Ir para conteúdo
Growroom
dine

Stf Deve Julgar Neste Semestre Descriminalização Do Porte De Drogas

Recommended Posts

18 minutos atrás, eddielombra disse:

E ae alguem tem noticias da conferencia da ONU? 

O que achei nao tinha nada relevante.

ONU aprova nova política de drogas. Mas os avanços são tímidos

Não foi desta vez que a questão saiu definitivamente da esfera criminal e foi para a saúde pública. Por isso entidades e países saíram frustrados da reunião

Em 1998 a sessão especial da Assembleia Geral das Organização das Nações Unidas sobre drogas chegou ao consenso de que líderes mundiais trabalhariam por “um mundo livre de drogas” até 2008. Mas, desde então, o consumo e o tráfico só aumentaram. Os números evidenciam a ineficácia  da abordagem proibicionista.

Nesta semana, uma nova assembleia se reuniu na ONU, em Nova York, para discutir novas políticas para a área. Mas o documentoaprovado como referência frustrou quem esperava que a entidade dissesse de forma mais contundente que drogas são questão de saúde pública, e não de polícia.

É possível reconhecer avanços e uma mudança na abordagem. Yuri Fedotov, diretor-executivo do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC), defendeu que uma política global de drogas deveria “colocar as pessoas em primeiro lugar”.

Margaret Chan, secretária-geral da Organização Mundial da Saúde, disse que as drogas deveriam ser tratadas na esfera de saúde pública, e não como uma questão do sistema judiciário criminal para se tornarem a ser uma questão de sáude pública. Nesse sentido, o documento aprovado avança em alguns pontos. Ele defende, por exemplo, melhorar o acesso a medicamentos para a dor e cuidados paliativos, como é o caso da maconha medicinal.

Por que as diretrizes sobre drogas frustraram as expectativas#

Mantém a ênfase no combate às drogas

O documento reitera o compromisso em “proteger a segurança dos indivíduos e comunidades intensificando esforços para prevenir e se contrapor ao cultivo ilícito, produção e fabricação de narcóticos e substâncias psicotrópicas”.

Não pede o fim da penalização do usuário de drogas

“É um dos pontos em que o documento falhou. É reconhecido internacionalmente que tratar o usuário de drogas como criminoso não diminui o consumo. Reconhecer isso é uma política pública mais barata e mais eficaz”, disse ao Nexo Ana Paula Pellegrino, pesquisadora do Instituto Igarapé, que acompanhou a aprovação do documento em Nova York.

Não pede o fim da aplicação da pena de morte relacionada ao comércio de drogas

Muitos dos participantes da assembleia tinham a expectativa de que o texto seria crítico à pena de morte para crimes relacionados às drogas. Mas isso não ocorreu. Um representante da Indonésia foi vaiado por ter defendido a pena de morte como “um componente importante” da política de drogas do país. Segundo Ana Paula, o Brasil se posicionou contrário à prática em qualquer caso.

O que os países afetados pela guerra às drogas disseram sobre o documento#

Em uma entrevista para o jornal britânico “The Guardian”, o presidente da Colômbia Juan Manuel Santos criticou o documento nesta quarta-feira (20):

“Deixe-me ser claro com eles: a abordagem proibicionista falhou. É hora de deixar ideologias para trás e abraçar as evidências. E a evidência aponta para a necessidade de novas políticas públicas. Se algo não está funcionando há mais de 40 anos, lógica e senso comum dizem que é preciso mudar”

Juan Manuel Santos

Presidente da Colômbia

Maior fornecedora de cocaína do mundo, a Colômbia enfrentou por décadas uma sangrenta disputa entre governo, cartéis e forças paramilitares financiadas pelo comércio de drogas. Com base em evidências de que a guerra às drogas não traz resultados satisfatórios, o país é um dos que fazem pressão por uma política mais alternativa, voltada para a descriminalização das drogas e proteção dos direitos humanos. Ele é apoiado por países como México e Guatemala, que também são fortemente afetados pelo tráfico.

“Pessoas, não substâncias, deveriam estar no centro dessas políticas públicas.”

Jimmy Morales

Presidente da Guatemala

Em entrevista ao Nexo, Ilona Szabó de Carvalho, coordenadora da Comissão global de política sobre drogas, afirma que o Brasil também é vítima da política de guerra às drogas, por ser um dos países latino americanos com mais violência associada à criminalização dessas substâncias.

Os ativistas propõem que as drogas sejam tornadas legais, mas com o acesso regulado de acordo com os danos que cada uma pode causar - o acesso a maconha, por exemplo, tenderia a ser mais simples do que à cocaína.

https://www.nexojornal.com.br/expresso/2016/04/20/ONU-aprova-nova-pol%C3%ADtica-de-drogas.-Mas-os-avan%C3%A7os-s%C3%A3o-t%C3%ADmidos

  • Like 6

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Em quanto isto as facções travam guerra para controlar a distribuição de drogas e não tem fim pelo jeito,Quando morrem é apenas um traficante morto,Mas que foi o próprio sistema penal que os criou.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 

SUGESTÃO nº 6, de 2016

 Autoria: Externo - Rede Brasileira de Redução de Danos e Direitos Humanos (REDUC)

Ementa e explicação da ementa

Ementa:
Propõe um padrão regulamentar abrangente para a maconha medicinal e o cânhamo industrial no Brasil.

Situação AtualEm tramitação

Último local:
12/04/2016 - Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (Secretaria de Apoio à Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa)
Último estado:
12/04/2016 - AGUARDANDO DESIGNAÇÃO DO RELATOR



http://www25.senado.leg.br/web/atividade/materias/-/materia/125497
 

 Ordem cronológica Ordenado por tipo Ordenado por comissão  Reordenar
Data Tipo Comissão Ação legislativa Observação
13/04/2016 Texto inicial
 ( PDF )


http://www.senado.leg.br/atividade/rotinas/materia/getTexto.asp?t=191342&c=PDF&tp=1

  • Like 10

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ora Lewandovski Aproveite para acender um nesta chama!

:)

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Num post que já faz um tempo que postei, eu falava que o congresso podia melar o lance da descriminalização na hora em que fizessem as alterações necessárias à lei de drogas de 2006 caso o recurso fosse votado como procedente no STF. Pois bem:
http://www.valor.com.br/politica/4558535/indicado-para-desenvolvimento-social-e-contra-liberacao-da-maconha

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

E alguns (ingênuos) aqui culpando a Dilma. Vão estudar História, rapazes.

  • Like 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
23 horas atrás, Vqtqv disse:

E alguns (ingênuos) aqui culpando a Dilma. Vão estudar História, rapazes.

estuda a história dos 11 milhoes de desempregados, aprendeu história com os artistas e ''intelectuais'' kkkkkkkkk

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

E a antiga oposição pressionado o antigo governo não deixou ninguem tentar pensar em nada quanto meno fazer alguma coisa dede de que o pt se reelegeu no mesmo dia ja falavam em contestar os resultados a crise é só para a classe média os ricos só não estão lucrando com o consumismo do povo mais os Dólares deles  estão garantido por muitas crises.Pior é que eu não consigo assistir dois minutos de discurso seja por aqueles ou estes presidentes ,seja em qual for o poder até o stftomou injeção na testa com aquela cara de bunda que eles estavam.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

maldito forum de politica, ahhh nao e o growroom  .............
Vao todos voces ficar de mimim la no facebook aqui e discussão  e outra

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não é outra não, parceiro. A legalização da maconha é político-econômico. Tem um monte de neoliberal aqui fã de Friedman que não sabe
diferenciar que o neoliberalismo daqui não é acompanhado das ideias de liberdade individual como os liberais norte-americanos defendem.

Que o neoliberalismo aqui significa apenas tercerizações e mais poderio para as igrejas e setores conservadores. Se com o PT-Dilma estava difícil legalizar,
agora é impossível. Vamos continuar plantando na clandestinidade, as leis de drogas se tornarão mais rígidas e o Teori não vai sair de cima do RE 635659 pelo
menos nos próximos 2 anos. Idade das trevas, meu povo. Mais pessoas encarceradas. Redução da maioridade penal e inúmeras ações que prejudicarão a 
vida de todos nós aqui, ordinários (politicamente falando, porque os extraordinários - como diz Dostoievski - estão acima de leis e sansões penais, vide Aécio Neves
''Escobar'', Zezé Perella e os 450kg de cocaína). 

Inclusive, com o ''Plano do Futuro'' do Temer (recomendo que leiam) vai dificultar qualquer medida liberalizante, até porque ele nem menciona ''pessoas'', ''indivíduos''
e etc, só menciona ''mercado''. E com o Osmar Terra como Ministro do Desenvolvimento, o que ele  vai dizer que atrapalha o desenvolvimento ? As drogas, é claro!

Se preparem. O que parecia bom, pode ficar pior. Mas se resistimos e lutarmos, talvez a saída da Dilma pode representar uma luta popular maior para conquistarmos
uma igualidade social e liberdade individual visto que o PT deixou os movimentos sociais ''sossegados''.

  • Like 16

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não vamos entrar em discussão política.

Não legalizou com a Dilma, ela não fez esforço algum para isto, e não vai legalizar com o Temer também.

É complicado. Tem que botar pressão popular em cima deles. Ontem Av Paulista cheia, cade a mídia? Não se fala nada. Quero que se foda a Dilma, o Temer, e a puta dos políticos todos. Pago demais pra ter de menos, estado só nos rouba, não temos direito a nada e ainda vivemos na clandestinidade, correndo risco de ser preso a qualquer hora.

PAZ!!!!

  • Like 5

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu estava lá e ainda arrastei 2 brother juntos, mas vi mt coisa que n gostei, tinha uma glra perdendo o foco com cartazes sobre outros assuntos totalmente diferentes, um dos assuntos que eu acho mais importante é o uso medicinal e inclusive tinha mães com seus filhos doentes lá e nem isso ganhou mídia,  aquela expectativa que eu tinha já até acabou eita Brasil!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hour ago, Nil Jardineiro said:

Não vamos entrar em discussão política.

Não legalizou com a Dilma, ela não fez esforço algum para isto, e não vai legalizar com o Temer também.

É complicado. Tem que botar pressão popular em cima deles. Ontem Av Paulista cheia, cade a mídia? Não se fala nada. Quero que se foda a Dilma, o Temer, e a puta dos políticos todos. Pago demais pra ter de menos, estado só nos rouba, não temos direito a nada e ainda vivemos na clandestinidade, correndo risco de ser preso a qualquer hora.

PAZ!!!!

Muito bem colocado... Na Paulista eu comentei muitas vezes com o @Coruja verde, "brother, cadê os helicópteros? Não tem nada de cobertura!" Aí fica foda... Cheguei em casa e logo fui ver nos jornais de maior circulação... Uma pequena matéria, sem explicar a causa do movimento, simplesmente resumindo tudo a: Hoje ocorreu a marcha da maconha em São Paulo. 

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu acho q a unica esperança era o STF, mas o merda do zavascki enfio naquele rabo gordo dele a RE  e nao vai devolver nunca .   

Nao tava na hora de comecar a incomodar os caras do STF denovo pra dar andamento nesse processo ?
 

  • Like 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 minutos atrás, dandandan.br disse:

Muito bem colocado... Na Paulista eu comentei muitas vezes com o @Coruja verde, "brother, cadê os helicópteros? Não tem nada de cobertura!" Aí fica foda... Cheguei em casa e logo fui ver nos jornais de maior circulação... Uma pequena matéria, sem explicar a causa do movimento, simplesmente resumindo tudo a: Hoje ocorreu a marcha da maconha em São Paulo. 

É foda irmão. Semana passada o fantástico exibiu uma reportagem boa sobre a luta das mães pra obter os óleos e derivados da maconha, era uma boa deixa pra mídia emendar o assunto, mas infelizmente já caiu no esquecimento como sempre. Vou admitir que nunca gostei muito de paulistas (rsrs). Mas se alguém tem o poder de mudança, são vocês. Parabéns pra vocês que representaram irmão.

 

2 minutos atrás, iceconha disse:

Eu acho q a unica esperança era o STF, mas o merda do zavascki enfio naquele rabo gordo dele a RE  e nao vai devolver nunca .   

Nao tava na hora de comecar a incomodar os caras do STF denovo pra dar andamento nesse processo ?
 

Pressão popular, isso aí!!!!

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como não tem nenhum tópico sobre a marcha, vou deixar aqui o off topic... já que esse RE, não deve sair antes de 2018...... depois de saber que a marcha do Rio tinha ido menos gente que ano passado, foi muito bom ver, tranquilamente mais de 30000 pessoas em sampa, galera, como sempre, marchando na paz.

O maconhaço foi um sucesso, acho que é possível sim crescer em quantidade e qualidade. A consubstancialidade dos diferentes temas e atores relacionados a erva, entendo que deve ser fortalecida, a não partidarização, mantida.

Enfim, talvez caminhamos pra tão sonhada adesão exponencial ao movimento, cada vez mais pessoas saem do armário nas redes sociais, na família, etc

Não é possível que Rio de Janeiro, cidade historicamente maconhística não seja possível ultrapassar as 10 mil pessoas.... e que são paulo, cidade com MILHÕES de maconheiros... não seja possível levar 100.000 maconheiros às ruas. Pq hj somos 30, 40 mil, no dia que formos 100.000.... pare e pense? que outras causas são/foram capazes de reunir 100.000 mil pessoas? Se conseguirmos 100.000, então, em breve, conseguiremos  UM MILHÃO.

E aí não daremos a mínima se a ("grande") mídia estará noticiando ou não. Nós seremos a mídia! Pq estaremos com o apoio da população, nós seremos os difusores da informação, a nossa demanda não terá que ser suplicada, e sim será uma imposição! Pq estamos do lado certo da HISTÓRIA, e porque seremos MAIORIA!

 

Mas nada disso vale se tivermos apenas uma massa de desinformados e replicadores de preconceitos e lógicas proibicionistas. Por isso devemos manter o foco em qualidade que a quantidade chegará, uma hora ou outra.

 

Considero que o atual momento político não é bom , e que nossas perspectivas de mudanças através do congresso, considerando a ascenção ao poder de Osmar Trevas (ministro), Marisa Lobão e Infeliciano, estão, pra dizer o mínimo, distanciadas (Projetos do Jean, Paulo Teixeira, do PV, sug 6, sug 8, e por increça que parível, PL do Osmar Trevas).

No STF, o RE 635659 segue em passos lentos, não tem perspectiva de que acelere. Uma hora foi o mensalão, hoje é a lava-jato, amanhã poderá ser outra operação, a dar pretexto pros juízes mãos de cola e sentadores de processo de plantão. Que talvez tudo isso sirva de lição para o movimento sair dessa aparente letargia  (digo aparente, mas entendo e sei que não é real) de espera pelo STF, e sinceramente, acho que devemos tentar pressioná-los sim, mas tem que ver direito como fazer isso, sem dúvida a melhor forma de pressioná-los, e com menos riscos, é realizando e lotando a Marcha da Maconha!

Na política, temos vários problemas atuais, mas não podemos permitir que rebaixem nossa causa, que passem a pauta para o fim da fila! vamos dar a importância que a causa tem. Não é a mais importante... mas é enorme! Através de uma pauta clara e objetiva, a simples legalização de uma erva desnuda todo um sistema de corrupção, criminalização da pobreza, encarceramento em massa, injustiça social. Nossa causa não é pouca bosta não, para deixarmos de lado.. e é o que pode acontecer se não houver resistência...

Diante das perspectivas que tracei acima no congresso, no STF e na política em geral, nunca é demais ressaltar que a nossa melhor alternativa é, foi e sempre será a LUTA!
Marcha, congressos, debates, apoiar os amicus curies quando for preciso, vaquinhas, filmes, músicas, revistas... abrir novos fronts no judiciário, autorizações pra cultivo medicinal e industrial, ampliar, apoiar e disseminar o auto cultivo, informar, conscientizar, sair do armário... mais do que nunca, vamos à luta maco-panheiros!

  • Like 11

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Brasileiro é foda memo... talvez o país com maior numero de maconheiros acomodados fumando LIXO...

Nao fazem a questão nenhuma de pressionar o país pelo seu direito.

Muito maconheiro ainda tem vergonha de bater no peito e lutar pela causa..

Concluindo... Brasileiro tem que se fuder memo!! N vejo a hora de ralar peito!

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 17/05/2016 at 07:52, sandino disse:

Não é possível que Rio de Janeiro, cidade historicamente maconhística não seja possível ultrapassar as 10 mil pessoas.... e que são paulo, cidade com MILHÕES de maconheiros... não seja possível levar 100.000 maconheiros às ruas. Pq hj somos 30, 40 mil, no dia que formos 100.000.... pare e pense? que outras causas são/foram capazes de reunir 100.000 mil pessoas? Se conseguirmos 100.000, então, em breve, conseguiremos  UM MILHÃO.

É possível e vai levar, é só ter um pouco de calma. As coisas são lentas num pais cristão como o Brasil.
Uma coisa que você não tá levando em consideração é que este ano foi apenas o 4º ano de marcha sem repressão policial.
E a cada ano que passa o número de participantes aumenta de uma forma absurda.
Há 4 anos tinha mil e poucas pessoas na marcha, depois subiu pra 3 mil, ano passado pra 10 mil e este ano tinha umas 30 ou 40 mil.
A galera resolveu sair do armário, e é bem provável que o ano que vem tenha acima de 50 ou 60 mil pessoas.
É progressivo, mais dois, três anos a gente chega em 100 mil.

Já a marcha do Rio, embora tenha tido menos gente, também houveram avanços, pelo que contaram os amigos do Rio.
Infelizmente, temos que entender que nem todo maconheiro é ativista. Creio que este foi o primeiro ano sem treta com a polícia.
Sei que os caras se reuniram com o comando da PM do Rio uns dias antes pra trocar uma ideia.
Então é bem provável que o número de participantes volte a subir nos próximos anos se a paz for mantida.
 

Em 17/05/2016 at 07:52, sandino disse:

No STF, o RE 635659 segue em passos lentos, não tem perspectiva de que acelere. Uma hora foi o mensalão, hoje é a lava-jato, amanhã poderá ser outra operação, a dar pretexto pros juízes mãos de cola e sentadores de processo de plantão. Que talvez tudo isso sirva de lição para o movimento sair dessa aparente letargia  (digo aparente, mas entendo e sei que não é real) de espera pelo STF, e sinceramente, acho que devemos tentar pressioná-los sim, mas tem que ver direito como fazer isso, sem dúvida a melhor forma de pressioná-los, e com menos riscos, é realizando e lotando a Marcha da Maconha!

Na política, temos vários problemas atuais, mas não podemos permitir que rebaixem nossa causa, que passem a pauta para o fim da fila! vamos dar a importância que a causa tem. Não é a mais importante... mas é enorme! Através de uma pauta clara e objetiva, a simples legalização de uma erva desnuda todo um sistema de corrupção, criminalização da pobreza, encarceramento em massa, injustiça social. Nossa causa não é pouca bosta não, para deixarmos de lado.. e é o que pode acontecer se não houver resistência...

O foda é que não está a passos lentos e sem perspectivas. Está parado e sem perspectivas.
Não manjo muito dessa parte de STF, mas até onde sei é bem difícil sair alguma coisa em breve daí.
Tem pedidos parados há décadas.

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/06/1638875-no-stf-so-20-dos-pedidos-de-vista-sao-devolvidos-no-prazo.shtml

 

 

 

  • Like 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Só acrescentando... totalmente fora de timing.. heheheh

mas gostaria de dizer que a divisão entre blocos foi bacana, garantir a integração e a tal da consubstancialidade é algo complicado, mas desejado... enfim

podemos dizer que passamos em público a marcha de Toronto? :)

A maior marcha da maconha atualmente é a de Buenos Aires (me corrijam se estiver errado), foram 150.000 pessoas PROTESTANDO (que deve ser a finalidade de toda marcha....).

As marchas da maconha na América Latina tem tudo para serem grandiosas, pois, além de grande população nas capitais, aqui sentimos na pele a política irresponsável e genocida de repressão às drogas, e o Brasil tem o agravante de termos a legislação mais atrasada do continente, é talvez o único da américa que ainda não descriminalizou!!!! Temos a 4a. maior população carcerária do mundo, grande parte, encarceramento em massa de pobres com pretexto de guerra às drogas.

 

Tem uma matéria na VICE por Matias Maxx sobre o atual momento e movimento canábico, tentei colocar aqui, o layout aqui ficou péssimo, estou deixando só o link.

Só discordo da parte que diz que o Osmar Trevas talvez não tenha visto o documentário Ilegal ou as crianças com epilepsia...

O sujeito é mau caráter mesmo, já provou que tem pedra no lugar do coração!

 

Qual a expectativa dos antiproibicionistas da Marcha da Maconha para o governo Temer?

fonte: http://www.vice.com/pt_br/read/marcha-da-maconha-2016-sao-paulo-osmar-terra-guerra-drogas

 

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se em vez de marchas em todo lugar, nós nos concentrássemos todos em um só lugar.

A organização poderia angariar fundos para as despesas através de doações, vendas de produtos como camisetas etc...

Eu sempre achei que sem apoio financeiro a coisa iria ser sempre difícil.

Fico pensando como seria se fizéssemos uma marcha com 300 mil pessoas. 5 reais cada um!:)

Tava só peensando! Desculpem se eu disse alguma besteira!

  • Like 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Juniaum disse:

Se em vez de marchas em todo lugar, nós nos concentrássemos todos em um só lugar.

A organização poderia angariar fundos para as despesas através de doações, vendas de produtos como camisetas etc...

Eu sempre achei que sem apoio financeiro a coisa iria ser sempre difícil.

Fico pensando como seria se fizéssemos uma marcha com 300 mil pessoas. 5 reais cada um!:)

Tava só peensando! Desculpem se eu disse alguma besteira!

Esse sim é um projeto de Mestre, tendo o GR como representante.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.

×
×
  • Criar Novo...