Ir para conteúdo
Growroom

Legalização Da Maconha No Uruguai Corre Risco Em Eleição Presidencial


CanhamoMAN

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

20/10/2014 20:20:24

http://odia.ig.com.br/noticia/mundoeciencia/2014-10-20/legalizacao-da-maconha-no-uruguai-corre-risco-em-eleicao-presidencial.html

Legalização da maconha no Uruguai corre risco em eleição presidencial

Principal adversário de Tabaré Vázquez no pleito, centrista Luis Lacalle Pou afirma que legalização no país é impraticável
O DIA

Uruguai - O Uruguai está lutando para viabilizar a produção comercial e a venda da maconha, mas seu experimento pioneiro pode ser abandonado ou enfraquecido se o candidato oposicionista vencer a eleição presidencial deste mês.

O país sul-americano é o primeiro do mundo a permitir o cultivo, a distribuição e o uso da maconha, na tentativa de assumir o controle do comércio das mãos dos cartéis de droga e, ao mesmo tempo, regulamentar e até taxar seu consumo.

bxuv6uk87nflld7evfvkfwsuo.jpg
Manifestantes a favor da liberação da maconha fizeram marchas comemorativas pelas ruas da capital
Foto: Efe

A reforma está sendo acompanhada de perto por toda a América Latina, onde a legalização ou descriminalização de alguns narcóticos é cada vez mais vista como uma maneira melhor de pôr fim à violência desencadeada pelo tráfico do que a “guerra às drogas” liderada pelos Estados Unidos.

Mas antes o Uruguai precisa resolver como terá certeza de que as gangues não irão financiar os produtores, como regulamentar o fornecimento e a qualidade da maconha produzida localmente e como garantir às nações vizinhas que a droga cultivada legalmente não será vendida de forma ilegal em seus territórios.

O governo descumpriu seus próprios prazos para implementar as mudanças, que viraram lei em dezembro passado.

“Estamos trabalhando nisso desde o começo, desde o primeiro dia. Mas simplesmente não sei se iremos conseguir”, disse uma fonte governamental familiarizada com o programa de legalização.

Sebastian Sabini, parlamentar da coalizão governista que apresentou a lei, afirmou que sua implementação exige a criação de instituições que não existem em lugar nenhum.

O plano de começar a vender maconha em farmácias no final deste ano parece improvável, já que o governo ainda está emitindo licenças de cultivo e identificando onde as sementes podem ser adquiridas.

Devido aos atrasos, o atual presidente, José Mujica, agora enfrenta uma corrida contra o tempo para aplicar as mudanças antes que o novo mandatário assuma, em março do ano que vem.

Os eleitores irão às urnas para eleger um novo presidente em 26 de outubro. Mujica, um ex-guerrilheiro de 79 anos, está proibido de concorrer a um segundo mandato, já que o país não tem reeleição.

O candidato Tabaré Vázquez, da coalizão de governo, a esquerdista Frente Ampla, apoiou a lei da maconha, embora com menos entusiasmo que Mujica.

O principal adversário de Vázquez na disputa acirrada, Luis Lacalle Pou, do centrista Partido Nacional, endossou um projeto de lei em 2010 que teria permitido o cultivo pessoal de maconha, mas disse que a reforma atual é “impraticável na realidade”. “Sou contra o Estado produzir e vender drogas e ganhar dinheiro com isso”, afirmou.

Lacalle Pou, filho de um ex-presidente uruguaio, disse à rede de televisão Canal 10 que a lei seria difícil de implementar, acrescentando que como resultado o Estado “abandonaria seu papel de proteger a saúde pública e tentar evitar vícios”.

Se Lacalle Pou vencer e a lei da maconha não tiver sido implementada, ele poderá simplesmente engavetar o projeto.

Liberal, mas não muito

A Holanda liberou a venda de maconha em “cafés”, o Canadá permite que pacientes terminais cultivem e fumem sua própria erva e os Estados norte-americanos de Washington e Colorado legalizaram o cultivo e o consumo, mas só o Uruguai aprovou uma legislação que permite a produção comercial.

A sociedade uruguaia é uma das mais liberais da América Latina e fumar maconha é legal no país desde 1998. Mesmo assim, pesquisas de opinião relevaram que quase dois terços da população desaprovam o Estado no papel de regulador de narcóticos – mas um levantamento da consultoria Factum do início deste mês mostrou Vázquez com 42% das intenções de voto e Lacalle Pou em segundo lugar, com 32%.

Alguns consumidores apoiam as ações governamentais e se dizem despreocupados com o risco de Mujica não conseguir aprovar a lei antes de entregar o cargo.

“Estamos lutando por isso há dez anos”, disse Juan Vaz, presidente da Associação de Estudos da Cannabis do Uruguai e primeiro uruguaio a se registrar como produtor de maconha em agosto. “Não estamos com pressa nenhuma."

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Tenho contato com uruguaios que estão envolvidos em alguns clubes e o que eles dizem não é isso não, eles dizem que o Frente Ampla tem a vantagem e mesmo a oposição não pensa em vetar o projeto, talvez ele sofra alguns ajustes, mais de maneira nenhuma ira ser vetado!

Eu acredito que o maior problema é o controle estatal que eles querem ter sobre tudo, por isso a dificuldade de conseguir implementar, mais os derivados de cannabis como oleo massagem, shampoo, cerveja, roupas canhamo etc... já estão sendo importados em grande quantidade, com o tempo as coisas vão acontecer, sem contar que eles ainda não começaram a discutir como sera o uso medicinal é um processo muito longo e complicado!

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...
  • Conteúdo Similar

    • Por dnbs
      Expocannabis Uruguay

      Encuentro internacional de cannabis y cáñamo. Shows, stands & conferencias
      📅 6, 7 y 8 de diciembre 2019
      🚩 Montevideo, Uruguay
      👉 Entradas Ticketuno.com www.expocannabis.uy
      ➡️ GUIA URUGUAI PARA MACONHEIROS - Download Grátis http://bit.ly/2LLxHU5
       
      Criei o tópico para o povo que esta afim de ir esse ano de 2019 ja ir se organizando e se algum veterano quiser ajudar é uma boa.
      Dúvidas frequentes:
      - Evento/Ingressos
      - Dicas de hospedagem
      - Programas de Passagens
      - Roteiro
      - Roteiro intercalando estados

    • Por Maconheira000
      Olá maconheiros(a),tenho 17 anos,daqui uns dias faço 18 anos, comecei a fumar com 14 anos e rodei em fevereiro desse ano,minha vó deu maior sermão,choro e ainda fico falando q ia me internar na clínica,e ficava me chamando de drogada todo o dia,e ainda ela tranca a porta do quarto,pq ela acha q vou roubar o dinheiro dela.
      E para ainda mais,meus pais são autoridades e minha família é tudo crente (crente bem fanáticos),não tenho como morar com os meus pais,por questões pessoais não daria nem um pouco certo.
      Tô planejando a me mudar para capital faz tempo,moro no interior,e pior q minha família tb não aceita eu ir morar na capital falam q é perigoso e tudo mais,já até falaram q se eu for eles vai tentar me impedir.
      Aceito conselhos,e tenho uma pergunta,podem me internar na clínica mesmo eu sendo de maior?ainda mais q meus pais tem essa autoridade.
    • Por Lmrchapado
      Salve galera
      Irei para o Uruguai daqui 1 mês, e como bom amante da erva, estou fazendo o planejamento pra n passar vontade.
      Alguém sabe indicar aonde/como conseguir a erva em Montevidéu??
      Valeu
    • Por Careca Dos Dreads
      Salve Rapa.
      Vou viajar dia 13 pro Uruguai e pelo oq andei pesquisando não é tão fácil assim turistas conseguirem ganja por la, e nessa época (janeiro) o fumo fica mais caro do que eu pago aqui no Brasil no camarão.
      Alguém tem algumas dicas pra conseguir aproveitar uma lombra por lá? Lugares pra conhecer relacionados a erva também seria interessante.
      Vou pra punta ballena do lado de Punta D'El este.
      Valeuuu
      JahjahBless 
       
    • Por YellowGandalf
      O Senado adiou a votação da Legalização da Cannabis Medicinal para próxima semana.
      O tópico que deve ser votado na semana que vem é de grande urgencia, estamos torcendo que essas familias consiga fazer esses remédios sem precisar pagar toneladas de dinheiro para empresas farmaceuticas gringas que importam remedios da mesma planta para o Brasil, confira o video e deixe sua opinião tbm
      21/11/2018
×
×
  • Criar Novo...