dine

Stf Deve Julgar Neste Semestre Descriminalização Do Porte De Drogas

Recommended Posts

Calma black flag. Queima por conta atoa não bro¡ tem ainda umaaloha curada. Bora lá dar umas tacadas lno GuaruJá.

Em nenhum momento eu esquentei a cabeça, na real acho até engraçado algumas argumentações.
Mas quis questionar qual é o problema das pessoas terem direitos iguais, e isso ninguém respondeu.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O que exatamente eu não sei, já que só comentei o que você falou?
Foi você que um post falou pejorativamente de "socialista" e em outro de "comuna".

Então, me conta, qual é o problema das pessoas terem direitos iguais? Isso é algo ruim?
Não é por isso que você como "maconheiro" luta, pra ter direito de fumar e plantar sua erva em paz? Ou seja, direitos iguais?Você até pode ser liberalista, mas usa os mesmo termos pejorativos dos direitistas.
Termos esquecidos no fim dos anos 80 e que voltaram a ser usados por um dos partidos da foto acima pra ganhar de outro partido da foto acima.


Sabe, acho muito engraçado as pessoas acharem legal a palavra "comunidade", mas detestarem a palavra "comunismo".
Nesse mundo nunca existiu nem socialismo e nem comunismo, nem nos países que se julgavam comunistas ou socialistas.
Comunismo ou socialismo se trata de direitos iguais pra todos, coisa que nunca existiu em nenhum desses países.
Duvido que algum dia Fidel, Gorbachev ou Mao Tsé Tung precisaram ficar na fila do pão passando frio junto com o povo que eles obrigavam a ficar,
duvido que esses caras algum dia foram impedidos de sair do próprio país como os cubanos são impedidos até hoje.
Esses caras nunca foram nada além de ditadores tiranos. Se informe um pouco melhor antes de falar   

que bela interpretaçao em cara, parabens, continue assim hahahaahah 

Editado por warholic

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O pessoal acha que o PT é comunista... Me poupe. PCdoB, PSB, e tantos outros, de comunismo/socialismo só tem o nome, pra enganar os bestas. Não existe comunismo no Brasil, nunca existiu, e não é o PT que vai implantar. O PT é capitalismo puro, só que com foco maior em programas sociais e no assistencialismo às camadas mais pobres. Não é esquerda, é centro-esquerda. De resto, é igualzinho ao PSDB. O modelo dos dois partidos é a social democracia, em voga em diversos países europeus. 

Enquanto isso, vem aí em um Projeto de Lei o "Parágrafo Cunha", que visa livrar ele próprio e outros sonegadores do crime cometido. Ele e seus aliados sim, são os verdadeiros inimigos do país. Eles acham que podem chegar e fazer o que querem, mudar tudo do jeito que querem, etc. Até interferir no STF eles querem agora. Se conseguirem passar todos os projetos que tão querendo, o Brasil vai virar uma teocracia, mais atrasado que país muçulmano. E não duvido nada rolar uma verdadeira caça às bruxas a quem não se enquadrar. Tomara que essas previsões sejam apenas pesadelos, e que acordemos o quanto antes desse sonho ruim.

P.S.: Desculpa o off-topic

  • Like 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

''Augusto Nardes, atual relator das contas do governo relatou as omissões trilionárias na prestação de contas do governo Dilma, que já chega a quase metade do PIB nacional, com os incríveis R$ 2,3 trilhões''

isso q é triste, cunha é só um bosta da gangue dos medieval

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O pessoal acha que o PT é comunista... Me poupe. PCdoB, PSB, e tantos outros, de comunismo/socialismo só tem o nome, pra enganar os bestas. Não existe comunismo no Brasil, nunca existiu, e não é o PT que vai implantar. O PT é capitalismo puro, só que com foco maior em programas sociais e no assistencialismo às camadas mais pobres. Não é esquerda, é centro-esquerda. De resto, é igualzinho ao PSDB. O modelo dos dois partidos é a social democracia, em voga em diversos países europeus. 

Enquanto isso, vem aí em um Projeto de Lei o "Parágrafo Cunha", que visa livrar ele próprio e outros sonegadores do crime cometido. Ele e seus aliados sim, são os verdadeiros inimigos do país. Eles acham que podem chegar e fazer o que querem, mudar tudo do jeito que querem, etc. Até interferir no STF eles querem agora. Se conseguirem passar todos os projetos que tão querendo, o Brasil vai virar uma teocracia, e não duvido nada rolar uma verdadeira caça às bruxas a quem não se enquadrar. Tomara que essas previsões sejam apenas pesadelos, e que acordemos o quanto antes desse sonho ruim.



Só tenho uma ressalva: verdadeiro inimigo é político corrupto(já que estamos falando de política, se for ser bem rígido, população corrupta também é um câncer, coisa que temos de monte no Brasil), não faz diferença qual sigla pertencem.

Todos os políticos mesmo sendo de partidos políticos opostos, quando no poder fazem acordos para todo mundo ficar "numa nice", tanto é que quando a dilma abriu a boca contra o cunha(não merecem letra maiúscula) o bicho pegou, tanto é que os pedidos de impeachment até a dilma abrir a boca eram todos recusados sem muito esforço, agora está em análise mais demorada(pressão do cunha pra dilma/pt recuar e parar de encomoda-lo), se não recuarem, o cunha se tiver tempo hábil irá tentar ferrar sim a dilma.

No STF tem um monte de pau mandado do PT, Janot é um deles, assim como outros partidos tem outros(porém o pt tem mais doque o resto).

Se essa palhaçada da igreja dar pitaco no STF, adios BR , vai se lascar economicamente e vai afundar, afundar, afundar.. Continuará sendo a república das bananas que sempre foi(Nenhuma conotação racista, antes que algum vitimizado venha querer interpretar de uma forma que lhe convém)


 

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

rsrs

  1. a galera chega no tópico pra ver se tem alguma novidade,
  2. se emputece pq ta tudo na mesma,
  3. lê as paradas off-topic
  4. e desce pau.

kkk

Gr é foda!

  • Like 6

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

BLZ Amizade do Growroom

Para voltar ao topico um pouco fiquei pensando em como fazer uma ação que seja efetiva e que podemos fazer de dentro de casa mesmo, sem ter que ir para Brasilia.
O.Q.H.F.? (O que Hitler faria?) hahaha zueira p descontrair a galera comunista/capitalista/inconveniente

Seguinte, depois de ver algumas pesquisas recentes, atentei para o fato de uma boa parcela da população apoiar a descriminalização da maconha, então acho importante divulgar que o processo está parado para gerar pressão no STF. E como um estrategista politico faz isso? divulgando verdades inconvenientes (ou criando elas)

Então basicamente seria gerar e compartilhar conteúdo sobre o processo que está sendo julgado e a paradeira que o ministro ta impondo ao processo e criar uma campanha nacional que seja um simbolo para a luta pela descriminalização da maconha

1) Buscar apoio dos formadores de opnião: escrever mensagens para blogueiros e jornalistas de abrangencia local e nacional sobre o tema para que eles gerem conteúdo;

2) Ser um formador de opnião, compartilhar artigos, materias, imagens e videos que ajudem a divulgar o processo;

3) Uma imagem valhe mais que mil palavras: Gerar imagens engraçadas e sérias com o tema descriminaliza STF;

acho que com essas ações conjuntas da para movimentar uma massa critica para o tema, pq pelo visto vai bem longe esse processo e a luta vai ser longa

  • Like 5

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

rsrs

  1. a galera chega no tópico pra ver se tem alguma novidade,
  2. se emputece pq ta tudo na mesma,
  3. lê as paradas off-topic
  4. e desce pau.

kkk

Gr é foda!

Pior que, pra ser sincero, já perdi as esperanças desse julgamento andar esse ano ainda. Já é Novembro, daqui a pouco recesso... Tô achando que só em 2016 mesmo, e olhe lá =/

#PassaABolaTeori

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pior que, pra ser sincero, já perdi as esperanças desse julgamento andar esse ano ainda. Já é Novembro, daqui a pouco recesso... Tô achando que só em 2016 mesmo, e olhe lá =/

#PassaABolaTeori

Ainda nesse ano é muito difícil. Mas acho que isso nem importa tanto, o que importa é que aconteça.
E eu que sempre fui cético em relação a isso, pela primeira vez acredito que alguma coisa pode mudar.

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ainda nesse ano é muito difícil. Mas acho que isso nem importa tanto, o que importa é que aconteça.E eu que sempre fui cético em relação a isso, pela primeira vez acredito que alguma coisa pode mudar.

Acho que, se não houver alguma pressão forte daqui pra Maio, que é época de Marcha da Maconha, talvez a coisa só ande mesmo quando rolar as marchas, e se elas forem grandes o suficiente pra gerar essa pressão. Também é mais ou menos a época que a ONU vai se reunir pra definir as novas diretrizes da política mundial de drogas (vai ser em Abril, se não me engano).

Com a força de uma Assembléia da ONU que proponha a descriminalização, mais a pressão popular, e o assunto ganhando visibilidade de novo na mídia, acho que a coisa anda. Agora, a gente tem que lotar essas marchas. É obrigação! Pelo visto, os ministros tão meio que com medo de carregar o fardo de terem "liberado as drogas". Acho que tá faltando esse empurrãozinho...

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tem ministro com medo não. Tem é um sistema carcerario e judicial faturando muita grana com tudo isso.

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso alertou nesta sexta-feira, 30, que o Brasil ‘vive uma epidemia de processos judiciais’. Para Barroso, a punição é exceção. Segundo ele, é preciso mudar o sistema recursal diante da dificuldade de manter grandes criminosos na cadeia. “O sistema punitivo no Brasil é um desastre. Ele é feito pra pegar pobre. A vida tem que ser igualitária. É muito mais fácil prender menino com 100 gramas de maconha do que empresário que roubou 10 milhões”, afirmou.

 

"O grande advogado vai ser o sujeito que não propõe uma ação judicial, mas vai ser aquele que tem a capacidade de negociar e articular para não propor uma demanda. Entrar no Judiciário é procrastinar uma decisão”

 um brinde aos consultores juridicos do Growroom!

Editado por Wino
  • Like 6

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa noite pessoal, tb acho difícil acontecer a descriminalização no STF este ano, por conta dos vários casos de corrupção e pedidos infinitos por conta dos políticos para evitar processos, para resolver o problema das drogas, primeiro teremos que resolver o problema da crise politica e no fim das contas a legalização só acontecera pelo congresso então acredito que esta mas do que na hora de levantarmos outras bandeiras e ir a luta contra a corrupção e ma gestão do nosso país só assim conseguiremos colocar em pauta de forma seria a questão da politica de drogas.

  • Like 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
13 hours ago, Victor Serge said:

Boa noite pessoal, tb acho difícil acontecer a descriminalização no STF este ano, por conta dos vários casos de corrupção e pedidos infinitos por conta dos políticos para evitar processos, para resolver o problema das drogas, primeiro teremos que resolver o problema da crise politica e no fim das contas a legalização só acontecera pelo congresso então acredito que esta mas do que na hora de levantarmos outras bandeiras e ir a luta contra a corrupção e ma gestão do nosso país só assim conseguiremos colocar em pauta de forma seria a questão da politica de drogas.

mais do que assinado amigo, enquanto brasilia tiver no caos tb acho q nao sai nada

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hour ago, Juniaum said:

img_2059.jpg

 

 

é disso q eu to falando, fazer varias imagens com essa ideia p divulgar q o cara ta segurando a bola
mandou bem

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Baum tb!

 

Enquanto uns se esforçam para retardar o país a galera vai tomando... consciencia. Afinal maconheiro atrapalhando a vida alheia sempre tem. Igual bebado e gente sóbria tamem.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A maconha pode acabar com a guerra às drogas?

Há um crescente consenso nos Estados Unidos sobre tratar a drogadição como questão de saúde pública em vez de assunto criminal

ALEJANDRO TARRE 30 OCT 2015 - 13:56 BRST

1446087638_887941_1446219103_noticia_nor

 

Em novembro deste ano, os habitantes de Ohio votarão sobre a legalização da maconha. Se a aprovarem, Ohio se tornará o maior Estado norte-americano onde essa droga é legal, somando-se a outras cinco unidades federativas nas quais isso já ocorre: Colorado, Washington, Alasca, Oregon e o Distrito de Columbia. A Califórnia, o Estado com a maior economia e população do país, poderia ser a próxima. Em 2016, lá também acontecerá um referendo.

As repercussões são enormes. As legalizações da maconha abalam os pilares da guerra às drogas liderada por Washington e abrem espaços de ação para quem defende uma reforma. O que está ocorrendo em vários Estados dos EUA poderia desembocar em mudanças profundas que beneficiarão muita gente no mundo, incluindo milhões de latino-americanos.

Para sermos justos, o ímpeto reformista pode ser detectado nos EUA tanto em nível estadual como federal. Há décadas a guerra às drogas se baseia em duas linhas de ação: tratar os consumidores como criminosos e reduzir o fluxo de drogas para os lugares de maior demanda – EUA e Europa – através da repressão à oferta nos países produtores e das apreensões de importações.

Há nos EUA um crescente consenso em torno da necessidade de tratar a drogadição como uma questão de saúde pública, em vez de um assunto criminal, e de reduzir o elevadíssimo índice de encarceramento que resultou em parte de um enfoque excessivamente punitivo para os consumidores. A Administração Obama tomou medidas sintonizadas com esse consenso e inclusive deu passos tímidos, porém animadores, em sua política internacional antidrogas, como ao enxugar os recursos dos programas de erradicação do ópio no Afeganistão.

Mais relevantes que esses pequenos avanços, porém, são os referendos. A legalização da maconha nos Estados viola claramente leis federais e tratados internacionais. Como disse Mark Kleiman, professor da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, as autoridades locais estão “dando autorizações para cometer crimes” na esfera federal. Curiosamente, o Departamento de Justiça dos EUA reagiu às legalizações com uma atitude que é ao mesmo tempo pragmática e conciliadora. Sem negar que existem leis proibindo os Estados de fazerem o que estão fazendo, optou por evitar a confrontação e permitir a legalização, desde que os produtores, vendedores e consumidores de maconha sigam rigorosamente os regulamentos estaduais.

O problema é que, à medida que mais Estados legalizam a maconha, mais absurda se torna a aquiescência do Governo federal, mais flagrantes as violações aos tratados, e mais irreversível todo o processo. A menos que a legalização seja um desastre, as leis federais acabarão sendo moldadas às estaduais. E isso, obviamente, infligiria um duro golpe ao status quo.

O que é uma boa notícia. A guerra às drogas foi um fracasso. Apesar dos imensos esforços, não foram alcançados os objetivos de diminuir a produção e o consumo de drogas. A guerra, além disso, provocou perniciosos efeitos secundários, como altíssimas taxas de encarceramento e violações de direitos humanos, além de com frequência exacerbar a violência e a corrupção, às vezes causando instabilidade política.

A América Latina padeceu mais do que nenhuma outra região das consequências dessa guerra. E não só por culpa de Washington. Vários Governos da região sucumbiram à ilusão de que campanhas repressivas para reduzir o fluxo de drogas poderiam impactar o consumo nos EUA e o volume de substâncias ilícitas que chegam a esse país.

Frequentemente, o custo dessa repressão tem sido um brutal aumento da violência e da corrupção, como se vê agora no México. E os benefícios? Quase nulos nos EUA. Os fluxos e o consumo de drogas se mantêm relativamente estáveis há décadas. Ou seja: os países produtores ou de trânsito adotaram políticas incrivelmente autodestrutivas e contrárias a seus interesses, o que além do mais não beneficiaram nem sequer os norte-americanos. E o pior é que alguns países ainda não perceberam que reduzir o tráfico de drogas é muitíssimo mais difícil e muitíssimo menos urgente do que diminuir a violência.

Todos concordam que a legalização da maconha não é uma panaceia. A menos que fossem legalizadas outras drogas que não o serão, os mercados ilícitos continuarão existindo, e os cartéis continuarão gozando de um extraordinário poder. Mas a legalização nos Estados norte-americanos já teve um efeito positivo: solapar os postulados da guerra antidrogas.

Os EUA, principais promotores e polícia mundial dessa guerra, em pouco tempo trocaram uma posição certeiramente dogmática por outra insustentavelmente ambígua. Isso criou um ambiente internacional mais favorável para a promoção de políticas muito mais sensatas.

Alejandro Tarre é jornalista venezuelano. Twitter: @alejandrotarre

Fonte: http://brasil.elpais.com/m/brasil/2015/10/29/opinion/1446087638_887941.html

  • Like 6

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esses ministros estão de palhacada, um assunto tão importante é tratado com total descaso. Eles querem saber de chegar fim do ano, pegar seus super salários e coçar até fevereiro. Bando de hipócritas fdp, enquanto isso tem um monte de pessoas encurraladas nas cadeias por causa dessa política burra anti-drogas que veio de arrasto dos EUA. Enquanto eles tributam pq viram que não dava certo, agente  paga a conta! Fica sentadinho atrás da cadeira só assinando e apontando o dedo, o vida boa essa de ministro. Do jeito que esta demorando essa reforma sobre a lei das drogas, daqui ha pouco os traficantes do Brasil irão comprar seus tanques de guerra.

 

 

  • Like 5

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito triste ver os EUA, que começaram com essa guerra toda, mudando de perspectiva e legalizando cada vez mais, enquanto nós aqui, que sempre fomos cachorrinho deles, continuamos com a guerra que eles criaram e da qual já estão se livrando. Quando iremos acordar pra realidade do fracasso da guerra às drogas?

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.

  • Tópicos

  • Posts

    • Sei lá mano, não parece turfa pura manja ? Simplesmente não curti pra usar no 50/50, eu acabei usando o resto que eu tinha pra produzir um solo orgânico aqui e agora já ta misturada com mais mil coisas na fase de descanso.  Acho que se for usar 50/50 turfa, perlita e adubação química como os ferts mais comuns da Gh tipo linha maxi, floranova ou 3 partes, esses ferts clássicos de garrafinha vale a pena partir pra 100% coco e esquecer a turfa, talvez seja mais jogo por conta da adubação.  Agora se for usar adubação orgânica é interessante estudar e montar um solo orgânico ai o 50/50 já era pq vai entrar muito mais coisa nesse solo e não necessariamente precisa ter turfa na composição, mas se tiver não acho interessante usar a lupa como base pra cannabis       
    • Katsu ta oferecendo as seguintes geneticas, segue texto que recebi no e-mail     Here's what's available (VERY limited supply) Katsu Pupil (Katsu Bubba Kush x Star Pupil) 7 feminized seeds Bubba Pupil (Pre-98 Bubba Kush x Star Pupil) 7 feminized seeds These seeds will RETAIL for $125 EACH, but you guys can get BOTH packs (Katsu Pupil and Bubba Pupil) for $125 (+$8 priority, $133 total). If you're in Canada I can only send to you via regular mail - please allow a couple of weeks for delivery. If you want to grab the Katsu/MMS collab packs please email me at [email protected] for payment instructions - please make sure I receive the payments in 30 days. These will start shipping by Thanksgiving. Make sure you include your shipping info Stay Green Peace, KB   Go To Site
    • Vendo isso brother, você tem toda a razão.  Faz um ano e meio que estou cultivando com este substrato e tenho me perguntado porque o caule e as plantas ficaram mais magras...   por que isso?   Turfa de má qualidade...  Às vezes, como mudamos algumas coisas como local, água, fertilizante a culpa cai nestes itens...  nunca me veio na mente que poderia ser o substrato.  Pensei que era um substrato confiável.  Já comprei o Jiffy, que já usei no passado mas achei caro. Tem que gastar um pouco mais para ter melhores colheitas, certo?