Ir para conteúdo
Growroom

Para 'Rei Da Maconha', A Revolução Verde Já Começou


BicGrower

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

Shut the fuck up... Use argumentos sensatos se quiser discutir..

Não existe isso.. Muita gente ganha dinheiro de maneira honesta.. E nunca fui berço de ouro nem ninguém da minha família.. Meu pai e meu avô por parte de mãe nasceram pobres pobres pobres e hoje estão bem com a força de vontade e estudos..

Fazer faculdade, dar a cara pra bater, arrumar emprego, ralar, ganhar pouco no começo não é ''fácil'' nem ''desonesto''

Edit : Achei que " cala a boca " foi muito rude da minha parte kkkk, english is smoothier

se o cara tem uma empresa onde trabalham vinte pessoas ganhando pouco mais de um salario e o empresario fica com um lucro de 50.000 ele é desonesto pode tá dentro da " regra" mas é desonesto sem falar que o trabalhador ainda tem que passar por uma revista na hora de ir embora para provar que ñ é ladrao

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

perdeu a oportunidade de ficar quieto ein?

Proibicionismo vermelho?? Como o HST ja calrificou aqui, o proibicionismo, em todas seus sentidos, é direitista. Ele existe para que o o lucro do mercado paralelo multiplique. E é financioado para manter estes interesses. Por outro lado, serve para manter o controle sobre as camadas mais pobres(que por motivos financeiros, tem mais tendencia a esta prática), para que estas continuem a ser exploradas.

Quanto a essa ideia fixa com o comunismo,larga de nóia, que justiça social deve(ria) existir até mesmo no capitalismo.

Livre comércio,capítalismo,democrácia regime quase que onipresente no mundo e é a base para as diferenças de capacidades,preparo,intelecto que cada indivíduo possui e é recompensado por isto.Proibicionistas são os opostos das idéias da esquerda e sempre vai ser a maioria, pois o conservacionismo impera na sociedade e a hipocresia tbm.A consequência do proibicionismo é a inevitável revolução,não tem segredo quem pode mais chora menos.

Se vc não percebeu o Rickroller é bem experiente para se manifestar e manter a visão dele,aqui é uma grande sala de idéias.

perdeu a oportunidade de ficar quieto ein?

Por acaso ele é só um de nossos moderadores.

Boa leitura.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

se o cara tem uma empresa onde trabalham vinte pessoas ganhando pouco mais de um salario e o empresario fica com um lucro de 50.000 ele é desonesto pode tá dentro da " regra" mas é desonesto sem falar que o trabalhador ainda tem que passar por uma revista na hora de ir embora para provar que ñ é ladrao

?????

Depende de onde vc trabalha precisa mesmo... Afinal se mexer com coisa cara, nao da pra confiar nos outros..

Bom whatever, acho esse pensamento esquerdista nojento... Eca!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Galera quer a regulamentação da maconha, mas é contra pessoas fazerem a vida vendendo ou lucrando com a mesma???

Isso não tem sentido!!!!

Não há mal nenhum em fazer a vida vendendo maconha...aliás , o cara tem que ter uma estátua......pois ficar rico com a canábis de uma maneira legal nos dias atuais ...não é pra qualquer um!!!

Espero que minha aposentadoria seja algo relacionado a canábis!!!! Não sentirei nem um pouco culpado em fazer $$ com a maconha!!!

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

tem gente que é tão mas tão pobre, que dinheiro é tudo o que elas tem...hehe

vamo para com essa merda de direita e esquerda por aqui, pq é certo que vai desanda, igual as conversa de religião, vamo segura os fanático dentro das calça pessoal...

  • Like 4
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

aqui é diferente kkk.... devemos a praça por ser processado pelo porte de flores de canabis s.p. =] ps - mas que as viuvinhas da ditadura militar tão enlouquecendo, isso estão. Será a idade e as escleroses? dexa a comissão da verdade abrir os arquivo da ditadura que ae a gente vai ver ser o ninho publicitário de sp e da família marinho vai falar alguma coisa....tsc. tsc.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

tem gente que é tão mas tão pobre, que dinheiro é tudo o que elas tem...hehe

vamo para com essa merda de direita e esquerda por aqui, pq é certo que vai desanda, igual as conversa de religião, vamo segura os fanático dentro das calça pessoal...

Foi exatamente porque muito pensam 'vamo para com essa merda de direita e esquerda' que hoje estamos onde estamos. Esse pensamento é a alegria da direita(a mesma que proibe a cannabis).

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Foi exatamente porque muito pensam 'vamo para com essa merda de direita e esquerda' que hoje estamos onde estamos. Esse pensamento é a alegria da direita(a mesma que proibe a cannabis).

estamos aqui pra discutir sobre cultivo de cannabis, ao lado da direita ou da esquerda todos aqui tem um ideal em comum, liberdade individual... pela boa convivência no fórum seria interessante mantermos certas preferências e convicções em off... creio eu...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

estamos aqui pra discutir sobre cultivo de cannabis, ao lado da direita ou da esquerda todos aqui tem um ideal em comum, liberdade individual... pela boa convivência no fórum seria interessante mantermos certas preferências e convicções em off... creio eu...

entao cara, pra discutir o cultivo tem as seções pra isso. Aqui são noitcias, e que sá ativismo.

Não adianta achar que é só cultivar, e que politica nao tem nada a ver com Cannabis. Alias, essa coisa de 'consultores juridicos' é bacana, mas cadê os consultores politicos, por exemplo... maconha nao deveria ser caso juridico-policial.

Nego idolatrando a direita aqui, e se esquecendo quem luta pela Cannabis é a esquerda, o proprio Jeean Willys-PSOL é um deles.

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

entao cara, pra discutir o cultivo tem as seções pra isso. Aqui são noitcias, e que sá ativismo.

Não adianta achar que é só cultivar, e que politica nao tem nada a ver com Cannabis. Alias, essa coisa de 'consultores juridicos' é bacana, mas cadê os consultores politicos, por exemplo... maconha nao deveria ser caso juridico-policial.

Nego idolatrando a direita aqui, e se esquecendo quem luta pela Cannabis é a esquerda, o proprio Jeean Willys-PSOL é um deles.

irmão ninguém aqui está no ensino fundamental, você pegou o bonde andando... eu acho que posso falar em nome de todos quando digo que conhecemos bem a motivação política da proibição da cannabis...

o que eu quero dizer é que o debate "esquerdaXdireita" não vai agregar nada à comunidade, tão pouco ao tópico, pelo contrário, vai criar um conflito, dividir alguns users e gerar páginas e mais páginas de papo furado que deveria estar sendo discutido em mesa de bar...

o mesmo já aconteceu com relação ao tema "religiosidade" e a faca cantou, teve user dedo verde e altamente responsa sendo banido nesse conflito, mais uma vez, vamos manter os fanáticos "dentro das calças"...

  • Like 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Consultores Jurídicos GR

Proibicionismo é comunista? Que eu saiba ele veio da direita cristã puritana...e sempre doo parte da minha renda pro ativismo, quem conhece sabe, não tem uma oportunidade de doar uma grana que eu não pego, seja pra família de usuário preso, seja pra causas, crowdfunding agora mais recentemente, é obrigação moral de todos nós doarmos pelo menos uma parte da nossa renda pra essa causa, não vejo nem como doar, estamos plantando sementes pra colher no futuro quem sabe nossa descriminalização como usuários.

Paz aí pra todos, vamos trocando ideias de forma respeitosa que é assim que se dá a mudança de paradigma.

Creio que uma prévia aclaração do espectro político possa responder à sua pergunta.(que é a premissa que sustenta meu pensamento)

Em resumo, o que leva a alguém se declarar (corretamente) de esquerda/direita é a sua valoração com relação ao Estado. Os de esquerda acreditam que o Estado é a solução para todos os problemas, enquanto os de direita creem que o Estado é o problema.

Para ilustrar, os de extrema esquerda (comunistas e anarcosindicalistas) desejam um Estado maior, com mais gente na sua folha de pagamento, atuando em todas as esferas do trato social. isto demanda uma maior carga dos pagadores de impostos (ver tributos soviéticos durante a guerra fria) e uma grande fatia (se não a totalidade) dos seus direitos civis, como plantar ganja, por exemplo.

Em oposição, os de extrema direita (anarcocapitalistas) preferem que o Estado nem mesmo exista, permitindo que os individuos se organizassem de maneira livre e não-coercitiva. Sem um Estado que detém o monopolio da força é impossível aplicar políticas proibicionistas -- vejam que a guerra às drogas não é uma guerra de pessoas contra pessoas, e sim do Estado contra pessoas. Neste arranjo, a propriedade privada é um direito absoluto de maneira que nenhuma instituição pode interferir naquilo que você faz dentro das suas propriedades ou com o seu próprio corpo.

Desta forma, afirmar que a "direita" cristã puritana foi quem propagou políticas públicas proibicionistas é desconhecer o espectro político do ponto de vista ideológico. Quem se diz de direita e promove proibição de liberdades individuais através do Estado é, em verdade, de esquerda.

perdeu a oportunidade de ficar quieto ein?

Proibicionismo vermelho?? Como o HST ja calrificou aqui, o proibicionismo, em todas seus sentidos, é direitista. Ele existe para que o o lucro do mercado paralelo multiplique. E é financioado para manter estes interesses. Por outro lado, serve para manter o controle sobre as camadas mais pobres(que por motivos financeiros, tem mais tendencia a esta prática), para que estas continuem a ser exploradas.

Quanto a essa ideia fixa com o comunismo,larga de nóia, que justiça social deve(ria) existir até mesmo no capitalismo.

Vou perder outra oportunidade, acho que vale a pena.

Uma política "direitista" e voltada para o "lucro do mercado", capitalista ao extremo, não permite um arranjo com proibicionismo estatal simplesmente porque se existir Estado você não está em uma sociedade capitalista.

O capitalismo (laissez-faire), se define em um arranjo em que o mercado está livre de qualquer coerção (livre mercado), de maneira que todos as interações sociais legítimas se dão voluntariamente. Neste arranjo você não é obrigado a fazer (ou deixar de fazer) qualquer coisa que você não queira, desde que esteja dentro da sua propriedade, de maneira que não seria legítimo que homens armados invadissem a sua casa e lhe sequestrassem só porque você tem alguns pés de canábis.

Como disse, a existência mútua de proibição estatal e capitalismo é impossível. Proibição só é possível através do Estado.

se o cara tem uma empresa onde trabalham vinte pessoas ganhando pouco mais de um salario e o empresario fica com um lucro de 50.000 ele é desonesto pode tá dentro da " regra" mas é desonesto sem falar que o trabalhador ainda tem que passar por uma revista na hora de ir embora para provar que ñ é ladrao

Desonesto porque? Certamente se ele ganha 50 mil reais é porque a linha de produção dele é eficiente o suficiente para, com os seus produtos, atrair o interesse do público disposto a pagar o preço que empresário achou justo cobrar pela sua mercadoria. Se o público compra, ele também achou justo os preços.

Quanto aos empregados, se estes acham que o valor de pouco mais de um salário não condiz com as funções que estão exercendo, por que diabos aceitaram o emprego? O empresário precisa dos empregados tanto quanto o trabalhador precisa do emprego. Se o empresário não pagar salários minimamente suficiente, ele fica sem um recurso vital para a sua linha de produção. Se ele paga salários minimamente suficientes, porém injustos, ele abre mão dos melhores individuos para a função, vez que estes certamente preferirão trabalhar na concorrência por salários maiores.

  • Like 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Eu sou de esquerda, socialista/anarquista, e acredito que a evolução final da humanidade será o fim do Estado. Existe direita que acredita em Estado grande e esquerda que acredita em Estado pequeno, os Republicanos americanos são defensores de um Estado grande, pesado, e são de extrema-direita. Afirmar que esquerda é quem acredita que Estado é solução de tudo é inocente. E Hitler, que defendia um Estado absoluto, ou Mussolini, "tudo pelo Estado, nada contra ele", corporativismo, isso é esquerda então? Fascismo, que é um movimento da extrema-direita cristã é de esquerda agora? Segundo essa sua definição Rick, seria, mas sabemos que não é bem assim.

A resposta desse debate aqui está na definição dos termos esquerda ou direita, há quem defina que esquerda é reforma, e direita conservadorismo, eu uso essa definição, que a esquerda é mudança social, direita conservação do status-quo, outros vão afirmar que esquerda é todo espectro político socialista, comunista, anarquista, e a direita é a defesa do capital, capitalismo, liberalismo, essa definição também é bem aceita.

Novamente, como já escrevi nesse fórum, definição de socialismo não é um Estado absoluto, essa é a negação do socialismo, socialismo real é o controle dos meios de produção pelos trabalhadores, logo afirmar que a União Soviética era socialista é um erro, pois é impossível haver controle de produção na mão de trabalhadores numa economia centralizada como era a daquele regime.

  • Like 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Eu sou de esquerda, socialista/anarquista, e acredito que a evolução final da humanidade será o fim do Estado. Existe direita que acredita em Estado grande e esquerda que acredita em Estado pequeno, os Republicanos americanos são defensores de um Estado grande, pesado, e são de extrema-direita. Afirmar que esquerda é quem acredita que Estado é solução de tudo é inocente. E Hitler, que defendia um Estado absoluto, ou Mussolini, "tudo pelo Estado, nada contra ele", corporativismo, isso é esquerda então? Fascismo, que é um movimento da extrema-direita cristã é de esquerda agora? Segundo essa sua definição Rick, seria, mas sabemos que não é bem assim.

A resposta desse debate aqui está na definição dos termos esquerda ou direita, há quem defina que esquerda é reforma, e direita conservadorismo, eu uso essa definição, que a esquerda é mudança social, direita conservação do status-quo, outros vão afirmar que esquerda é todo espectro político socialista, comunista, anarquista, e a direita é a defesa do capital, capitalismo, liberalismo, essa definição também é bem aceita.

Novamente, como já escrevi nesse fórum, definição de socialismo não é um Estado absoluto, essa é a negação do socialismo, socialismo real é o controle dos meios de produção pelos trabalhadores, logo afirmar que a União Soviética era socialista é um erro, pois é impossível haver controle de produção na mão de trabalhadores numa economia centralizada como era a daquele regime.

Ta precisando estudar um pouco política...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O HST está certo! existem pessoas que se dizem anarco-capitalistas ou que são anarquistas e defendem um estado forte, mas isso é um absurdo.

ser anarquista em essência é ser contra qualquer tipo de estado e é tbém ser socialista, ou seja, defender uma sociedade sem classes.

então anarquismo é a forma mais pura de socialismo, não confundir socialismo com o que hoje acontece na china ou na rússia, que nada mais é do que capitalismo estatal.

não tem nada a ver direita/esquerda com proibição, pode ter havido no início, mas hoje é uma questão que nenhum governo quer lidar.

quanto ao Arjan, não condeno. tbém faria o que ele fez se tivesse capacidade e competência, mesmo sendo contra o capitalismo.

duplipensamento hehe.

  • Like 5
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ainda acho que a esquerda tende a ter um compromisso maior com a legalização.

Se definirmos que direita e reacionarismo são sinônimos, e que reacioanario é o individuio que tem idias conservadoras, chegamos a conclusão óbvia de que o conservador vai conservar a ideia de que a erva deve permanecer ilegal.

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

querem manter a canabis ilegal só da linha do equador pra baixo, excluindo também méxico, mas incluindo austrália. querem uma legalização somente para as ditas sociedades anglo-saxã e européia. o resto é resto. a gente consome o óleo e vcs seus pobretões tropicais, terceiro mundista vão se matando ae com alcool, cigarro do paraguai e maconha de péssima qualidade, além das drogas comerciais legais das drogarias. o rivotril é uma beeeleza pro bolso dos capitalistas.

  • Like 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Consultores Jurídicos GR

Eu sou de esquerda, socialista/anarquista, e acredito que a evolução final da humanidade será o fim do Estado. Existe direita que acredita em Estado grande e esquerda que acredita em Estado pequeno, os Republicanos americanos são defensores de um Estado grande, pesado, e são de extrema-direita. Afirmar que esquerda é quem acredita que Estado é solução de tudo é inocente. E Hitler, que defendia um Estado absoluto, ou Mussolini, "tudo pelo Estado, nada contra ele", corporativismo, isso é esquerda então? Fascismo, que é um movimento da extrema-direita cristã é de esquerda agora? Segundo essa sua definição Rick, seria, mas sabemos que não é bem assim.

A resposta desse debate aqui está na definição dos termos esquerda ou direita, há quem defina que esquerda é reforma, e direita conservadorismo, eu uso essa definição, que a esquerda é mudança social, direita conservação do status-quo, outros vão afirmar que esquerda é todo espectro político socialista, comunista, anarquista, e a direita é a defesa do capital, capitalismo, liberalismo, essa definição também é bem aceita.

Novamente, como já escrevi nesse fórum, definição de socialismo não é um Estado absoluto, essa é a negação do socialismo, socialismo real é o controle dos meios de produção pelos trabalhadores, logo afirmar que a União Soviética era socialista é um erro, pois é impossível haver controle de produção na mão de trabalhadores numa economia centralizada como era a daquele regime.

A sua visão de espectro político é falha por ser inconstante. Segundo o seu modelo, você é de esquerda e preza políticas que reformem o status quo, como, por exemplo, transferir o controle dos meios de produção para os "trabalhadores", fazendo assim oposição aos de direita, que pretendem conservar os status quo e manter os meios de produção sob o controle dos atuais proprietários. No entanto, caso você e seus colegas assumam o poder estatal e apliquem tal política, o jogo se inverte e agora é o seu grupo que enfretará a oposição reformista, sendo certo que vocês, por acreditarem na justiça dos seus ideais, irão assumir a postura conservadora que deseja a manutenção do status quo.

Conforme demonstrei, o seu modelo é falho pois você seria ora de esquerda, ora de direita, muito embora a única coisa que tenha mudado é a sua situação política e não a sua ideologia política. É interessante você citar Hittler (nazismo) e Mussolini (fascismo) como exemplos de extrema-direita, pois, segundo o seu modelo, estes seriam de extrema-direita apenas até o momento em que estavam no poder. Tão logo foram quedados e os seus partidários se tornaram oposição ao novo regime, estes perdem a posição de conservadores (do antigo status quo) para se juntarem aos reformistas (do novo status quo).

Vejo que você acredita que o nazismo e fascismo sejam posicionamentos político-ideológicos de direta, porém isto é um erro grosseiro, ainda que repetido a plenos pulmões por vários militantes de esquerda. Parte dessa confusão vem do contexto político da época, quando os embates políticos se davam entre socialistas e nazistas na Alemanha, e entre socialistas e fascistas na Itália. Desta forma os socialistas foram colocados á esquerda e os nazistas/fascistas, equivocadamente, à direita.

Além do mais, é impossível alocar as ideias socialistas à esquerda e as nazistas/fascistas à direita porque elas são (todas as 3!) fundamentalmente as mesmas, tanto que autores renomeados que participaram deste debate à época (ler Mises e Hayek) definiam os regimes políticos vigentes na Alemanha e na Rússia, respectivamente, como socialismo alemão e socialismo bolchevique.

Para ilustrar o que digo, a palavra "Nazi" é uma sigla de "der Nationalsozialistische Deutsche Arbeiters Partei" que quer dizer Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães. Tanto Hittler quanto Goebbels se diziam socialistas, e mais, diziam que o socialismo deles era melhor do que o de marx!!!

Hittler para o Jornal Liberty em 1932, respondendo à pergunta "Por que o senhor se diz um nacional-socialista, já que o programa do seu partido é a própria antítese do que geralmente se acredita ser o socialismo?"

O socialismo - replicou ele agressivo, deixando de lado a xícara de chá - é a ciência de lidar com o bem-estar geral. O comunismo não é o socialismo. O marxismo não é o socialismo. Os marxistas roubaram o termo e confundiram seu significado. Vou tirar o socialismo dos socialistas. O socialismo é uma antiga instituição ariana e alemã. Nossos ancestrais alemães tinham algumas terras em comum. Cultivavam a idéia do bem-estar geral. O marxismo não tem direito de se disfarçar de socialismo. O socialismo, diferentemente do marxismo, não repudia a propriedade privada. Diferentemente do marxismo, ele não envolve a negação da personalidade e é patriótico. Poderíamos ter chamado nosso partido de Partido Liberal. Preferimos chamá-lo de Nacional-Socialista. Não somos internacionalistas. Nosso socialismo é nacional. Exigimos o atendimento das justas reivindicações das classes produtivas pelo Estado com base na solidariedade racial. Para nós, o Estado e a raça são um só."

Goebbels reproduzindo o mesmo discurso:

Our movement took a grip on cowardly Marxism and from it extracted the meaning of socialism. It also took from the cowardly middle-class parties their nationalism. Throwing both into the cauldron of our way of life there emerged, as clear as a crystal, the synthesis — German National Socialism.

Em oposição, a direita libertária rejeita a noção de um estado totalitário, com legitimidade para interferir em qualquer esfera da sociedade. O pensamento direitista declara ilegítimo a interferência não autorizada de qualquer entidade sobre a sua propriedade privada. Assim, entendendo que o corpo humano é sua propriedade (talvez seja o seu maior patrimônio), nenhuma entidade pode lhe forçar a ser cristão ou careta, quando você quer ser judeu ou maconheiro. No entanto, o pensamento esquerdista dirá que o Estado tem legitimidade para interferir nestas questões, pois uma sociedade formada apenas por cristãos ou caretas é melhor, não importa o que os judeus e os maconheiros pensem.

Por último, a sua definição de socialismo ("socialismo real é o controle dos meios de produção pelos trabalhadores") não é, a priori, nem de esquerda e nem de direita. O que dirá em qual lado do espectro político deve ser alocado o seu pensamento é a forma pela qual você pretende implanta-lo.

Você pode optar pela persuação social (dialogo e informação), através de ações voltadas para os donos dos meios de produção, tentando conscientiza-los de que, uma vez que os meios de produção estivessem nas mãos dos trabalhadores, todos viveriam melhor e mais felizes. Desta forma você respeita a propriedade privada dos detentores dos meios de produção, que podem optar por unir-se voluntariamente ao seu plano (se julgarem válido), ou mando-lo ir cantar em outra freguesia, de maneira que as suas ideias (e os efeitos dela) fiquem adstritos àqueles que se juntarem a você. Isto faria de você um direitista.

Contudo, você pode optar, também, pela persuação coercitiva (força e ameaça), através de ações voltadas para os "trabalhadores", tentando conscientiza-los de que os atuais detentores dos meios de produção não tem direito legítimo de possuí-los e, por isso, é justificavél o uso do Estado (entidade que detém o monopólio do uso da força em um determinado território) para cumprir este ideal, sendo certo que uma vez que os meios de produção estivessem nas mãos dos "trabalhadores" todos viveriam melhor e mais felizes -- exceto, é claro, pelo o antigo dono dos meios de produção. Seguindo este caminho, você ignora completamente os direitos de propriedade dos donos de meios de produção, que serão obrigados a entregar a sua propriedade de forma compulsória e coercitiva para os "trabalhadores", e sofrerão os efeitos desta política contra a sua vontade. Isto perfaria um pensamento de esquerda.

Com isso espero ter demonstrado o ponto que une a proibição estatal da canábis e o pensamento de esquerda.

O HST está certo! existem pessoas que se dizem anarco-capitalistas ou que são anarquistas e defendem um estado forte, mas isso é um absurdo.

ser anarquista em essência é ser contra qualquer tipo de estado e é tbém ser socialista, ou seja, defender uma sociedade sem classes.

então anarquismo é a forma mais pura de socialismo, não confundir socialismo com o que hoje acontece na china ou na rússia, que nada mais é do que capitalismo estatal.

não tem nada a ver direita/esquerda com proibição, pode ter havido no início, mas hoje é uma questão que nenhum governo quer lidar.

quanto ao Arjan, não condeno. tbém faria o que ele fez se tivesse capacidade e competência, mesmo sendo contra o capitalismo.

duplipensamento hehe.

Você não poderia estar mais errado biscoito. Você claramente conhece apenas a vertente anarquista de esquerda (anarcocomunismo ou anarcosindicalismo) e está fazendo uma grande confusão.

O anarquismo ocupa a posição extrema de ambos os lados do espectro político. De um lado você tem o anarcosindicalismo, nos moldes da Revolução Espanhola da década de 1930, que tentou implantar um regime anarquista com moldes sindicais na região Basca da Espanha. Esta corrente, defendida por Bakunin e o próprio Marx, defende que o anarquismo deve vir através do agigantamento do Estado. Por isso o anarcosindicalismo é colocado à extrema esquerda.

Contudo, por outro lado, existe o anarcocapitalismo, que é um arranjo onde os individuos optam por um arranjo sem Estado, onde a propriedade privada é respeitada em absoluto, e a autonomia do individuo sobre a sua propriedade é soberana. Por isso o anarcocapitalismo é colocado à extrema-direita.

Socialismo e anarquismo não são sinonimos, e, volto a repetir, pensamentos que defendam a legitimidade de um ente adentrar a minha casa e me sequestrar por cultivar plantas é genuinamente de esquerda, vez que é uma afronta à propriedade privada sob um pretexto coletivista, qual seja o da "saúde pública".

Ainda acho que a esquerda tende a ter um compromisso maior com a legalização.

Se definirmos que direita e reacionarismo são sinônimos, e que reacioanario é o individuio que tem idias conservadoras, chegamos a conclusão óbvia de que o conservador vai conservar a ideia de que a erva deve permanecer ilegal.

Direita não é sinonimo de reacionarismo. O termo reacionário faz oposição aos revolucionários. Ser de direita é em suma, defender a propriedade privada como direito absoluto e incontestável do individuo, e em nada tem a ver com a sua situação política. Já respondi estra controversia mais acima.

anarquismo em pratica é a lei do mais forte....

Ai vira um faroeste fudido como no mexico, e até msm o brasil.

o resto é cunversa pra eruditos e colegiais.

Anarquismo é a lei do mais forte e do mais apto, pois esta é a lei da natureza. O que não quer dizer que seja a lei do mais desoneto, do mais malévolo ou do mais imoral, pois a força e a aptidão podem ser usados em benefício próprio e de terceiros através da honestidade e da transparência.

Contudo, se você for forte, apto e malvado, nem mesmo um Estado forte vai impedir de causar um faroeste aqui e outro ali. No entanto se você for forte, apto e malvado de verdade, bem mais do que os seus pares, você verá que a melhor forma de utilizar a força é através da maquina Estatal (vide os milhões de mortos em regimes socialistas, nazistas e fascistas), pois assim você age sob o manto da legitimidade (e da impunidade) institucional.

Sem a maquina Estatal nós lidariamos com um outro grupo clandestino e desorganizado de malfeitores, com ela nós lidamos com vários grupos de legitimos malfeitos muito bem organizados. O próposito de ambos é te espoliar de alguma forma.

Com relação à guerra civil mexicana e brasileira, veja que elas são travadas pelo Estado contra os ditos narcotraficantes, que fazem frente ao Estado justamente por conta das somas vultuosas obtidas através da venda de drogas ilícitaas que, como sabemos, são mercado cativo dos criminosos.

Desta maneira, o poder de fogo dos carteis não advém do anarquismo (ausência de Estado) e sim do próprio Estado. Sem a imposição de leis proibicionistas você poderia comprar a sua erva (ou coca, ou crack) do comerciante que você preferir, e certamente você preferirá aqueles que não te roubarão/matarão em seguida.

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Eu acho sim que estabelecimento sempre é de direita, você tá certo nisso Rickroller. A verdadeira esquerda sempre é oposição ao Estado, vai ver por isso a admiro tanto. Houveram, até onde sei, duas oportunidades onde o socialismo foi implementado de verdade, trabalhadores passaram a controlar meios de produção, sem Estado centralizador, e isso aconteceu na Espanha republicana/revolucionária em 1936, regime esse que durou pouco mais de 3 anos, e lá não havia isso de "lei do mais forte", havia sim um sentimento geral de companheirismo e compaixão ao próximo, não houveram pogroms contra judeus, burgueses, saques à residências, meios de produção sim foram tomados por quem fazia parte das linhas de produção, quem era burguês se fingiu de proletário, usou roupas de proletário para escapar de qualquer perseguição, mas esse regime como já escrevi, durou pouco mais de 3 anos, e foi esmagado tanto pela divisão entre trotskistas/anarquistas e stalinistas controlados por Moscou, quanto pelas tropas de Franco apoiadas por Hitler e Salazar.

A outra oportunidade onde houve governo proletário/operário foi na Comuna de Paris, e esse regime durou dois meses e dois dias oficialmente, em 1871.

Uma coisa que não vou perdoar Rickroller, é você falar que nazismo/fascismo são equivocadamente posicionados à direita, nazismo e fascismo são a extrema-direita, isso no espectro político é claro pra qualquer um que o estuda, definição de extrema-direita é fascismo e nazismo, esses são movimentos reacionários revolucionários, são resposta á anseios por reformas sociais, foram organizados e apoiados pela Igreja Católica e igrejas protestantes, não é porque Hitler colocou o nome "socialista" numa manobra claramente marketeira, no nome de seu partido político, que ele era de esquerda, todo mundo sabe que o movimento nazista era acima de tudo nacionalista, fanaticamente nacionalista e racista, é só você ler o próprio discurso dele que você colocou aí em cima pra perceber que de socialista o discurso de Hitler não tinha nada.

E a origem do proibicionismo tem suas raízes na direita sim, na direita cristã, na Liga da Temperança, movimentos religiosos, puritanos, hoje pode-se afirmar que não há mais lado na proibição, ela não é mais da direita nem da esquerda, o grande Júlio Delmanto publicou sua tese de mestrado falando nisso, como a esquerda adotou o proibicionismo de 1961 para cá, mas ela adotou, não criou, não pariu essa ideologia.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Comuna_de_Paris

http://en.wikipedia.org/wiki/Spanish_Revolution

http://en.wikipedia.org/wiki/Temperance_movement

Justbeforeprohibiiton.jpg

Wctu_logo.png

golden-dawn-kkk-nazi-salute1.jpg

180px-KKK_holocaust_a_zionist_hoax.jpg

Aqui membros da Ku Klux Klan fazendo a saudação nazista e pedindo por revisionismo histórico, negando o Holocausto, seriam eles de esquerda?

  • Like 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Creio que não se pode discutir esquerda e direita de forma absoluta pois existem inúmeros matizes entre as extremidades.

Rickroller definiu keynesianismo e liberalismo econômico e não esquerda e direita.

Não vejo muito como fugir do fato de que corporações privadas como a Dupont e a Hearst utilizaram suas conexões dentro do estado norte-americano para impor a proibição da cannábis internamente e depois exporta-la para o mundo, e que a principal motivaçnao muito além de moral ou ideológica foi econômica. A campanha proibicionista de terror midiático de Aslinger teve início durante o governo Herbet Hoover (Republicano portanto não exatamente um cara de esquerda).

Entretanto continuo acreditando que uma das forças de nosso movimento é a heterogeneidade , inclusive de visão política.

Mas importante mesmo no momento é que amanhã SP marcha.

:ativismo:

  • Like 5
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...

  • Tópicos

  • Posts

    • Eu comprei no aliexpress um heatmat por uns 70 pila, já com entrega. É um tapetinho que vc liga na tomada e ele dá um talento ali na temperatura. Eu não faço germinação em copo d´água como muitas gostam de fazer... Eu dou uma borrifada com água oxigenada em uns 100 ml de água, deixo a semente ali umas 3-4 horas pra dar uma hidratada, e aí uso a espuma fenólica (lã de rocha) naquelas bandejas próprias pra germinação. Em curitiba eu compro aquilo baratinho, sai uns 2 reais a unidade se comprar pouco, ou até 1 real se comprar muitas... Aí coloco a bandeja em cima do tapetinho e uns 3-4 dias depois já temos planta apontando pra fora. É sucesso mesmo na friaca do inverno curitibano!   Sobre a rega na flora, aí vai muito da temperatura aí onde vc mora! Se onde vc mora for muito quente e vc não tem ar condicionado, o grow fica quentão demais, aí o ideal seria vc regar à noite! Pra que as plantas tenham mais tempo pra absorver os nutrientes. Se for muito calor e a evaporação for alta, ao regar no começo do fotoperíodo vc corre o risco da evaporação acontecer rápido e a planta não conseguir absorver direito, o que vai deixar teu solo mais "pesado" em sais com o tempo, vai precisar de flushs intermediários, etc...    Aqui em curitiba, que é frio, durante a flora eu rego sempre assim que as luzes ligam.    Uma boa dica é inverter dia e noite, ou seja - deixar a luz desligada durante o dia e ligada a noite... Isso funciona tanto pra cidades quentes como pra cidades muito frias, pois vc vai ter temperatura mais baixa no grow durante o dia (que normalmente é mais quente), e mais alta à noite (que normalmente o clima externo tá mais frio).   Manda bala e sucesso! 
    • Mano, tu pode tentar 11/13 também, tem registro aqui e esse esquema funciona. A questão é não rolar nenhum tipo de luz no período de escuridão, é isso que pode te causar problemas. Sobre a rega sempre faço logo que a luz acende. Antes da luz apagar só os foliares mesmo.
×
×
  • Criar Novo...