cbroqueinf

Minha Noiva Descobriu, Fim De Relacionamento, Escândalos.

Recommended Posts

Parabens mano. Essa nao servia p vc e c descobriu enqto ha tempo. Foi vc quem deu o peh nela, pois ela te deu a escolha: ou ela ou vc. Vc escolheu a si proprio.

Nao cai mais no mesmo erro. Keep growing!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
"

1458.jpg"

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, nem um nem outro kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Rapaziada, de coração, nunca pensei que fosse tão bem recebido numa situação tão particular, por isso, convido a todos de SP que queira fumar um, estão convidados! hehe.

Fiz minha escolha pessoal após tanto pensar.

Realmente contar pra toda família dela foi um absurdo, pois acaba expondo a pessoa de forma errada.

Abraços!!!

  • Like 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Meu brother, voltei aqi pra deixar uma opnião pós beck.


Cara, eu ja tive uma namorada assim, e também escondi dela por um tempo acreditando que sirgiria uma hora certa pra contar pra ela que eu gostava mais de maconha do que da lasanha que a mãe dela fazia aos domingos.

O que posso te dizer por experiencia propria e bastante parecida por sinal, é que você vai deixar essa mulher.. senão agora depois.
Eu sou completamente alergico a religião ( as que conheço ), e geralmente quem é desse meio costuma ser completamente contra a erva.

No meu caso, com minha ex não foi diferent, ela era cheia de pre conceitos herdados dos pais ainda mais pré conceituosos. e não havia outra escolha a não ser desistir da relação ja que ela lançou a famosa "Eu ou a Erva", coisa que interpretei dessa forma: "Você não é livre pra fazer suas escolhas, eu farei por você pelo resto de nossas vidas"



Agora vou te contar como foi o desfecho da historia..

Conheci por acaso uma princesa, loirinha, dos olhos verdes e de uma beleza indescritivel, que se tornou hoje a razão da minha vida! No começo nada de falar de maconha novamente, mas aos poucos fui conquistando espaço e confiança pra contar pra ela que isso me ajudava muito...

Pra minha surpresa, completamente diferente do outro caso ela me deu um abraço e um beijo e disse que me amava demais..E que se fazia bem pra mim fazia bem pra ela.


Hoje sou usuario regular, não tenho que esconder e de quebra ela ainda dá uns 2 comigo =D


obs: Ela também era daqelas que iam pra igreja todos os dias da semana, e hoje não vai mais, pois abriu a mente e percebeu qe o local onde ela cresceu é um covil de cobras!


Abraços amigo

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Meu brother, voltei aqi pra deixar uma opnião pós beck.

Cara, eu ja tive uma namorada assim, e também escondi dela por um tempo acreditando que sirgiria uma hora certa pra contar pra ela que eu gostava mais de maconha do que da lasanha que a mãe dela fazia aos domingos.

O que posso te dizer por experiencia propria e bastante parecida por sinal, é que você vai deixar essa mulher.. senão agora depois.

Eu sou completamente alergico a religião ( as que conheço ), e geralmente quem é desse meio costuma ser completamente contra a erva.

No meu caso, com minha ex não foi diferent, ela era cheia de pre conceitos herdados dos pais ainda mais pré conceituosos. e não havia outra escolha a não ser desistir da relação ja que ela lançou a famosa "Eu ou a Erva", coisa que interpretei dessa forma: "Você não é livre pra fazer suas escolhas, eu farei por você pelo resto de nossas vidas"

Agora vou te contar como foi o desfecho da historia..

Conheci por acaso uma princesa, loirinha, dos olhos verdes e de uma beleza indescritivel, que se tornou hoje a razão da minha vida! No começo nada de falar de maconha novamente, mas aos poucos fui conquistando espaço e confiança pra contar pra ela que isso me ajudava muito...

Pra minha surpresa, completamente diferente do outro caso ela me deu um abraço e um beijo e disse que me amava demais..E que se fazia bem pra mim fazia bem pra ela.

Hoje sou usuario regular, não tenho que esconder e de quebra ela ainda dá uns 2 comigo =D

obs: Ela também era daqelas que iam pra igreja todos os dias da semana, e hoje não vai mais, pois abriu a mente e percebeu qe o local onde ela cresceu é um covil de cobras!

Abraços amigo

Caramba, muito bom. Obrigado irmão! Realmente é complicado e hoje vou abrir a mente no Parque do Ibirapuera, lá no meio da natureza pra poder pensar mais, porém já tomei minha decisão que foi ontem:

- Ou eu ou a maconha... Respondi pela minha felicidade e pela minha liberdade.

Aprendi agora a fazer citações no fórum, por isso antes respondia de modo geral.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

mano se tu não é corno tu é despombalizado da cabeça, ou os dois

quem pode te dar um toque é a S-mafa-rum, uma user do forum que tem experiencia nesse lance, chama na MP kkk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ae Roque!

Cara comigo aconteceu tb algo parecido. Mas também compartilho da opinião de nossos irmãos aqui do GR. Se a pessoa te ama, ela vai te amar de um jeito ou de outro e vai te respeitar e respeitar suas escolhas.

Minha esposa, na época namorada, sabia que eu tinha parado um tempo, mas sempre disse a ela que assim q desse vontade eu voltaria a fazer uso. Até o dia que ela foi em minha casa e viu um pézinho. Sentamos, conversamos e ela pediu pra eu mostrar a ela que meu uso era equlibrado e que não havia motivos pra ela se preocupar. O que ela me fez ver foi que ela tinha preconceito devido à sociedade e à família que passava valores truncados em respeito à erva.

Um dia ela fumou pra entender o que eu sentia. Hoje eh de boa o plantio em casa, e de vez em quando ela fuma comigo. Somos felizes.

Diálogo e respeito. Acima de tudo o amor do casal. O resto o universo alinha e tudo acontece.

Fica na paz irmão. Tamo junto!

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

o resultado de ESCONDER da pessoa amada, geralmente é esse.... por isso particularmente NUNCA faço isso. dicas? Procure ser o mais verdadeiro com você e com a sua namorada. Se ela faz disso uma tempestade, procure entender .... procura outra mina e tente esquecer essa que pelo jeito não te merecia. sorte

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala pra ela que é melhor ser maconheiro que fofoqueiro. Que sempre te namorou maconheiro e nunca notou nenhum comportamento que não pudesse tolerar, mas que se ela por preconceito burro quer fazer isso (terminar) que assim seja, mas que não precisa se meter na sua vida já que ela optou por sair.

E se contar xará, contou. Um dia isso poderia acontecer, não queremos, eu não quero, mas se meus pais souberem vai ser a maior decepção no começo, mas com o tempo tudo volta ao normal. Importante é quem tu é. Não ser servidor público, ser independente, mas sim ser verdadeiramente uma pessoa do bem, que não faz mal a ninguém e tals.

Não li o tempo que escondeu isso dela, mas isso tbm não foi legal, as pessoas tem de gostar de nós como nós somos e blá blá blá.

Bola pra frente

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

X9... primeiro massageia depois toca no micro-ondas. hehehe zuera... sorte tua mano, Deus escreve certo com linhas tortas, com certeza vai ser melhor pra você.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mano, entendo essa parada aí, o pessoal fala "larga e arruma outra" como se fosse barbada mas quando tu cria laços com alguem isso é muito dificil.

Se eu fosse você esperaria a poeira baixar e conversaria com ela, se ela realmente for essas crente cabeça dura e nao aceitar o que te resta é aceitar que acabou e que sirva de lição para na proxima vez tu deixar tudo muito claro.

Paz acima de tudo, abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

1458.jpg

iashhfgaihasihahishishsihaihhiaiasjsjaijejejejejejejjejejejejehejehegehehgehegaheiegahae

Brother,como jah falaram aí,muita gente já passou exatamente isso ou algo parecido

Hoje em dia nem passa mais pela minha cabeça tentar juntar óleo e água.... cansei! ( só insisti pq aquela rapariga era MUUITO gostosa!! e safada....kkkkkkkk)

  • Like 5

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

eu estou com uma mina a 8 meses....nos 3 primeiros meses eu fumava escondido.....depois fui aos poucos contando...e hoje ta tranquilo....... mas poderia ter dado merda...dei sorte....

boa sorte..

aabs..

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ih rapaz...uma vez minha ex mulher jogou meu fumo fora, primeira coisa q eu fiz foi colocar ela pra fora

tem q bater o pe se não depois vira escravo, e ai pau mandado é fodis

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Contei para minha família que consumo regularmente semana passada, até então eles nem desconfiavam (sempre fumei apenas no vaper, entao o cheiro era bem de bouas), mas eu ja estava preparando o terreno a meses, apresentando os pontos positivos da erva, historia, males do proibicionismo e tal....foi uma situação um pouco estranha nos primeiros dias, mas logo todo mundo entendeu e aceitou de boa...o importante é vc ter argumentos inteligentes para rebater todo e qualquer argumento conservador e proibicionista, um minimo de estudo resolve bem as coisas

  • Like 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom dia rapaziada, tudo bem? Vamos às novas. (Detalhadamente)

Saindo do meu trabalho, acabei encontrando com ela no estacionamento me esperando, de surpresa, pois não há esperava ver naquele dia (6 OUT 14/SEGUNDA - NO MESMO DIA QUE CRIEI O TÓPICO), ela estava com uma cara de choro, olhos cansados e fundos, triste, e eu muito bravo com a situação, mais sentei para conversar com ela dentro do meu carro com a maior paciência do mundo.

Pois bem, expliquei tudo novamente mais a fundo e detalhadamente, mostrei vídeos referentes à legalização ou regulamentação (quebrando o tabu e documentários) e fiz o inusitado, peguei minha erva na frente dela e comecei a bolar um com o intuito de ela ver como é, que é SIM UMA PLANTA, e que não me deixa agressivo e louco como a sociedade e ela em especifico pensa. Fui até o Parque Ibirapuera com ela, e fumei longe dela, pois ainda não é a hora de se mostrar tanto (opinião minha).

Único problema é que fumei um míssil sozinho, e bateu uma brisa da porra, fiquei chapado e falei algumas asneiras (coisas da brisa mesmo), porém tudo controlável, calmo e tranquilo. Conversamos muito, comemos no Mac e passamos juntos das 16:30 horas até as 22:00 horas, e a reação dela foi positiva!

Ela disse que viu que realmente não é o que ela pensou e que eu estava divertido como pessoa, rindo bastante com ela, conversando mais e que eu parecia o mesmo de quando a conheci pela primeira vez (coisas boas). Como forma de desculpas ela me deu um presentão ontem, juntou a família dela e pediu desculpas e disse que ela inventou tudo aquilo, pois estava com raiva, disse que me ama e me aceita, e que só fez todo aquele show pois não tinha as informações necessárias sobre a erva, e que sempre pensou que era uma droga pesada e viciante, que eu poderia ficar magrelo e largar emprego (falta de ler). Confesso que fiquei com dó quando a vi no estacionamento, sua cara cansada, olhos fundos, estava até mais magra e etc, pois na cabeça dela maconha era uma “espécie de crack”.

Resumindo, as coisas melhoraram e ela está tranquila sobre isso. Conversei com a família dela e todos estão de boa, nem acreditaram nela pois na cabeça deles eu sempre fui uma pessoa normal e honesta.
Gostaria de agradecer agora EXCLUSIVAMENTE e todos os IRMÃOS que me ajudaram nesse pequeno problema mais que me causou um mal estar muito grande, que se alguém quiser fumar um no parque comigo e trocar uma ideia será muito bem vindo e de coração, novamente, meu MUITO OBRIGADO.


Abraços família!

  • Like 13

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

que bom que se resolverão eu tb quando conheci minha esposa e hj tenho um filho com ela de 2 anos e ja fumava desde os 16 anos idade hj tenho 33.. eu quando ficava com ela não fumava nem monstrava que eu consumia cannabis...as vezes eu hiaa dormi na casa dela mano ficava na maior fissura por que eu hia sabado de tarde na casa dela e voltava domingo anoite magina fica sem fuma no sabado a noite ainda mais eu que sofro de raiva e sou uma pessoa muito impaciente magina como eu ficava não aguentei falei pra ela que fumava que plantava e tals explique tb como vc fez e graças a deus ela não piro não ela so fica fudido da cara comigo por que eu fumo a MERDA DO CIGARRO me falo que preferre que eu fume meu verde do que cigarro que mata..tiro mesmo falo vc fuma um remedio anti cancer mas depois ta ingetando veneno com cigarro em vc mesmo o pior que e foda para de fuma toda vez que eu fumo um verde me da vontade depois de fuma um cigarro ou depois que almoça foda...mas se a pessoa te ama mesmo ela fica com vc e te aceita como vc é não querendo muda vc em nada isso que é massa....ABRAÇO AO IRMÃO

cbroqueinf)

QUE ABRIU O POST COMENTANTO E PASSANDO SUA EXPERIENCIA DE VIDA COM A CANNABIS

GROWER= NÃO É VAGADUNDO

GROWER NÃO É BANDIDO

GROWER=NÃO É TRAFICANTE

GROWER=É ESTUDANDE

GROWER= TRABALHADOR

GROWER=PAGO SEUS IMPOSTOS

GROWER=COMBATE A MAZELA DO TRAFICO DE DROGAS NÃO SE IMPONDO A OUTRAS DROGAS QUE OS TRAFICANTES OFEREMCEM PRA NOS

GROWER= É GENTE E NÃO BIXO COMO A SOCIEDADE TEM VISTO NÓS....

lEGALIZA BRASIL NÃO FIQUE COM ESSA IDEA RETROGRADA QUE QUERER JOGAR AS COISAS PRA DEBAIXO DO TAPETE

UM ABRAÇO A TODOS OS IRMÃOS E FUNDADORES DO GROWROOM FALA LÁ GENTE EM BUSCA DA DESPENALIZAÇÃO E CULTIVO CASEIRO E MEDICINAL DA MACONHA

6 AUDIENCIA DA CHD SUG8/2014 TV SENADO SEGUNDA PARTIR DAS 13;30

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara, VC é um bunda mole. Vai perder a mulher q ama e depois vai chorar o leite derramado.

Bom dia rapaziada, tudo bem? Vamos às novas. (Detalhadamente)

Saindo do meu trabalho, acabei encontrando com ela no estacionamento me esperando, de surpresa, pois não há esperava ver naquele dia (6 OUT 14/SEGUNDA - NO MESMO DIA QUE CRIEI O TÓPICO), ela estava com uma cara de choro, olhos cansados e fundos, triste, e eu muito bravo com a situação, mais sentei para conversar com ela dentro do meu carro com a maior paciência do mundo.

Pois bem, expliquei tudo novamente mais a fundo e detalhadamente, mostrei vídeos referentes à legalização ou regulamentação (quebrando o tabu e documentários) e fiz o inusitado, peguei minha erva na frente dela e comecei a bolar um com o intuito de ela ver como é, que é SIM UMA PLANTA, e que não me deixa agressivo e louco como a sociedade e ela em especifico pensa. Fui até o Parque Ibirapuera com ela, e fumei longe dela, pois ainda não é a hora de se mostrar tanto (opinião minha).

Único problema é que fumei um míssil sozinho, e bateu uma brisa da porra, fiquei chapado e falei algumas asneiras (coisas da brisa mesmo), porém tudo controlável, calmo e tranquilo. Conversamos muito, comemos no Mac e passamos juntos das 16:30 horas até as 22:00 horas, e a reação dela foi positiva!

Ela disse que viu que realmente não é o que ela pensou e que eu estava divertido como pessoa, rindo bastante com ela, conversando mais e que eu parecia o mesmo de quando a conheci pela primeira vez (coisas boas). Como forma de desculpas ela me deu um presentão ontem, juntou a família dela e pediu desculpas e disse que ela inventou tudo aquilo, pois estava com raiva, disse que me ama e me aceita, e que só fez todo aquele show pois não tinha as informações necessárias sobre a erva, e que sempre pensou que era uma droga pesada e viciante, que eu poderia ficar magrelo e largar emprego (falta de ler). Confesso que fiquei com dó quando a vi no estacionamento, sua cara cansada, olhos fundos, estava até mais magra e etc, pois na cabeça dela maconha era uma “espécie de crack”.Resumindo, as coisas melhoraram e ela está tranquila sobre isso. Conversei com a família dela e todos estão de boa, nem acreditaram nela pois na cabeça deles eu sempre fui uma pessoa normal e honesta.

Gostaria de agradecer agora EXCLUSIVAMENTE e todos os IRMÃOS que me ajudaram nesse pequeno problema mais que me causou um mal estar muito grande, que se alguém quiser fumar um no parque comigo e trocar uma ideia será muito bem vindo e de coração, novamente, meu MUITO OBRIGADO.

Abraços família!

Bom dia rapaziada, tudo bem? Vamos às novas. (Detalhadamente)

Saindo do meu trabalho, acabei encontrando com ela no estacionamento me esperando, de surpresa, pois não há esperava ver naquele dia (6 OUT 14/SEGUNDA - NO MESMO DIA QUE CRIEI O TÓPICO), ela estava com uma cara de choro, olhos cansados e fundos, triste, e eu muito bravo com a situação, mais sentei para conversar com ela dentro do meu carro com a maior paciência do mundo.

Pois bem, expliquei tudo novamente mais a fundo e detalhadamente, mostrei vídeos referentes à legalização ou regulamentação (quebrando o tabu e documentários) e fiz o inusitado, peguei minha erva na frente dela e comecei a bolar um com o intuito de ela ver como é, que é SIM UMA PLANTA, e que não me deixa agressivo e louco como a sociedade e ela em especifico pensa. Fui até o Parque Ibirapuera com ela, e fumei longe dela, pois ainda não é a hora de se mostrar tanto (opinião minha).

Único problema é que fumei um míssil sozinho, e bateu uma brisa da porra, fiquei chapado e falei algumas asneiras (coisas da brisa mesmo), porém tudo controlável, calmo e tranquilo. Conversamos muito, comemos no Mac e passamos juntos das 16:30 horas até as 22:00 horas, e a reação dela foi positiva!

Ela disse que viu que realmente não é o que ela pensou e que eu estava divertido como pessoa, rindo bastante com ela, conversando mais e que eu parecia o mesmo de quando a conheci pela primeira vez (coisas boas). Como forma de desculpas ela me deu um presentão ontem, juntou a família dela e pediu desculpas e disse que ela inventou tudo aquilo, pois estava com raiva, disse que me ama e me aceita, e que só fez todo aquele show pois não tinha as informações necessárias sobre a erva, e que sempre pensou que era uma droga pesada e viciante, que eu poderia ficar magrelo e largar emprego (falta de ler). Confesso que fiquei com dó quando a vi no estacionamento, sua cara cansada, olhos fundos, estava até mais magra e etc, pois na cabeça dela maconha era uma “espécie de crack”.Resumindo, as coisas melhoraram e ela está tranquila sobre isso. Conversei com a família dela e todos estão de boa, nem acreditaram nela pois na cabeça deles eu sempre fui uma pessoa normal e honesta.

Gostaria de agradecer agora EXCLUSIVAMENTE e todos os IRMÃOS que me ajudaram nesse pequeno problema mais que me causou um mal estar muito grande, que se alguém quiser fumar um no parque comigo e trocar uma ideia será muito bem vindo e de coração, novamente, meu MUITO OBRIGADO.

Abraços família!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ela deve achar que o verde não é tão importante para você, acho que ela foi falar com seus pais em uma tentativa frustrada, quando ela se tocar ela vai cair na real.

Mas você já viu um lado dela totalmente novo, se vc vai continuar com ela isso depende de você.

O resto a galera ja mencionou ai.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

se ela falar algo de vc pra sua familia vc conta um kao pra familia deles tbm fala q ela eh alcolatra e gosta de gang bang kkkk

mas tirando as piadas q bom q deu certo man fico feliz o amor dela por vc foi maior q tudo isso

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala rapaziada... Esse foi o topico mais recente relacionado ao o que tá acontecendo comigo, mesma fita.

Sou usuario da cannabis já faz uns 6 anos.. Sempre fumei e todos meus amigos, conhecidos e até meus familiares sabem que eu fumo a erva. Há dois anos me envolvi com uma garota, hoje minha atual namorada e quando nos conhecemos achei que era a mulher certa pra mim. Tivemos diversas trips, com acidos, bala, md e etc. Só que com a bendita erva não, comecei a desconfiar que ela era meio "careta" em relação a cannabis quando começou a questionar por que sigo tais paginas, por que tenho livros e documentarios sobre. Eu nunca deixei claro pra ela que era usuario, e então no meio do ano passado resolvi contar... Foi a pior cagada que eu já fiz na minha vida. Abordei da melhor forma e deixei tudo bem claro, minha opinião e o que penso a respeito. Ela surtou, me xingou, me falou um monte de coisa, dizendo que a minha situação era a mesma que de um viciado em crack, só muda a droga. Que eu havia traido a confiança dela, pois fumei pelas costas e nunca disse nada.. Isso foi um erro mesmo. Depois desse episodio consegui controlar as coisas e dei uma maneirada na cannabis, fiquei um tempo segurando a onda mas estava estressante pra mim já. Minha namorada só desconfiava de mim, dizia que eu saia com os meus amigos e tava enchendo o rabo de maconha. Agora tudo que aparece relacionado a maconha no meu celular e facebook é motivo pra briga. Uns dias atras a gente brigou feio e até hoje não estamos nos falando direito, me ligou e veio me dizendo o mesmo papo de antes... Que eu sou um nóia, sem limites e viciado e não queria isso para a vida dela. Que se eu quisesse continuar com essa ideologia teria que arrumar outra pessoa. Bom, eu não sei muito o que pensar por que eu realmente a amo e sei que ela me ama, mas parece que quando toca no assunto de maconha ela se transforma e muda completamente. No começo achei que era apenas por raiva mas hoje vejo o quanto ela é preconceituosa em relação a isso já que não liga de eu usar outras drogas. Eu tô cansado de tudo isso, de ter que me limitar a certas coisas só para evitar discussoes e brigas por que ela não respeita e não me aceita dessa forma. Como disse, nem minha propria familia fala algo sobre, dizem que é até bom eu fazer uso. Só que ao mesmo tempo eu fico pensando em continuar com ela. Já passamos por tantas coisas, por tanta trip e perrengue que senão tivessemos um ao outro estariamos na merda. Ela é uma boa pessoa, com um coração bom e eu realmente à amo e quero ter ela ao meu lado. Tenho medo de ser infeliz se continuar seguindo assim, me limitando e escondendo quem eu realmente eu sou mas tenho certeza que ela não aceitaria de maneira alguma se contasse... Enfim, não sei realmente o que fazer nessa situação. PAZ!!!

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 03/01/2015 at 14:51, lunna disse:

Cara, VC é um bunda mole. Vai perder a mulher q ama e depois vai chorar o leite derramado.

larga de ser boçal

lê os ultimos posts do cara

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Separei há uns meses. Fiz um perfil no Tinder, tentsndo achar uma mina legal pra dar umas namoradas, coloquei lá q meu horário é 4:20. Nenhum match até agora, só pintou uma mulher q topou me encontrar se eu não estiver "sob efeito" quando a encontrar....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 19/01/2015 at 13:16, SaulSilver disse:

Fala rapaziada... Esse foi o topico mais recente relacionado ao o que tá acontecendo comigo, mesma fita.

Sou usuario da cannabis já faz uns 6 anos.. Sempre fumei e todos meus amigos, conhecidos e até meus familiares sabem que eu fumo a erva. Há dois anos me envolvi com uma garota, hoje minha atual namorada e quando nos conhecemos achei que era a mulher certa pra mim. Tivemos diversas trips, com acidos, bala, md e etc. Só que com a bendita erva não, comecei a desconfiar que ela era meio "careta" em relação a cannabis quando começou a questionar por que sigo tais paginas, por que tenho livros e documentarios sobre. Eu nunca deixei claro pra ela que era usuario, e então no meio do ano passado resolvi contar... Foi a pior cagada que eu já fiz na minha vida. Abordei da melhor forma e deixei tudo bem claro, minha opinião e o que penso a respeito. Ela surtou, me xingou, me falou um monte de coisa, dizendo que a minha situação era a mesma que de um viciado em crack, só muda a droga. Que eu havia traido a confiança dela, pois fumei pelas costas e nunca disse nada.. Isso foi um erro mesmo. Depois desse episodio consegui controlar as coisas e dei uma maneirada na cannabis, fiquei um tempo segurando a onda mas estava estressante pra mim já. Minha namorada só desconfiava de mim, dizia que eu saia com os meus amigos e tava enchendo o rabo de maconha. Agora tudo que aparece relacionado a maconha no meu celular e facebook é motivo pra briga. Uns dias atras a gente brigou feio e até hoje não estamos nos falando direito, me ligou e veio me dizendo o mesmo papo de antes... Que eu sou um nóia, sem limites e viciado e não queria isso para a vida dela. Que se eu quisesse continuar com essa ideologia teria que arrumar outra pessoa. Bom, eu não sei muito o que pensar por que eu realmente a amo e sei que ela me ama, mas parece que quando toca no assunto de maconha ela se transforma e muda completamente. No começo achei que era apenas por raiva mas hoje vejo o quanto ela é preconceituosa em relação a isso já que não liga de eu usar outras drogas. Eu tô cansado de tudo isso, de ter que me limitar a certas coisas só para evitar discussoes e brigas por que ela não respeita e não me aceita dessa forma. Como disse, nem minha propria familia fala algo sobre, dizem que é até bom eu fazer uso. Só que ao mesmo tempo eu fico pensando em continuar com ela. Já passamos por tantas coisas, por tanta trip e perrengue que senão tivessemos um ao outro estariamos na merda. Ela é uma boa pessoa, com um coração bom e eu realmente à amo e quero ter ela ao meu lado. Tenho medo de ser infeliz se continuar seguindo assim, me limitando e escondendo quem eu realmente eu sou mas tenho certeza que ela não aceitaria de maneira alguma se contasse... Enfim, não sei realmente o que fazer nessa situação. PAZ!!!

Mano, como eu e muitos passam pelas mesmas coisas, e até em filmes relatam incidentes assim, hahaha. Mas, eu tiraria a prova, mostraria os tópicos que falamdo sobre cannabis medicinal, e mostraria a cura do cancer, a cura de Lupos, a cura de dores, de tratamento do alzheimer... Se isso não fazer ela mudar de ideia quanto ao preconceito dela, eu me afastaria... Isso tem a ver com o umbigo dela... Consegue entender?                                      

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...