Ir para conteúdo
Growroom

Narcoturistas - O Programa De Viagens Para Quem Curte Viajar Viajando.


Recommended Posts

  • Usuário Growroom

Salve! Salve galera!

No final do ano passado foi lançado o canal "Narcoturistas", um programa de viagens para quem curte viajar viajando. O programa é apresentado pelo "Macoñero Mascarado" um legitimo espécime de Narcoturista Canabinensi.

Primeiro episódio - O Fantástico Reino de Amsterdão.

https://www.youtube.com/watch?v=UhZbDp_3Qb8

Segundo episódio - O Ancestral Império de Chilangolandia.

https://www.youtube.com/watch?v=LOmid7Meh-c

É isso aê galera, espero que curtam, comentem e compartilhem!

  • Like 9
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...
  • Conteúdo Similar

    • Por Funk Buda
      Pessoal! Acaba de sair a nova edição da semSemente! A seguir alguns dos destaques desta edição:

      ENTREVISTA EXCLUSIVA COM MARCELO D2

      Aos 46 anos, com seis discos solo, quatro filhos e prestes a ganhar um neto, Marcelo D2 ainda é um dos músicos brasileiros mais associados à maconha, influenciando gerações de ativistas e músicos canábicos desde os tempos do Planet Hemp. Conversamos com ele sobre seu disco novo e é claro, maconha.

      ENTREVISTA EXCLUSIVA ORLANDO ZACCONE

      Enquadramos o delegado antiproibicionista, autor do livro “Acionistas do nada” e co-fundador da LEAP-Brasil (Agentes da lei contra o proibicionismo). Ele nos fala sobre a proibição das drogas, a desmilitarização da polícia e a onda de protestos no Brasil.

      COPA GROWROOM 2013

      Saiba como foi a polêmica copa da maconha, realizada ano passado em Porto Alegre, com presença de cultivadores de todo país.

      DICAS DO FRANCO: PLANTAS MÃE

      O eterno caçador de cepas, responsável por várias genéticas do banco de sementes holandês Greenhouse nos dá as dicas para preservar melhor as plantas mãe.

      Já disponível no site:
      http://www.semsemente.com/loja
    • Por PortoaleGrow
      PortoaleGrow - Cultivos urbanos.

      Localizada na Cidade Baixa (bairro mais locão da cidade) nasceu a PortoaleGrow, A growshop de Porto Alegre

      Enquanto a reforma na loja física não termina, estamos atendendo em [email protected] .

      Esperamos ser um espaço que contribua para o florescer de uma nova consciência sobre os benefícios do auto-cultivo para a sociedade, como um todo.

      Agradecemos fortemente ao Growroom, sem ele, nada seria possível.


      Sejam bem-vindos. estamos à disposição!
    • Por Bas
      semSemente é isso aí, igual menstruação! Atrasa, mas qdo vem todo mundo fica feliz





      Crédito da capa vai pro nosso ilustríssimo Jahbaa, que graças as suas colaborações a revista consegue atingir um alto nível gráfico. Sem contar com todos os outros colaboradores que tornam esse projeto possível!

      Valeu a ajuda de todas e todos

      AMÉM!
  • Tópicos

  • Posts

    • Salve, mano LSD e nbome são coisas diferentes, depois de ter uma experiência com o acido de vdd certamente se fumar um beck bom vai sentir uma intensificação dos sentidos como acontece na onda, principalmente nos dias seguintes.... Tenho um brother q dropou só um pedacinho de LSD, sentiu uma brisa imensa e nas semanas seguintes quando fumava um sempre conseguia sentir o ácido, mas depois de um tempo passou isso e ele n quis mais saber de dropar.... Outro brother já é o contrario, sempre dropa uma dose maior pra sentir a mesma brisa q a gente porém dps ele diz q n sente nada. Quanto maior a dose mais longe vc vai e mais tempo demora pra voltar pro seu estado "natural", se é q volta.... Mas o fato é q era um nbome, ajuda profissional é sempre a melhor opção, dar aquela pesquisada profunda nos efeitos colaterais do nbome e talvez tentar mudar sua alimentação e cuidar melhor corpo podem ajudar cara, meditação é mto bacana tbm, mas diminui na dose do beck por um tempo....
    • Olá amigo! Então o THC ele pode, dependendo da pessoa e da strain, pode sim causar alucinações e distorção de realidade. Eu mesmo já tive várias brisas de distorção de realidade, na minha ocasião que fumo apenas em casa, eu curto essas brisas, mas tem vezes que a gente realmente só quer relaxar não quer ficar triloko, então oque eu recomendo pra você é fumar strains com mais CBD do que THC. Mas é normal isso acontecer, é seu organismo, mas pode ficar tranquilo que você não fica assim pra sempre, ninguem fica assim pra sempre. Essa questão da strain é muito importante, tem gente que fala q não tem nada a haver mas muda muita coisa! Eu por exemplo to com Somango e Blueberry aqui, a somango me causa brisas psicodelicas fudidas, tipo papo de eu ficar muito loko, já a blueberry posso fumar muito, que eu só me sinto feliz e relaxado... ambas são indicas
    • Vamos lá, eu não sei bem o que está acontecendo comigo e gostaria de alguma luz ou algo que ajude, em agosto do ano passado, cerca de 6/7 meses atrás tive minha primeira experiência com lsd que por sinal era nbome, na verdade foi a segunda porém a primeira não me bateu alucinação nem nada, so uma euforia e depois a clássica inchaçõ na barriga por conta do ácido, porém nessa segunda me deu uma bad trip imensa, fiquei malzão e bem pra baixo, pensei que ia ficar assim pra sempre, até ai tudo bem, no outro dia passou porém eu me sentia estranho ainda, as vezes uns flashbacks, lembrava dos momentos de tensão e aflição, ouvia vozes de fundo parecendo q eu tava meio que preso no meu corpo vendo algo totalmente diferente do que real estava acontecendo, disse que nunca mais ia usar alucinoginos, e realmente nunca mais quis saber, até então teve um role que eu fui em dezembro, que eu so bebi e fumei erva, so que eu sempre fumei erva, mas depois da experiencia com o lsd fiquei sem usar nada por esse tempo até dezembro, onde me bateu a mesma pira do lsd, so que eu n tinha usado, mas eu consegui me controlar e não passei bad trip nem nada, porém nao era algo que eu queria estar sentindo, até achei que tinham sabotado o meu copo ou algo do tipo, porém ontem fui num role que só usei maconha dnv, e cerveja da minha caixinha que eu comprei, e bateu a mesma pira do lsd denovo, foi ai que eu cheguei a conclusão que deve ter ficado algum tipo de sequela, que a maconha faz ativar a mesma brisa do papel, alguem ja ouviu falar sobre isso, ou sabe me ajudar? vou ficar sem fumar agora, por que não é uma brisa que eu quero pra minha vida, nao quero ficar alucinando toda vez que eu fumar uma erva que era so pra relaxar
×
×
  • Criar Novo...