Ir para conteúdo
Growroom

Para 'Rei Da Maconha', A Revolução Verde Já Começou


BicGrower

Recommended Posts

  • Usuário Growroom
Perto de se tornar o primeiro bilionário da produção da erva, o empresário holandês Arjan Roskan falou ao Terra e apoiou movimento global pela legalização da cannabis

O holandês Arjan Roskam deu início ao seu império de empresas de cannabis com a abertura de seu primeiro Green House Coffeeshop em Amsterdã, em 1992. Hoje o empresário conhecido como "Rei da Maconha" possui quatro coffee shops; lidera a Green House Seed Company, encarregada em procurar, manejar geneticamente, manter bancos de cannabis e vender as sementes; administra uma empresa especializada em nutrientes para o vegetal; além de uma produtora de documentários sobre expedições em busca de raras plantas de maconha no mundo --o Strain Hunters. Roskam deve se tornar em breve o primeiro bilionário da produção de maconha --negócio que se tornou ilegal na maior parte do mundo durante o século XIX, mas manteve-se permitido para uso religioso em localidades da Ásia.

Roskam tenta alcançar a normalização do comércio global da cannabis, seja para uso recreativo ou medicinal, e várias celebridades já visitaram seus coffe shops em Amsterdã, como o rapper Eminem, os cantores Lenny Kravitz e Alicia Keys e o boxeador Mike Tyson. Em entrevista ao Terra, o produtor de maconha avalia de forma positiva as recentes mudanças na legislação do Uruguai, do estado do Colorado (nos Estados Unidos) e os recentes movimentos pela legalização da maconha, como a celebração do Dia Internacional em 20 de abril e a marcha marcada para 26 de abril, em São Paulo. Confira a entrevista:

rei-da-maconha-em-viagem-de-prospeccao-n

'Rei da machonha' em viagem de prospecção na Colômbia

Terra - Com tantas marchas em todo o mundo em favor da legalização da maconha, é possível dizer que estamos diante de uma "revolução verde"?

A revolução verde definitivamente começou. O ano de 2014 é o ponto de inflexão global de legislação da maconha. Há não somente grandes desenvolvimentos no Colorado, Washington, Nova York, como também em outros estados importantes, como o Alasca e Oregon --ambos já tinham maconha recreativa na cédula de votação para o ano passado. Atualmente existem clubes sociais de cannabis na Nova Zelândia, Espanha, Bélgica, França, Alemanha e também na Holanda... Os países e os políticos estão cometendo erros, mas esperemos que também aprendam com seus erros. Por exemplo, a legalização da cannabis pode ter um impacto negativo sobre os agricultores pobres em áreas rurais, se eles não estiverem envolvidos no ciclo de produção quando a cannabis for legalizada. Se grandes empresas corporativas receberem esses contratos, esses pobres agricultores vão perder a renda do cultivo.

Terra - Como foi sua primeira experiência com a maconha?

Incrível. Com 15 anos fumei meu primeiro baseado em Amsterdã.

Terra - O que o senhor destacaria como aspectos positivo e negativo do consumo de cannabis?

Como positivo, uma atmosfera tranquila, é muito social e um estimulante para dormir muito bom. Não vejo efeitos negativos se usado sabiamente.

Terra - O senhor tem hoje uma empresa que é referência na de produção e consumo de cannabis. Existe algo que ainda deseja alcançar em seu campo de trabalho?

Sim, que o mundo inteiro tenha acesso ao nosso produto em cada cidade. A Green House Seed Company é o negócio de cannabis de maior sucesso no mundo. Somos vencedores de vários prêmios internacionais --ganhamos 39 vezes a High Times Cannabis Cups, além de vários prêmios privados em muitos países, somos líder em genética de maconha. Fui aclamado Rei da Maconha pelo número recorde de prêmios ao longo de minha carreira. Comecei a colecionar genética e variedades locais de todo o mundo há 25 anos, e a caça ainda é relativa! A genética da nossa empresa são o resultado de anos de criação intensiva. Todas as cepas têm propriedades medicinais e recreativas excepcionais, bem como perfis de terreno particulares que garantem aromas e sabores únicos.

Terra - A Holanda é mundialmente famosa por sua abordagem tolerante quanto ao consumo de cannabis. Que aspectos da política holandesa o senhor considera que poderiam ser seguidos por outros países? E o que ainda poderia ser melhorado?

Atualmente, a “porta dos fundos” ainda não está organizada. Isso significa que todas as compras feitas pelo coffee shop ocorrem no mercado ilegal. Estamos tentando mudar isso e introduzimos um sistema que promove uma cadeia transparente.

arjan-roskam-com-sua-equipe-buscando-nov

Arjam Roskam com sua equipe buscando novas cannabis na América do Sul

Terra - O Uruguai se tornou o primeiro país a legalizar a comercialização da maconha. Como o senhor vê esta iniciativa do presidente José Mujica?

É um movimento muito positivo, mas há um monte de coisas no seu plano original que podem ser mudadas. Eletricidade, infra-estrutura, pesquisa, desenvolvimento, teste, educação, bibliotecas genéticas, certificação e custos com pessoal não tornarão possível produzir maconha em um grau de qualidade superior por um preço tão baixo. Se você quiser competir com o mercado ilegal e eliminar esse mercado, você tem que oferecer um produto melhor. Se a qualidade não for pelo menos básica, mas o preço for barato, as pessoas ainda vão comprar maconha de melhor qualidade no mercado ilegal em vez de comprar maconha barata do governo. Mas é uma grande medida de José Mujica para legalizar a maconha e é um bom exemplo para o resto do mundo.

Terra - O senhor esteve recentemente rodando a América do Sul em busca de novas plantas. Como definiria sua viagem?

Nossas viagens são muito intensas. Arriscamos nossa segurança para educar o mundo sobre como certas regiões dependem da produção de cannabis para se sustentar.

Terra - E o senhor já encontrou alguma planta especial no Brasil?

A "Mango Rosa" é uma grande variedade de canabis com origem no Brasil.

Terra - Amsterdã está cheia de turistas brasileiros que se demonstram aficionados ou pelo menos curiosos em relação aos coffee shops. Como o senhor descreveria o cliente brasileiro?

Os brasileiros estão entre os melhores clientes de nossos coffee shops. São muito simpáticos e extrovertidos e esperam que, um dia, suas próprias políticas sejam alteradas para refletir uma legislação semelhante em seu país.

fonte:http://noticias.terra.com.br/mundo/europa/para-rei-da-maconha-a-revolucao-verde-ja-comecou,3eb93101ebe85410VgnVCM3000009af154d0RCRD.html

  • Like 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Perto de se tornar o primeiro bilionário, ou seja, Arjan filho da puta! Se ele usasse 1/3 dessa fortuna dele pra propagar informação relativa à maconha medicinal, fazendo campanhas filantrópicas ao redor do mundo nossa situação seria muito melhor, mas não, o negócio dele é concentrar capital na conta da Suíça dele. Maldito!

  • Like 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Perto de se tornar o primeiro bilionário, ou seja, Arjan filho da puta! Se ele usasse 1/3 dessa fortuna dele pra propagar informação relativa à maconha medicinal, fazendo campanhas filantrópicas ao redor do mundo nossa situação seria muito melhor, mas não, o negócio dele é concentrar capital na conta Suíça dele. Maldito!

Vc nao axa que o simples fato dele ter uma empresa que mexe com maconha, ja nao ajuda?

Ele poderia fazer mais? Poderia, todo mundo poderia fazer mais. Ate eu e vc, mas a vida nao é assim...Mas nao o culpo por isso...

Talvez ele faça, mas nao mostrando as caras abertamente. E mano, "esse negocio de grana, nao tem alma"

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

O Nebreiro, cara, o Arjan ele ta perdendo a essencia aos poucos cara.. .Ele ta muito ganancioso - ta visando muito capital.

Cara, altas galera que levam a canábis como algo mais importante, ele vÊ novas strains apenas como capital - não como potencial strain para a medicina... entre outros.

Abs

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Duvido que a legalização da maconha no mundo favorecerá eles. Legalizando iria surgir novos mercados locais e ninguém precisará ir até Amsterdam só para fazer um turismo canábico, nem as pessoas precisarão apelar para sites gringos para comprar sementes. A curto prazo imagino que eles explodiriam em vendas de sementes, mas logo depois eles entrariam em uma decadência feia.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Sempre vai haver um Arjan em qualquer Área de mercado,compartilho um pouco a opinião do ludista mas ao passo que as coisas mudam, ele vai concentrar esforços nas Áreas que estão dando brecha.O cara antes de gostar do que faz e disseminar a oportuna revolução canábica é um grande empreendedor.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Acho sensacional atitude desse cara.. Na minha visão ele está revolucionando o jeito que as pessoas tratam as strain, priorizando a caça pelas mais "puras'' e além de que é um PUTA de um empresário com uma visão e garra incrível..

Tem mais é que legalizar e se transformar em um livre mercado para que graças a Deus possamos ganhar a vida e crescer fazendo o que gostamos.. Vender / comprar / plantar e falar de erva.. Não tenho essa visão de esquerda que alguns tem.. acho que a abertura do mercado e a transformação do mercado negro em mercado de fato vai prosperar muito a sociedade trazendo impostos, emprego, renda e etc...

Enfim, que Arjan faça sua cruzada verde a caminho da legalização!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Perto de se tornar o primeiro bilionário, ou seja, Arjan filho da puta! Se ele usasse 1/3 dessa fortuna dele pra propagar informação relativa à maconha medicinal, fazendo campanhas filantrópicas ao redor do mundo nossa situação seria muito melhor, mas não, o negócio dele é concentrar capital na conta da Suíça dele. Maldito!

Ele não tem obrigação nenhuma de fazer isso. O dinheiro é dele e foi ganho merecidamente. Por que ao invés de você cultivar maconha não tá acabando com a fome do seu bairro? Porque o dinheiro é seu.

E definitivamente já começou a revolução, apesar de estar chegando de jegue pra gente. Ainda sonhamos com a descriminalização.

  • Like 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Pô , cara é foda , rei da cannabis, é o Kelly Slater da Cannabis Cup e a galera já mete o pau porque ficou bilionário rsrs ninguém queria esse emprego né???kkk

Daí é filho da puta porque não faz filantropia ou atua à favor da causa...Só pelo fato de produzir o STRAIN HUNTERS(que assisti todos) já merece meu respeito fora todo o resto que faz pelo mercado da Cannabis...Ganha milhões?ponto pra ele.

Livre mercado é assim: alguém vai ficar muito rico , outros nem tanto, alguns vão vender sua alma , outros vão continuar com as suas raízes, alguns vão se doar à causas dignas e outros não.

Filantropia é assim : pode partir de um bilionário da maconha , ou pode partir de um simples grower que abandona seu vício e seu hobby caro pra doar seu dinheiro aos mais necessitados.

Afs nem o GR tá livre do recalque rsrsrs beijin no ombro...

  • Like 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

ZERO será que você vai conseguir competir com o Arjan? Minha crítica é exatamente essa, ele, dependendo do modelo de regulamentação, já roubou parte do mercado que poderia ser seu, meu, ou do Bas, vai saber...e fez isso consciente do que tava fazendo, ao invés de nos ajudar a legalizar concentrou o máximo de capital que conseguiu, pra na hora que conseguirmos legalizar aqui ele já entrar voando.

Posso estar errado, é uma opinião.

  • Like 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

ZERO será que você vai conseguir competir com o Arjan? Minha crítica é exatamente essa, ele, dependendo do modelo de regulamentação, já roubou parte do mercado que poderia ser seu, meu, ou do Bas, vai saber...e fez isso consciente do que tava fazendo, ao invés de nos ajudar a legalizar concentrou o máximo de capital que conseguiu, pra na hora que conseguirmos legalizar aqui ele já entrar voando.

Posso estar errado, é uma opinião.

concorco mais a culpa é de quem?só dele?

o cara teve a oportunidade e foi pra cima,felizmente pra ele

ele não é brasileiro.

TODO GRANDE EMPRENDEDOR TEM UM POUCO DE OPORTUNISTA

Editado por Z.E.R.O
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Consultores Jurídicos GR

Se todos fossemos "arjans" o mundo ja teria legalizado.

Hst, qto do seu salario vai pro ativismo mano? O cara tem 25 anos de historia com a planta e ja deu a letra pra milhoes de pessoas pelo mundo, mas como ele eh eficiente alem doq vc sonha em ser o cara eh um maldito.

O proibicionismo eh vermelho e comunista igual o seu ultimo post.

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Proibicionismo é comunista? Que eu saiba ele veio da direita cristã puritana...e sempre doo parte da minha renda pro ativismo, quem conhece sabe, não tem uma oportunidade de doar uma grana que eu não pego, seja pra família de usuário preso, seja pra causas, crowdfunding agora mais recentemente, é obrigação moral de todos nós doarmos pelo menos uma parte da nossa renda pra essa causa, não vejo nem como doar, estamos plantando sementes pra colher no futuro quem sabe nossa descriminalização como usuários.

Paz aí pra todos, vamos trocando ideias de forma respeitosa que é assim que se dá a mudança de paradigma.

  • Like 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

No Brasil é pecado ter dinheiro na visão de muita gente kkkk..

Acho isso ridículo na moral.. Pecado é ter dinheiro de maneira desonesta.. Ser rico sendo honesto é a maior conquista que um ser humano pode conseguir hoje na sociedade...

Dinheiro fácil não existe galera.. se o cara ficou rico com Cannabis é pq ele é FODA..

Eu conversei com o Arjan na Cannabis Cup 2011 ele falou que veio pra Amsterdam com uns trocados de dolares no bolso em 1980 e alguma coisa.. E desde então só cresceu com a própria genialidade comercial e técnica de cultivo..

Enfim hahahaha.. Não vejo nenhum problema e nem tenho vontade de criticar os caras do Greenhouse, eles atendem os consumidores la em Amsterdam de PORTAS ABERTAS e conversam com todo mundo são muito humildes e tão sempre por la fazendo festa.. Quem fala mal é porque nunca foi..

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

nao existe rico honesto

ou vc é rico ou é honesto!!!

Shut the fuck up... Use argumentos sensatos se quiser discutir..

Não existe isso.. Muita gente ganha dinheiro de maneira honesta.. E nunca fui berço de ouro nem ninguém da minha família.. Meu pai e meu avô por parte de mãe nasceram pobres pobres pobres e hoje estão bem com a força de vontade e estudos..

Fazer faculdade, dar a cara pra bater, arrumar emprego, ralar, ganhar pouco no começo não é ''fácil'' nem ''desonesto''

Edit : Achei que " cala a boca " foi muito rude da minha parte kkkk, english is smoothier

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Se todos fossemos "arjans" o mundo ja teria legalizado.

Hst, qto do seu salario vai pro ativismo mano? O cara tem 25 anos de historia com a planta e ja deu a letra pra milhoes de pessoas pelo mundo, mas como ele eh eficiente alem doq vc sonha em ser o cara eh um maldito.

O proibicionismo eh vermelho e comunista igual o seu ultimo post.

perdeu a oportunidade de ficar quieto ein?

Proibicionismo vermelho?? Como o HST ja calrificou aqui, o proibicionismo, em todas seus sentidos, é direitista. Ele existe para que o o lucro do mercado paralelo multiplique. E é financioado para manter estes interesses. Por outro lado, serve para manter o controle sobre as camadas mais pobres(que por motivos financeiros, tem mais tendencia a esta prática), para que estas continuem a ser exploradas.

Quanto a essa ideia fixa com o comunismo,larga de nóia, que justiça social deve(ria) existir até mesmo no capitalismo.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...

  • Tópicos

  • Posts

    • Mete umas podas na mais velha, vai retardar uns dias e aumentar o número de top Buds e ramificar ela. Pode fazer umas torções nela também, pra engrossar o caule.  Esses pequenos estresses vão dar uma atrasada e ao mesmo tempo vai fortalecer.
    • Salve, mospri. Os métodos de envio tem validade, precisam ser atualizados ou alternados com regularidade; alguns tem duração maior, mas em algum momento começam a cair na fiscalização... nenhum método permanecerá 100% stealth o tempo inteiro, mas quando há uma variedade maior de itens para esconder as sementes, esse período se prolonga. Nesse ramo de comércio é imprescindível se reformular a todo momento. Eu gosto do Hipersemillas, da Sandra e do atendimento dela e por isso continuo ajudando... em junho de 2022 vai completar 2 anos que troco emails com ela, atualizando informações e apresentando ideias ao menos uma vez por semana... a Sandra é um diferencial na linha de frente, ela fala português e é muito educada, a facilidade do pagamento e o preço do envio também são muito atraentes. O segredo pra ter sucesso com o HS é pedir uma quantidade baixa/mediana de seeds que passa. Não adianta ser olho grande e pedir logo uma grande quantidade num mesmo pedido... Recebi o meu disco voador no dia 02/12, mas aguardei uns dias pra responder no tópico, pois tive que enviar um email pra Sandra e solicitar uma informação. No dia que abri a remessa, procurei as seeds e fiquei confuso, pois não as encontrei. Pensei: "Vishe, a equipe de embalamento do HS esqueceu de botar as seeds". A princípio eu só tinha o item que havíamos combinado em mãos... mas depois de uns 20 minutos procurando e revirando tudo, encontrei as seeds. Vieram sem o pack, muito bem escondidas e sem identificação... muito foda, porque foi realmente trabalhoso de achar. Demorei pra responder aqui, pois solicitei a Sandra que perguntasse à equipe qual era a variedade. Gostei muito do que recebi e não paguei por nada, nem pelo envio... foi uma recompensa pela ajuda que eu dou e também como forma de testar esse novo método de esconder as seeds. Se eu tivesse que pagar pelas seeds e pelo envio, não sairia por menos de 450. Recebi 10 seeds de Blue Bullet Auto da Sensi Seeds.  Não vou dizer como vieram escondidas, nem dentro do que veio, mas o item é muito bom, é um presentão... Sandra me disse que a mão de obra pra fazer esse envio é bem custosa, ou seja, trabalhosa, mas ficou feliz porque viu que valeu a pena e o tempo de recebimento foi recorde. Disse a ela pra avaliar a ideia de oferecer ao cliente a escolha do método (com este stealth ou sem ele e com os packs ou sem os packs). Agora isso é decisão dela ou da gerência... quem gosta do HS e quer arriscar, recomendo que combine o envio por email, enquanto não tem essa opção na página virtual. Pelo que a Sandra me passou de feedback por email, essas semanas tem tido poucas reclamações de clientes falando encomendas caindo na aduana...
×
×
  • Criar Novo...