Entre para seguir isso  
Juniaum

Evento Maconha Medicinal

Recommended Posts

Achei interessante divulgar para a galera!! 

dia-medicinal_f1f4b310-d38f-423d-a17f-aa

No Rio de Janeiro teremos uma tarde atividades no Largo da Carioca, no Centro. Confira a programação e confirme presença no Facebook. https://www.facebook.com/events/981764305198857/

15 - 17H - Médicos fazendo atendimento básico, como auferir pressão, conversas com o público que estiver passando, distribuição de materiais informativos, feira de drogas.

17 - 19h - Aulões públicos. Especialistas em diversos temas vão fazer falas.

19h - Exibição do filme "Run from the cure", que conta a história do Rick Simpson e do óleo de cannabis. 

20h - Encerramento cultural e cortejo musical até a Lapa.

O estopim deste debate ocorreu com a repercussão do caso da pequena  Anny Bortoli Fischer, de 5 anos. A menina desenvolveu a síndrome CDKL5, um problema genético raro que causa epilepsia grave e sem cura. Na luta para diminuir o sofrimento da filha, Katiele encontra uma substância que pode ajudá-la, o CBD, derivado da maconha. Ela precisa trazer a substância ilegalmente para o Brasil, pois qualquer produto com origem na planta de maconha é proibido no país.

 

  • Like 6

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

  • Conteúdo Similar

    • Por highbythebeach
      Olá, estou buscando tirar dúvidas e encontrar experiências de outras pessoas. Abri essa enquete, pois estou sofrendo males no intestino e vou fazer uma colonoscopia para descobrir o que me afeta. O fato é que sinto muito desconforto (algumas dores) e constipação (intestino preso), tomei muitos remédios e eles não ajudaram em nada a não ser em intoxicar meu fígado. Gostaria de saber quais efeitos você sentiram com o uso da cannabis no intestino/estômago usando a planta como tratamento, também gostaria de saber se alguém com síndrome do intestino irritável/doença de crohn como se sentem com o uso da cannabis.
    • Por Careca Dos Dreads
      Salve rapaziada,tudo certo?
      Bom, a um tempo atrás tive uma crise de ansiedade devido a um coma alcoólico q despertou isso em mim.Eu já fumava antes disso acontecer, mas só as vezes, e depois do acontecimento a erva me ajudou bastante,tava fumando um Beck por dia depois de uma pedalada na praia olhando o pôr do sol e me fazia muito bem. Acontece q criei um pensamento q não queria depender de nenhuma coisa externa pra me sentir bem comigo e fiquei preocupado e com medo de estar viciado na erva. 
      Comecei a fumar só final de semana, mas nao deu muito certo pq chegava segunda feira e me dava um pouco de abstinência, eu conseguia não fumar durante a semana, mas às segundas e terças eram difíceis por causa disso. 
      Enfim, vi uma informação na internet q as pessoas mais propícias a se viciarem na erva são jovens com ansiedade, e isso me deixou em dúvida se deveria voltar a fumar, pois sinto falta do bem q a maconha me fazia, mas também tenho medo de ficar viciado.
      Queria saber a opinião dos senhores a respeito.
      Valeu rapaziada.
       
       
    • Por CanhamoMAN
      Nova Jersey amplia uso de maconha medicinal para dor de cabeça e ansiedade
      http://agenciabrasil.ebc.com.br/internacional/noticia/2018-03/nova-jersey-amplia-uso-de-maconha-medicinal-para-dor-de-cabeca-e   27/03/2018 22h20 Nova York, EUA Da EFE* O estado de Nova Jersey ampliou nesta terça-feira (27) seu programa de maconha medicinal para incluir pacientes que sofram de dor de cabeça, ansiedade, diversas formas de dor crônica e do transtorno neurológico da síndrome de Tourette. As informações são da Agência EFE.
      O governador de Nova Jersey, Phil Murphy, que assumiu o cargo no último dia 6 de janeiro e é favorável à legalização da maconha para fins recreativos, ampliou a iniciativa também para que os pacientes que estão sob tratamento paguem menos para registrar-se no programa, tenham mais lugares onde comprar a droga e diminuir a burocracia.
      Nova Jersey aprovou em janeiro de 2010, durante a administração do democrata Jon Corzine, o uso da maconha para fins medicinais – uma das leis mais restritas dos 29 estados com esta modalidade – para pacientes com câncer, Aids, epilepsia, doença de Crohn, glaucoma e esclerose múltipla.
      Em dezembro de 2012 foi aberto o primeiro centro privado para o tratamento, depois de obter o sinal verde do Departamento de Saúde de Nova Jersey.
      Já em 2013 foi aprovado seu uso para crianças com certas condições graves e, três anos mais tarde, a legislação foi ampliada para incluir também sua utilização para o transtorno de estresse pós-traumático, apesar do então governador republicano, Chris Christie, não apoiar o programa.
      "Os pacientes devem ser tratados como pacientes, não como criminosos. Seremos guiados pela ciência", disse Murphy em entrevista coletiva de hoje, na qual também assegurou que não falhará com os pacientes que não receberam o cuidado compassivo que lhes foi prometido há uma década.
      Segundo o atual governador, Chris Christie estigmatizou o programa ao dificultar que os pacientes se registrassem e que os cultivadores da erva pudessem operar no estado.
       
    • Por Suzette
      Amigos, boa tarde!
      Sou biólogo, tenho 32 anos, sou pai. Tenho ansiedade crônica ou também chamada de ansiedade generalizada. Sofro com essa doença desde a juventude, e desde então essa doença me cobra caro, acredite, já tomei toda tarja preta possível e impossível. Sobrevivi a desejos insanos de suicídio e instabilidade psicológica através do pensamento acelerado e ansiedade.
       
      Tenho uma família de cabeça fechada, pai advogado e mãe terapeuta, então a Cannabis nunca foi uma opção, aliás, nem existia os estudos que dispõem o tratamento de ansiedade e depressão (causada por ansiedade) que existem hoje.
       
      Me testei e resolvi usar a Cannabis, busquei em artigos, fóruns e grupos de discussões nacionais e internacionais para chegar a um consenso. Uso Cannabis todos os dias a cada doze horas, geralmente as 7:00 (quando levanto) e outra as 19:00 quando chego em casa. Nunca tive uma bad trip. A “dose” é a mesma todo dia, meio beck pra cada momento. A um ano e oito meses não tenho crises de ansiedade e até hoje a depressão não me encontrou novamente.
       
      Meu maior dilema e problema atual é conseguir novas sementes, estou na procura, mas sem sucesso. Hoje temo que com a chegada do fim do meu cultivo, pela falta do mesmo eu fique sem meu remédio, ontem mesmo contei, tenho 6 doses.
       
      Fica o meu relato, se curem, se cuidem e principalmente não desistam de vocês.
       
      Abraços.
    • Por bogart
      Pessoal,
      Alguém já teve experiência com extração de óleos ou similares para um paciente que precisa abrir o apetite?
      Particularmente, gostaria de saber da experiência com o extrato de CBD e o estímulo do apetite. O que eu encontrei até agora na internet me pareceu um pouco inconclusivo. O canabidiol tem a propriedade de causar a boa e velha larica?
  • Tópicos

  • Posts

    • Uso esse mesmo mix de produtos e terra que voce e estou bem tranquilo uso a recomendacao do fabricante e nao estou tendo problemas, minha ultima colheita foi bem satisfatoria.
    • Abaixo um roteiro com dicas para germinação. Começamos com a pre germinação, tão importante quanto a plantação. Já vi pessoas desistirem de plantar por não saber fazer a semente rachar e abrir. Material: - Recipiente de vidro (500 ml) - Água (recomendado que tenha PH 7) - Procure uma boa formula de germinação (hormônios de germinação) junto as lojas da sua localidade (Opcional) Como fazer: Pegue o recipiente, ponha a água já tratada com pH 7, ponha algumas gotas da formula (se você acha-la). Misture bem por alguns minutos (3-5 min) para oxigenar a solução. Ponha suas sementes, geralmente todas irão boiar no início, não se espante é normal, após 1-3 horas é capaz q algumas sementes venham a afundar. Verifique as sementes em períodos de 3 em 3 horas, até que você possa ver um pequeno pedaço da raiz. Em seguida retire a semente em germinação com cuidado e ponha em algodão húmido ou guardanapo húmido até que esteja pronta para plantar. => Germinação em Terra A germinação de sementes de Cannabis é algo simples... Mas requer alguns cuidados a fim de obter os melhores resultados. Os procedimentos descritos em seguida foram testados centenas de vezes e produzirão excelentes resultados, desde que executados corretamente. Deve-se, no entanto ressalvar o seguinte... Para que tudo resulte, as sementes devem estar em boas condições. Se forem velhas, ou estiverem danificadas por qualquer razão, ninguém pode prever o resultado. A fim de assegurar sementes em boas condições, as mesmas devem ser mantidas no frigorífico, numa embalagem selada onde não entre ar. Nestas condições, a maioria das sementes conserva-se em excelentes condições durante 2 a 3 anos. Prossigamos, com uma dica extremamente importante... Ficam desde já prevenidos! Tanto germinar, como vegetar plantas em vasos pequenos dá origem a um número anormal de machos. Para, além disso, condições de "stress" excessivo durante o período vegetativo também dão origem a um incremento no número de machos. Tudo o que adiante será descrito já leva em linha de conta o que acabou de ser referido, tendo em vista originar o maior número de fêmeas possível. O contrário apenas se revela benéfico para que executa processos de seleção a fim encontrar machos para projetos de "breeding" específicos. Primeiro que tudo vamos falar do material. Vasos... 4 litros funciona na perfeição. Tem suficiente espaço para a planta enraizar durante 3 a 4, ou mesmo 6 semanas, e os níveis de nutrientes na mistura deverão aguentar sensivelmente o mesmo período. O vaso deve ser desinfetado com "álcool", antes de mais nada. Uma vez limpo e seco, está pronto a ser utilizado. Terminado o assunto do vaso, vamos passar à mistura de germinação. Leve, porque estamos a falar de uma planta muito jovem e incapaz de lidar com níveis altos de nutrientes. Nas grandes superfícies, e nos centros de jardinagem vão seguramente encontrar misturas designadas por "All Purpose", ou seja... Dá para tudo. Os níveis de nutrientes são normalmente preparados para incrementar enraizamento, crescimento e desenvolvimento de caule/ madeira... Não para floração. O N-P-K deverá ser algo como 10-10-10 20-20-20, 20-10-20 15-10-15... Ou semelhante. Serve perfeitamente para o que queremos. O importante é que a saca esteja fechada, seca e o seu conteúdo em boas condições (quando é o caso, o cheiro é fresco e agradável). Agora que já temos a terra, é preciso "HUMOS". Isto é vital! Em circunstância alguma se devem compor misturas sem ele. É tremendamente rico em "micro" nutrientes e bactérias benéficas à saúde das plantas, particularmente útil durante a germinação devido à delicadeza dos seus efeitos. É aquilo que se pode designar por uma "arma" de cultivo extremamente poderosa, seja qual for à planta que possam considerar. Digamos que "Humos" é a forma mais simples de criarem condições benéficas, quase como na natureza, junto à zona de raízes. O seu efeito nas plantas é rápido, não danifica, incrementa extraordinariamente a sua saúde. Portanto... Tendo a terra, tendo o humos... Vamos à mistura. 2 partes de terra 1 parte de areia de rio 1 parte de humos Misturar bem... Está pronto a receber uso. Os nutrientes na terra e "humos" aguentarão a esmagadora maioria das plantas durante 3 a 4 semanas, sem necessidade de incrementos no nível de nutrientes. ************************************************************* Nota: A mistura pode ser executada sem areia de rio, mas deve-se notar que sem ela tende a compactar muito mais, dificultando o processo de enraizamento, e o acesso de O2 à zona de raízes, Não sendo vital, areia é uma ajuda preciosa para as plantas se desenvolverem de uma forma saudável. ************************************************************* Vamos agora passar diretamente para o assunto principal... Sementes. Por mais que vos possam tentar enganar, sementes de qualidade realmente aparentam ser sementes de qualidade. São bem formadas, em tons sobre o escuro, podendo ou não ter riscas. Sementes de qualidade não são geralmente claras, nem esverdeadas... Isso é sinal de sementes imaturas, e previsíveis taxas de germinação mais baixas. Para evitar fungos ou bactérias maléficas que possam vir agarradas à semente, esta deve ser desinfetada com uma solução de "lexivia" a 5/10% antes da germinação. Com sementes profissionais não deve ser necessário... Portanto... O vaso com a mistura está pronto, a semente desinfetada. Agora, está na altura de colocar água na terra; isto deve ser feito antes, e não depois da semente ser lá colocada para germinação... Porque a agua pode levantar a semente e colocá-la de novo à superfície. Depois da mistura estar bem úmida, é só fazer uma pequena abertura com a ponta de um lápis, 1cm de profundidade... Colocar a semente... E tapar com terra, sem comprimir. O vaso pode ser colocado debaixo de lâmpadas florescentes, HPS/ MH... Ou mesmo perto de uma janela desde que não atinja temperaturas extremas. Dentro de alguns dias (pode variar entre 3 a 10 dias, ou mais), se a semente for boa, o rebento vai saltar fora da terra. A temperatura ideal para germinação é variável consoante a espécie e o seu habitat de origem... No entanto... Entre 25/30 ºC será excelente para a maioria delas. Para sativas extremas, como "Haze" pura, "Thai" pura, e afins (Africanas, etc) ... A temperatura deve ser um pouco mais alta, perto dos 35 ºC. Geralmente, em vasos de 4 litros, e após a germinação... Não é necessário adicionar agua durante uns dias, pelo menos 4 ou 5. Isto porque a fim de induzir a germinação, criamos um ambiente já por si bastante úmido, o vaso já fica com um certo "excesso" de agua. As necessidades da planta recém germinada são pequenas... Levará mais ou menos 2 semanas a adaptar-se a um admirável mundo novo, vai primeiro que tudo desenvolver raízes e um pouco de folhagem a fim de poder captar luz eficazmente... E só depois as suas necessidades vão realmente disparar. => Germinação em Papel Toalha Se colocam as sementes sobre um PAPEL TOALHA bem empapado de água que ficara dentro de uma vasilha plástica , com tampa, e num lugar QUENTE E ESCURO, para que mantenha a umidade. Em poucos dias se abrirão deixando aparecer um ponto branco de raiz: Preparar solo com a seguinte receita: Terra Vegetal Fibra de Coco Vermiculita Húmus Argila Expandida (Fundo do vaso) Pressione o dedo sobre a terra, para fazer um "furo" com aproximadamente de meio a 1cm de profundidade: Neste momento devemos pôr a semente com a raiz para abaixo em terra meio centímetro de profundidade e tampá-la ligeiramente com terra. Seguidamente se levantará um longo pescoço com um par de falsas folhas (cotilédones) seguidas do primeiro par real.
    • Senhores,  o texto do primeiro post desse tópico, com dicas de germinação, está muito difícil de ser lido. Aparece um monte de caracteres extranhos no lugar de letras que possuem acento. Para manter a utilidade das instruções de germinação desse tópico,  seria bom editar o primeiro post - feito em 2002 pelo @LearnHow. Vi que ele não é mais um membro ativo do forum. Com isso, acredito que apenas os moderadores poderiam editar o texto dele. Abaixo, o texto corrigido. Fiz apenas substituição dos caracteres extranhos pela correta letra acentuada.