Bas

Maconha só faz mal para a gengiva, diz estudo

Recommended Posts

Quem nunca se esqueceu do fio dental que atire a primeira pedra. Se você costuma pular essa etapa, sua saúde corre o mesmo risco que a de quem fumamaconha.

O que não significa muito. Segundo um estudo feito com mais de mil neozelandeses, usar cannabis não tem grandes efeitos negativos para a saúde, com uma exceção: aumenta o risco de problemas nas gengivas.

A pesquisa acompanhou os voluntários desde o nascimento até a meia-idade. Dos 18 aos 38 anos, os participantes completavam questionários quanto aos seus hábitos de saúde e uso de álcool, tabaco e maconha.

No final do estudo, os pesquisadores analisaram o estado de saúde dos participantes, especialmente o funcionamento dos pulmões, inflamações em geral, saúde metabólica e a situação dos dentes.

Mesmo as pessoas que fumavam há 20 anos não apresentaram problemas de saúde acima do considerado normal para não fumantes.

Mas o uso da cannabis resultou em mais casos de periodontite, uma inflamação que começa nas gengivas e que pode fazer os dentes caírem.

Sem contar os problemas no sorriso, quem fumou maconha teve até algumas vantagens ao longo do tempo: em média, eles tinham menos gordura no corpo, um Índice de Massa Corporal mais baixo e uma circunferência menor de barriga.

A mesma pesquisa que absolve a maconha condena o tabaco. A inflamação da gengiva era muito mais comum entre os que fumavam cigarro, o pulmão não funcionava tão bem, os níveis de colesterol e triglicérides estavam altos e a saúde piorava entre os 26 e os 38 anos.

Os cientistas acham que um dos fatores é a quantidade - quem usa cannabis geralmente fuma menos baseados em um dia do que a média de cigarros de um fumante.

Os pesquisadores não querem que o estudo faça as pessoas pensarem que maconha não faz nenhum mal.

A líder da pesquisa, Madeline Meier, já usou os dados dos mesmos participantes para avaliar o efeito da maconha na saúde mental - e aí os resultados foram mais complicados.

Os participantes tinham mais chance de desenvolver psicoses e até um QI médio menor.

Para quem fuma maconha, o conselho dos pesquisadores é dobrar a atenção com o sorriso - falta de higiene não explica totalmente a inflamação na gengiva, mas os cientistas descobriram que os fumantes esquecem mais de escovar os dentes que as outras pessoas. Eca!

 

fonte: http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/maconha-so-faz-mal-para-a-gengiva-diz-estudo

  • Like 6

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A líder da pesquisa, Madeline Meier, já usou os dados dos mesmos participantes para avaliar o efeito da maconha na saúde mental - e aí os resultados foram mais complicados.

Os participantes tinham mais chance de desenvolver psicoses e até um QI médio menor.

 

Querendo ou não isso é verdade.

Eu fui recentemente em uns simposios de maconha (medicinal e efeitos)   e tem certos tipos de pessoas portadoras de um gene especifico ( tem 3 tipos, vc tem um ou outro)   ja esta comprovado que a galera que tem 1 certo tipo  dos 3 , se fumar maconha  pode vir a desenvolver esquizofrenia mais CEDO. ( provavelemntej a iria desenvovler, com a canabis vc adianta isso em 10 , 15 anos) .  Isso decorrente das maconahs com alto teor de THC , o curioso que se associado com CBD ele exerce um fator protetor contra esquizofrenia.

Bem interessante, as pesquisas estão surgindo aqui no Brasil. Dr Zuardi tem otimas pesquisas.

  • Like 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
4 hours ago, Mitocondria said:

A líder da pesquisa, Madeline Meier, já usou os dados dos mesmos participantes para avaliar o efeito da maconha na saúde mental - e aí os resultados foram mais complicados.

Os participantes tinham mais chance de desenvolver psicoses e até um QI médio menor.

 

Querendo ou não isso é verdade.

Eu fui recentemente em uns simposios de maconha (medicinal e efeitos)   e tem certos tipos de pessoas portadoras de um gene especifico ( tem 3 tipos, vc tem um ou outro)   ja esta comprovado que a galera que tem 1 certo tipo  dos 3 , se fumar maconha  pode vir a desenvolver esquizofrenia mais CEDO. ( provavelemntej a iria desenvovler, com a canabis vc adianta isso em 10 , 15 anos) .  Isso decorrente das maconahs com alto teor de THC , o curioso que se associado com CBD ele exerce um fator protetor contra esquizofrenia.

Bem interessante, as pesquisas estão surgindo aqui no Brasil. Dr Zuardi tem otimas pesquisas.

mas tem algum indicador de alguns destes 3 tipos ? tipo, tem como a pessoa descobrir antes de ter  a esquizofrenia ?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sou maconheiro e minha boca ta sempre bem higienizada, as vezes fumo um pego o fio dental e fico limpando (brizando), limpar os dente é uma sensação muito boa, alem disso ah gengiva agradece.

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mesmo com toda higiene observei que quando fumo determinados tipos de erva tenho um certo tipo de inflamação nas gengivas. Principalmente os prensados paraguaios.!!! As vezes buds de growers que erraram na mão de fertilizantes, na secagem e na cura também.

Para consertar isso tem ser uma strain orgânica de qualidade e bem preparada!! Então acho que não pode generalizar maconha e sim tipos de maconha!!! E quando digo tipo estou generalizando os genótipos com seus respectivos cuidados, secagem, armazenamento, tempo de cura, umidade e todo processo anterior até chegar ao consumo.

Então não é a maconha que faz mal para gengiva e sim a qualidade da maconha que se fuma.

A natureza não comete falha. Faz bem para isso e faz mal para aquilo não existe. Ela é perfeita. Quem conhece do "Entourage Effect" sabe disso!!!

 

 

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
8 hours ago, Juniaum said:

Mesmo com toda higiene observei que quando fumo determinados tipos de erva tenho um certo tipo de inflamação nas gengivas. Principalmente os prensados paraguaios.!!! As vezes buds de growers que erraram na mão de fertilizantes, na secagem e na cura também.

Para consertar isso tem ser uma strain orgânica de qualidade e bem preparada!! Então acho que não pode generalizar maconha e sim tipos de maconha!!! E quando digo tipo estou generalizando os genótipos com seus respectivos cuidados, secagem, armazenamento, tempo de cura, umidade e todo processo anterior até chegar ao consumo.

Então não é a maconha que faz mal para gengiva e sim a qualidade da maconha que se fuma.

A natureza não comete falha. Faz bem para isso e faz mal para aquilo não existe. Ela é perfeita. Quem conhece do "Entourage Effect" sabe disso!!!

Exato! Acredito nisto tb, talvez algum fungo ou algo do tipo causado pela ~cura~ nao feita dos pren pren?

8 hours ago, Juniaum said:

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não acho que tenha a ver com prensados, ou falta de cura, o estudo foi feito na Nova Zelândia.

Será que pode ter alguma relação com a diminuição na produção de saliva que acontece? A famosa boca seca?

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 05/06/2016 at 22:36, BeTHC disse:

Não acho que tenha a ver com prensados, ou falta de cura, o estudo foi feito na Nova Zelândia.

Será que pode ter alguma relação com a diminuição na produção de saliva que acontece? A famosa boca seca?

Cara, tenho convicção que a boca seca influencia muito isso. A boca seca pode não explicar plenamente, mas grande parte. A saliva é o elixir da vida da boca. A saliva mantem, renova, corrige, colori... os tecidos da boca. Só o fato de inibir a produção da mesma, já desfavorece a saude bucal. Por exemplo, alguma substância poderia não alterar a liberação de saliva na boca, mas alterar a sua composição; a alteração da composição pode tb desfavorecer.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 04/06/2016 at 09:20, Juniaum disse:

Mesmo com toda higiene observei que quando fumo determinados tipos de erva tenho um certo tipo de inflamação nas gengivas. Principalmente os prensados paraguaios.!!! As vezes buds de growers que erraram na mão de fertilizantes, na secagem e na cura também.

Para consertar isso tem ser uma strain orgânica de qualidade e bem preparada!! Então acho que não pode generalizar maconha e sim tipos de maconha!!! E quando digo tipo estou generalizando os genótipos com seus respectivos cuidados, secagem, armazenamento, tempo de cura, umidade e todo processo anterior até chegar ao consumo.

Então não é a maconha que faz mal para gengiva e sim a qualidade da maconha que se fuma.

A natureza não comete falha. Faz bem para isso e faz mal para aquilo não existe. Ela é perfeita. Quem conhece do "Entourage Effect" sabe disso!!!

 

 

Concordo com vc q a natureza não comete falhas e não faria sentido fazer bem e fazer mal ao mesmo tempo. No entanto tem substâncias que tem efeitos dependentes de volume de concentração plasmática. Exemplo: Li recentemente que a adrenalina, hormonio natural e essencial para a vida, dependendo da sua concentração, tem efeito vasoconstritor ou vasodilatador. Ou seja, apesar de concordar basicamente contigo, considero não ser tão simples assim. A questão que estamos tratando pode ser influenciada pelas coisas q vc falou, pode ser dependentes da composição ativa da fumaça (thc:cbd por exemplo)/organismo inalante, pode ser por combustão do material (talvez a forma fumada seja obrigatoriamente "desfavorável"...

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Para mim não faz, acredito, e sim o contrário, regula meu organismo como um todo, e a gengiva inclusive, claro que como disseram há de manter uma higiene, escovando os dentes e bebendo líquido.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...

  • Conteúdo Similar

    • Por ben1O
      Bom dia rapaziada!
      Vim discutir sobre quão prejudicial pode ser usar cigarros como filtro do baseado, sei que em alguns lugares falam "Cigarronha" e por aqui no Rj geralmente se fala "Balão".
      Não gosto muito de fumar o tal balão, mas as vezes acabo fumando porque sinto a onda mais suave. Será que isso faz mal ou não? Para os que não sabem é um baseado que tem como "piteira" um cigarro, não fumamos o cigarro, só a maconha.
    • Por matiaxxxx
      fala rapaziada, então, eu comecei a fumar ano passado, e pra mim sempre foi muito bom, sempre me deixou mt tranquilo e bem comigo mesmo. mas esse último fds foi foda, acho que fumei muito mais do que eu tô acostumado, e cai numa badtrip fudida. achei que dormindo iria melhorar, mas logo no domingo de manhã acordei com uma náusea do caralho, e meu batimento não tinha normalizado, e tô com isso até agora, já tomei vários remédios e nada mudou. bebi duas doses de dreher antes de fumar também. alguem tem ideia do que pode ser? devo ir no hospital? obs: sou menor 
    • Por highbythebeach
      Olá, estou buscando tirar dúvidas e encontrar experiências de outras pessoas. Abri essa enquete, pois estou sofrendo males no intestino e vou fazer uma colonoscopia para descobrir o que me afeta. O fato é que sinto muito desconforto (algumas dores) e constipação (intestino preso), tomei muitos remédios e eles não ajudaram em nada a não ser em intoxicar meu fígado. Gostaria de saber quais efeitos você sentiram com o uso da cannabis no intestino/estômago usando a planta como tratamento, também gostaria de saber se alguém com síndrome do intestino irritável/doença de crohn como se sentem com o uso da cannabis.
    • Por Sabrina0987
      Oi galera, tudo bom? 
      To com uma dúvida e espero q vcs possam me ajudar! Fumei pela última vez a 11 dias atrás, hoje preciso tomar umas vacinas e sabado fazer uma exame hormonal (sim, de sangue) quero saber se a maconha interfere tanto na vacina causando uma situação ruim e no exame de sangue alterando. 
    • Por Jubilandia
      Olá Ultimamente eu perdi uma platinha agora das duas so tenho uma nao sei qual foi a causa do problema mais para salvar essa eu fiz transplante para um solo melhor mais gostaria de saber se minha plantinha esta agora em uma boa condição Foto 1 A Distância da Luz e meu grow , Foto 2 , Foto 3 , Tem mais Duas Sementes germinando e gostaria de Saber quando eu plantar e ela sair do solo se posso botar no meu grow já direto ou nao . Agradeço! Se devo mecher em algo ? Colocar nutrietes? Uso o kit Terra box da Plagron , o Solo e Plagron Promix adubação e guano de 🦇 O Que devo fazer daqui em diante ? Nao quero perde ela
  • Tópicos

  • Posts

    • Salve gurizada, vcs sabem se posso usar brita no lugar de perlita? Em função do novo corona virus as floricultura estão todas fechadas :s
    • Salve rapazeada!!!  Tirei umas sementes de um skunk muito gostoso q peguei uma vez, resolvi germinar, deu certo e resolvi encarar o cultivo. Tenho q cultivar indoor pois moro em apartamento, então fiz um PCGROW bem grosseiro, e estou usando um abajur pequeno pra fornecer luz, colocando a cabeça do abajur dentro do gabinete por uma abertura na traseira.  Agora vão as perguntas. ME AJUDEM COM A LÂMPADA. Não tenho ideia das especificações da lâmpada q está no abajur, então queria por uma mais correta pro meu caso. Acontece q a lampada é redonda, e a planta mais afastada fica um pouco carente de luz. Gostaria de conselhos pra uma daquelas lâmpadas compridas, dessa forma resolveria o problema, mas uma q não esquente muito. Poderia até comprar um soquete e prender a lampada dentro do gabinete.  MUDANÇA DE VASO E TERRA. Em breve vou comprar um vaso q me permita fazer amarras, para controlar e guiar o crescimento da planta. Seria possível cultivar essa danada em um vaso pequeno de uns 20CM ou até mesmo um pote de 2L de sorvete? Quanto a terra... apenas um solo com humus nesse estágio inicial da planta, é o suficiente? Me deem um help nessas questões por favor. Logo estarei disponibilizando um espaço um pouco maior (uns 70x80 cm) para colocar essas duas plantas, mas elas vão ter q ficar nesse gabinete por 1 ou 2 meses.  Procurei bastante algumas dicas aqui no fórum, mas resolvi postar pra quem sabe encontrar alguém q já fez a mesma coisa, nas mesmas condições, e conseguiu colher algo no final. ME PERDOEM A IGNORÂNCIA, e pra quem for ajudar aí, NOIS SÓ AGRADECE!!!
    • Fala pessoal, na paz? Pois bem, eu tenho 27 anos e faz 10 anos que fumo um banza. Já tive épocas que fumava quase todo santo dia, porém já teve épocas que fumei menos.  Neste ano decidi fazer algo inédito: Ficar sem fumar de forma compulsória por 40 dias. Faz parte da Quaresma; eu também optei por não beber álcool no mesmo período. Foram inúmeros os benefícios e gostaria de compartilhar brevemente a minha experiência. Nesses últimos anos eu já estava querendo melhorar a qualidade da maconha que eu fumava: fui 3x para Amsterdam, lá eu fumei Skunk de qualidade, e depois que voltei comecei a minha busca de uma maconha melhor... Logicamente a realidade é outra aqui infelizmente... porém hoje em dia com alguns contatos você consegue um Bud num preço salgado ou se tiver a oportunidade você planta - o que é de longe a melhor solução; custo, benefício, qualidade e risco.  Então eu consegui pegar mais buds e fui lentamente me afastando do pren. Hoje em dia eu quase não fumo mais prensado - acho um lixo - só fumo quando tem disponível, lógico hehe.  Já sei que terão aqueles que dirão que não dá pra largar do pren por inúmeras questões... Eu tenho amigos que fumam pren todo santo dia! Porém eu posso afirmar que os benefícios são avassaladores quando você substitui o bud pelo pren: - A brisa vai ser mais forte: Mas isso não significa que a brisa vai ser a brisa do pren x 10. A brisa é outra, a verdadeira, legítima! Você sente de verdade os efeitos da Cannabis. Se tiver sorte vai experimentar strains diferentes e vai diferenciar o efeito de uma sativa para uma indica, gosto e intensidade. Quando eu fumava pren eu ficava na maior parte lesado e depois sentia uma dor de cabeça, (não sei porque, porém era uma dor insuportável algumas vezes que fumava) além de você ter que fumar aquele baseado gigantesco e sentir a "brisa" por pouquíssimo tempo. - Quando você fuma bud você fuma menos: Isso é fato. Não tem como você fumar no mesmo ritmo. Até os que fumam todos os dias vão acabar fumando menos; por 2 motivos: 1 - A brisa dura mais e é mais intensa - você vai precisar de 2 a 3 finos pra ficar  chapado o dia inteiro. 2 - o custo será bem maior, então você vai ter que fumar menos por causa da grana. E aí muitos usam a desculpa de ser caro e vou fumar pren por causa do preço. Acredite: Se você gosta mesmo de fumar maconha, não vai querer voltar para o pren depois de fumar bud. - A qualidade é de outro nível: Nos argumentos acima eu já mencionei, porém tenho que reforçar para aqueles que não experimentaram ainda: O nível é outro!! Não tem comparação. No meu caso em particular eu comecei a apreciar muito mais quando fumava um bud em todos os sentidos, e isso fez eu moderar o consumo. Bem, agora que eu falei dos benefícios de fumar um Bud e que você acaba fumando menos voltamos a minha experiência: (paciência, agora tudo vai fazer sentido) Eu já estava fumando mais de 80% bud e 20% pren das mais variadas qualidades. Eu senti que deveria resetar o meu cérebro de todas substâncias que entorpecem o meu corpo (lícitas e ilícitas) Daí veio o desafio. E por causa que eu já estava fumando na maioria das vezes bud, e eu já fumava muito menos, (cerca de 1 a 2 x por semana) eu senti que foi mais fácil parar de fumar. Não senti qualquer efeito negativo (estresse, ansiedade, abstinência) tanto da maconha quanto do álcool (vou focar no caso da maconha apenas - porém a combinação dos 2 foi fantástica). Também me senti mais focado durante o dia em atividades, e agora já sinto uma relação distinta quanto a querer fumar. Percebi que fumar algumas vezes atrapalhava os meus planos e meu foco (isso  varia de pessoa para pessoa). Vejo que como tudo na vida, não podemos exagerar o seu consumo e além disso, devemos buscar a melhor qualidade para ter o seu melhor proveito. Ainda não quebrei a minha quaresma, vou relatar como vai ser a brisa da volta ( já deixei separado um bud de qualidade aqui), mas sinto que o meu vício irá diminuir: A moral deste relato é que a maconha tem poucos (quase nenhum) efeitos negativos quando consumida de maneiro regular e de boa qualidade. Se você fuma todos os dias pren, a história já é outra... Cabe a você priorizar o quão importante é fumar e a brisa que vai ter.  Sei que a realidade não permite, mas se tiverem a oportunidade  recomendo a todos fumar o bud mais vezes. E logicamente recomendo fazer essa pausa. Já foi comprovado que desintoxicar o corpo nos ajuda de inúmeras formas. Além disso, você vai provar para si mesmo que você está no controle, o que eu acho que é o mais importante!