Ir para conteúdo
Growroom

Ajuda na cozinha !


Haiakaui

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

Eai !

Sou um iniciante da gastronomia cannabinoide e tenho umas dúvidas:

- só tenho skunk e queria saber a quantidade para um cupcake (para 1 pessoa)

- quanto de manteiga também para tal quantidade de skunk para um cupcake

- alguém tem uma receita boa de cupcake que eu possa adaptar skunk? 

PS: Lembrando que só comi uma vez e faz muito tempo..B)B)

Valeu !!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 2 months later...
  • Usuário Growroom

Boa madrugada, amigo!

A quantidade de ganja varia de acordo de como seu organismo reage quando em exposição aos mais de 400 compostos presentes na planta. Se não está acostumado em ingerir cannabis (seu organismo absorve 4 vezes mais o poder da planta pelo modo ingerido). comece com calma e sem pressa.

Primeiramente você tem de preparar sua cannabutter.

Na minha visão, tendo em mente que você vai executar a receita de apenas 1 cupcake, aconselho uma colher de sopa de margarina pra 3g de ganja. Daí varia do seu ânimo, se quiser ter uma brisa forte mas não viajar TANTO opte pela quantidade de um fino (1g). Falo por minhas experiências, já fiz brigadeiro com 1 fino e chapei por várias horas (4+).

Segue uma receita de cupcake de microondas porção individual:

  • 1 ovo
  • 4 colheres (sopa) de farinha de trigo
  • 1 colher (sopa) de açúcar
  • 2 colheres (sopa) de chocolate em pó
  • 1/2 colher (sopa) de óleo
  • 4 colheres (sopa) de leite
  • Gotas de chocolate ou raspas de chocolate (opcional)
  • 1 colher de cannabutter

Modo de preparo:

  1. Misture todos os ingredientes dentro de uma caneca com uma colher até ficar homogêneo.
  2. Se quiser acrescente raspas de chocolate ou gotas. Coloque pra assar no micro-ondas em temperatura alta por 3 minutos.
  3. Sirva sem desenformar.

Substituições:

  • Pode também ao invés da fazer a cannabutter, fritar a margarina com a ganja durante 3 minutos e coar. A extração você soma na sua receita.
  • Se quiser facilitar você pode substituir o chocolate em pó e o açúcar da receita por achocolatado instantâneo (aquele que você mistura no leite pra beber).

Boa viagem!

 

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...
  • Conteúdo Similar

    • Por cielzinho
      Olá, eu fumo/vaporizo maconha recreativamente, mas recentemente meu pai começou a ter insônia devido a problemas no trabalho, procurou ajuda médica e foi diagnosticado com ansiedade, o médico receitou 3 remédios diferentes, dentre eles alprazolam, sertralina. 
      Meu pai (60 anos) tem tido problemas para dormir, consegue adormecer mas acorda no meio da madrugada e não consegue voltar ao sono, fica pensando no trabalho - depois que ele tomou os remédios, os problemas continuaram só que ele ficou mais 'dormente' durante o dia. 
      Eu sugeri a ele conversar com o médico sobre o uso de CBD, mas ele me respondeu que no Brasil só seria liberado em casos mais graves, e ai está minha duvida - ainda hoje ainda está bem restrito a casos mais graves, como última opção? 
      Vejo alguns usuários comentando o uso do CBD em casos de ansiedade/insônia, mas não informam se utilizam do CBD prescrito/receitado ou se produzem/conseguem e se 'auto-medicam'.
       
      Ele não se considera um caso grave e aceitará os remédios tarja preta que lhe receitarem, mas com tantos efeitos colaterais eu me questiono se o CBD de alguma forma serviria como tratamento para esse caso 'não grave'. 
      Ele nunca fumou ou vaporizou maconha, já pensei em oferecer uma vaporizada algumas horas antes dele dormir, mas não tenho acesso* a uma flor rica em CBD, então descartei a ideia visto que o THC poderia agravar a insônia. 
       
      *ainda  ; se me disserem que vaporizar uma flor rica em CBD poderia ser uma forma de tratamento, consigo acesso
    • Por berLôquera
      Existe overdose de maconha? 
      Nunca ouvi falar, mas por meu tempo trabalhando na saúde hospitalar descobri que overdose não significa necessariamente morte. Significa que você ingere uma dose maior do que pretendia ou do que poderia tolerar, o que lhe acarreta efeitos colaterais (náusea/vômito, tontura, ansiedade, paranoia, deficit cognitivo, taquicardia, PA elevada, etc.). Ou então, você usa uma maconha não tão boa, que pode conter sintéticos e resíduos/solventes da extração (vi em algumas pesquisas).
      Portanto, pode se dizer que ter uma overdose de maconha é pouco provável, mas não impossível!
      Vou deixar aqui meu relato do último final de semana...
      Fumo socialmente há 1 ano (beck, bong..), mas provei dos comestíveis e foi beeem diferente! Fiz uma receita de Cookies Canábicos (está aqui no meu perfil).

      12:30
      Comi um... e como demorava muito pra "bater", resolvi comer outro. ERRO RUDE!
      Do mesmo jeito que demora pra começar a sentir os efeitos (o estômago pode levar 30min ou horas pra fazer digestão), também demora para sair do corpo.
      Então embarquei numa viagem looonga KKKK
       
      13:00
      A partir daqui, não sei dizer os horários com precisão. Comecei a sentir moleza, leve tontura e precisava sentar. Perdi a sensibilidade das pernas.
      Depois comecei a me sentir incomodada com a claridade e fiquei de óculos escuros 😎 
      Daí veio uma tontura lancinante, que não achava jeito melhor de ficar, piorava ainda mais de olhos fechados.
      Uma vez com os olhos fechados, fui pra longe (flutuando, nadando, voando...) e com muito velocidade, ao som de uma dessas bandas psicodélicas. Foi doido!!!!
      Nesse momento, segurei a mão do meu parceiro pra ter certeza de que não estava sozinha (ele também não estava bem, mas ainda sim cuidou de mim).
      Com meu oxímetro em mãos, assustei quando vi meus batimentos oscilando entre 145-162bpm estando em repouso. 
       
      16:00
      Comecei a ficar bem nervosa e ansiosa, porque não dava uma trégua ou uma amenizada nem por um segundo. Obs: tenho transtorno de ansiedade. Mas tentava me manter bem para não desesperar! Não digo que pensei na morte, mas em ir pro hospital, sei lá, tomar um soro.
      O tempo todo bebi água para me manter hidratada.
      Fui deitar na cama e de coberta (sentia frio). Aos poucos a tontura foi passando e entrei noutra fase: a da safadeza! hehehe (transar chapada é mt bom pqp!) Estava mais sensível ao toque e desejando coisas que geralmente não quero.
      Tudo ia bem...mas quando fomos tomar um banho, minha pressão caiu do nada (e mais uma vez tive sorte por não estar sozinha). Fiquei sentada no box do banheiro, molhando o rosto, até passar.
       
      20:00
      O engraçado nesse tempo todo é que não perdi o apetite. Belisquei durante a tarde, ainda que com medo de nausear e a noite pedimos comida japonesa ❤️
      e uma Coca bem gelada foi me reanimando. 
       
      23:30
      Ainda me sentia mole, mas bem. Jogamos Uno, tomando vinho e arrisquei até a fumar um pouco.
      Sinto que perdi o sono, porque demorei a dormir e acordei na madrugada com "dor de barriga" rsrs
      Tomei um banho quente e voltei pra cama des-tru-í-da!
       
      Fim dessa experiência de quase-morte!
      Queria agradecer ao @Freem@n por ter cuidado de mim, mesmo estando na mesma. Conseguiu ser mais forte! 
      E lembrar que: não passe por nada disso sozinhx, principalmente se for a primeira experiência (e mesmo fumando já a algum tempo).
      Outro conselho é ir com calma, provando dos seus limites até encontrar a dose perfeita (pra mim meio cookie bastava). E nunca mais repita o mesmo erro!
       
      É diferente, é louco, é insano! Bjão a todos!
    • Por Relombra
      Sou novo aqui e não sei se esse é o tópico certo para isso, mas vou falar da minha experiência com a maconha e vcs me dá algumas dicas
      Eu já tinha fumado algumas vezes só que eu meio que não sentia nd só ficava relaxado, aí teve um dia que eu fumei um Beck sozinho em menos de 10 minutos pq estava com medo de alguém me pegar fumando e como nunca sentia nd resolvi dar uns tragos fortes, até aí tudo bem logo quando acabei o Beck eu estava na garagem e meio que ouvi os vizinhos falar do cheiro então eu subir para casa correndo joguei a ponta nos matinhos e eu estava super feliz logo que cheguei na cozinha percebi que estava tudo lento kkkk n entendi e fiquei com medo então fui deitar só q aí lembrei que eu tinha deixado umas sedas e tals pela casa eu levantei desesperado e comecei a limpar tudo meu coração disparou e eu queria fazer várias coisas ao mesmo tempo logo quando terminei de limpar td e ter tomado banho eu deitei na cama e fiquei super d boa sabia se alguém chegar era só finge que estava dormindo, então eu curti a brisa fui pesquisar aqui no Google e fui lê essas histórias dei muitas risadas quando eu levantava para ir beber água parecia que eu tava dentro da minha cabeça, era tipo um robô que eu controlava kkkkk eu parava e falava "é.. eu tô muito louco"kkk mas é isso sentia medo e pânico queria que acabasse aquela brisa mais dps eu só queria curtir
      Isso foi normal? Foi pq eu exagerei por meu corpo n está acostumado? Coração disparar é normal? Será que um psiquiatra conversa sobre essas coisas?
×
×
  • Criar Novo...