Ir para conteúdo
Growroom

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

Eae galera, acompanho o fórum há um tempo já, mas nunca escrevi nada, então vamos estrear o/

Bom, sou estudante de arquitetura, e sempre pensei em fazer um elo entre a arquitetura e a cultura cannabica. Ja fiz varios projetos na faculdade trabalhando o conforto térmico e insolação natural, visando a construção de growrooms e etc. Mas era apenas isso, um detalhe ou outro, não dava pra fugir mto.

Recentemente, iniciei uma atividade de pesquisa cientifica na faculdade, agora tenho mais liberdade para explorar, divulgar e colaborar na luta contra o preconceito da ganja :Pothead:

Bom, então sem mais delongas, criei esse tópico para compartilhar materiais, entre eles projetos, descobertas, idéias e etc, com os estudantes de arquitetura, arquitetos, artistas, e com qm tiver curiosidade sobre o assunto. Peço em retorno para que compartilhem tbm, aumentando material e fortalecendo a causa...

Vlw galeraaa, até maaaais :420:

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Dica de leitura: usos industriais da fibra de canhâmo na construção civil. Interessa?

Orraaa, interessa sim, e muito. Andei fazendo algumas pesquisas nessa área, encontrei alguns escritórios que trabalham com o hempcrete, mas não achei nenhum tipo de livro ou artigo sobre esse assunto :/

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom
  • Usuário Growroom

Esse projeto de fibra do cânhamo é muito interessante. O escritório que fez esse projeto trabalha com materiais de baixo impacto, e alternativos, em parceria com faculdades de arquitetura e etc.. mto da hora... http://modcell.net/ << ai o link do escritório

Encotrei um arquiteto que tbm usa o cânhamo como materia prima, o nome dele é Erwin van der Weerd (olha o sobrenome chavão do cara ahahahhahah)

Ele construiu uma casa com materia prima 100% de origem do cânhamo... vale a pena ver architizer.com/projects/hemp-house-project/

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 4 months later...
  • Usuário Growroom

Fala Roco, então brother também sou estudante de AU e na labuta de projetos aí estou desenvolvendo algumas pesquisas também sobre o cânhamo aqui pela ufpr, está rolando também de forma não oficial uma pesquisa sobre a ganja no processo criativo de projeto, massa ter uns estudantes da área aí pra realizar essas pesquisas, porque a academia e nosso mercado de trabalho é foda irmão, abrass!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 1 month later...
  • Usuário Growroom

Então FelipePHS, conversei com uma galera da minha faculdade, e disseram que ela não possui licença para desenvolver pesquisas com a cannabis. Isso desanima grandão :(

Mas vou tentar convencer meu orientador, e ver se rola algum tipo de estudo na área :love-weed:

E vcs ai, a faculdade libera esse tipo de pesquisa??

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...
  • Conteúdo Similar

    • Por Sr. Branco
      FONTE

      The house of 100m2 is designed in the shape of a cube organized on one level, including a central living area with an open kitchen, 2 rooms and a common bathroom. Located in the country side of the Tarragona Province, the project was thought of as a weekend house, which needed to be easy to use, efficient and which would take full advantage of its natural surroundings. The house was designed as a “living Box” which can be “opened”, “closed”, “switched on” “heated”, “cooled down” efficiently, easily
      and rapidly. The house is designed as a cube ‐ rational and functional ‐ where the transition between exterior and interior areas is as fluid as possible.
      The façade system uses Corten Steel panels which create an eye‐catching contrast with its natural surroundings. The shutters play an important role both for the aesthetic value of the house and its energetic efficiency. The Shutters, which are completely integrated within the façade, use perforated panels of Corten Steel. The panels are perforated with the shape of Mint leaves which project luminous forms in the interior during day and in the exterior at night, a little like a “light box”.



      Those perforated shutters, when closed also work as a solar protector allowing air and light to pass through.
      The project relies on a bioclimatic architecture adapting the form and positioning of the house to its energetic needs: natural ventilation, passive solar design, intelligent façade system, natural shades ect. Instead of using shipping containers, Infiniski decided to use 4 prefabricated (inhouse)
      metal modules. The house uses 3 modules (ISO transport) which serve as structure.
      The walls are composed of an eco‐friendly insulation layer made of sheep wool, and cellulose panels. With the joint action of its bioclimatic design, the use of eco‐friendly building materials, the use of renewable energies ( in this case Biomass heating and solar panels) the house gains very high thermal efficiency and was recognized with the highest level of energetic efficiency (Certification A) by the Regional Institute of Energy ICAEN. This allows a reduction up to 60% of energetic consumption.

      The house cost 100.000 Euros and was built in 3 months.


      ãham folha de menta... sei...














  • Tópicos

  • Posts

    • Boa tarde galera, tudo bem? Quanto tempo depois de fornecer os nutrientes no solo, as folhas (sintomas) passam a responder?  
    • Salve mano firmeza ?  Então bro até onde eu sei, esse problema ele é causado por causa do driver...como voce disse que o driver é genérico, geralmente esses drivers eles não entregam a potência de deveriam entregar realmente. Eles funcionam bem por um tempo, mas como esta sendo exigido dele mais que lele pode entregar, então com o tempo os componentes vai se desgastando e como a potencia que ele entrega começa a ser cada vez menor ele começa a dar essas temedeiras.  Acho um pouco dificil ser algum led queimado, por que dai provavelmente varios leds nao acenderiam (ja que são ligados em serie e em paralelo, se um queima o s que estao dentro daquela serie o do circuito paralelo nao acendem tambem), entao acho que um driver novo de 65w resolveria, ai tem que ver certinho as especificacoes de outuput do seu driver para pegar um igual para a QB. Não dimininui não man, se o driver das suas qbs ou os reatores das hps forem de qualidade, eles ja tem um circuito que trabalha com uma determinada variação. O que acontece que da essa ''diminuida'' quando se liga algo que consome muita energia em casa, é que o consumo na sua casa está muito alto pro dimensionamento da sua rede eletrica, ou ate mesmo pro que a rede eletrica consegue entregar a corrente consumida, dependendo do que voce tem ligado ai na sua casa. E a variacao é na corrente eletrica, e nao na tensão, variação alta de tensao pode sim queimar equipamentos, agora a corrente vai ser determinada pelo que o equipamento esta usando, então o maximo que poderia acontecer é cair o disjuntor quando da essa puxada na energia, agora diminuir a vida util dos equipamentos acho bem dificil     Noixx
×
×
  • Criar Novo...