Ir para conteúdo
Growroom

guilhermezt91

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

Não pare de fumar de uma vez, a carne é fraca e o corpo sente.

Se fumava todos os dias, passe a fumar seg/qua/sex, depois ter/qui, depois só na quarta, e por aí vai... Assim você nem percebe a abstinência. ;)

Tive insônia por 10 anos, é a pior merda que você pode fazer com seu corpo: O cabelo cai, a memória fica uma bosta, e a tendência é só piorar.

Compre um abajur fraco e alguns livros. Antes de deitar, tome uma ducha e vá lendo até pegar no sono. É o jeito. Ou apele para o Rivotril mesmo.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Boa dica, quando me vejo sem sono pego algo pra ler, logo logo apago.

Ótima dica também de reduzir ao invés de cortar o consumo, fiz isso com o cigarro há uns anos atrás, o vício só se afastou por conta de eu parar de comprar maços de cigarro, até que uma hora passei a ficar com preguiça de comprar varejo e dai fui diminuindo até parar, o tabaco que eu fumo é só aquele do haka, o importante é você NUNCA associar uma atividade ao uso de qualquer substância, se sua intenção é parar, é claro.

Sábado fumei uma boa quantidade de erva, domingo não senti vontade, hoje segunda pretendo também não fumar, é sempre uma luta diária, em todas áreas de nossas vidas.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 1 year later...
  • Usuário Growroom

Eu já tive esse tipo de problema, eu ficava sem fumar e JÁ IA DEITAR ACHANDO QUE NÃO IA DORMIR...

Não dava outra, rolava de um lado pro outro da cama e nada do sono.. Cheguei a tomar um rivotril e só consegui dormir quase 1h depois de ter tomado.. Conta mto o lado psicológico, a ansiedade e tbm se vc fez algo durante o dia pra ter gasto um pouco da energia.

Agora eu já consigo dormir normal nos dias que eu não fumo, mas nada supera vc deitar e apagar logo de primeira.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 5 months later...
  • Usuário Growroom

Maduro e bonito relato, usou pra expansao mental, conseguiu e achou que era hora de um basta, problemas pra dormir - recomendo vc fazer alongamentos antes de dormir,tambem habitos de higiene comportamental para o sono (apagar luzes, telas - lumens mexem com o ciclo circadiano), deitar-se confortavelmente, entre outras tecnicas como o relaxamento progressivo de jacobsen.

abs

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 3 years later...
  • Usuário Growroom

Olá amigos! Estou na mesma situação, fumo erva com tabaco pra dormir a 4 anos, direto e sem pausas. Faz muito tempo que não “sonho”, e queria muito não precisar de nada para dormir. Na verdade essa é só minha segunda noite sem fumar, ontem dormi facilmente pq bebi vinho ... mas sabia que hj ia ser dramático. Bem , ta sendo... tanto que vim parar aqui... tenho vontade de chorar... pensei em fazer isso agora, em quarentena, justamente por poder ficar sem dormir, ou dormir à qualquer hora, sem comprometer  trabalho e estudos. Mas ta foda, eu sei que não é a ganja em si que que estou viciada, mas criei mtos gatilhos, hábitos, como sempre ver filme fumando, trabalho com edição de vídeo, sempre fumar editando... então assim, ta osso. Mesmo. Pq essa falta de capacidade de parar afeta outras coisas.  Tédio mortal! Mas acredito que seja uma primeira fase e acho que minha qualidade de vida depois disso vai melhorar muuuito. Talvez  usar apenas cbd antes domir?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom
4 horas atrás, Fluiniciar disse:

Olá amigos! Estou na mesma situação, fumo erva com tabaco pra dormir a 4 anos, direto e sem pausas. Faz muito tempo que não “sonho”, e queria muito não precisar de nada para dormir. Na verdade essa é só minha segunda noite sem fumar, ontem dormi facilmente pq bebi vinho ... mas sabia que hj ia ser dramático. Bem , ta sendo... tanto que vim parar aqui... tenho vontade de chorar... pensei em fazer isso agora, em quarentena, justamente por poder ficar sem dormir, ou dormir à qualquer hora, sem comprometer  trabalho e estudos. Mas ta foda, eu sei que não é a ganja em si que que estou viciada, mas criei mtos gatilhos, hábitos, como sempre ver filme fumando, trabalho com edição de vídeo, sempre fumar editando... então assim, ta osso. Mesmo. Pq essa falta de capacidade de parar afeta outras coisas.  Tédio mortal! Mas acredito que seja uma primeira fase e acho que minha qualidade de vida depois disso vai melhorar muuuito. Talvez  usar apenas cbd antes domir?

Como vc já fuma o CBD não vai te ajudar muito, a bula dos medicamentos cannabicos dizem isso aocmenos. Cortar o uso intendo e usar só cbd poderia dar resultado 

Fui numa neurologista cannabis friendly mais ou menos na mesma situação que você, ela me deu umas sete dicas e só a 2 e a 3 já resolveram meu sono

1- Corte estimulantes  depois das 17 caso queira dormir umas 22

2- A maconha é um estimulante, alguns perfis não dormem logo depois de fumar. Tenta fumar o último o mais cedo possivel. Meu perfil de trabalho é igual o seu, somos chaminés fumando, e isso não nos deixa desligar. Descobre como isso te afeta, geralmente fumamos mais no final da nossa jornada diária e isso certamente afeta o sono de alguma forma. Tabaco tbm atrapalha, pq a maconha te deixa um período acordado e é o suficiente pra vir a vontade de fumar mais tabaco, aí vc fuma um misto e adia mais ainda o sono

3- Escolhe uma hora pra dormir e não exponha sua visão à leds por uma hora antes desse horário, não vale tela nem celular

4- Pratique exercício físico

5- Corte o tabaco (não acatei)

 

Não lembro as outras

Uma dica minha sem embasamento científico seria experimentar os ingeríveis à noite em vez de fumar

Engraçado como muita gente passa o mesmo que a gente, boa sorte sister

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

A vida do maconheiro as vezes se complica viu, eu ja fiquei anos sem sonhar também, e parei de uma vez com a cannabis apos crises de pânico em que o gatilho foi a maconha, o meu sono REM veio no efeito rebote animalescamente, a ponto de ter sonhos vividos, que momento tenso viu, pesadelos vividos, acordava ja em crise, comecei a sentir uma ansiedade anormal, foi horrivel, muita coisa melhorou, mas ainda tenho uns picos de ansiedade, que tenho fé que um dia vai embora...Mas hoje sonho todas as noites viu haha, muita coisa boa, as vezes alguns pesadelos mas sei que são sonhos.

Mas ontem depois de quase 2 meses sem fumar decidi dar umas bolinhas em meio baseado, nossa que onda boa que senti na hora, foi tudo lindo! Agradeci bastante, ai hoje acordei numa euforia que se confundia com ansiedade, acordei, tomei um banho, resolvi orar, li um livro fui dar uma volta tava ate olhando a natureza de maneira mais intensa, dai fui ficando preocupado com todo esse bem estar, que poderia ser algo da ansiedade, e fui entrando nessa hoje, alguns picos de ansiedade, outros momentos ok, muita reflexão, to ficando com preguiça demais de meditar. Devia parar com isso eu sei. Vou ficar agora mais um tempo sem fumar, pois sei que droga nenhuma vai curar minha ansiedade a não ser eu mesmo, e já fui bem viciado. Esse lance de não sonhar deveria te preocupar um pouco, pois isso é um certo excesso da planta viu...Sei bem como é!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...
  • Conteúdo Similar

    • Por cielzinho
      Olá, eu fumo/vaporizo maconha recreativamente, mas recentemente meu pai começou a ter insônia devido a problemas no trabalho, procurou ajuda médica e foi diagnosticado com ansiedade, o médico receitou 3 remédios diferentes, dentre eles alprazolam, sertralina. 
      Meu pai (60 anos) tem tido problemas para dormir, consegue adormecer mas acorda no meio da madrugada e não consegue voltar ao sono, fica pensando no trabalho - depois que ele tomou os remédios, os problemas continuaram só que ele ficou mais 'dormente' durante o dia. 
      Eu sugeri a ele conversar com o médico sobre o uso de CBD, mas ele me respondeu que no Brasil só seria liberado em casos mais graves, e ai está minha duvida - ainda hoje ainda está bem restrito a casos mais graves, como última opção? 
      Vejo alguns usuários comentando o uso do CBD em casos de ansiedade/insônia, mas não informam se utilizam do CBD prescrito/receitado ou se produzem/conseguem e se 'auto-medicam'.
       
      Ele não se considera um caso grave e aceitará os remédios tarja preta que lhe receitarem, mas com tantos efeitos colaterais eu me questiono se o CBD de alguma forma serviria como tratamento para esse caso 'não grave'. 
      Ele nunca fumou ou vaporizou maconha, já pensei em oferecer uma vaporizada algumas horas antes dele dormir, mas não tenho acesso* a uma flor rica em CBD, então descartei a ideia visto que o THC poderia agravar a insônia. 
       
      *ainda  ; se me disserem que vaporizar uma flor rica em CBD poderia ser uma forma de tratamento, consigo acesso
    • Por babydarling
      Eu fumava maconha desde os 16 e atualmente tenho 22, mas não era usuária, fumava de vez em quando e um pouco apenas para ficar alegre ou leve.
      Eu tinha experimentado papel uma vez, mas não me causou nada demais e tinha vontade de experimentar novamente, no começo desse ano, o momento chegou e resolvi dropar um papel, só que eu dropei uma quantidade muito grande, segundo a minha amiga. Na hora só estava eu e meu namorado no quarto e o que eu senti, nunca aconteceu antes: a famosa “bad trip”. No começo era como se tudo que eu tivesse vivido fosse uma mentira, depois eu literalmente senti que morri e tava no meu pós vida, eu não conseguia falar nada, as coisas ficavam em loop, depois em câmara lenta, teve uma hora que senti que se abrisse a porta do meu quarto seria a porta para entrar no inferno, enfim realmente eu nunca tinha sentido nada igual então me deixei levar pela bad, acho que nesse dia fui até a última camada da minha mente, foi horrível, mas por estar com meu namorado e minha amiga depois chegou para ajudar, então consegui sair da bad. Beleza, vida que segue. Falei que nunca mais iria usar papel.
      Depois de um mês, fumei um baseado, mas foi bem pouco mesmo e “pá” entrei na bad trip de novo, dessa vez foi menos intensa, apesar de eu estar em um ambiente onde eu só conhecia minha amiga, eu já tinha noção que tudo que acontecia era coisa da minha cabeça e ao invés de ficar trancada dentro da casa que me causava um pouco de pânico, a gente saia para eu espairecer o que me ajudava a ficar “sã”. Enfim, na primeira vez que aconteceu isso, eu superei, era como se nada tivesse acontecido, mas na segunda bad apesar de ter sido mais “tranquila”, eu não consigo “superar” vez ou outra fico pensando nisso, e isso foi em fevereiro, eu tento desviar meu pensamento quando acontece mas sempre vem as lembranças. Inclusive teve um dia que eu não tinha fumado, nem bebido nada, e simplesmente eu senti como se estivesse entrando na bad. Foi muito do nada, acho que durou uns 3 minutos, fiquei dizendo a mim mesma que era coisa da minha cabeça, que tava tudo normal, mas parecia muuuito um começo de bad trip. Foi muito estranho, porque realmente era um dia comum e eu não tinha usado nada, isso que vem me assustado... Talvez, por pensar demais está me causando algum tipo de transtorno/trauma...  Minha bad vem muuuito visual e sonora, então por mais que eu tente me concentrar tá tudo distorcido, voz, pessoas, olhares, etc então, por mais que eu tente manter a calma é difícil porque tudo ao meu redor tá distorcido.
      Resolvi então ler sobre os sintomas pós-bad trip, encontrei esse site e resolvi contar minha experiência para vocês. 
    • Por BrunaSella
      Olá, estou passando por uma experiência muito negativa com a maconha e preciso de ajuda
        não uso com frequência, devo ter usado umas 10 vezes no máximo
      mas essa semana eu e meu namorado resolvemos fumar, estávamos no quarto dele que é bem fechado e bolamos um beck “grande” não era um fininho.
       No começo da onda tava tudo bem, tive uma crise de riso q eu não conseguia me controlar de tanto q eu ria porém, em uns 5 minutos a crise de risada começou a virar uma dor muito forte no peito parecia q eu ia infartar e meu coração ia sair pra fora do peito, comecei a me desesperar é só piorava jurei q fosse morrer, bebi uma água tentei me acalmar mas então decidimos pedir um uber e ir pro upa (meu namorado tbm estava com mal estar porém n sentia essa dor no peito só o coração acelerado) tive uma bad trip daquelas, músculos do corpo inteiro contraindo, tremedeira, dormência q estava toda hr em um lugar, fora a tontura, fraqueza, parecia q estava tudo em câmera lenta, e tbm via tudo em quadros como se a mesma coisa estivesse acontecendo dnv e dnv, foi barra, chegando lá eu fiz um eletrocardiograma e deu tudo normal, voltei pra casa.
       Porém desde então eu venho tendo alguns sintomas estranhos já fazem 5 dias q isso aconteceu porém a dor no peito a dormência q as vezes fica nos braços ou nas pernas, me sinto fraca, meu corpo todo dói, sem falar q fico pensando demais é isso só acaba piorando, já fiz uns 3 eletros, já fiz raio x do tórax e até então tudo normal, porém não aguento mais sentir isso, fico tendo uns comportamentos repetitivos tipo ficar mexendo a perna, inquieta msm e só queria saber se é normal sentir isso por tanto tempo.
       O que mais vem me perturbando é a dor no peito q cada hr está em um lugar sinto tbm alguns tremores as vezes enfim TODA BICHADA KKK e eu ainda fico pesquisando os sintomas q eu tenho (o que não ajuda nenhum pouco) alguém q já tenha passado por isso?? Quando isso vai passar? Ou o que eu posso fazer pra acabar com isso. Sério já cheguei a chorar pq n aguento mais!!
      obs: meu namorado tbm teve a bad só q ele já está bem e eu ainda estou nessa 
×
×
  • Criar Novo...