Cannabicultor420

Oficializar Maconha É Abrir Fábrica De Esquizofrênicos, Diz Psiquiatra

Recommended Posts

Oficializar Maconha É Abrir Fábrica De Esquizofrênicos, Diz Psiquiatra
Se o Brasil seguir a tendência de outros países e oficializar a indústria da maconha, nós teremos "uma fábrica de esquizofrênicos". A opinião é do psiquiatra Valentim Gentil Filho, professor titular da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), convidado desta segunda-feira (4) do programa Roda Viva, apresentado ao vivo na TV Cultura e reproduzido pelo UOL.
Para o psiquiatra, considerado um dos mais influentes do país, a sociedade tem sido conivente e omissa em relação à droga, e os riscos provocados por ela não têm sido bem divulgados. Gentil Filho contou no programa que, segundo estudos bem fundamentados, a maconha aumenta em 310% o risco de esquizofrenia quando consumida uma vez por semana na adolescência. E trata-se de uma doença incurável: "O esquizofrênico pode ter uma vida praticamente normal, mas sempre há uma sequela".
O psiquiatra sugeriu que, assim como pais permitem que seus filhos consumam álcool em festas, a informação distorcida de que maconha não faz mal fará com que eles deixem os jovens fumarem em casa. E o problema é que, nos adolescentes, que estão em uma fase de "poda" natural do cérebro para a entrada na idade adulta, a droga é especialmente prejudicial.
O professor também fez críticas à chamada luta antimanicomial, que fez o Brasil fechar milhares de leitos psiquiátricos sem proporcionar alternativas. Ele ressaltou que o atual modelo dos Caps (Centros de Atenção Psicossocial) não tem como substituir o atendimento ambulatorial e as internações psiquiátricas. Para Gentil Filho, não se trata de abandonar os pacientes em manicômios, mas garantir o tratamento em fase aguda. Ele reforçou que, atualmente, só um terço dos pacientes psiquiátricos diagnosticados recebe tratamento.
Para o psiquiatra, tanto a luta antimanicomial quanto a vinda de cubanos (pelo programa Mais Médicos) fazem parte de uma visão mais ampla que a medicina, de uma mentalidade que persiste no Ministério da Saúde e tem raízes político-ideológicas. Na prática, segundo ele, o que acontece é que há um número absurdo de pessoas com transtornos graves nas ruas, rejeitadas por hospitais e por outras instituições. "Há uma desassistência fenomenal e nós temos recursos terapêuticos", lamentou.
Depressão e pânico
O convidado do Roda Viva também falou sobre o aumento no diagnóstico de depressão, que para ele é fruto de diversos fatores, como a ampliação dos conceitos sobre a doença e a descoberta de novas moléculas que se mostram mais eficazes que o placebo. Ao falar de outros transtornos que têm sido mais frequentes, ele também mencionou a síndrome do pânico. Entre as possíveis causas desse aumento, de acordo com o especialista, estão o maior consumo de estimulantes, cafeína e medicamentos com ação no sistema nervoso e atitudes como a privação de sono, capazes de deflagrar crises. Mas ele pondera que o estresse não é algo novo na humanidade, assim como os transtornos mentais. "Eu prefiro viver hoje do que nos tempos bíblicos", ironizou.
O programa apresentado pelo jornalista Augusto Nunes e a bancada de entrevistadores contou com Fernanda Bassette (repórter de saúde do jornal O Estado de São Paulo), Ulisses Capozzoli (editor-chefe da Revista Scientific American Brasil), Paulo Saldiva (professor titular da Faculdade de Medicina da USP, especialista em poluição atmosférica), Aureliano Biancarelli (jornalista da área de saúde) e Luciana Saddi (psicanalista, escritora e blogueira da Folha de São Paulo). O Roda Viva ainda teve a participação do cartunista Paulo Caruso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então a humanidade foi esquizofrênica por milênios, já que a maconha foi usada em todo o globo, nos últimos milhares de anos...

  • Like 6

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esse aumento em casos de depressão e doenças psiquicas IMO é fruto de diagnóstico errado de muitos psiquiatras, que não pensam 2x antes de receitar um tarja preta até pra criança.

Agora é assim, se a criança é bagunceira e naõ presta atenção na aula ela tem TOC e tem que ser medicada, acontece que a medicação não faz nada além de dopar o muleque e transformar num zumbi dependente de remédios tarja preta...aí nunca mais fica bom, para de tomar o remédio e tem "recaída" (que na verdade seria a abstinencia do remédio)...esse é o pensamento desse tipo de médico, quem tem um comportamento fora do que eles consideram padrão é doente mental e tem que ser dopado pra se encaixar na sociedade. Eu que tenho filhos to impressionado com o tanto de crinça menor de 10 anos q tá usando esses remédios pesados, é preocupante

Quanto ao resto do discurso do médico dá pra ver bem a linha de pensamento, nas estrelinhas vc percebe que ele quer internar morador de rua em hospício, tipo o que fizeram lá em barbacena com um monte de pobres.

Os EUA devem tá cheios de esquizofrenicos também né, dá pra ver que o Colorado tá indo pro buraco, só tem doido lá agora. Aaaaaaaaaaaaaaa, vá pra puta q te pariu Doutor

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Desde que o ultra-reacionário A.Nunes começou a apresentar o RV o programa morreu. Depois da Gabí Gabriela cagar em cima do RV esse escroto foi lá e puxou a descarga...Sabem quem foi entrevistado durante a falsa polêmica dos embargos infringentes? Simplesmente o Reale Jr! Pra quem não sabe o cara é filho de um dos fundadores do Integralismo - o nazismo tupiniquim - quanta imparcialidade. Esperavam que levassem quem? O Dartiu? Esqueçam! O RV virou mais uma trincheira reacionária da massmedia...

Eu vi uns pedaços e o cara só falou uma merda atrás da outra...TNC!

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oficializar Maconha É Abrir Fábrica De Esquizofrênicos, Diz Psiquiatra

A opinião é do psiquiatra Valentim Gentil Filho, professor titular da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo)

Tá moscando, isso não é argumento, além do mais a maconha oferecida ilegalmente tem muito mais potencial de esquizofrenia do que a Cannabs legalizada que regulamentada não tem riscos

Fábrica de esquizofrênicos quem faz são vcs mesmo com esses remédinhos

hahaha, a cannabs tá ai e ninguem CRIOU ou INVENTOU ela, e o maluco que faz remédios químicos qer discutir ainda

:cadeirada:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Seria muito dizer que o conhecimento nessa profissão deveria ser separado em antes e depois da descoberta do Sistema Endocannabinóide?

E que até agora o ´´depois`` ainda não existe nessa profissão como vemos, pois simplesmente é ignorado esse fato!!!

Nem precisa dizer que essa ignorância sobre o assunto está diretamente ligada aos péssimos resultados que essa profissão oferece aos pacientes, pois o Sistema Endocannabinóide está diretamente ligado a esses ´´transtornos``.

Começo do ano um primo meu pulou do 2º andar por conta dos remédios indicados por essa ´´escola``, tá morto, isso ocorreu após ser receitado o aumento da dose.

Essas porcarias desses remédios sintéticos bloqueiam os receptores de cannabinóides no cérebro, vão ajudar em quê?... só a se matar msm...

Uma vergonha!!!

Tá com algum problema neurológico?

fala com o Dr. Hemp Oil... o resto é nego querendo seu dinheiro, oficializar maconha é tirar paciente desse incopetente ai...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Revista Veja:

Pergunta:

O astrônomo americano Carl Sagan (1934-1996) foi usuário da maconha e um defensor ferrenho da droga. Ainda assim, deixou o legado de uma carreira brilhante. Ele teria sido uma exceção?

Reposta do Psiquiatra Dr Valentin Gentil Filho:

Sagan foi um gênio, e sou fã dele. Mas penso que, se não tivesse usado tanta maconha, ele teria sido um profissional ainda mais brilhante e mais responsável. Sagan tinha algumas ideias estapafúrdias para um astrônomo.

Por exemplo: ele se tornou um dos líderes do Seti (Search for Extra-Terrestrial Intelligence – Busca por Inteligência Extraterrestre), que investiu centenas de milhões de dólares na busca de sinais alienígenas ou provas de alguma civilização extraterrestre. Repito aqui: não há exceções para os danos causados pela maconha.

Psiquiatra de merda esse...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fiz 2 anos e meio de Psicologia, tranquei e não sou psicólogo formado, mas conheço a área.

Esse povo não entende (ou não quer) entender mesmo, por que teimam em bater na tecla do uso de cannabis por menores adolescentes?

Assim como o álcool, a cannabis seria um produto destinado para maiores de 18 anos, é comprovado sim que cannabis na adolescência aumenta o risco de desenvolvimento (prematuro) de Esquizofrenia em pacientes pré-dispostos a ter a patologia, assim como o álcool ou uma experiência traumática também tem possibilidade de desencadear o mesmo efeito.

Porém, em adultos formados a possibilidade de tais situações (uso de cannabis, traumas e etc) desencadearem em patologias como Esquizofrenia ou Psicose caí drasticamente. Não estou afirmando que não é possível, mas é muito raro, e ainda sim não se pôde identificar relações diretas (apenas indiretas) com tais substâncias com o desenvolvimento de patologias mentais.

Fazendo uma analogia simples, o problema não são os jogos violentos destinados a maiores de 18 anos, o problema são os pais negligentes que permitem que crianças façam uso dos mesmos estando cientes que o produto é destinado a adultos, é comprovado que a mente em desenvolvimento da criança e do adolescente é sim muito mais vulnerável a auto-sugestão e a influência de agentes externos para molde de comportamento ético e social.

Legal ou ilegal a criança e o adolescente tem a possibilidade de utilizar tais substâncias, não é a ilegalidade que afasta o uso, pelo contrário, marginaliza e oculta, dificultando ainda mais a ajuda médica aos necessitados.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É incrível como um imbecil desses dá aulas na USP né, quero ver ele explicar porque em sociedades com mais usuários de maconha não há maior número de esquizofrênicos, ou ele nunca se perguntou isso? Ah interesses financeiros, ah lobby das farmacêuticas...

Quem acredita ainda num mundo acadêmico isento e imparcial só lamento.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

sao mais de dez mil anos de uso sem sequer uma morte,

se me chamar de otario minha fala tem suporte

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

No Reino Unido tem uma pesquisa sobre esta questão.

A media de usuários de maconha que vem a sofrer de esquizofrenia e de 1 usuário a cada 2000 (2 mil), mas esses 2000 usuários também usavam outras drogas (álcool, tabaco, cocaína e outros) assim acreditasse que o numero seja menor. E todos que apresentaram esquizofrenia, já apresentavam os sintomas antes de contato com qq droga.

Nao achei esta pesquisa ... mas foi feita pelo Dr Nutt e seus afiliados.

Ver o site da GW (companhia que faz o sativex) esta pesquisando o CBD como anti psicótico ...

A ignorância deste medico e imperdoável.

Como confiar a sua vida e saúde para uma pessoa que não sabe nada.

IGNORÂNCIA FAZ MAL A SAÚDE E PODE CAUSAR DANO CEREBRAL E MORTE (dos outros),

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Começo do ano um primo meu pulou do 2º andar por conta dos remédios indicados por essa ´´escola``, tá morto, isso ocorreu após ser receitado o aumento da dose.

Essas porcarias desses remédios sintéticos bloqueiam os receptores de cannabinóides no cérebro, vão ajudar em quê?... só a se matar msm...

Uma vergonha!!!

Que merda, meus pesames brow. Perdi um conhecido e um amigo, ambos muito jovens, que se mataram. Ambos estavam fazendo uso de tarja preta.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Essas drogas psiquiátricas como Paxil, Prozac são ditas antidepressivos, antipsicóticos, mas elas induzem suicídios e psicoses, já a maconha que como já foi provado diminui incidência de suicídios onde é mais acessível, é a vilã.

http://www.theguardian.com/science/2000/may/22/drugs.uknews

http://www.naturalnews.com/019342_antidepressants_big_pharma.html

http://www.growroom.net/board/topic/52271-estudo-maconha-previne-suicidio/

Como eu disse, é interesse financeiro, se você é pesquisador e diretor de departamento na USP você precisa de alguém para financiar suas pesquisas, quem melhor para fazer isso do que a indústria? Mas ninguém recebe dinheiro de graça, como dizem os entusiastas do "livre-mercado", não há almoço grátis, quid pro quo.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu acredito que a maconha riquissima em THC e com virtualmente zero CBD possa aumentar as chances de esquizofrenia,

mas tambem acredito que a maconha com altos indices de CBD faz exatamente o oposto.

Ao longo dos anos foi se favorecendo o THC em detrimento do CBD e isso criou uma maconha mais propensa a efeitos psicoticos negativos

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Já temos dados suficientes no "pós guerra as drogas" para desmentir essa baboseira toda.

Eita Brasileiros Atrasados...

Enquanto o mundo vê atônito a cagada que fizeram ao longo de 30 anos,

vem um "Psicolouco" desses e continua a bradar asneiras.

Cada vez envergonho-me mais de ser Brasileiro.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala sério, para um país que considera psiquiatra formador de opinião, suicídio é pouco.

A analogia que ele faz com a "fábrica" é bizarra, parte daquele velho pressuposto de que a psiquiatria é uma ciência exata, porém, não existe 2 + 2 = 4 nesta área de estudo, já que as variantes da equação (fatos), são completamente indetermináveis.

Portanto as causas da esquizofrenia ou das doenças mentais, são inúmeras, o que é uma imbecilidade esse sujeito afirmar que a causa da esquizofrenia possa unicamente ligada à maconha, já que existe a forte possibilidade inclusive de que a pessoa omita propositalmente fatos de sua vida, que seriam os verdadeiros formadores da tal "doença".

Assim seria fácil terceirizar a culpa de tudo para as drogas...afinal, algo tem que ser culpado, e como disseram...não existe imparcialidade neste meio.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oficializar Maconha É acabar com a necessidade de tomar rivotril, diazepam, prosac, frontal.


Oficializar Maconha É acabar com a necessidade de internação compulsória



Oficializar Maconha É acabar com a necessidade de precisar de psiquiatra!!

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

entao eles deveriam estar felizes mais clientes pra eles ehhehehe

percebem a contradição.. eles sabem que a maconha mais cura que qq outra coisa

ELAS ESTÃO DESESPERADAS AEHUEAUHEAUHEA

de repente me veio um otimismo.. a verdade não vai mais ser freiada

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...