dine

Stf Deve Julgar Neste Semestre Descriminalização Do Porte De Drogas

Recommended Posts

aparenta ser apenas a inclusão de um substabelecimento, onde um advogado que já está representando alguém no processo por procuração "informa" que outro advogado pode representá-lo no processo, no lugar dele.

nada demais, infelizmente.

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Transformar potenciais empreendedores em criminosos é uma atitude muito irresponsável da justiça da nação.

Que 2017 sirva de farta reflexão aos agentes da lei sobre as injustiças da respectiva profissão.

Um abraço aos membros do Growroom e um feliz ano novo a todos!

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Uma pena, será que com a repercussão da crise penitenciária e com a ong Human Rights Watch pedindo mudança na política de drogas, incentivam o Protelari Zavascki a devolver o processo? Engraçado que esse mesmo postergador atende e concede os pedidos dos condenados e investigados da lava jato com urgência. STF pra quem?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
39 minutos atrás, John Grower disse:

Uma pena, será que com a repercussão da crise penitenciária e com a ong Human Rights Watch pedindo mudança na política de drogas, incentivam o Protelari Zavascki a devolver o processo? Engraçado que esse mesmo postergador atende e concede os pedidos dos condenados e investigados da lava jato com urgência. STF pra quem?

http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2017/01/1849182-lei-de-drogas-e-fator-chave-para-elevar-populacao-carceraria-diz-ong.shtml

A Lei de Drogas (lei 11.343) aprovada em 2006, que endureceu penas para traficantes e as abrandou para usuários, é "um fator chave para o drástico aumento da população carcerária no Brasil".

A informação consta no 27º relatório global da organização Human Rights Watch, divulgado nesta quinta-feira (12). O relatório faz uma análise da situação de direitos humanos ao longo de 2016 em mais de 90 países.

De acordo com o documento, em 2005, 9% dos presos no Brasil haviam sido detidos por crimes relacionados às drogas. Em 2014, eram 28%. Para a ONG, a falta de clareza da legislação acabou levando muitos usuários a serem condenados como traficantes.

"Embora a lei tenha substituído a pena de prisão para usuários de drogas por medidas alternativas, como o serviço comunitário –o que deveria ter reduzido a população carcerária–, sua linguagem vaga possibilita que usuários sejam condenados como traficantes", diz o texto.

Pela legislação, aprovada em agosto de 2006, para definir se o preso é usuário de drogas ou traficante, o juiz deve analisar quesitos como quantidade apreendida, histórico do detido, condições da ação, antecedentes, etc. Mas para críticos, essa orientação abriu espaço para que decisões fossem tomadas por fatores subjetivos.

Para a diretora no Brasil da HRW, Maria Laura Canineu, "a lei deixou uma subjetividade grande na determinação de quem é traficante ou usuário. Pela nossa experiência e nas visitas que fazemos aos presídios, percebemos que há um número grande de pessoas cumprindo penas por porte de quantidade pequena de drogas.

Em um caso em Pernambuco, conhecemos um réu primário de 19 anos que cumpre pena de 4 anos de prisão por portar 15 gramas de maconha".

 

 

Espero que esse ano aconteça algo...

:bonghit2: 

 

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acho que alguma novidade só após 2018 msm.... o Teori não quer essa 'responsa' na mão dele.... é uma pena, só dá atenção para processos de interesses partidários ou pessoais, ao meu ver, é apenas um covarde.

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

4 anos por 15 gramas de maconha é foda.

Pensa na merda que fizeram: o carinha lá, cheio de futuro, talvez um gênio que iria ser um grande empresário e gerar vários empregos, foi fumar um beck com a namorada e acabou preso. Aí enjaulam o coitado que perde todo seu potencial virando um criminoso de verdade com o que aprende na cadeia. Fora que psicologicamente e socialmente acabam com o cara.

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, Andrerznd disse:

acho que agora querendo ou não, vão ter de pelo menos citar a alteração de lei de drogas

https://noticias.terra.com.br/brasil/lei-de-drogas-e-uma-das-causas-da-crise-em-prisoes-diz-hrw,601c7a328f7c7829ea76e551606af01dheo448tp.html 

Hoje vários veículos noticiaram o assunto. No último sábado, Temer e Carmen Lúcia fizeram reunião para tratar sobre o mesmo tema. Parte da solução está no STF, basta o careca soltar a RE. Nunca pensei que, se de fato houver legalização/regulamentação, partiria do Legislativo ou mesmo do Judiciário, mas do povo. 

Pelo andar da carruagem vai ser por meio do caos. Seja ele da superlotação dos presídios ou pela necessidade urgente de dinheiro por parte da União/Estados/Municípios.

  • Like 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
20 minutos atrás, CannaCult disse:

Hoje vários veículos noticiaram o assunto. No último sábado, Temer e Carmen Lúcia fizeram reunião para tratar sobre o mesmo tema. Parte da solução está no STF, basta o careca soltar a RE. Nunca pensei que, se de fato houver legalização/regulamentação, partiria do Legislativo ou mesmo do Judiciário, mas do povo. 

Pelo andar da carruagem vai ser por meio do caos. Seja ele da superlotação dos presídios ou pela necessidade urgente de dinheiro por parte da União/Estados/Municípios.

 acho que deve so descriminalizar primeiro, criar alguma jurisprudência pro porte de gramas e se jah quiser ate o cultivo caseiro, acho que a arrecadação de impostos por regulamentação ainda fica mais pra frente, mas seria um marco, com certeza ajudaria os Estados, e eu teria a profissão dos sonhos kkkkkkk, abrir as portas da garagem e meter um growshop, público ia ter de sobra  

  • Like 5

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

barroso deu essa letra, to achando q vai colar, só não faço ideia quando.

e......

parar pra pensar mano.

quanta grana teria sido economizada e investida em algo útil. ta fora.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A passos mais lentos que isso impossível, o cara pegou a bola do jogo e foi embora com ela em baixo do braço eu ate tinha esperança mas pelo visto vai ficar pra 2018 e olhe lá meus amigos, creio que essa frase se aplique bem. 

É nosso dever moral, e obrigação, desobedecer a uma lei injusta.

até que ocorram mudanças vamos seguindo do nosso jeito. 

 
 
  • Like 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eai galera, ao meu ver com esse caos carcerário é a preliminar pra liberar o processo. Temos que pressionar o STF! Marcha no final de semana em Brasilia em frente ao STF, a galera de brasília é massa e consegue fazer um frevo bombástico. Enquanto isso nos EUA:

http://www.bbc.com/portuguese/internacional-38575291?ocid=socialflow_facebook

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Registrado primeiro medicamento à base de Cannabis sativa

A solução oral Mevatyl® será destinada ao tratamento clínico de pacientes não responsivos a medicamentos antiespásticos.

Publicado: 16/01/2017 09:25

 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o registro do medicamento específico Mevatyl® (tetraidrocanabinol (THC), 27 mg/mL + canabidiol (CBD), 25 mg/mL), canabinoides obtidos a partir da Cannabis sativa, na forma farmacêutica solução oral (spray). É o primeiro medicamento registrado no país à base de Cannabis Sativa

O novo medicamento Mevatyl®, registrado em outros países com o nome comercial Sativex®, é indicado para o tratamento sintomático da espasticidade moderada a grave relacionada à esclerose múltipla, sendo destinado a pacientes adultos não responsivos a outros medicamentos antiespásticos e que demonstram melhoria clinicamente significativa dos sintomas relacionados à espasticidade durante um período inicial de tratamento com o Mevatyl®. O medicamento é destinado ao uso em adição à medicação antiespástica atual do paciente e está aprovado em outros 28 países, incluindo Canadá, Estados Unidos, Alemanha, Dinamarca, Suécia, Suíça e Israel.                                                     

Mevatyl® não é indicado para o tratamento de epilepsia, pois o THC, uma de suas substâncias ativas, possui potencial de causar agravamento de crises epiléticas. O medicamento também não é recomendado para uso em crianças e adolescentes com menos de 18 anos de idade devido à ausência de dados de segurança e eficácia para pacientes nesta faixa etária. 

Conforme dados de estudos clínicos realizados com Mevatyl® a ocorrência de dependência com o seu uso é improvável. Mevatyl® será comercializado com tarja preta em sua rotulagem e a sua dispensação ficará sujeita a prescrição médica por meio de notificação de receita A prevista na Portaria SVS/MS nº 344/1998 e de Termo de Consentimento Informado ao Paciente. 

O medicamento será fabricado por GW Pharma Limited – Reino Unido, e a detentora do registro do medicamento no Brasil é a empresa Beaufour Ipsen Farmacêutica Ltda., localizada em São Paulo (SP). Maiores detalhes podem ser obtidos por meio da Nota Técnica elaborada pela área de registro de medicamentos específicos, GMESP/GGMED.

fonte: anvisa.gov

  • Like 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Também vi a notícia e fiquei boquiaberta... vamos aguardar. Espero que finalmente entendam que usuários não são criminosos.

  • Like 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

  

Comentem nesse video que voces sao a favor da liberaçao , vamos mostrar que somos a favor da mudança dessa legislaçao falida.

 

NÃO ESQUECE DO DESLIKE PARA FORTALECER A CAUSA.

  • Like 6

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

o que essa troxa entende de maconha? maconha é porta de entrada pra outras drogas se o cara quiser usar outras drogas. não tem como relacionar o uso de maconha diário ao uso de cocaína diário por ex. ninguém é obrigado a experimentar outros tipos de droga, experimenta quem quer. é por causa desses babacas que o brasil é ainda esse país careta, que vê na maconha um problema social. Bonito é sair de casa, beber igual a um maluco, sair com carro e matar alguem atropelado. O álcool pode, a maconha não. A maconha acaba com as famílias, o álcool não. Isso é de uma hipocrisia sem tamanho!

  • Like 10

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Continuamos a viver de preconceito...!

Antigamente, qdo era criança, meus amigos (brancos, negros, mulatos, amarelos, etc) brincávamos e mesmo nos chamávamos (sim, todos, mesmo entre os grupos) de termos que hoje não são aceitos (e aí branquelo, chega mais negão, abre os olhos japa, etc).... só que éramos todos amigos e os termos eram meramente uma referência... ainda havia àqueles termos mais xenófobos ainda ('tíguês' para portugueses, 'japa', 'china', etc)... e novamente, ninguém se magoava ou brigava por isso... muito pelo contrário, tinha um amigo que respondia: Com todo o orgulho! (não importa qual a cor desse meu amigo... o que importa é como vc encara isso). Oras, transformaram o mundo... dizem ter reduzido a divisão social. Eu discordo! Hoje vivemos uma divisão horrorosa que realmente firmou em concreto o preconceito. Antes era brincadeira, hoje virou caso de polícia! A divisão entre 'castas' ocorre a pano solto e as principais vítimas são justamente àqueles que mais difundem esse material. Se vc hoje se referir à um 'passado negro', pode ter que dar explicações para alguém que pense/ache/ou-queira-só-puxar-briga, alegando que vc ofendeu à comunidade negra... ou se disser: 'Me deu um branco!' ? Alguém pode dizer que não tem nada à ver... e eu vou concordar, mas só por enquanto! Do jeito que os xenófobos andam à solta e procurando encrencas, estão dividindo os humanos em sub-castas. Eu aprendi que não existe mais que 1 raça humana... e que a mesma tem variações mínimas (pele, pelos, etc)... alguém que não vê ou tenha tato, não perceberá qualquer diferença entre um homem asiático, caucasiano, africano ou de qualquer outra parte do mundo.... então, porque temos que rotular e dividir?
O mesmo ocorre com as liberdades individuais... porque eu posso ir no bar e tomar um litro de vodka que não serei preso? Mas se sentar na calçada e bolar um beck e passar uma viatura sou levado preso e posso ser até mesmo agredido como se fosse 'vagabundo' (aliás, primeira qualificação que me atribuíriam)...Onde está o meu direito de decidir o que é bom e o que é ruim PARA MIM! Não estou dizendo que eu deveria poder dizer o que é bom/ruim PARA VOCÊ! E se eu não posso fazê-lo com os outros, não poderiam fazer comigo! Então, acredito que o melhor que podemos fazer para auxiliar a acabar com essa perseguição é tentar esclarecer para todos que nos sejam próximos o que é a maconha e o que ela faz (de bom e de ruim)...de quebra, tente remover essa mácula de que seres humanos tem raças distintas... isso é invencionice de quem tira vantagem (financeira/política)

Quanto à plantinha, há 5 anos seria impensável ver uma revista na banca com a capa escrito 'MACONHA'... nos últimos anos tivemos várias publicações assim (mesmo que a maioria ainda engatinhasse no quesito: mostrar que é uma planta e que sempre foi considerada REMÉDIO pela humanidade (de +10.000 anos atrás)... que somente depois de 1930, devido ao interesse econônico, foi banida e proscrita! Quem mais tem faturado com a proibição são os laboratórios... agora querem produzir maconha sintética... sei...sei... aí será liberada???? Só a sintética?

Então é isso... vamos tentar disseminar o conhecimento e a união! NÃO à briga, à desunião, à divisão de classes e categorias. SIM ao respeito individual e à fraternidade!

Ficou longo... peço desculpas, mas eu precisava desabafar!

  • Like 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 12/01/2017 at 17:42, Andrerznd disse:

 acho que deve so descriminalizar primeiro, criar alguma jurisprudência pro porte de gramas e se jah quiser ate o cultivo caseiro, acho que a arrecadação de impostos por regulamentação ainda fica mais pra frente, mas seria um marco, com certeza ajudaria os Estados, e eu teria a profissão dos sonhos kkkkkkk, abrir as portas da garagem e meter um growshop, público ia ter de sobra  

Se precisar de grana... TMJ!!!!

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

kkkkk, ia gastar tempo naquela pinta ali, mas qndo li na legenda do vídeo "entendam tudo [aqui], pessoal!", 

larguei de mão.

argumento de autoridade é o caralho. imbecil ela, imbecil quem pensa como ela.

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.

  • Tópicos

  • Posts

    • Cleyton, com relação a transplante, cada um tem um jeito de fazer. Antes eu germinava no copo plástico, passava p um vaso de 1,8 L e depois para o definitivo com 7 L. Depois, vi que as que eu passava direto do copo plástico para o vaso definitivo, desenvolviam mais rápido. Hoje, com 1 semana de vida, já jogo p o vaso definitivo. Nunca ouvi falar que vaso quadrado trouxesse estresse para as raízes. Acredito que não tem problema. Tenho um grow com HPS de 400w, cool tube e exautor de 150mm com capacidade de 552 m3/h ligado no cool tube. Você tem que colocar o melhor exaustor para resfriar sua lâmpada. E diria ainda p/ você colocar todos os seus exaustores e cooler para retirar ar do grow na parte de cima e deixar o ar entrar de forma passiva em baixo. Tenho um diário, se tiver interesse, veja lá como está a produção das plantas sob a HPS de 400 w
    • Boas rapaziada, paz a todos! Estou montando um grow com 0,6x0,80x1.90 que montei eu mesmo em PVC e blackout. E tenho algumas duvidas 1- Estou hoje adquirindo um cooltube de 125mm para uma hps/hqi 400w.Pela experiência de vocês em média quantos graus diminui no grow? Penso em usar um exaustor com fluxo de 160m3/h no cooltube 2- Nesse grow estou com um ventilador clip e 2 cooler de pc para entrada de ar. Os 2 cooler totalizam 150m3/h Para saída de ar estou com dois exaustores 150mm com fluxo de 360m3/h e um de 160m3/h(esse vai no cooltube)s Será que com essas quantias eu seguro essa hps 400w? Ou preciso de mais exaustão? A temperatura média da minja cidade é de 21 graus(mas no verão chega a 34 com frequência)   Obrigado a quem puder ajudar!
    • Isso aí irmão.. Importante lembrar que a galera foda mesmo desse fórum já não é mais tão ativa. É diferente saber cultivar de saber ensinar ou passar conhecimento.. Tem muito cara que tem resultados incríveis, mas não sabe explicar, ou não tem paciência.. A base do fórum, pelo que me lembro desde meados de 2008 quando me registrei a primeira vez, sempre foi prover o pontapé inicial para os cultivadores... Se vocÊ aprende o básico e consegue levar um cultivo do início ao fim, seja lá qual for o seu equipamento, então o fórum atingiu o seu objetivo. Se você pode comprar uma iluminação foda, montar seu próprio painél de LED ou seja lá o que for, show de bola e o jardim agradece, mas é importante dar força para quem tá começando sem nada e tem a força de vontade para colocar a mão na massa. O resto vem com o tempo como identificar os problemas e corrigí-los, seja lá como for. Tem cara que faz miséria em PC-Grow e tem cara que colhe pouco numa estufa, como eu. Vai de diversos fatores que devem ser analisados um a um para o grower atingir os próprios objetivos. Desculpa causar no seu tópico irmão, só fiquei de cara com a maneira como o brother AFIRMOU que o problema do seu jardim é o painél. Forte abraço e progresso no jardim!