CanhamoMAN

Cientistas Descobrem Que, Diferentemente Do Esperado, Maconha Prejudica Sono E Aumenta Cansaço

Recommended Posts

Cientistas descobrem que, diferentemente do esperado, maconha prejudica sono e aumenta cansaço

Autor não descarta o fato de que pessoas predispostas naturalmente à insônia procurem, na maconha, uma automedicação, o que explicaria a associação entre o hábito de fumar e a falta de sono

http://sites.uai.com.br/app/noticia/saudeplena/noticias/2014/06/13/noticia_saudeplena,149025/cientistas-descobrem-que-diferentemente-do-esperado-maconha-prejudic.shtml

Paloma Oliveto - Correio Brasilienze Publicação:13/06/2014 07:51Atualização:13/06/2014 08:02


Saiba mais...Anvisa adia decisão sobre substância derivada da maconha
Justiça autoriza importação de remédio derivado de maconha
Pesquisadores brasileiros se dedicam a estudos sobre efeitos terapêuticos da maconha
Liberação da maconha divide médicos-psiquiatras
Entre usuários, a maconha leva a fama de substância relaxante. Mas a cânabis está muito longe de merecer essa reputação. De acordo com pesquisa apresentada no congresso anual das Sociedades Profissionais do Estudo do Sono dos EUA, a erva, na realidade, causa insônia. Além disso, os cientistas descobriram que, quanto mais cedo se acende um cigarro, maiores os danos. Comparado aos que nunca experimentaram a droga, aqueles que começaram a fumar antes dos 15 anos apresentam duas vezes mais dificuldade severa para dormir quando chegam à idade adulta. Além disso, reportam duas vezes mais cansaço mesmo depois de uma noite de repouso e também sofrem em dobro com a impressão, ao longo do dia, de não estar completamente despertos.

A pesquisa, publicada na edição on-line da revista Sleep, analisou dados de 3.255 adultos, com idade entre 20 e 59 anos, que responderam a um questionário sobre consumo de maconha. Desses, 1.811 afirmaram que usavam ou já tinham usado a substância com frequência – média de três vezes por mês. Qualquer histórico de utilização da droga foi associado a um aumento de uma vez e meia no risco de sofrer insônia, mas sintomas como dificuldade para dormir ou manter o sono e o cansaço ao longo do dia foram duas vezes maiores quando o uso da droga teve início na adolescência.




A falta de sono não é o único efeito colateral a longo prazo da cânabis. De acordo com estudo publicado na revista Human Reproduction, homens jovens que usam a droga podem colocar a fertilidade em risco
“A maconha é extremamente comum nos Estados Unidos. Cerca de metade da população adulta já a usou em algum ponto da vida. Agora, é até mesmo legal em alguns lugares. Geralmente, as pessoas a descrevem como uma substância relaxante. Então, pensei que seria interessante ver se o uso frequente da droga estaria associado à qualidade do sono”, conta Jilesh Chheda, pesquisador da Universidade da Pensilvânia e principal autor do estudo. No início do ano, os estados americanos do Colorado e Washington legalizaram o consumo recreativo da maconha. O governo do Uruguai também liberou o uso da droga recentemente.

Causa indefinida
Chheda diz que, em princípio, achou que encontraria um resultado diferente na pesquisa. “No começo, pensei que a maconha estaria associada a uma melhoria na qualidade do sono porque é como ela é retratada por diferentes meios. Geralmente, pensamos que, de alguma forma, ela deixa as pessoas mais relaxadas e, por isso, sonolentas. Mas não foi o que constatei”, destaca. Segundo o médico do Departamento de Psiquiatria da Universidade da Pensilvânia, o que mais surpreendeu foi a associação com a idade em que o hábito foi iniciado. Os efeitos negativos da maconha sobre o sono perduram mesmo entre adultos, que, embora usuários frequentes na adolescência, já não fumavam há muito tempo.

“Ainda não sabemos dizer a causa disso”, reconhece Chheda. “O estudo procurou uma relação entre o consumo da maconha e a qualidade do sono, mas ele não é capaz de fornecer respostas sobre a casualidade, isso deverá ser investigado em pesquisas futuras”, diz. Ele diz que a droga pode provocar os distúrbios do sono, mas não descarta o fato de que pessoas predispostas naturalmente a contar carneirinhos procurem, na maconha, uma automedicação para seu problema, o que explicaria a associação entre o hábito de fumar e a falta de sono.

O pesquisador Mathias Berger, psiquiatra do Centro Médico da Universidade de Freiburg, na Alemanha, observa que é preciso fazer mais estudos sobre a associação entre insônia e maconha para tentar descobrir como as mais de 60 substâncias que compõem a droga podem atuar sobre o sono. “Não há pesquisas recentes suficientes sobre os efeitos da cânabis sobre o sono. Apenas o relato de sintomas por parte dos usuários não basta porque é um método subjetivo”, diz. Berger, que estuda a qualidade do sono em dependentes que tentam largar a droga, diz, contudo, que o resultado de polissonografias – exames feitos enquanto o paciente dorme – indicam alterações no cérebro dos consumidores de cânabis, principalmente durante a fase REM, quando ocorrem os sonhos.

Ele lembra que, nas décadas de 1970 e 1980, houve uma farta documentação dos efeitos da principal substância ativa da maconha, o THC, sobre a qualidade do sono, tanto durante o uso quanto na fase de abstinência da droga. A maior parte dessas pesquisas indicou que, embora algumas pessoas tivessem mais facilidade para pegar no sono após fumar, elas acordavam no meio da noite ou se sentiam exaustas no dia seguinte. “Esses estudos, porém, estão desatualizados e precisam ser refeitos. À medida que cresce o uso da maconha e alguns lugares legalizam o consumo, é preciso informar corretamente os usuários. Por enquanto, sabemos que a insônia surge na descontinuidade do uso de cannabis, mas ainda temos poucos dados confiáveis sobre a relação entre qualidade do sono e consumo da droga”, admite.

O coautor do estudo liderado por Jilesh Chheda concorda com o psiquiatra alemão. Um dos maiores pesquisadores do sono dos EUA, Michael Grandner, do Centro de Neurobiologia Circadiana da Universidade da Pensilvânia, acredita que os consumidores precisam entender os efeitos da maconha. “Como cada vez mais as pessoas têm acesso à cânabis, é importante entender as implicações de seu uso para a saúde pública. Seu impacto real sobre o sono é pouco compreendido”, defende.

Em análise no Brasil
O consumo da maconha poderá ser legalizado no país: em 2 de junho foi realizada a primeira série de debates sobre o tema, na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado. No Brasil, cerca de 1,5 milhão de adolescentes e adultos são usuários frequentes da maconha, segundo o Levantamento Nacional de Álcool e Drogas da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Oito milhões já tiveram contato com a droga, sendo que 62% a experimentaram antes dos 18 anos.

Vício interfere na fertilidade
A falta de sono não é o único efeito colateral a longo prazo da cânabis. De acordo com estudo publicado na revista Human Reproduction, homens jovens que usam a droga podem colocar a fertilidade em risco. No maior estudo que investigou como o estilo de vida influencia o tamanho e o formato do espermatozoide, uma equipe de pesquisadores das universidades de Sheffield e Manchester, na Inglaterra, constatou que a morfologia do esperma é prejudicada pela maconha.

O estudo analisou dados de 2.249 homens que procuraram 14 clínicas de fertilização in vitro do Reino Unido. Os pesquisadores pediram que eles respondessem a questionários detalhados sobre o histórico médico e o estilo de vida. Os resultados mostraram que indivíduos com menos de 30 anos que fumaram maconha até três meses antes da coleta da amostra tinham duas vezes mais risco de produzir esperma com menos de 4% de espermatozoides normais.

“Nosso conhecimento sobre fatores que influenciam o tamanho e o formato dos espermatozoides é muito limitado, mas nossos dados sugerem que usuários da cânabis deveriam parar de usar a droga se planejam formar uma família”, disse Allan Pacey, professor de andrologia da Universidade de Sheffield e principal autor do estudo. Pesquisas anteriores sugerem que apenas esperma contendo uma boa morfologia das células reprodutivas masculinas é capaz de passar pelo útero, abrindo caminho até o óvulo que será fertilizado. Estudos em laboratório também indicam que espermatozoides com morfologia prejudicada se deslocam menos porque o formato anormal os torna menos eficientes.

Outros possíveis fatores de risco investigados na pesquisa inglesa não afetaram a fertilidade. “Ainda há poucas evidências de ajustes que precisam ser feitos no estilo de vida masculino para melhorar as chances de concepção”, disse Pacey. Embora agora os cientistas não tenham encontrado associação entre a morfologia do espermatozoide e os hábitos comuns, como consumo de álcool e uso de tabaco, ele esclarece que é possível que esses comportamentos influenciem outros aspectos que não foram analisados, como a qualidade do DNA contido na cabeça do espermatozoide.

Segundo Nicola Cherry, professor da Universidade de Manchester, além da cânabis, foram identificados outros fatores ambientais que estão associados a deformidades no tamanho e no formato de espermatozoides. Estudos anteriores apontam solventes de tinta e chumbo como substâncias capazes de comprometer a morfologia das células masculinas.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ah mermao....

esses cientistas ai nao dao uma bongadona dessa aki dpois de correr uns 10km, ou dar uma surfada boa uma pedalada maneira , e comer um pratao de feijoada ,....

eles tao por fora! sabem de nada! inocentes!

:animbong:

  • Like 9

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tenho 20 e poucos anos, fumo desde os 18.

Meus problemas com ansiedade apareceram cedo, não me lembro exatamente quando. Um dos meus principais problemas é o sono. É uma situação em que você fica impotente: ou toma algumas capsulas ou fica até o dia amanhecer com pensamentos aleatórios na mente. Nem ouso tentar fazer algo, isso pode despertar o meu corpo e aí sim perder o sono de vez ! Quantas vezes levei dois, tres dias sem conseguir dormir ? Foram muitas, meu camaradas.

Entendam, eu não quero dizer que o estudo está errado, eu estou mostrando o meu lado da história. Uma pessoa que encontrou na Cannabis uma solução para seu sono que gosta muito de desaparecer, sua ansiedade, seus problemas de socialização.

Essas ultimas noites estão sendo maravilhosas, fumando antes de dormir consigo estar às 23:00 já deitado, provavelmente apagado e com uma ótima noite pela frente.

Acordar às 6 ? rsrsrsrsrs Que piada de mau gosto ! Antes desse periodo fumando para ir dormir, às 6:00 eu ainda estaria sem 1 gota de sono.


  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

enquanto eles ficam discutindo, todo mundo continua fumando e comprando sem impostos nem nada, independente de classe social, sexo ou idade.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se esse cara me visse fumar uma bomba antes do pedal ia reformular essa pesquisa, quando pinta um morro daqueles que não acaba tem que dar uma bolinha pra subir zangado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

tudo depende da strain.... se vc fumar uma malawi antes de ir pra cama com certeza vai bater pino até de madruga.

agora se for uma mazar vc vai dormir tranquilão.

mais uma pesquisa tendenciosa..... o bão mesmo é rivotril.

  • Like 6

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mas a maconha ajuda a combater a abistinencia de opiatos coca crak tabaco alcool coisa que e muito dificel fazer com medicacao principalmente se calcular os riscos beneficio com a cannabis avera a reducao de danos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acho que depende da quantidade. Se eu fumar unzinho pode ser mais difícil pegar no sono. Se comer um monte de maconha certamente vou apagar. E já aconteceu de acordar chapado no outro dia rsrsrs.

E a pesquisa parece uma porcaria...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tinha lido isso esses dias, e acho bem possível mesmo. Quando fico em abstinencia de maconha durmo melhor, e acordo menos cansado.

Tenho um caso de insonia gravissimo, e definitivamente a maconha não ajuda em nada na questão do sono, acredito que atrapalha, no meu caso. Costumo fumar pouco, mas quando saio de role fumo muito, até 15 baseados em algumas horas com 3 amigos, e mesmo assim quando volto pra casa é impossível dormir...

Mas acho que isso é subjetivo, vai de organismo pra organismo. Conheço outras pessoas que não dormem bem por causa da maconha, mas outros que dormem muito bem e precisam da erva pra dormir.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Já ouvi pessoas falando que perdem sono quando fumam e pessoas que dormem com mais facilidade depois de queimar um. Comigo é basicamente o segundo, antigamente um bowl nem perto de cheio já era o suficiente pra minha insônia ir embora, que eu tenho desde que lembro de existir. Por resistência preciso fumar mais do que isso, mas sempre me ajuda a dormir, relaxar, baixa a ansiedade.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

tenho minhas duvidas! acho que pode ter um fundo de verdade, com as sativas!

se eu fumo uma sativa (ou prensado, por exemplo) antes de dormir nao tem como. cabeça a milhoes.. tem q espera no minimo 1h pra começar a acalmar a mente.. depois a brisa fica mais suave, ai sim.. as vezes me sinto cansado no outro dia.. mas eu já me sentia sem fumar!

mas depois q a brisa fica suave, vem sim um sono gostoso.. eu tenho problema de insonia e ansiedade, nunca conseguia dormir antes das 3 ou 4h da manha, mesmo tendo q acordar as 7.. hoje em dia durmo no max 00:30 chapadinho e com vontade de ficar na cama... caso contrario, a ansiedade me faz ficar a mil sem querer me deitar ou apreciar me deitar..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

"Por enquanto, sabemos que a insônia surge na descontinuidade do uso de cannabis..."

Calma, galera, é só não deixar cair na descontinuidade.. nunca parem de usar! Hauhauhauh

Mas falando sério, pesquisa de boca a boca não tá com nada, ein. Nós sabemos que existem diversos tipos de maconha, e não só uma maconha. E ainda que fosse só uma, cada organismo reage de uma forma diferente, são milhões de variáveis pra se analisar, tudo pode estar relacionado a tudo. Já cansei de responder pras pessoas que não tem essa de "qual é a sensação de estar chapado?", eu sei o que EU SINTO, mas o que a pessoa vai sentir pode ser algo totalmente diferente..

Insônia e ansiedade são meu primeiro e segundo nome, respectivamente. O prensado que eu fumo não alivia nem um, nem outro, mas é o que tem por enquanto, né. A pipoca que eu experimentei essa semana da Skunk #1 me deixou ligadão enquanto eu tava de pé, mas foi só deitar que não tinha nada nesse mundo que me fizesse desgrudar da cama.

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu me identiico com a pesquisa.

Fumava pra minha insônia crônica mas não me sentia nada descansado no dia seguinte.

Hoje em dia tenho distúrbios de sono, tenho insônia crônica.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu durmo 8hrs todos os dias (alguns dias eu durmo 12hrs), não sei oq e insonia. Sou um homem com mais de 40 anos, fumo diariamente mais de 25 anos. Se fumar uma super sativa antes de dormir, pode complicar o sono, mas 2 ou 3 hrs antes e durmo que nem um neném.

Depois de fumar uns 12 (uma duzia) eu fico cansado e com preguiça ... mas nessa vida eu não tenho tempo para parar, fumo mais um e vou fazer oq tenho que fazer.

Sem falar que nos últimos 20 anos eu trabalho mais de 12hrs/dia, 1 ou 2 dias de folga/mês, cuido de uma horta de vegetais e 1 horta indoor ... e não tenho empregada(o) ... eu lavo, passo, cozinho, etc ...

Deviam ter me chamado para esta pesquisa ... vou fumar mais um para ver se consigo terminar as tarefas do dia ... rsss rssss rsss

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu tbem durmo menos por causa da maconha, afinal só me sobra a noite para cuidar das plantas, no minimo sacrifico uma hora do meu sono no grow...

  • Like 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ah, tá explicado então, por isso que eu capoto várias vezes na metade do beck!!!!

Aliás, capoto até fumando haze, moby dick e qualquer outra sativa speed metal.

"Sabi tutto esses studiosus!!!" Só que não! kkkkk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cientistas descobrem... Daí vem o que de fato é o papo... Pessoas que tem problemas de adequação ao relógio comercial-tradicional e que responderam a um determinado questionário, usam mais maconha que a galera que finge andar no 'passo certo' kkkkk grande ilação!

  • Like 5

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acho que na minha galera do pedal só tem mutante, todo mundo só rede da de cabeça feita. Na cidade o cara que mais anda só anda de cabeça feita e ainda tira onda''maconheiro? Pedala mais que eu''

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acho que rola sim uma zica com o sono (bioquimica do cérebro em contato com a fumaça de maconha prensada) se a pessoa/usuário fuma muito prensado e tem a vida corrida agitada. Porem, colocar a culpa somente na cannabis e suas tipologias e efeitos - inclusive nos diferentes psiquismo me parece cômodo, juntamente com as diferentes quantidades de cbd e thc . Preciso pesquisar mais..... não usuários também não possuem toda essa qualidade no sono hehe.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acho que na minha galera do pedal só tem mutante, todo mundo só rede da de cabeça feita. Na cidade o cara que mais anda só anda de cabeça feita e ainda tira onda''maconheiro? Pedala mais que eu''

O ciclismo aqui no DF é fortíssimo, inclusive com alguns atletas de ponta. a galera fuma bagarai.... os poucos que conheço. rum, hehe. Essa galera chma de voltinha uma voltinha de 150km kkk aff guento nunca.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...