maconha...

sendo tratado igualmente igual

sendo que eu mais do que ninguem sabia que depois do carcere privado de 6 meses, eu iria fumar AQUELA VELA kkkkkkkkkkkkk

ainda to esperando a parte do "começa na maconha mas depois vai pro crack" há 7 anos

e há 2 anos saí da clinica, e depois da experiencia de ver tantos usuarios, eu que já experimentei cocaína

nunca mais cheirei essa merda

por conciencia e antes de começar a me desvincular do trafico, fiquei mt tempo indo na biqueira, vendo pó, crack e maconha na mesma pochete

e

SÓ FUMEI MACONHA, essa parada de começa na maconha vai pro crack, ou que a maconha puxa

é mentira, na clinica me falaram

USUARIO DE CRACK NÃO PODE BEBER NEM 1 GOLE DE CERVEJA

se a maconha fosse legalizada e o cara pudesse comprar a maconha na padaria etc, ele não precisaria evitar o contato com a erva

o ex-usuario de crack e cocaina, não pode consumir bebida alcoolica pq "instiga" o uso, e é real, eu consumia cigarro

e parei, e toda vez que eu bebo, da uma vontade de fumar da porra!

e a bebida mesmo assim, sendo uma grande porta de entrada para a recaída de um ex usuario

É LEGALIZADA!

nem da pra discutir com a sociedade, é uma bosta feita já

a sociedade é sonambula, cegos, não enxergam um palmo a frente e ainda NÃO QUEREM ENXERGAR, eu ja tentei abrir os olhos de muitos

mas é pura perda de tempo...

quero que se foda

já levo a vida, em outro modo, fujo da babilonia, não trabalho mais pros outros, só trabalho pra mim, e eu não vou pra de baixo da ponte, lá existe repressão

se um dia eu não tiver onde morar pq não tenho patrimonios, vou pro mato, mais não fico na cidade

morro nas estradas da vida, viajando, mas não viro morador de rua de cidade...

só se eu estiver velho e doente, que é o que eu mais vejo, muito triste! Mas JAH tem outro plano pra mim

eu não conto com a babilonia faz tempo

 

é nois familia, paz e amor e um dia

O SENSO VIRÁ!

  • Like 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 02/06/2017 at 14:31, Venom420 disse:

Já senti essas sensações que você disse, mas aí descobri que elas são criadas por mim. Por mais que uma pessoa me julgue, sou eu que me sinto julgado.

poxa, cara.... é incrível quando a gente lê uma coisa que faz aquele bem enorme no momento.

obrigado por colocar o que pensa.

eu também estou/estava passando por essa crise quanto ao uso, quanto meu papel social, quanto a me sentir marginalizado... 
mas também passei a enxergar que se a gente vive um contexto social/econômico/cultural é porque alguém, lá atrás, quis implantar isso - e nem sempre a intenção é boa, principalmente quando há interesse financeiro.

ou seja, somos engrenagens de uma máquina enorme. nosso papel é sustentar o sistema e a cultura que vivemos.

o sistema só quer o avanço porque ele traz rendimento. e a gente vai ser usado. já somos.

um exemplo simples disso: hoje, neymar é o cara que mais ganha dinheiro no futebol. o mesmo esporte que deve ter nascido de uma diversão despretensiosa de um pequeno grupo, hoje é palco de super estrelas, mega corporações que injetam bilhões e esperam trilhões com isso. e a gente tem o papel de prestar continência e se divertir com algo tão frívolo... e novos ídolos nascem porque sabem conduzir uma bola até um gol, mesmo assim, determinam a vida de muita gente.

fica aí a contribuição: até onde é a sua vida que você está vivendo? será que você apenas não tá sendo uma peça a favor dos interesses de alguém?

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 03/06/2017 at 19:15, Rude Boy Alquimista disse:

reforçando seu pensamento

eu fui internado já em clínica de reabilitação por causa de LSD, eu surtei uma vez q tomei um double face inteiro, fiquei 5 dias acordado estudando KKKKKKKKKK

aí blz, minha familia depois disso surtou, me internou 4 vezes

e cara

nas clínicas, la eu conheci mano q só pq fumou maconha a muito tempo atras, era maconheiro, ai foi inventar de cheirar e fumar pedra

bota a culpa do vicio em pedra, na maconha

o proprio usuario de crack em recuperação, as vezes, julga a maconha...

AÍ QUE FICA A PIRA DA SOCIEDADE, o tratamento de usuarios de crack e cocaina deixa claro que eles não podem

CONSUMIR BEBIDA ALCOOLICA, nem frequentar, biqueira, bar, prostibulos, etc

não fala nada de cigarro e cannabis, pq na verdade o cigarro e a cannabis ajudam na ansiedade do ex usuario

porem por a cannabis ser proibida, as clinicas e "profissionais da area" (grande parte dessa area é formada por ex usuarios de crack, e muitos são manipuladores e picaretas, não sei se por serem ex usuarios, ou por falta de carater mesmo)

continuando... os profissionais da area, julgam a cannabis, como se fosse ela que fez eles usarem crack e vender até a mãe na boca de fumo

aí eu la, um cara que tomou LSD uma droga sintética que não provoca vício cronico igual crack e cocaina

sendo tratado como viciado, só pq eu falei que fumava maconha...

sendo tratado igualmente igual

sendo que eu mais do que ninguem sabia que depois do carcere privado de 6 meses, eu iria fumar AQUELA VELA kkkkkkkkkkkkk

ainda to esperando a parte do "começa na maconha mas depois vai pro crack" há 7 anos

e há 2 anos saí da clinica, e depois da experiencia de ver tantos usuarios, eu que já experimentei cocaína

nunca mais cheirei essa merda

por conciencia e antes de começar a me desvincular do trafico, fiquei mt tempo indo na biqueira, vendo pó, crack e maconha na mesma pochete

e

SÓ FUMEI MACONHA, essa parada de começa na maconha vai pro crack, ou que a maconha puxa

é mentira, na clinica me falaram

USUARIO DE CRACK NÃO PODE BEBER NEM 1 GOLE DE CERVEJA

se a maconha fosse legalizada e o cara pudesse comprar a maconha na padaria etc, ele não precisaria evitar o contato com a erva

o ex-usuario de crack e cocaina, não pode consumir bebida alcoolica pq "instiga" o uso, e é real, eu consumia cigarro

e parei, e toda vez que eu bebo, da uma vontade de fumar da porra!

e a bebida mesmo assim, sendo uma grande porta de entrada para a recaída de um ex usuario

É LEGALIZADA!

nem da pra discutir com a sociedade, é uma bosta feita já

a sociedade é sonambula, cegos, não enxergam um palmo a frente e ainda NÃO QUEREM ENXERGAR, eu ja tentei abrir os olhos de muitos

mas é pura perda de tempo...

quero que se foda

já levo a vida, em outro modo, fujo da babilonia, não trabalho mais pros outros, só trabalho pra mim, e eu não vou pra de baixo da ponte, lá existe repressão

se um dia eu não tiver onde morar pq não tenho patrimonios, vou pro mato, mais não fico na cidade

morro nas estradas da vida, viajando, mas não viro morador de rua de cidade...

só se eu estiver velho e doente, que é o que eu mais vejo, muito triste! Mas JAH tem outro plano pra mim

eu não conto com a babilonia faz tempo

 

é nois familia, paz e amor e um dia

O SENSO VIRÁ!

PAZ E AMOR IRMÃO!!!

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Compartilho do mesmo pensamento. Minhas idéias mudaram a pouco tempo, sendo que eu faço uso da maconha há mais de 10 anos. Vai ver é por isso que a maconha é proibida. Imagina se todos abrissem a mente desse jeito?

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 29/05/2017 at 19:49, crustgrind disse:

Olá, gosto muito desse forum e resolvi postar aqui.

 

A maconha nos desliga da matrix e essa mudança que eu chamo de libertação vem de forma brusca e cheia de barreiras, preconceitos etc

Sou usuário regular de maconha a mais ou menos 1 ano e uns meses, tenho 21 anos, ja havia fumado muitas vzes na adolescencia mas nunca regularmente, ou digamos, todos os dias, e notei uma diferença...

Com o uso frequente tive muitas brisas, pensamentos, comecei a enxergar o que realmente é o sistema e o que realmente está acontecendo, a ambição do homem, a ganancia, disputa por poder, uns querendo ser/ter mais que os outros, consigo sentir todo o caos , estresse dos meio em que vivo, da cidade, a frenética luta por dinheiro e status, coisas que antes eu era, a mais pura disseminação do ego no cortex cerebral.

Um dia acordei e me olhei no espelho e senti como se minha "máscara" tivesse caido, consegui enxergar meu olhar verdadeiro que todos agora enxergam, um olhar meio triste, abatido,diferente mas libertador,  tive uma mudança significativa no olhar, nao sei se foi devido ao uso ou o que pode ter acontecido comigo, mas não sou mais o mesmo, mas me sinto bem, voces tambem viram essa diferença no seu olhar?

Com essa mudança, meus hábitos mudaram, só busco coisas positivas e verdadeiras (mesmo as vzes me sentindo em total abismo), alguns amigos se distanciaram, as vezes me sinto mal visado, algumas pessoas me olham torto, por causa da minha cara de maconheiro e o jeito tb, em todo lugar que vou sinto uma energia estranha de "quem é esse cara esquisito" (mas parece que as mulheres gostam) mas mesmo assim sigo meu caminho e continuo em frente.

As vzes sinto que meu estilo de vida ou minha liberdade própria incomoda algumas pessoas, pois tudo gira em torno de status, quem é voce no meio em que vive, médico? advogado? drogado? as pessoas valorizam isso.

Não consigo mais viver a vida igual todos vivem, seguindo os mesmos caminhos, acreditando fielmente em produtos do sistema como carreiras, cursos de faculdade e etc, acredito que essas coisas podem aprisionar o homem, essa luta insana pelo sucesso, nossa jornada é espiritual.

As pessoas veem até o seu jeito de vestir , etc, se anda largado ou bem arrumado, se anda largado é bandido, se anda em arrumado é playboy ou "cidadão de bem", odeio essas distinções.

A maconha me fez enxergar esses conceitos que antes eu nao via tão profundamente, estou num caminho impossivel de voltar atrás, e tambem não quero, me sinto bem, mas as vzes ainda sinto um certo incomodo das pessoas, sempre fui um cara educado mas parecem que em alguns lugares não sou muito "engolido" por causa do meu jeito, situações do tipo "cheguei de bermudão e camiseta larga num lugar onde todos estão de calça jeans justa e sapatenis", vi que as pessoas se incomodam com quem é "diferente" e não estou falando só de aparencia, citei somente um exemplo para que entendam onde quero chegar.

Voces ja tiverem pensamentos parecidos como estes? como é o seu caminho? tambem passa por isso?

 

boa noite a todos.

 

 

peça para Deus abrir seus olhos, se vc saiu da matrix comemore e nao se sinta indiferente, bem vindo ao clube dos loucos.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vida Moderna:

Comprar o que você não precisa,

Com o dinheiro que você não tem,

Para impressionar pessoas que você não gosta.

 

Eu trabalho, assim eu tenho condições de viver a minha vida do jeito que eu quero. Sempre chapado eh claro ...kkkk

I don't make the rules, I play the game.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 31/05/2017 at 14:48, supershunk disse:

Compartilho do mesmo amigo @crustgrind, comigo essa mudança veio depois de algumas experiencias com os cogumelos mágicos e desde então sou outro. 

Se as portas da percepção estivessem limpas, tudo apareceria para o homem tal como é: infinito... William Blake.

Desde nosso nascimento somos criados nesse sistema, que nos manipula com as falsas informações, com o capitalismo esse falso estilo ideal de vida que ja se mostrou insustentável, evitam de todas as formas fazer com que agente não consiga ver de fora da caixa o que estão fazendo, oque está acontecendo no nosso planeta, querem nos manter cegos, querem que as portas da percepção fiquem lacradas. 

As plantas enteogenas  (enteógeno significa manifestação interior do divino) assim como a maconha, cogumelos e tantas outras, como o próprio nome já diz nos traz essa reflexão, traz essa manifestação do nosso interior divino, passamos a ver como estamos envolvidos nesse sistema falido, hipócrita, manipulador, e isso não é mais o suficiente pra gente queremos algo a mais, queremos algo que seja verdadeiro o real objetivo de estarmos aqui a busca do alto conhecimento, da libertação de melhorar como pessoa de viver em um planeta de fraternidade e não de ser estimulado a viver em uma competição sem objetivo pelo dinheiro e status, ter que ser isso, ter que ser aquilo, quando nada disso vai te trazer a real felicidade, somente o desgaste emocional, físico e mental.

Sou muito grato por uma simples planta, trazer um despertar tão grande em nossa jornada, quando nos despertamos pra isso ja é um grande começo da busca do auto conhecimento. 

Essa mudança de cunho espiritual e libertador vem com o tempo! A maconha ajuda e muito, mas ainda fico triste de ver alguns maconheiros usando a maconha da mesma forma que usam o álcool. Ainda hoje se associa cerveja e mulheres seminuas, por exemplo. Não são todos, mas não gosto desses caras que usam a erva como um símbolo heteronormativo ou "gângster" e que objetifica a mulher. Ok que maconha é ótima pra sexo (eu quem diga rsrs) mas sei lá... Acho que maconha é mais que isso. Vocês podem me achar caretona, mas eu como mulher não gosto dessa objetificação toda. Acho linda a marcha da maconha, pq sei que a maioria tá alí pela união e amor para legalização da erva, mas sei que maconheiros às vezes divergem entre si... Já vi até uns defendendo o Biroliro e que "bandido bom é bandido morto". 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 29/05/2017 at 19:49, crustgrind disse:

Olá, gosto muito desse forum e resolvi postar aqui.

 

A maconha nos desliga da matrix e essa mudança que eu chamo de libertação vem de forma brusca e cheia de barreiras, preconceitos etc

Sou usuário regular de maconha a mais ou menos 1 ano e uns meses, tenho 21 anos, ja havia fumado muitas vzes na adolescencia mas nunca regularmente, ou digamos, todos os dias, e notei uma diferença...

Com o uso frequente tive muitas brisas, pensamentos, comecei a enxergar o que realmente é o sistema e o que realmente está acontecendo, a ambição do homem, a ganancia, disputa por poder, uns querendo ser/ter mais que os outros, consigo sentir todo o caos , estresse dos meio em que vivo, da cidade, a frenética luta por dinheiro e status, coisas que antes eu era, a mais pura disseminação do ego no cortex cerebral.

Um dia acordei e me olhei no espelho e senti como se minha "máscara" tivesse caido, consegui enxergar meu olhar verdadeiro que todos agora enxergam, um olhar meio triste, abatido,diferente mas libertador,  tive uma mudança significativa no olhar, nao sei se foi devido ao uso ou o que pode ter acontecido comigo, mas não sou mais o mesmo, mas me sinto bem, voces tambem viram essa diferença no seu olhar?

Com essa mudança, meus hábitos mudaram, só busco coisas positivas e verdadeiras (mesmo as vzes me sentindo em total abismo), alguns amigos se distanciaram, as vezes me sinto mal visado, algumas pessoas me olham torto, por causa da minha cara de maconheiro e o jeito tb, em todo lugar que vou sinto uma energia estranha de "quem é esse cara esquisito" (mas parece que as mulheres gostam) mas mesmo assim sigo meu caminho e continuo em frente.

As vzes sinto que meu estilo de vida ou minha liberdade própria incomoda algumas pessoas, pois tudo gira em torno de status, quem é voce no meio em que vive, médico? advogado? drogado? as pessoas valorizam isso.

Não consigo mais viver a vida igual todos vivem, seguindo os mesmos caminhos, acreditando fielmente em produtos do sistema como carreiras, cursos de faculdade e etc, acredito que essas coisas podem aprisionar o homem, essa luta insana pelo sucesso, nossa jornada é espiritual.

As pessoas veem até o seu jeito de vestir , etc, se anda largado ou bem arrumado, se anda largado é bandido, se anda em arrumado é playboy ou "cidadão de bem", odeio essas distinções.

A maconha me fez enxergar esses conceitos que antes eu nao via tão profundamente, estou num caminho impossivel de voltar atrás, e tambem não quero, me sinto bem, mas as vzes ainda sinto um certo incomodo das pessoas, sempre fui um cara educado mas parecem que em alguns lugares não sou muito "engolido" por causa do meu jeito, situações do tipo "cheguei de bermudão e camiseta larga num lugar onde todos estão de calça jeans justa e sapatenis", vi que as pessoas se incomodam com quem é "diferente" e não estou falando só de aparencia, citei somente um exemplo para que entendam onde quero chegar.

Voces ja tiverem pensamentos parecidos como estes? como é o seu caminho? tambem passa por isso?

 

boa noite a todos.

 

 

Sim mano, totalmente. Eu sempre fui bastante reflexivo na questão espiritual porém sempre me julguei por ser julgado. Quando eu amadureci como usuário de maconha, comecei a enxergar as pessoas negativas com ternura. São espíritos também, no caminho da evolução. Isso é muito importante ter em mente. Quando era mais novo, eu me julgava por ficar de olhos vermelhos por exemplo, me importava muito com a aparência. Não na questão de roupas de marca etc mas queria passar a imagem de um cara centrado e com objetivos que eu julgava serem grandiosos ( dinheiro ).

A verdade é que o mundo é pesado e a maconha faz tudo isso ser digerido de forma mais leve e com muita sabedoria. É sagrada 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Salve, demorei pra achar esse post aqui mas na minha opinião é um dos mais importantes do GR. Fico feliz por ver que não sou o único que pensa dessa forma.

Já faz anos que fico constantemente chapado, e pouco tempo depois que comecei a fumar maconha diariamente, comecei a ter o mesmo tipo de reflexão, e assim como você, me sinto bem por ter os olhos abertos perante a sociedade em que vivemos.

Porém, as contas continuam chegando, conforme fui refletindo a respeito do mundo fui chegando a conclusão da mentira em que vivemos, imaginando como seria diferente se o dinheiro não existisse, se todo mundo tivesse o foco na evolução humana, trabalhando pra garantir o sustento e evolução do planeta como uma raça só, sem fronteiras entre países, religião ou qualquer coisa criada pra deixar a gente lutando uns contra os outros. Depois da mente aberta dessa forma, é difícil continuar trabalhando todos os dias.

Trabalho em uma ótima empresa do setor de tecnologia, é uma startup que segue a filosofia do capitalismo consciente e trata as pessoas de maneira humana, bem diferente de tudo que existe no mercado, tenho um salário considerável e mesmo assim, é difícil continuar indo todos os dias trabalhar, continuo com o sentimento de que eu queria muito mais, que 99% da população não tem nem idéia da forma como eu penso e que desperdiço cada dia da minha vida preso no escritório. Apesar disso, as contas continuam chegando, e meu foco é só conseguir chegar a uma posição um pouco mais tranquila, dar um jeito em casa pra poder ficar confortável, largar trabalho e poder aproveitar o que a vida tem de bom mesmo, já que o futuro da nossa sociedade vai totalmente de desencontro ao que acredito.

Tenho a ideia de mudar de vida e viver com o sustento da erva, com a esperança de legalizar aqui ou de conseguir ir pra um país onde seja possível, com certeza, isso me faria muito mais feliz hahaha

Enfim, é isso, seguimos na luta!

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...