Ir para conteúdo
Growroom

Maconha Para Cachorro Causa Polêmica Nos Estados Unidos (Pot For Pets)


Recommended Posts

  • Usuário Growroom

NOVA YORK - Donos de animais de estimação nos Estados Unidos começam a usar canabis medicinal para tratar seus bichos doentes.

Uma cadela submetida a quimioterapia para combater um câncer linfático foi tratada com maconha e ficou famosa ao aparecer em uma reportagem da rede CBS.

O dono ministrou à cachorra um concentrado de maconha sob forma oleosa e constatou grande melhora em efeitos colaterais da quimioterapia, como o vômito e a diarreia.

A reportagem cita outros casos bem-sucedidos de tratamentos de animais doentes que mostram que muitos proprietários fazem qualquer sacrifício para poupar seus animais de estimação de sofrimento.

POLÊMICA. "Quando você vê o animal curtindo a vida apesar de estar doente, você se sente melhor", comenta a dona da cadela que foi tratada com óleo de canabis durante a quimioterapia.

Darlene Arden, veterinária especialista em comportamento animal, é uma grande defensora do uso da maconha medicinal em animais de estimação.

"Acho que agora podemos ver a maconha com a sua melhor função, não como uma droga de rua, mas como um medicamento legítimo a ser utilizado sob supervisão adequada", disse ela.

A médica veterinária Amy Greenbaum, do hospital veterinário de nova York ASPCA, disse que não existem dados suficientes que permitam saber como a maconha pode ser utilizada de forma eficaz. "Temos muitas boas modalidades para tratar a dor usando vários medicamentos e terapias diferentes", disse ela, cautelosa com o tratamento baseado em maconha.

No entanto, alguns donos de cães sentem que a maconha pode ser uma opção mais segura. Mary Lynn Mathre, dona de um cão golden retriever de 13 anos de idade, disse que quando o animal foi diagnosticado com câncer ela administrou uma dose diária de cannabis para todos os seus animais de estimação.

"Normalmente, para os cães para o câncer, a manteiga feita a partir das folhas da planta pode ser colocada em biscoitos ou na ração na hora de dormir", disse ela.

Mathre disse que a maconha medicinal ajudou com o câncer e também foi eficaz no tratamento de uma inflamação na perna de outro cão.

Al Byrne, outro proprietário, disse que também usou maconha medicinal em seus cães e ficou impressionado com os resultados. "Nossos três cães com idade de três a treze anos melhoraram notavelmente", disse ele.

Até que haja um estudo formal sobre a eficácia da maconha medicinal em animais de estimação, os especialistas aconselham cautela.

"Mais comovente do que ver seu animal de estimação sofrer seria saber que talvez você deu o seu animal de estimação algo que os deixou viaciados ou provocou a sua morte, e isso não é apenas um risco que eu gostaria de poder evitar", declarou a médica Amy Greenbaum.

Link da notícia:

http://economia.estadao.com.br/noticias/economia-geral,maconha-para-cachorro-causa-polemica-nos-estados-unidos,171876,0.htm

Pot for Pets Gets CBS Coverage

Friends of The Compassion Chronicles, Steven Sharpe and Ashley Duval, were featured on CBS TV station WNEM TV 5 from Saginaw, Michigan. The use of marijuana-based medicines on pets was featured, including pictures and video of Sharpe’s dog Dottie.

“She had a gash that was approximately a foot and a half long and eight inches wide from running past a medical pole,” Sharpe told reporters. “I infused the cannabis oil into some coconut oil and we applied it to the skin after she was ripped open.”

Sharpe reported the vet who stitched Dottie up told him the recovery time was 2 months. “She was healed in 14 days,” he announced. “It is a truly amazing plant.”

Ashley Duval, daughter of jailed marijuana patient Jerry Duval, uses cannabis oil to control anxiety in her dog Rodney. “It is an instant effect on him,” she advised. Duval uses cannabis oil when Rodney becomes anxious in crowded places, during storms or when there are loud noises.

Trisha Denike used cannabis oil to treat her dog’s bone cancer. Denike was advised that, even with amputation of one leg and extensive chemotherapies, Niko would live for only six months. Denike turned to cannabis oil. Niko lived for a year and a half after that.

“He was happy, he didn’t act in pain, he seemed fine… giving him and me the extra time really, really did help us.”

WNEM reported that they sought on-camera interviews from numerous veterinarians in the broadcast area. None agreed to be interviewed.

“It’s not this terrible drug that people make it out to be,” Denike added. “It’s a medicine.”

“This product right here cured my colon cancer,” Sharpe concluded. “We’re going to keep this fight going.”

Link da notícia:

http://thecompassionchronicles.com/2013/11/20/pot-for-pets-gets-cbs-coverage/

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • 2 weeks later...
  • Usuário Growroom

Venho tratando minha cachorra com hemp Oil já tem mais de 2 anos,

consegui prolongar a vida dela bastante já, infelizmente esses dias ela começou a ficar ruim e fui ver um tumor na mama dela aumentou muito de uns dia pra cá, é foda fazer tratamento de cancer quando já se está velho e com os receptores fudidos...

Acho que ela vai morrer em breve, já tá indo pra 14 anos e o normal da raça dela é 12,

vou tentar um ataque maciço de cannabinóides nela, estou muito triste esses dias pois ela é como uma filha pra mim :( .

Quanto a matéria, polêmica de c* é rola... todos os animais tem receptores de cannabinóides(só os insetos que não tem),

só que nego quer ver o dono gastando, entopem as pet de ração trangênica e que se foda o cliente... CANALHAS...

"Mais comovente do que ver seu animal de estimação sofrer seria saber que talvez você deu o seu animal de estimação algo que os deixou viaciados ou provocou a sua morte, e isso não é apenas um risco que eu gostaria de poder evitar", declarou a médica Amy Greenbaum.

Vagabunda!!!!

  • Like 3
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Venho tratando minha cachorra com hemp Oil já tem mais de 2 anos,

consegui prolongar a vida dela bastante já, infelizmente esses dias ela começou a ficar ruim e fui ver um tumor na mama dela aumentou muito de uns dia pra cá, é foda fazer tratamento de cancer quando já se está velho e com os receptores fudidos...

Acho que ela vai morrer em breve, já tá indo pra 14 anos e o normal da raça dela é 12,

vou tentar um ataque maciço de cannabinóides nela, estou muito triste esses dias pois ela é como uma filha pra mim :( .

Quanto a matéria, polêmica de c* é rola... todos os animais tem receptores de cannabinóides(só os insetos que não tem),

só que nego quer ver o dono gastando, entopem as pet de ração trangênica e que se foda o cliente... CANALHAS...

Força mano. Sei como é difícil essas horas.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

por ser um remédio, acho que é questão de dose... cada ser vivo tem a sua. acredito que se é benéfico para nós, pode ser para os cachorros, claro que cada raça vai precisar de uma dose específica (todas bem menores do que a de humanos), até porque um york nunca vai consumir o mesmo que um pastorzão alemones... é isso..

  • Like 2
Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...
  • Conteúdo Similar

    • Por joaovithor420
      olá sou joão.v , comecei a fumar a 3 anos venho fumando todos os dias , compro um prensado de qualidade verde,com cheiro de manga,limão, pelo que andei lendo o prensado que venho pegando e de boa qualidade , infelizmente não tenho acesso a flor ,👵 minha vó tem cancer no estomago e esta passando por uma quimeoterapia pesado todas as noites ela fica gemendo de dor na cama ate amanhecer , ela nao dorme,nao come,e acho que cada dia que passa ela esta ficando pior, eu tenho medo de dar oleo de prensado mesmo eu lavando e sendo de uma qualidade "Boa" mais n agoente ver mais minha vo sofrendo , posso fazer o oleo ⚗️ com thc? existe algum risco por conta da idade ? ela te pressão alta e toma remedios ? 
    • Por Nossila Lalek
      Benefícios do CBD
      1. Alivia a dor e a inflamação
      2. Tem efeitos antipsicóticos
      3. Reduz Ansiedade
      4. Ajuda a combater o câncer
      5. Alivia Náusea
      6. Pode tratar convulsões e outros distúrbios neurológicos
      7. Diminui a incidência de diabetes
      8. Promove a Saúde Cardiovascular
      Referência
      Benefícios do CBD
      Leia também: Cannabis e Obesidade – Consumo está relacionado a um menor IMC
      Sementes de cânhamo – Ricas em fibras, proteínas e gorduras saudáveis
    • Por Kephas ben Penvensie
      Acompanho boa parte dos fóruns na growroom já um bom tempo, obtive ótimas dicas sobre a questão da importância da limpeza do prensado para eliminar fungos, bactérias, amonias, e pesticidas gerais que contém num quadradinho, que qualquer um pode comprar numa biqueira de um morro mais próximo, rsrsrs
      Mas o caso é que a maconha próxima da minha quebrada ultimamente tem demonstrado ter altos índices de THC exageradamemte demais da conta, e isso vem me gerando alguns prejuízos na vida cotidiana...(falta na coordenação motora, déficit de atenção, amnésia com frequência, e dificuldade pra fazer cálculos físicos, e matemáticos na universidade)...
      Já li num comentário em que após a lavagem do prensado dependendo da temperatura, o THC morre devido a ebolição da água quente na panela.
      Sei que aqui no Growroom há poucos especialistas da área de saúde estudados no tema Cannabis medicinal, e encontrarei muitos leigos no assunto, que creio que poderão me ajudar dependendo da resposta aonde estou querendo chegar, por terem infos que poderão me ajudar, conforme a última vez em que fiz uma lavagem da ganja misturando com erva cidreira, camomila, e boldo. O processo deu positivo, a brisa foi boa, mas prefiro vaporizar a maconha sem nenhum chá, ou calmantes. Quero um baseadinho puro, só que leve e não atrapalhe nos meus estudos na faculdade, e vida social...
      Na opinião de boa parte Qual é a melhor temperatura seria adequada para diminuir os altos níveis de THC, o tempo cronometrado para enfim deixar "meu Bud" semelhante à uma Ruderelis que é rica em CBD e tem baixas dosagens de THC?
    • Por FreeZion
      Já passou da hora, abaixo todos os contatos dos ministros e secretario de segurança publica. Escreva uma mensagem para eles em prol da legalização, pelo menos estamos fazendo algo ! Mostre a nossa força. Não vejo sentido algum ir contra a regra de outros países de 1° mundo. 
      Esse é o mapa onde a Cannabis esta legalizada:

      Fonte: https://mindfray.com/debate/cannabis-laws-examining-marijuana-legalization-efforts-5-countries/
       
      Contatos:
      MINISTRO RICARDO LEWANDOWSKI
      Telefone: (61) 3217-4017
      Telefone: (61) 3217-4025
      Telefone: (61) 3217-4269
      E-mail: presidencia.stf@stf.jus.br
      E-mail: mrlewandowski@stf.jus.br
      MINISTRO MARCO AURÉLIO
      Telefone: (61) 3217-4826 / 3217-4281
      E-mail: mam@stf.jus.br
      E-mail: audienciagabmmam@stf.jus
      E-mail: marcoaurelio@stf.jus.br
      MINISTRO DIAS TOFFOLI
      Telefone: (61) 3217- 4102
      E-mail: gabmtoffoli@stf.jus.br
      MINISTRO LUIZ FUX
      Telefone: (61) 3217- 4388
      E-mail: gabineteluizfux@stf.jus.br
      MINISTRO TEORI ZAVASCKI
      Telefone: (61) 3217- 4191
      E-mail: gabteori@stf.jus.br
      MINISTRO LUÍS ROBERTO BARROSO
      Telefone: (61) 3217- 4323
      E-mail: audienciamlrb@stf.jus.br
      MINISTRO EDSON FACHIN
      Telefone: (61) 3217- 4133
      E-mail: gabineteedsonfachin@stf.jus.br
      MINISTRO CELSO DE MELLO
      Telefone: (61) 3217-4077
      E-mail: gabcob@stf.jus.br
      MINISTRO GILMAR MENDES
      Telefone: (61) 3217-4175
      E-mail: mgilmar@stf.jus.br
      E-mail: audienciasgilmarmendes@stf.jus.br
      MINISTRA ROSA WEBER
      E-mail: convites-minrosaweber@stf.jus.br
      E-mail: audienciasrw@stf.jus.br
      Telefone: (61) 3217-4236
      MINISTRA CÁRMEN LÚCIA
      Telefone: (61) 3217-4348
      E-mail: audienciaCarmen@stf.jus.br
      Raul Jungmann - http://www.rauljungmann.com.br/
       
       
       
       
    • Por Lombrolios
      Olá Familia Growroom
      Eu que sou portador de epilepsia, a alguns meses ja venho estudando como o canabidiol pode ser util em minhas convulsões e como pode ser util para que ela se extingua de uma vez por todas. Eu continuo tomando remédio normal e sem fé dos meus pais ou de meu médico eu procuro um tratamento alternativo que me fará voltar a uma rotina normal. Alguem pode me ajudar em como extrair o famoso CBD de forma caseira, já possuo duas bubble bags, e ja estou esperando a minha kaya crescer, precisava principalmente saber como separar as duas substancias principais, cbd e thc? o que posso usar de solvente? na realidade tudo que vcs possam me dizer ajudaria e muito. Obrigado a atenção e o espaço.
  • Tópicos

  • Posts

    • 3. Básico sobre o Cultivo de Cannabis As plantas de cannabis são ervas com necessidades simples. Suas plantas de cannabis crescerão desde que você lhes forneça a quantidade certa dos seguintes recursos. Para prosperar e crescer, sua erva precisa ... Luz (a luminosidade tem um grande efeito no rendimento) Ar (ar fresco com uma leve brisa é melhor) um método de cultivo (o lugar para crescer, cultivar no solo não é sua única opção) a temperatura certa (a temperatura ambiente outra um pouco mais quente é perfeita durante o dia, não resiste ao congelamento à noite) Nutrientes (comece com metade do recomendado na embalagem) Água (mantenha o pH para melhores resultados, solo gosta de pH 6 - 7 e hidro gosta de pH 5,5 - 6,5) Seja cultivando plantas de maconha em ambientes fechados ou ao ar livre, você precisará garantir que ela receba a quantidade adequada desses seis recursos. Você será recompensado com grandes buds resinados! Grande bud de cannabis na mão - este único ramo de uma planta produziu mais de 60 gramas! Qual é o erro mais comum do cultivador iniciante? Falta de Pesquisa Um dos erros mais comuns cometidos por cultivadores iniciantes de erva é realizar experimentos não planejados e ferir ou até mesmo matar suas plantas. Você deve sempre pelo menos fazer uma pesquisa rápida no Google antes de tentar qualquer técnica nova. Por que usar suas plantas como cobaias de um experimento que outras pessoas jamais tentaram antes? Por exemplo, pode parecer uma boa ideia dar às suas cannabis em crescimento nutrientes Miracle-Gro (Nota de Tradução: marca de produtos para jardinagem) porque ela é encontrada facilmente / barata, ou plantar suas sementes no solo Miracle-Gro original que você tem em casa. Infelizmente, a fórmula Miracle-Gro padrão não contém a proporção certa de nutrientes para a cannabis, especialmente durante o estágio de brotamento. Usar nutrientes Miracle-Gro originais durante a floração pode prejudicar suas plantas e reduzir sua produção. Mas como você poderia saber disso sem nem ao menos pesquisar primeiro? Que nutrientes posso usar para a cannabis? Sugestão: colha sua primeira planta antes de tentar qualquer experiência Você não quer perder toda a sua colheita para algo que já foi tentado antes e provou não funcionar, então certifique-se de fazer uma pequena pesquisa e experimentar com cuidado e moderação. Outro problema comum que os novos cultivadores têm é a tendência de pular etapas cruciais como manter um pH adequado ou obter o tipo certo de nutrientes. Embora você possa ter sorte e ter sucesso no cultivo de ervas sem seguir essas etapas, é muito mais provável que as plantas morram ou que nunca produzam buds. Pode ser muito fácil cultivar maconha com as informações certas. É como cultivar qualquer outra planta. Você segue um conjunto comprovado de etapas e, antes que perceba, estará colhendo seus primeiros buds. Comece lendo este guia simples de cultivo de cannabis e em breve você terá todo o conhecimento de que precisa para começar a produzir seus próprios buds hoje!   Importância da luz (a cannabis precisa de mais luz do que a maioria das outras plantas domésticas Muitos produtores de cannabis gostam de cultivar ao ar livre (outdoor). Os produtores outdoor precisam de um espaço privado acessível, que receba mais de 8 horas de luz solar direta por dia para obter os melhores resultados. O cultivo outdoor precisa de mais de 8 horas de luz solar direta por dia. Plante na primavera, Colha no outono.  As plantas de cannabis crescem muito rápido em um curto período de tempo e precisam de muita energia da luz para crescer e produzir buds. Na natureza, uma planta de cannabis pode crescer até o tamanho de uma árvore em menos de um ano e usa a energia da luz para impulsionar esse crescimento. Muitos growers iniciantes que desejam cultivar dentro de casa gostam da ideia de cultivar sua planta de cannabis em uma janela ensolarada, como uma planta doméstica. Normalmente, a luz de uma janela não é suficiente. Enquanto as plantas jovens de cannabis parecem ser capazes de crescer em janelas claras e ensolaradas, as plantas de cannabis geralmente não produzem mais do que alguns fios de cabelo durante a fase de floração e podem não produzir nenhum bud. Sem flores/buds, você estará sem sorte. O cultivo indoor quase sempre precisa de luzes de cultivo para obter buds No indoor, quase todos os produtores precisarão de algum tipo de lâmpada de cultivo para o cultivar de cannabis com sucesso. Os cultivadores indoor geralmente colocam suas lâmpadas de cultivo com um timer para simular o tempo de sol. Isso torna mais fácil ligar e desligar as luzes a cada “dia” para que as luzes de cultivo funcionem de forma mais automatizada. Existem muitas lâmpadas de cultivo de tamanhos diferentes, desde as lâmpadas CFL que você já usa em sua casa até lâmpadas de cultivo maiores e mais especializadas que produzem muitos buds por planta. Existem opções de cultivo indoor para quase todos, mesmo se você estiver com um orçamento limitado ou tiver apenas um pequeno espaço para trabalhar, quer você queira cultivar em um balde ou em uma sala inteira. Os cultivadores indoor precisam de um espaço privado e luzes de cultivo. Existem opções de configuração ilimitadas O que você precisa para cultivar indoor? Duas fases de vida da Cannabis: Vegetativo e Floração As plantas de cannabis ficam cada vez maiores com os dias longos e começam a fazer buds quando têm noites longas. Aqui está o ciclo de vida da cannabis na natureza: A semente brota na primavera Cannabis cresce para o verão Os dias começam a ficar mais curtos Cannabis começa a fazer flores ou pólen Polinização Plantas femininas produzem sementes Cannabis morre para o inverno Repetição - tudo começa de novo para a próxima geração Por que isso é importante? As plantas de cannabis vão da semente à morte em apenas um ano e têm uma certa ordem nas fases da vida. Isso é muito importante para você entender. No que diz respeito a um produtor…. Um diagrama que mostra a linha do tempo de crescimento de uma planta de cannabis, da semente à colheita Semente ⇒ Mudas ⇒ Vegetativa ⇒ Floração ⇒ Colheita Uma planta continuará crescendo vegetativamente (apenas caules e folhas) enquanto a planta “acreditar” que é início da primavera ou verão. Ao ar livre, isso acontece naturalmente conforme as estações mudam. No indoor, os produtores colocam luzes de cultivo em um timer para "dizer" à planta quando começar a florir. Cannabis: Estágios de Vida Vegetativo - caules e folhas Floração - fazendo buds/flores Parece simples e é! Basta lembrar que existem dois estágios de vida para a cannabis, primeiro o estágio vegetativo e, em seguida, o estágio de floração (que é seguido pela colheita). Plantas de cannabis masculinas e femininas As plantas de cannabis têm um gênero. Cada planta se transforma em uma planta “macho” ou “fêmea”. Embora cerca de metade das plantas sejam masculinas ou femininas, apenas as plantas femininas de cannabis produzem buds. Livrar-se das plantas masculinas de cannabis também previne a polinização (e as sementes). Você sabia? Você pode identificar o gênero tão jovem quanto 3 semanas a partir da semente! A maioria dos produtores está interessada apenas em cultivar plantas femininas para que possam colher os buds. Plantas femininas de cannabis produzem buds Plantas femininas de cannabis geram buds! As plantas de cannabis mostram primeiro o seu sexo no final da fase vegetativa ou no início da fase de floração. As plantas masculinas de cannabis produzem apenas sacos de pólen, nenhum bud e poucas plantas masculinas produzem uma quantidade significativa de THC ou outros canabinóides. Isso vale a pena repetir. As plantas machos não produzem buds com THC. A maioria dos produtores os joga fora assim que os vê. Plantas de cannabis masculinas não produzem buds Planta de cannabis masculina - não produz buds Não há como determinar o sexo de uma planta inicialmente, apenas olhando para as sementes, ou mesmo olhando para as plantas jovens. As plantas de cannabis masculinas e femininas parecem exatamente iguais até começarem a floração. Costumava haver mitos e truques sobre como distinguir plantas masculinas de plantas femininas desde muito jovens, mas nenhum realmente funciona 100% do tempo. Até hoje, nem mesmo os cientistas têm certeza do que faz com que algumas plantas se tornem masculinas e outras femininas. Para a maioria dos cultivadores, você precisará identificar o sexo de suas plantas o mais rápido possível e remover quaisquer machos imediatamente, antes que contaminem suas fêmeas. Fale mais sobre o que significa para uma planta de cannabis ser “masculina” ou “feminina” Você sabia? Você pode identificar o gênero tão jovem quanto 3 semanas a partir da semente!   Sementes ou Clones - Escolhendo a Strain Certa As duas formas mais populares de obter sementes ou clones de cannabis são pessoalmente ou por meio de bancos de sementes online. Saiba Mais: Sementes vs Clones Se você quer reduzir a incerteza e ter certeza de sempre cultivar cannabis de qualidade incrível, você precisa começar com ótimos genes. Tal como acontece com os animais, a forma como as suas plantas de cannabis se tornam terá muito a ver com a genética com a qual começaram a vida. Cada planta de cannabis é uma mistura das características de seus pais. Tutorial sobre como escolher a strain certa Este lindo bud de cannabis é um exemplo do que você pode cultivar seguindo este tutorial Como a genética tem um impacto tão grande em seus resultados, é importante saber um pouco sobre a genética da planta com a qual você está trabalhando. Existem três principais tipos de cannabis: indica, sativa e híbridos (híbridas são uma mistura de indica e sativa). Esses tipos não são todos exclusivos. Quase todas as variedades de cannabis que você encontra são algum tipo de híbrido. Algumas strains são mais indicas, outras são mais sativas. Alguns são classes únicas. Já ouvi algumas pessoas considerarem “Haze” um tipo de variedade, embora às vezes seja considerada parte da família “Sativa”. Existe também um outro tipo muito importante de cannabis: Linhagens “Ruderalis” ou “autoflorescentes”. Deixe-me explicar… Strains índica, sativa e híbrida (mais autoflorescentes) Indica As strains indicas tendem a ser mais largas de corpo e tendem a ficar mais curtas e mais grossas. Sativa As strains de sativa tendem a causar mais euforia cerebral ou mental. As sativas crescem, têm necessidade mais elevadas de luz e levam mais tempo para amadurecer do que as plantas indica, portanto, uma variedade sativa de cannabis pode precisar de um treinamento especial para ser adequada para o cultivo indoor. As sativas costumam ter folhas finas e parecidas com dedos, enquanto as índicas têm folhas mais grossas e arredondadas. Híbrido Freqüentemente, é mais simples cultivar plantas de maconha que são uma variedade híbrida porque foram criadas para carregar os melhores traços de sativa e indica. Strains de autoflorescência ou “Ruderalis” A floração automática significa que essas linhagens começarão a florir independentemente de sua programação de luz. Essas strains são geralmente uma cepa famosa que foi criada para carregar a característica de “autoflorescência”. Ao cultivar cannabis à base de Ruderalis, como a Lowryder, você pode dar à planta até 18 horas de luz por dia para todo o cultivo, e sua planta estará pronta para a colheita em cerca de 3 meses. Por causa de seu ciclo de vida curto cannabis Ruderalis geralmente não crescem mais do que 0.5 metro. Strains de Cannabis (regular) de floração automática vs. fotoperíodo Planta de floração automática Liberty Haze Se você está pesquisando qual variedade de cannabis deve ser cultivada, preste muita atenção aos requisitos de luz, tempo de cultivo, etc. para ter certeza de que é uma boa combinação para sua área de cultivo. Saiba mais sobre como escolher a variedade certa de cannabis Sementes As sementes são uma boa maneira para muitas pessoas começarem a cultivar porque podem ser facilmente compradas na Internet e entregues discretamente em quase qualquer lugar do mundo. As sementes de cannabis viáveis são geralmente duras e de cor escura. Se você tiver sementes de cannabis que são pequenas e brancas, elas geralmente são imaturas e não germinam. Exemplo de boas sementes de cannabis (sim, mesmo a de cor mais clara) Sementes de maconha viáveis - é assim que as sementes de maconha se parecem! Sementes saudáveis podem ser armazenadas em sua geladeira até que você esteja pronto para usá-las, mas não é recomendado que você congele suas sementes. Sementes mantidas em local fresco e seco, longe da luz, permanecerão viáveis por cinco anos ou até mais! Às vezes, você encontrará boas sementes na maconha que comprou (essas sementes são chamadas de "bagseed" NT: prenseeds), que podem definitivamente ser usadas para começar a cultivar. A desvantagem de usar sementes que você encontra no bud que obteve de seu revendedor local de ervas é que cerca de metade das sementes acabará sendo masculina e apenas a outra metade será feminina. Você também não sabe o que esperar quanto à tendência de crescimento da planta. Mesmo assim, muitos produtores também começam a cultivar cannabis com sementes que coletaram. Esta é uma ótima maneira de começar a cultivar, e muitos produtores felizmente conseguiram fazer a colheita com essas sementes. Alguns produtores têm muita sorte com a semente e acabam com ótimos resultados. Mas às vezes os cultivadores acabam criando buds que não são nada parecidos com aqueles em que as sementes foram encontradas. Já tem suas sementes? Comece germinando suas sementes de cannabis. Sempre que possível, obtenha uma strain confiável para obter os melhores resultados! É realmente seguro e confiável comprar suas sementes de maconha online de uma fonte de sementes confiável. O maior problema para os residentes dos EUA que fazem pedidos online é o longo tempo de espera - quase todas as fontes de sementes de cannabis estão localizadas no exterior. Eu tive sementes que demoraram um mês ou mais para passar pela alfândega e chegarem à minha porta. No entanto, contanto que você opte por obter a entrega garantida de sua fonte de sementes, você sabe que eles sempre virão, mesmo que demore o dobro do tempo esperado. Saiba mais sobre como comprar sementes de cannabis online com segurança Buscar sementes online permitirá que você compre sementes feminizadas (totalmente femininas) e também permitirá que você escolha a variedade exata para combinar com seus requisitos de tamanho e tempo. Isso pode ser útil ao configurar seu espaço de cultivo. Clones Exemplo de um clone de cannabis que criou raízes Os clones são uma cópia exata de outra planta. Ao começar com um clone, você pode esperar que a planta cresça e produza buds de maneira muito semelhante à planta-mãe de onde veio. Isso pode ser útil para os produtores porque eles sabem exatamente o que esperar. Para obter clones de cannabis, você precisa conhecer alguém que já tenha plantas de cannabis. Pelo que eu sei, não há como fazer pedidos consistentes de clones de cannabis online. A única maneira online de obter plantas de cannabis é encomendando sementes. Você pode comprar clones de cannabis em seu dispensário local de maconha medicinal se tiver uma recomendação de maconha de seu médico em um estado legalizado. Infelizmente, essa opção não está disponível para muitos novos cultivadores. Uma das melhores coisas sobre começar com sementes é que qualquer um pode fazer isso. Começar com um clone de cannabis pode economizar algumas semanas a um mês em comparação com começar com sementes, porque elas têm uma vantagem inicial no crescimento. Usar clones em vez de sementes regulares garante o gênero de sua planta porque os clones têm exatamente a mesma genética de sua planta-mãe, incluindo o gênero. Se você já tem plantas femininas, pode cloná-las para fazer mais plantas (cópias) sem nunca ter que se preocupar  com o sexo de suas plantas ou criar sementes. Um novo clone de cannabis mostrando suas primeiras raízes Se você está começando com um clone, deve tratá-lo com cuidado durante os primeiros dois dias após a sua criação. Se o seu clone ainda não desenvolveu raízes, certifique-se de que ele permaneça úmido e receba luz suave (como de lâmpadas fluorescentes) até desenvolver algumas raízes. Novos clones de cannabis gostam de climas quentes e úmidos. Pense como é na primavera. Antes de seus clones criarem raízes, eles obtêm água através de suas folhas até que as raízes se formem. Um clonador úmido funciona muito bem para fazer os clones enraizarem, ou você pode borrifar suas plantas algumas vezes ao dia até que comecem a formar raízes. Alguns produtores usam uma almofada de aquecimento sob seus clones para ajudar a manter tudo aquecido. Um pouco mais quente do que a temperatura ambiente (22-25 ° C) é perfeito. Muitos clonadores automáticos vêm com uma configuração de calor. Se seu clone já estabeleceu suas raízes, você pode colocá-lo em sua nova casa com suas luzes de cultivo um pouco mais distantes do que o normal. Dê ao seu clone apenas um pouco de água no início, sem nutrientes ou com uma solução nutritiva altamente diluída. É tentador colocar as luzes perto do novo bebê e dar-lhe nutrientes porque você quer fazer tudo o que puder para ter certeza de que tudo ficará bem. No entanto, no início, menos é mais para o seu clone. Seu clone recém-movido é mais sensível ao calor e à luz do que uma planta estabelecida, e colocá-lo em um ambiente completamente novo pode ser estressante. É importante verificar seu clone com frequência durante as primeiras 24 horas para garantir que não haja problemas imprevistos, como tombamento. Assim que o clone começar a crescer realmente (geralmente depois de alguns dias), você pode colocar suas lâmpadas mais perto e começar a alimentá-lo com nutrientes fortes. Neste ponto, você basicamente trata o clone como uma planta de cannabis em estágio vegetativo (primeiro estágio de vida). Comece a criar e cuidar de seus clones de cannabis Uso de eletricidade (para indoor) Tomada elétrica - quanta eletricidade é necessária para cultivar cannabis? Para produtores de pequena escala, a diferença em sua conta de luz pode não ser tão perceptível. Por exemplo, eu plantei uma única planta sob um pequeno cultivo light de 250 W HPS e acabei pagando apenas  $ 278 em eletricidade pelo cultivo  total ao longo de 4 meses. Acabei rendendo 2,8 kg (apenas $ 45 / libras ou $ 1,60 / grama) e temos algumas das tarifas de eletricidade mais caras do país ($ 0,37 / kWh)! Portanto, para pequenos cultivos, você não verá um grande aumento em sua eletricidade. Mas para algumas das luzes de cultivo maiores, a conta de luz pode aumentar um pouco, especialmente quando se usa unidades de CA. No entanto, mesmo com o custo da eletricidade, geralmente é muito mais barato para as pessoas cultivar sua própria cannabis dentro de casa do que comprá-la. Só para dar um exemplo real, uma lâmpada de cultivo de 600 W (um dos maiores tipos de lâmpada de cultivo) usa quase a mesma eletricidade que uma geladeira. Cada pessoa tem diferentes taxas de eletricidade, dependendo de onde mora, mas deixe-me dar uma ideia com outra de minhas instalações de cultivo. Não é apenas uma questão de quanta eletricidade você usa para todo o cultivo, é também uma questão de quanto você paga por mês e se você está economizando em comparação com a compra de cannabis. Como mencionei, moro em uma cidade cara na Califórnia e nesta sala de cultivo tenho uma luz de 600 W, filtro de carbono, unidade de CA e um ventilador poderoso. Tudo isso consome cerca de US $ 100 / mês em eletricidade e pode produzir  mais de meio quilo de buds na colheita, mais de duas vezes / ano. Isso é mais de 3 onças (85 gramas) por mês por apenas US $ 100. E eu moro em uma área quente com eletricidade cara. Para mim, cultivar dentro de casa economiza muito dinheiro em comparação com a compra de buds, mesmo com o custo da eletricidade. Para os produtores que desejam quantidades menores de cannabis, é fácil reduzir sua operação de cultivo para atender às suas necessidades. Um  balde espacial  pode custar apenas US $ 100 para configurar, alguns dólares de eletricidade por mês e produzir até 30 gramas de buds na colheita. Para alguns produtores, isso é mais do que suficiente. É importante entender o que você deseja e entrar em contato com suas expectativas de crescimento. Isso ajudará você a escolher a configuração de cultivo correta. Uma jovem planta de cannabis em estágio vegetativo Custo de instalação Ao ar livre, o custo inicial é geralmente menor do que indoor - sem luzes de cultivo ou eletricidade, apenas solo e luz solar - mas a parte difícil de cultivar ao ar livre é encontrar um bom local que seja privado, conveniente para você, com fácil acesso à água, e mais de 8 horas de luz solar direta todos os dias. Ao ar livre: Grátis - $ 200 No indoor, seu custo depende de sua configuração e do que você está procurando. Se você quiser colher 30 gramas aqui e depois, pode custar muito pouco para começar, mesmo apenas US $ 100 (verifique os baldes espaciais). Para uma configuração interna premium com uma barraca de cultivo, luz de cultivo, ventilador e suprimentos de cultivo, você está planejando gastar de $ 800 a $ 1.500 para cultivar algumas plantas. Uma configuração como essa pode render vários gramas ou até meio quilo de buds na colheita. Dentro de casa: $ 100 - $ 1500 +
    • Boa noite galera, estou no meu primeiro cultivo. Minhas plantas (semente de prensado) estão com 30 dias de flora, porém faz duas semanas que pararam de se desenvolver, as folhas estão amarelando aos poucos e algumas curvadas para baixo. Estava fazendo a rega de fertilizante (Top Crop Top Bloom) uma vez por semana conforme rótulo. Porém estou achando que o ph do solo está desregulado, pois fiz o teste do solo com vinagre e o bicarbonato, e o solo que coloquei bicarbonato teve reação, indicando que meu solo está ácido(?) Minha dúvida é a seguinte, não tenho medidor de ph para o solo ou para líquidos. Como faço para regular o ph do solo? É preciso ter medidor de solo E de líquidos? Li também sobre usar calcário porém estou cheio de dúvidas kkk. Segue fotos das minhas plantas..   
    • 2. Quanto tempo até você fumar seus primeiros buds? Em média 4 meses Depois de começar a cultivar, normalmente leva pelo menos 3 meses até a colheita para a maioria das variedades (algumas apenas um pouco menos, outras levam mais tempo, e também demorará mais se você cultivar plantas grandes). Após a colheita, seus buds de cannabis levam cerca de uma semana para secar. Por último, para obter a melhor qualidade, a maioria dos produtores deixa curar seus buds  por mais de 2 semanas para obter um sabor mais suave e uma potência mais alta. Depois de curados entre 2 e 4 semanas, os buds ficarão mais fortes e terão menos probabilidade de causar dores de cabeça ou ansiedade. No total, você estará encarando um investimento de 4 meses para uma colheita de cannabis. Cronograma de crescimento ~ 3+ meses - Semente à colheita ~ 1 semana - Secagem 2+ semanas - Cura Total: ~ 4+ meses Diga-me mais: Quanto tempo leva para cultivar maconha? Qual é o cronograma de crescimento? Você está pronto para ver a cannabis crescendo dentro de sua casa?
×
×
  • Criar Novo...