Ir para conteúdo
Growroom
LK hmp

Sindrome Do Panico, Ataque Cardiaco, Crises De Ansiedade Por Favor Leiam

Recommended Posts

Eai galera, queria saber se ja aconteceu com voces ou algum relato... ja vi topicos parecido e queria ajuda.

bom primeiramente tenho 19 anos, fumo a 6 todos os dias, ja fumei dos mais top aos piores e nunca tive essas "bad", porem terça passada 28/4 peguei um prensado muito bom (ja fumei melhores, por isso estranhei) era umas 7 horas da noite, cheguei em casa comi e tomei um banho,meia noite um amigo chegou fumei um dele que era mediano e fumei dois desse meu, começei a me senti muito mal mas nem falei nada pra ele, aguardei ele ir embora aproximadamente uma hora da manha e fiquei piorando começo a acelera meu coraçao de mais, dai eu fiquei assustado com medo de morrer, medo que parasse o coraçao de tao rapido q tava, sentia uma angustia uma ansiedade, e um poco de falta de ar, sai a caminha na rua, nao adiantou nada, tava tao assustado que acordei a minha mae (ela sabe que eu fumo) e peguei o carro e fui pro pronto socorro chegando la ele viu os batimentos e estavam 124 p minutos, e a pressao normal, mas eu tava assustado, o enfermeiro falo q era cocaina q eu tava mentindo q maconha nao dava isso, nao acelerava, porem ele me deu diazepam na bunda, que é calmante, cheguei em casa agitado mas dormi, desde entao fico nessas bad pra fuma fumo pensando q vai acelera, e ja acelera, nao como esse dia, mas acelera, sei que é psicologico e tals, nao posso fuma pensando assim, mas nao consigo controlar. Entao hoje segunda dia 4/5 fui em um cardiologista e falei tudo isso pra ele, comentei que achava que poderia ser estresse da faculdade ou coleterol diabades essas coisas meio alto, ele ignorou tudo isso e falou que era por causa da maconha que eu tive uma "sindrome do panico" falo que se eu continua fumando vou ficar esquisofrenico, vou ficar assim pra sempre nao vo pode uma vida normal, me assustou de mais, marquei exame de sangue pra semana que ve enfim ando muito assustado ainda... ainda tenho essa erva boa e ando com muita vontade de fumar, eu ja usei outras coisas que mechem com o psicologico (lsd etc), e nunca senti isso ate entao me considerava forte pra essas coisas, fora o fato de fumar a anos, entao queria saber a opiniao de voces, se alguem ja teve isso se poderia me ajudar, eu to bem nervoso em relaçao a isso nao vejo minha vida sem a erva e creio que a maioria de voces tambem nao, entao me ajudem por favor, fico grato, desculpe os erros de portugues e se falei alguma besteira, me ajudem mesmo, tenham uma boa noite e muito obrigado a quem puder colaborar

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ae mano eu acho que vc teve uma 'bad trip' acho melhor vc dar um tempo pra seu corpo e mente nao vai fazer mal , ou se nao vc fumou uma maconha misturada com alguma merda dentro ,por isso é bom vc mesmo cultivar a sua consumacao ao menos vc sabe que é seguro , espero que vc fique bem boa sorte e manda noticias certo :) abrcs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eai galera, queria saber se ja aconteceu com voces ou algum relato... ja vi topicos parecido e queria ajuda.

bom primeiramente tenho 19 anos, fumo a 6 todos os dias, ja fumei dos mais top aos piores e nunca tive essas "bad", porem terça passada 28/4 peguei um prensado muito bom (ja fumei melhores, por isso estranhei) era umas 7 horas da noite, cheguei em casa comi e tomei um banho,meia noite um amigo chegou fumei um dele que era mediano e fumei dois desse meu, começei a me senti muito mal mas nem falei nada pra ele, aguardei ele ir embora aproximadamente uma hora da manha e fiquei piorando começo a acelera meu coraçao de mais, dai eu fiquei assustado com medo de morrer, medo que parasse o coraçao de tao rapido q tava, sentia uma angustia uma ansiedade, e um poco de falta de ar, sai a caminha na rua, nao adiantou nada, tava tao assustado que acordei a minha mae (ela sabe que eu fumo) e peguei o carro e fui pro pronto socorro chegando la ele viu os batimentos e estavam 124 p minutos, e a pressao normal, mas eu tava assustado, o enfermeiro falo q era cocaina q eu tava mentindo q maconha nao dava isso, nao acelerava, porem ele me deu diazepam na bunda, que é calmante, cheguei em casa agitado mas dormi, desde entao fico nessas bad pra fuma fumo pensando q vai acelera, e ja acelera, nao como esse dia, mas acelera, sei que é psicologico e tals, nao posso fuma pensando assim, mas nao consigo controlar. Entao hoje segunda dia 4/5 fui em um cardiologista e falei tudo isso pra ele, comentei que achava que poderia ser estresse da faculdade ou coleterol diabades essas coisas meio alto, ele ignorou tudo isso e falou que era por causa da maconha que eu tive uma "sindrome do panico" falo que se eu continua fumando vou ficar esquisofrenico, vou ficar assim pra sempre nao vo pode uma vida normal, me assustou de mais, marquei exame de sangue pra semana que ve enfim ando muito assustado ainda... ainda tenho essa erva boa e ando com muita vontade de fumar, eu ja usei outras coisas que mechem com o psicologico (lsd etc), e nunca senti isso ate entao me considerava forte pra essas coisas, fora o fato de fumar a anos, entao queria saber a opiniao de voces, se alguem ja teve isso se poderia me ajudar, eu to bem nervoso em relaçao a isso nao vejo minha vida sem a erva e creio que a maioria de voces tambem nao, entao me ajudem por favor, fico grato, desculpe os erros de portugues e se falei alguma besteira, me ajudem mesmo, tenham uma boa noite e muito obrigado a quem puder colaborar

Eu ja tive sensaçoes assim, mas acredito que sejam em funçao da proibiçao e do medo de ser preso e ficar enjaulado 15 anos.

Da uma olhada no site que reje as leis de psiquiatria nacional.. os medicos e principalmente psiquiatras tem a obrigaçao de pintar esse quadro de terror da maconha e esquizofrenia. Mas sao raros os casos realmente comprovados.

O mais aconselhado e vc procurar um psiquiatra, de preferencia um que seja mais novo e tenha conhecimento de novos estudos sobre o tema. Percebi que psiquiatras mais velhos metem o terror mesmo.

Vai la explica sua relaçao com a canabis, nao mascare ou esconda informaçoes.

Assim vc tera informaçoes mais precisas sobre as crises de panico.

Mas se prepare pq nenhum será a favor do uso da canabis, e jamais irão lhe aconselhar a usar canabis como qualquer forma de tratamento ( seique não é esse o caso)

Boa sorte, respira fundo, estufa o peito e coragem pra prosseguir !!

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Por favor,

estou coletando histórias de processo de adoecimento em função do uso de Cannabis para uma pesquisa importante na área da saúde.

Não tem nada haver com proibição ou não da droga. Simplesmente a pesquisa pretende ampliar o acesso as informações sobre a abstinência da droga, muito pouco conhecida.

Ela visa ser um ponto de referencia para que está passando por esse tipo de problema, que revela afetar 10% dos usuários, mas estima-se que o número seja maior, já que pouco se conhece a respeito do fato.

Conhecer mais sobre a machonha e suas potencialidades irá ampliar a possibilidade de cura mais rápida e menos destrutiva dos que atravessam a abstenção.

indiquem e compartilhem esse reply se tiverem conhecidos que podem colaborar.

para contribuir para a pesquisa envie sua história ou dúvida no email abaixo:

[email protected]

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

cara, to passando por isso, tive um transtorno de ansiedade generalizada, mesma situações, coração acelerado, parece que ia infarta, braço formigando, boca seca... tudo isso de um dia pro outro do nada... uma dica, dizem que as vezes esse problemas podem durar até 6 meses, ou seja da um tempo pro seu corpo, sua mente.. faz um exercicio foque em outras coisas, sei que a vontade eh grande porem fica com essa brisa não vale a pena, da um tempo de beck, esqueça um poco disso e depois se volta aos pocos, e tb pra qm sofre disso é bom vaporiza em vez de caburar e se consigo plantar ou arrumar, tenta optar por ervas indicas que não da essa euforia, enfim eh isso, to passando por isso sei como é foda, porem valorize sua saude, faz um esporte, foque em outras coisas e relaxe de outro jeito.. abrs !

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Por favor,

estou coletando histórias de processo de adoecimento em função do uso de Cannabis para uma pesquisa importante na área da saúde.

Não tem nada haver com proibição ou não da droga. Simplesmente a pesquisa pretende ampliar o acesso as informações sobre a abstinência da droga, muito pouco conhecida.

Ela visa ser um ponto de referencia para que está passando por esse tipo de problema, que revela afetar 10% dos usuários, mas estima-se que o número seja maior, já que pouco se conhece a respeito do fato.

Conhecer mais sobre a machonha e suas potencialidades irá ampliar a possibilidade de cura mais rápida e menos destrutiva dos que atravessam a abstenção.

indiquem e compartilhem esse reply se tiverem conhecidos que podem colaborar.

para contribuir para a pesquisa envie sua história ou dúvida no email abaixo:

[email protected]

Em função do uso de cannabis é bem raro encontrar esses casos de ´´adoecimento´´ai, vc encontra alguns em função do uso desse prensado safado que é vendido de monte pro povão por conta da proibição do auto cultivo.

No mais se quiser ir a fundo msm em encontrar o culpado desses problemas, vc verá que essas pessoas tem em comum, além de fumar esse prensado vagabundo, uma péssima alimentação, quem não tem deficiências minerais e nutricionais pode fumar esse prensado palha ai que surta a galera, que não vai ter surto nenhum.

:335968164-hippy2:

  • Like 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Rapaz, ja ouvi relato de amigos dizendo que encontraram fragmentos de pedra de crack no bagulho prensado. Essas reações que você teve nao são comuns apenas com o uso de maconha. Toma cuidado com o que voce esta fumando.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Por favor,

estou coletando histórias de processo de adoecimento em função do uso de Cannabis para uma pesquisa importante na área da saúde.

Não tem nada haver com proibição ou não da droga. Simplesmente a pesquisa pretende ampliar o acesso as informações sobre a abstinência da droga, muito pouco conhecida.

Ela visa ser um ponto de referencia para que está passando por esse tipo de problema, que revela afetar 10% dos usuários, mas estima-se que o número seja maior, já que pouco se conhece a respeito do fato.

Conhecer mais sobre a machonha e suas potencialidades irá ampliar a possibilidade de cura mais rápida e menos destrutiva dos que atravessam a abstenção.

indiquem e compartilhem esse reply se tiverem conhecidos que podem colaborar.

para contribuir para a pesquisa envie sua história ou dúvida no email abaixo:

[email protected]

Sinceramente, não existe adoecimento pelo uso de Cannabis. É como o ThiaBo falou, o que acontece é que as pessoas utilizam maconha misturada com outras coisas, proveniente do tráfico ilegal de drogas, cuja procedência é duvidosa, isso sim é o que causa adoecimento.

A Cannabis sativa é uma planta medicinal, por que você não faz uma pesquisa sobre as milhares de formas de tratamento e cura que a planta cultivada de forma correta pode fornecer?

Pelo que você postou parece que quer associar a maconha com coisas negativas, crise de abstinência e etc, coisas irrelevantes comparadas aos benefícios que a planta pode proporcionar.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

vocês ainda acreditam nessas baboseiras que as misturas do prensado que causam panico e bads? ok, pode até causar, mas você acha que todas as milhoes de pessoas que eu conheço, tanto em foruns americanos, como espanhois, como brasileiros e essa caralhada de gente teve o ataque de panico usando a maconha foi culpa de alguma mistura? tem nego que tem isso até fumando direto do pé, eu mesmo ja tive uma crise e fiquei fodido até hoje, disparou minha ansiedade de forma abrupta.

o meu entendimento sobre isso é que quando a pessoa fuma já ansiosa (que foi meu caso, fumei numa casa abandonada, gripado, e na mesma rua que meu pai voltava do trabalho), quando você fuma ansioso, e senta pra relaxar, é que você começa a sentir a caralhada de sintomas, pq a maconha vai lá e aumenta sua percepção do que tu ja tava sentindo, não tem nada haver com mistura e blablabla, não acreditem nesse papo furado, valeu raça

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

vocês ainda acreditam nessas baboseiras que as misturas do prensado que causam panico e bads? ok, pode até causar, mas você acha que todas as milhoes de pessoas que eu conheço, tanto em foruns americanos, como espanhois, como brasileiros e essa caralhada de gente teve o ataque de panico usando a maconha foi culpa de alguma mistura? tem nego que tem isso até fumando direto do pé, eu mesmo ja tive uma crise e fiquei fodido até hoje, disparou minha ansiedade de forma abrupta.

o meu entendimento sobre isso é que quando a pessoa fuma já ansiosa (que foi meu caso, fumei numa casa abandonada, gripado, e na mesma rua que meu pai voltava do trabalho), quando você fuma ansioso, e senta pra relaxar, é que você começa a sentir a caralhada de sintomas, pq a maconha vai lá e aumenta sua percepção do que tu ja tava sentindo, não tem nada haver com mistura e blablabla, não acreditem nesse papo furado, valeu raça

Exatamente cara. Postei um tópico há um tempo atrás, tive alguns dos sintomas que o colega teve ai, e foram nas ultimas 3 vezes que fumei. Acontece que 3 amigos fumaram comigo, do mesmo prensado, e fumaram bem mais que eu. Neles não deu absolutamente nada. Eu fiquei por horas achando que ia morrer, com o coração saindo pra fora, o corpo frio, sensação de morte etc...

Acabou que fiquei com esses sintomas de forma reduzida, mesmo sem estar chapado. Descobri que se tratava de uma despersonalização, e estou com isso até hoje (faz um ano e pouco)

Vou dizer os sintomas que tenho, veja se você tem algum, caso tenha pode ser despersonalização/desrealização e não síndrome do pânico.

Visão em túnel ou em zoom é difícil de explicar, cores mais vivas, corpo anestesiado, você toma água ou coça seu braço e parece só sentir meio segundo depois, tem um certo delay. Pensamentos aleatórios indo de tópico em tópico sem fazer muito sentido, olhar pra mão e estranhar a visão.

Enfim, esses são alguns dos sintomas que eu tenho até hoje, sem fumar. Tive 3 ''ataques'' nas 3 ultima vezes que fumei, e na ultima vez que fumei fiquei com tudo isso sem estar chapado. Antes disso tinha fumado maconha umas 7 vezes na vida. Agora estou com isso que chama despersonalização, e isso as vezes aumenta/diminui conforme a ansiedade. Se eu fumar com certeza vou piorar pois a maconha vai ser como um ''ZOOM' no que já estou sentindo. E lembro que nas 3 ultimas vezes que fumei eu estava ansioso por estar em casa de amigos, parentes etc... Então na ultima a crise deve ter sido forte que o cérebro pra me proteger entrou nesse estado de ''despersonalização''

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

cara vc pode ter criado um "trauma" ah essas crises que voce teve, sei como é, não se supera de uma dia para outro, de um tempo pro seu corpo (6 meses a 1 ano) e dpois volte aos pocos... se nao essa tua crise pode agrava, e foque vontade em outra coisa, esporte, ler, essa melhor dica que posso te da ! vlw

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara, cadastrei nesse forum só pra criar um post exatamente sobre a mesma coisa, depois da uma lida, vou ler o seu e já respondo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu tive uma bad trip terrível na 1a vez que fumei. Eu queria entender algumas coisas que aconteceram e se são normais, gente ajuda aiiii

Eu estava com meu namorado na casa dele, e por volta de umas 22h30 descemos pra garagem dele pra fumar. Eu tinha ouvido o amigo dele dizer que aquela era bem fortinha, mas meu namorado pareceu não dar mta atencao, logo acabei não me importando também. Começamos a fumar na garagem escura e fechada, eu segurava por bastante tempo e fazia isso várias vezes até o cigarro acabar. e logo após alguns minutos comecei a sentir os efeitos, e tive sensações muito estranhas. A primeira delas foi que perdi completamente a noção de espaço e tempo. Eu não conseguia destinguir se as coisas estavam acontecendo naquele exato momento (?), ou se eu estava me lembrando das cenas passadas (?) ou se eu estava prevendo o futuro segundos antes de acontecer (???).

Logo depois comecei a sentir muita tontura, fechava os olhos e colocava as mãos na cabeça. Foi aí que meu namorado percebeu q eu não estava bem, e que aquilo parecia me trazer um desconforto enorme. Ele me abraçava e perguntava o que estava acontecendo mas eu também não entendia oq tava rolando ali. Não tava conseguindo formular as frases, eu tinha esquecido quem eu era, onde eu estava e também não lembrava que eu tava daquele jeito pq tinha fumado.

Foi aí que eu entrei pra um estado completamente mental, eu sentia que meu corpo e os meus sentidos tinham se desligado de mim (tanto é que eu não escutava mais meu namorado me chamar), e era como se agora eu só enxergasse o universo dos meus pensamentos... e a grande maioria deles caminhava numa linha meio filosófica: pensamentos que variavam entre paradoxos, figuras geométricas rotatórias, pensamentos sobre a existência/origem do homem e uma certa empatia pela galerinha que vive em hospício (sim eu comecei a achar que eu tava ficando louca). Ai comecei a ficar com medo de nunca mais sair desse estado, pedia pro meu namorado não deixar ninguém me ver daquele jeito. Eu já entrava em pânico pensando que iam me mandar pra um hospício e que iam telefonar pra minha minha família avisando (ahhaahaha) foi bizarro... eaí começaram as taquicardias, eu realmente pensava que meu coração ia estourar (pq me olhei no espelho e via que tava pálida), tive a sensação da boca estar seca (e delirava mais ainda quando passava o dedo na língua e via que na verdade não tava rsrsrsrs). Enfim, foi uma loucura! a sensação foi péssima do início ao fim, já que meu namorado não ajudava muito e começou a querer discutir justo naquela hora. Ou seja, tive que sair daquele estado sozinha (depois que o auge do efeito passou) tentando controlar alguns pensamentos e respirando bem fundo, ai comecei a me lembrar das coisas e a cabeça começou a ficar organizada aos poucos)

Bom galera, no final meu namorado disse que parecia ter umas 10 de mim diferentes, e eu acabei com a brisa dele logo nos primeiros minutos, acho que ele ficou meio preocupado comigo né? rs. Diz ele que nunca tinha visto uma bad parecida com a minha...

E toda vez que lembro desse episódio eu fico pensando se isso aconteceu comigo por conta da minha forma cotidiana de pensar, pq eu sempre fui uma pessoa mto racional que fica sempre "cozinhando coisas na cabeça" sobre o mundão rsrsrs, então passar por aquela sensação de não conseguir organizar os pensamentos ou não conseguir formular uma frase foi terrível pra mim.

Eu queria mto saber se essa falta de cognição acontece normalmente, ou só quando em bad trips.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tive uma crise dessas em fevereiro e desde então minha vida não foi mais a mesma.

Abusei muito do prensado durante uns 5 meses, eram pelo menos 4 baseados por dia e 1 carteira de cigarro e uma hora paguei o preço. Por pensar muito em coisas negativas, brigas familiares, lado pessoal e social, tudo isso veio a minha mente e uma hora eu senti na pele o que é ansiedade generalizada.

Ia pra uma festa a noite e como de costume, não podia deixar de fumar um verdinho. Então fui lá, acendi o primeiro e fui de boas, quando chegou de tarde, a briza já tinha passado e resolvi acender outro pra ir a festa alegre. Então, acendi um e fumei metade, a outra metade fumei quando chegasse perto da hora da festa.

Depois de fumar essa outra metadade, comecei a sentir pontadas no peito e logo veio a ansiedade generalizada e o medo de morrer, pq as pontadas eram constantes e estava apavorado, fiquei dias e dias deitado na cama, com medo de sair, fazer algo e ter algum troço na rua. Tive que usar medicamentos para dormir (rivotril) e mesmo assim, quando acordava de manhã, me sentia tão lixo quanto no dia seguinte, a depressão veio.

Fui no cardiologista, fiz todos os exames possíveis, de sangue, eletro, eco, teste ergométrico e não havia nada, minha saúde estava normal, porém o fator psicológico estava lá ainda, esse semestre foi o fundo do poço para mim. Minhas notas na faculdade estão um lixo, não pego mulher a uns meses já e tenho medo de fazer algumas coisas que eram coisas banais antigamente. Não podia ver noticias de pessoas morrendo do coração que a bad vinha de tal forma que não conseguia controlar a minha cabeça , parecia que a sensação de morte e medo eram constantes.

Então, resolvi ir ao psiquiatra e ao psicologo, contei tudo para eles e descobri que era a tal de sindrome do pânico e ansiedade generalizada. Comecei a tomar anti-depressivo como Paroxetina 20mg, no começo foi dificil aceitar a medicação, pq nunca na minha vida eu precisei fazer uso de medicamentos. Tenho casos na familia de bipolaridade, depressão e outras coisas, até problemas de coração, então tudo veio a minha cabeça como algo ruim.

Só quem passou por sabe o que é, uma sensação horrível, você não se sente seguro, nem sóbrio, pq sua mente cria esse bloqueio e nada na vida parece que tem mais sentido, vc vive feito um robo.

Enfim, passou 2 meses de tratamento com remédio e psicologo, me sinto melhor do que antes, porém não 100%, dizem que o tratamento é de 6 meses a 1 ano dependo do caso. Usei maconha 3 vezes nesse periodo, as 2 primeiras me senti mal, não com as pontadas, mas com pensamentos ruins. Na ultima festa eu bebi cerveja e bateu uma vontade de dar uns pegas, nesse dia eu passei mal, gorfei e voltei pra casa sendo carregado pelos amigos, de tão chapado e bebado que fiquei, deitei e apaguei.

Acordei no dia seguinte me sentido péssimo, não fisicamente, mas psicológicamente falando, não foi a mesma coisa de antes.

Bom, é isso, sei que é um momento dificil e todos passam, nunca pensei que a maconha pudesse fazer um estrago desses na minha cabeça, também não sei se foi a maconha que foi um ''gatilho'' para esses sintomas de depressão e ansiedade.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara, tô ligado nessa onda ! É mt sinistro... O que tenho pra te passar, é o seguinte, eu ja passei por isso... Tenho 2 amigos que também tiveram lombras parecidas. A ideia certa é: dar um tempo!

Passei 1 ano sem consumir (digamos que nessa fase, não consumi nem 5% do que eu costumava consumir em um ano). E mesmo assim, tive algumas crises. Essa ideia tronxa só parou quando eu fiquei limpo por mais uns meses e comecei a enfrentar todos os problemas que apareciam. Com isso, fui descobrindo outros problemas que não estavam resolvidos e outros que só o tempo poderia resolver...

Sabemos também que a ganja nos mostra uma nova forma de vida, uma nova visão do que é bom ou ruim, etc. E as vezes, você acaba moldando sua personalidade, deixando de ser você mesmo.

Meu conselho é o mesmo: Dar um tempo. Bota a cara em um esporte, estudo, trabalho... foca em outras coisas. leva a vida sem a maconha por um tempo... você vai conhecer o seu antigo eu e poder equilibra-lo!

feito isso, não vai ter "badtrip" que te alcance ! hahahah

Abraço e Paz!

Pra não se sentir 100% careta (o que é MUITO CHATO!) Use a seguinte frase do grande filme Cidade dos homens: MALANDRO NÃO PARA. MALANDRO DA UM TEMPO!

Editado por LimaKush

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá pessoal,
também passei por boas "bad trip". As mesmas sensações: palpitações, medo de morrer, de perder o controle da mente... resumindo, pânico! Sou bem ancioso e não tinha sentido isto com o baseado, porém foi usar com um vaporizador, que veio esta bad. Digo que foi diferente com o vaporizador, pois soube - depois de pesquisar bastante - que com o aumento gradual da temperatura, as substâncias vãos endo liberadas, e primeiramente é liberado o THC. Como fiquei somente nas temperaturas baixas, o CBD não foi liberado junto ao THC. Resultado: o efeito antipsicótico entre outros do CBD não deram aquela segurada que acontece quando carbonizamos a erva, quando "fumamos" a erva.
Sei que a causa do pânico estava na minha cabeça e que o baseado somente foi o gatilho. Como disse, sou bem agitado.
Fumei mais umas vezes, senti aquela sensação NADA agradável novamente, - em menor escala - mas sempre com a sensação que vai acontecer novamente, e até sem fumar...
Descobri aqui, que tem algumas qualidades que contém mais CBD que THC, tipo 80% / 20% ou 50% / 50%... e queria saber se: Alguém que já passou estes apertos, provou destas espécies com mais CBD e se sentiu bem, ou seja, continua fumando estas espécies com mais CBD concentrado? Qual a sua experiência?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...

  • Conteúdo Similar

    • Por davidgr96
      Salve galera 
      Fumo há uns bons anos, antes eu fumava só com amigos, nunca sozinho, e era uma brisa muito gostosa até uma vez que baixou minha pressão e eu fiquei vendo "escuro" por uns 10 minutos, fiquei pálido e até cheguei a pedir pra um amigo chamar ambulância pq achei que ia morrer. A partir desse dia, minha brisa nunca mais foi a mesma. 
      Ainda hoje quando fumo com meus amigos é bom, mas quando fumo sozinho sinto que me dá taquicardia e eu fico muito paranoico, qualquer barulho já acho que é dentro da minha casa e tal. Por não sentir nada desse tipo quando não tô sozinho, pensei que talvez essa taquicardia que sinto pode ser psicológica, talvez meu corpo tenha associado esse mal estar que passei com a substância que tava no meu corpo aquela hora. 
      Ja aconteceu algo parecido com vcs? Contem suas experiências e oq fizeram pra amenizar esses efeitos 
      Sinto muita saudade de fumar sozinho e ficar de boa, era relaxante demais 
    • Por Malta_Fe
      Olá, sou novo aqui e queria tirar uma dúvida com vocês, joguei umas sementes que separei do prensado e gostaria de saber se é um pezinho de maconha kkkkk

    • Por lucasoformiga
      Salvee galera, esse é o meu primeiro post, e tambem meu primeiro cultivo, estou com duvidas sobre a floração, o pé esta a mais ou menos 2 meses em floração, tirei algumas foto dos tricomas, sera que ja esta na hora da colheita? A historia desse pé foi quando meus pais descobriram que fumava, ele simplesmente nasceu do nada, eu comprava minha cota, e as sementes jogava tudo pela janela, um certo dia meu pai me perguntou, que pé de maconha é esse? eu fiquei tipo?????????? ele não foi muito bem cuidado, fiz duas vezes o transplante dele para colocar em um lugar mais seguro, longe de olhos, e acho que por isso ele não se desenvolveu tanto, segue as fotos






    • Por juniorxd308
      sensação de paralisia ao fumo, nunca tentei fazer um brizadeiro
    • Por doggbill
      Sempre fumei com um amigo q o irmão descolava a
      ganja em quantidade, mas esse amigo se mudou
       Nunca fui numa boca e nem sei onde tem uma, n conheço mais ngm q fuma
      tem algum jeito de eu descobrir onde ficam as biqueiras da minha cidade?
      PS: n moro perto de favela ou algum lugar q seja muito obvio, oq mais se aproxima são as praias
×
×
  • Criar Novo...