Ir para conteúdo
Growroom

Recommended Posts

Notícias

29abril2013

TRECHOS POLÊMICOS

Governo negocia mudanças em projeto de lei antidrogas

Fonte:http://www.conjur.com.br/2013-abr-29/governo-negocia-mudancas-projeto-lei-combate-drogas

29/Abr/2013

O governo federal negocia alterações no Projeto de Lei 7.663/2010, que trata do combate às drogas e está em fase final de tramitação na Câmara. A votação estava prevista para abril, porém, por falta de acordo foi adiada. A expectativa de seu autor, o deputado Osmar Terra (PMDB-RS), é vê-lo em pauta no dia 8 de maio. As informações são do jornal Valor Econômico.

O objetivo dos articuladores do Palácio do Planalto é evitar que a presidente Dilma Rousseff seja forçada a vetar trechos considerados polêmicos da proposta. De acordo com deputados, o governo já teria sinalizado ser contrário à descriminalização das drogas e a favor da internação involuntária de dependentes químicos.

Na última quinta-feira (25/4), a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, coordenou uma reunião com Osmar Terra, o relator da proposta na Câmara, deputado Givaldo Carimbão (PSB-AL), integrantes do grupo parlamentar que trata do assunto e representantes de diversos ministérios. Uma nova reunião com Gleisi está prevista para esta terça-feira (30/4). À tarde, os parlamentares devem se encontrar com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, para discutir um dos pontos que o governo tenta alterar antes de o texto ser colocado em votação. A proposta eleva as penas de traficantes, inclusive os de pequeno porte. O governo, porém, argumenta que a medida tende a aumentar a ocupação das já superlotadas cadeias brasileiras.

"Não dá para abrir mão do aumento da pena para o tráfico, porque é uma questão de diminuir a epidemia. Tem que retirar quem passa a droga", sublinhou Terra. O relator da proposta reforçou: "Ninguém abre mão [governo e deputados], mas abrimos uma conversa".

Por desagradar o governo, o relator Givaldo Carimbão retirou do projeto o artigo que determinava às instituições de ensino o cadastramento de suspeitos e usuários confirmados de drogas. Para alas do governo federal, a iniciativa poderia fomentar a marginalização e formação de estereótipos, além de transformar as escolas num espaço "inquisidor" em vez de ser um local acolhedor e onde se cria uma relação de confiança entre estudantes e educadores.

Outro ponto que pode ter mudança é a internação involuntária de dependentes de drogas. O projeto permite a internação a pedido da família ou de qualquer "servidor público" que constatasse a existência de motivos que justificassem a medida, a qual seria tomada após a decisão de um médico responsável. Um acordo deve ser fechado, autorizando servidores das áreas de saúde e assistência social a tomarem a decisão nos casos em que os usuários não estiverem em contato com seus parentes. Antes, segmentos do governo federal insistiam que a internação compulsória não deveria ser a primeira opção de tratamento.

O parecer de Givaldo Carimbão também prevê incentivos à atuação das chamadas comunidades terapêuticas, ao prever que o tratamento dos dependentes químicos será custeado pelo poder público ou pelo Sistema Único de Saúde quando não houver vagas em programas governamentais de atendimento ou acolhimento. Num primeiro momento, alas do governo alertaram o Palácio do Planalto para o risco de ser criado um sistema paralelo ao SUS. Mas, segundo os deputados, tais resistências não teriam se confirmado nas mais recentes reuniões.

Revista Consultor Jurídico, 29 de abril de 2013

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O bom desse projeto ter sido adiado é que pelo menos terá um evento de grande porte (Congresso Internacional sobre Drogas:
Lei, Saúde e Sociedade) antes de sua votação e já é certo tirar um parecer desse Congresso e encaminhar para o Governo.

Mas repito: é imprescindível que o deputado Osmar Terra seja convidado para esse Congresso. Afinal, é bom ter quem argumenta

contra também, claro que é bom. Tem que dar espaço para esse cara falar e derrubar ele em argumento, em Congresso. Impedir

a sua participação é só esconder a serperte ao invés de matá-la

  • Like 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Velho, eu tive q rir, pra nao chorar...como a galera faal uma coisas dessas....brincadeira...

Não dá para abrir mão do aumento da pena para o tráfico, porque é uma
questão de diminuir a epidemia. Tem que retirar quem passa a droga",

Ai vem outro, e fica no lugar dele....

Por desagradar o governo, o relator Givaldo Carimbão retirou do projeto o
artigo que determinava às instituições de ensino o cadastramento de
suspeitos e usuários confirmados de drogas.

kkkkkkkkkkkkkk...no nosso país que nao tem preconceito...imagina o quanto os boyzinhos iriam sofrer...

a famosa dancinha, dois pro lado, uma pra traz...

Ja falei isso antes aki no GR...me xamaram de negativista...kkkkkkkkkkkk

So mudou que eu falei 2 pra tras, e 1 pra frente...é triste...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tudo é desculpa pra roubar a grana do povo isso sim. imagina o que não vão desviar dessas instituições para dependentes químicos. E no final das contas os viciados em pedra e álcool é que se ferram sempre, porque logicamente não terão onde se tratar.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O bom desse projeto ter sido adiado é que pelo menos terá um evento de grande porte (Congresso Internacional sobre Drogas:

Lei, Saúde e Sociedade) antes de sua votação e já é certo tirar um parecer desse Congresso e encaminhar para o Governo.

Mas repito: é imprescindível que o deputado Osmar Terra seja convidado para esse Congresso. Afinal, é bom ter quem argumenta

contra também, claro que é bom. Tem que dar espaço para esse cara falar e derrubar ele em argumento, em Congresso. Impedir

a sua participação é só esconder a serperte ao invés de matá-la

Ele não vai, deve ter medo porque sabe que so vai tomar na cabeça.

  • Like 6

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sempre tem uns projetos que parecem polêmicos e criam ares de que vai passar, mas normalmente são rechaçados.

Sério, já fico com preguiça de ler sobre esse Osmar Terra.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Geral aqui do Growroom já cantou a bola, aquela proposta mais polêmica de cadastro de usuário em colégio foi só pra ser negociada e o resto das aberrações passarem.

E a ideia de arrumar a mochila fica cada vez mais atrativa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

De acordo com deputados, o governo já teria sinalizado ser contrário à descriminalização das drogas e a favor da internação involuntária de dependentes químicos.

De toda notícia é esse ponto que me preocupa.

  • Like 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Brasil não tem jeito meu, só se tivesse grupo armado fazendo atentado contra politico safado...cadeia neles enquanto isso não acontece...

Essa bosta ta no DNA desse país.. to largando as bota indo pra califa dia 20 de junho!

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então gente, de boa, sem querer ser pessimista mas cada vez mais que me aprofundo no obscuro mundo da cultura e costumes do povinho Brasileiro percebo que a luta vai aumentar...

Vária matérias que leio e tem a opinião do internauta mostra que a nossa sociedade não está preparada para isso, posso dar um exemplo bem próximo pois tenho um irmão que é católico fervoroso e é um jovem de 31 anos como outro qualquer e temos discussões sinistras pelo fato de eu plantar..... Nenhum argumento que eu ponho o convence de que eu tenho os melhores motivos do mundo para tal prática....

Difícil sabe!!!! Complicado mesmo e eu vejo o reflexo no dia a dia, as pessoas são desinformadas e ignorantes pois são anos e anos ouvindo sobre as mazelas das drogas e acho que ainda temos mais uns 10 anos pela frente se não mais de reeducar a nossa sociedade sobre o uso de drogas, inclusive a legalizadas...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então gente, de boa, sem querer ser pessimista mas cada vez mais que me aprofundo no obscuro mundo da cultura e costumes do povinho Brasileiro percebo que a luta vai aumentar...

Vária matérias que leio e tem a opinião do internauta mostra que a nossa sociedade não está preparada para isso, posso dar um exemplo bem próximo pois tenho um irmão que é católico fervoroso e é um jovem de 31 anos como outro qualquer e temos discussões sinistras pelo fato de eu plantar..... Nenhum argumento que eu ponho o convence de que eu tenho os melhores motivos do mundo para tal prática....

Difícil sabe!!!! Complicado mesmo e eu vejo o reflexo no dia a dia, as pessoas são desinformadas e ignorantes pois são anos e anos ouvindo sobre as mazelas das drogas e acho que ainda temos mais uns 10 anos pela frente se não mais de reeducar a nossa sociedade sobre o uso de drogas, inclusive a legalizadas...

Ta fácil. No Gêneses diz que num dos 6 dias de criação do universo, deus criou todas as plantas e a cannabis é oq?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Novamente vou ex-por o que acho pertinente...

Não se trata de permissão e sim reconhecimento, quando o " rebanho " notar isso acredito que cerca(lei) alguma o prenderá!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Redução de danos uma porra!

O negocio agora é prender e internar! e logo vamos faturar um milhão quando vendermos todas as almas dos nossos índios no leilão!

Que pais e esse? É A PORRA DO BRASIL!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

"O parecer de Givaldo Carimbão também prevê incentivos à atuação das chamadas comunidades terapêuticas, ao prever que o tratamento dos dependentes químicos será custeado pelo poder público ou pelo Sistema Único de Saúde quando não houver vagas em programas governamentais de atendimento ou acolhimento. Num primeiro momento, alas do governo alertaram o Palácio do Planalto para o risco de ser criado um sistema paralelo ao SUS. Mas, segundo os deputados, tais resistências não teriam se confirmado nas mais recentes reuniões."

Não está explícita a intenção??? :127472813-scratchhead4wijz2:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Poucos partidos sao efetivamente claros em suas propostas!!!! Mais se preocupam com a imagem e poder$$$$$ e com isso, pouco fazendo sobre o que realmente precisa mudar!! (o povo, ignorante, acredita em conto de fadas!!! e nao enxerga/entende as mudancas estruturais, que nao geram efeitos instantaneos)

Ou nao sabem o que fazer..... ou nao tem culhao!!!!

Fora ratos!!! cupins!!!! e sanguesugas!!!

Fica a pergunta: Se o FHC eh a favor da descriminalizacao das drogas, o que aconteceria se o PSDB voltasse ao poder e tivesse a oportunidade de mudar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Redução de danos uma porra!

O negocio agora é prender e internar! e logo vamos faturar um milhão quando vendermos todas as almas dos nossos índios no leilão!

Que pais e esse? É A PORRA DO BRASIL!!!!!!!!!!!!!!!!

Redução de danos financeiro para o bolso desses corruptos!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como que um deputado fala uma merda dessas e fica por isso mesmo, deveria cair em descredito imediato perante a opinião pública, olha a cabeça desse merda como funciona, + penas = menos traficantes

é brincadeira isso, não é?

sou a favor de convidar o Osmar Terra para o congresso, e se ele recusar que isso seja usado contra ele nos debates.

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...

  • Conteúdo Similar

    • Por BASEADG
      Fé rapaziada, chuva de mec?  Eu sou novo aqui no fórum mas acompanho hà 6 meses já e ja fui ajudado muitas vezes por dicas dos usuários, então resolvi passar uma visão legal aí pra galera que quer da um2 mas sofre com a paranoia dos pais assim como eu.
      Há 2 meses minha mãe comprou uns testes de thc/coc no mercadolivre e ela fica ameaçando de fazer o teste. No começo fiquei  de cara, mas aí como tava tudo suave eu saí e f1.
      5 dias depois ela pediu pra eu fazer o teste.
      Fui pesquisar sobre isso e acabei usando umas dicas pra passar nesses testes e funcionou, espero que ajude vocês:
      O que precisam saber é que o figado gera metabólitos de todas as substâncias externas do corpo para eliminá-las, e elas saem pela urina. O exame basicamente consiste em um reagente que só manifesta em contato com o THC-COOH(metabólito do thc). Conforme você urina, a substância vai sendo eliminada e esse processo demora em média 3 a 7 dias (para quem fumou pouco), 15 dias (pra usuários moderados) e 1 mês (pra usuários pesados).
       Caso você tenha fumado e esteja perto do dia do exame (obvio que se você fumou o mês inteiro e parou 1 dia antes não funciona) existe um jeito de aumentar a chance de negativo. Esses exames caseiros são imprecisos, os laboratoriais medem até a quantidade de agua no sangue para equilibrar os niveis de THC-COOH. O segredo está em beber muita água e urinas consecutivas vezes antes do exame, assim você acelera o processo de eliminar os metabólitos, sem que se passem dias (beba muita água também para fazer o exame). Também é importante não consumir açúcar porque ele atrasa esse processo).
      Também vale tentar outras dicas que já se mostraram eficientes como: beber café (puro), tomar 4-5 aspirinas (elas ajudam a mascarar o thc) e tomar sulfato de zinco (ele encaminha os metabólitos para o canal fecal tornando a urina livre de boa parte de metabólitos). Tome diuréticos naturais para eliminar as substâncias, se quiser pode tentar tomar Hidroclorotiazida ela age de forma muito eficaz como diurético para eliminar os metabólitos.
      Pra quem sofre de pais paranoicos como eu (já vi pessoas no fórum pedindo ajuda por isso) é bom saber dessas dicas, pra mim funcionou e deu negativo, boa sorte maconheiros.
    • Por Crizes
      Olá, tudo bem com vcs ?
      Sou novo aqui, mas tenho uma dúvida 
      No ano passado fui internado involuntariamente em um centro de reabilitação e recuperação de dependentes, fiquei com um trauma dessa situação. Porém este ano voltei a fumar e minha mãe voltou a saber, bom queria saber:
      Há alguma Lei, Recurso, ou Método jurídico que possa recorrer que impeça ou diga que estou com o juízo perfeito e são, e não posso ser internado pela vontade dos outros ? Se há por favor diga ela aqui, explique se puder pra poder melhor entender 
      (Obs: antes dependia de minha mãe pra tudo e Agr ela apenas me da moradia, em uma casa diferente da que ela mora, e Tbm pode ficar tranquilos que sempre tive autocontrole no consumo de maconha, ela só me internou pq queria se livrar de mim por outros motivos, inclusive o religioso, e sinto que isso vai ou pode acontecer novamente, o internamento)
    • Por Savast Grower
      Olá Cultivadores de todo o Brasil
      Não revelarei minha identidade por questões de segurança.
      Hoje venho dar uma noticia nada agradável, porem necessito socorro como muitos aqui também necessitaram ...
      Infelizmente fui denunciado por cultivar Cannabis em minha residencia (02 preenseeds) e fui autuado por tráfico de drogas em flagrante a pesar de estar no trabalho e vir correndo para casa para assumir as plantas como usuário ( Art. 28) porém na delegacia o delegado não quis saber de detalhes e me autuou no famoso 33 ... fiquei preso na delegacia por algumas horas em uma cela 1,5m x 1,5m com outros 7 presos (Verdadeiros traficantes, homicidas entre outros), enviado para cadeia e lá passei mais algumas horas até sair no meio da madrugada o Alvará de soltura e eu voltar para minha família.
      Não sou traficante e sim um cultivador que não quer dinheiro na mão do crime, mas como estamos no Brasil estamos todos sujeitos a esta situação horrível.
      Necessito de auxilio na questão pois enquadrado como traficante irei preso por algo que não cometi e algo que repudio e tento combater da minha forma ( Plantar para não comprar).
      Como não me conhecem, sei que não podem afirmar minha integridade como pessoa do bem, porem, sou pai de família, acabo de ter minha filha, casado, e trabalho registrado a anos e cheio de contas rsrs ... Bem distante de características de um traficante ...
      Confesso que estou bem assustado e preocupado com essa situação em que estou, tanto pelo crime enquadrado como pela condição financeira para arcar com honorários de um advogado criminal ...
      Caso possam me ajudar de alguma forma, seria imensamente grato, não sei o que fazer ou a quem recorrer ... Tenho um grande medo de ir para defensoria pública (não conheço mas o que dizem é que as vezes pode não ser de grande utilidade) e acabar com um advogado que não me auxilie corretamente e acabar preso da mesma forma ...
      TODA E QUALQUER AJUDA É BEM VINDA !!
      Agradeço desde já!!
      *Peço perdão a Administração do forum caso eu esteja postando na area errada ou algo do tipo
    • Por nandgrow
      Falaa galera, então... Mês passado os cana me abordaram eu tava na posse de 2g +-, ai fui na delegacia e pá, fiquei esperando lá até assinar o TCO e depois fui liberado.
      Fiquei no grilo de chegar alguma coisa aqui em casa me intimando para comparecer ao JECRIM. Mas hoje, chegou uma carta me advertindo sobre os efeitos do uso da droga, nos termos do art. 28, I, da Lei 11.343/06.
      Isso quer dizer que não vai rolar audiência? O processo se encerrou? 
      Valeuu!!
    • Por MoscaBranca
      Boa noite. 
      Como estudante de Direito, resolvi fazer esse tópico, dividindo minha pouca experiência, para tentar ajudar pessoas que possam eventualmente estarem preocupadas por terem rodado com um baseado e que se interessem por entender e discutir a questão legal no nosso país. É preciso ter em mente que vivemos em um país que adotou a Lei nº 11.343 (Lei de Drogas)  como materialização do controle de entorpecentes, mas essa lei não definiu o que são drogas ilícitas, deixando a cargo da ANVISA que em sua portaria nº 344 de 1998 determina/atualiza quais são as substâncias ilícitas no território nacional  (o THC consta na lista F-2 - Substâncias Psicotrópicas, nº 28 na referida portaria). 
      Pessoa que durante abordagem policial foi pego com pouca quantidade, destinada a consumo próprio. (A questão "quantidade" é relativa, conforme o parágrafo segundo do art. 28) Você responderá pelo artigo 28 da Lei de Drogas:  Art. 28.  Quem adquirir, guardar, tiver em depósito, transportar ou trouxer consigo, para consumo pessoal, drogas sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar será submetido às seguintes penas:
      ...
      § 1o  Às mesmas medidas submete-se quem, para seu consumo pessoal, semeia, cultiva ou colhe plantas destinadas à preparação de pequena quantidade de substância ou produto capaz de causar dependência física ou psíquica. (caso por exemplo de alguém que tem grow rodar, evidentemente que conforme o parágrafo abaixo, a confirmação do consumo pessoal se da pela equação: quantidade/local/condições da ação de apreensão/conduta e antecedentes do agente, circunstâncias essas,  que podem ser utilizadas tanto contra você pelo promotor ou a seu favor na sua defesa pelo advogado ou defensor público.)
      § 2o  Para determinar se a droga destinava-se a consumo pessoal, o juiz atenderá à natureza e à quantidade da substância apreendida, ao local e às condições em que se desenvolveu a ação, às circunstâncias sociais e pessoais, bem como à conduta e aos antecedentes do agente. (ex: uma quantidade alta pode configurar uso se no devido processo legal se comprovar um consumo elevado somado a bons antecedentes ao passo que um pequeno papelote pode configurar tráfico se ao analisar as circunstâncias verificar que aquele material era destinado ao tráfico). 
                  Você provavelmente será encaminhado para DP e ira assinar um termo declarando ser usuário o que facilita posteriormente a tipificação (nome dado a adequação da conduta praticada pelo agente com a previsão legal do artigo) e se comprometendo a comparecer em juízo quando intimado. Isso se deve ao fato de que todo boletim de ocorrência que é lavrado por policiais é encaminhado ao poder judiciário (fórum), com isso ele é autuado (recebe um número de protocolo e uma capa) e vira um processo. Nesses casos, esse tipo de procedimento é encaminhado ao Juizado Especial Criminal (JECRIM), que cuida de crimes de menor potencial ofensivo (aqueles cuja a pena não ultrapassa dois anos de reclusão, conforme art. 61 da Lei nº 9.099 - Lei dos Juizados Especiais). Vejamos a seguir quais são as penas que o agente pode sofrer ao infringir este artigo:
      I - advertência sobre os efeitos das drogas;
      II - prestação de serviços à comunidade;
      III - medida educativa de comparecimento a programa ou curso educativo.
                  Como foi dito anteriormente, com a transformação do boletim de ocorrência em um processo criminal pelo rito especial do JECRIM, ele é encaminhado para o promotor de justiça que ira realizar uma série de verificações, como por exemplo:  analisar os fatos narrados no boletim de ocorrência; solicitar a delegacia que envie laudo toxicológico da substância apreendida com você (para a comprovação da ilicitude - ATENÇÃO: sem o laudo não há o que se falar em culpabilidade, pois não há um documento técnico-pericial que ateste que o que você portava realmente era um ilícito); e consequentemente requerer a secretaria do juizado a expedição da sua CAC (certidão de antecedentes criminais - essa certidão em tese até onde sei é apenas local, ou seja, de crimes cometidos anteriormente na cidade onde foi solicitada com o intuito de verificar se você faz jus ao benefício da transação). Feita essa verificação, não restando passagens anteriores nos últimos 5 (cinco) anos, ele ira propor ao acusado uma das três penas acima mencionadas, ficando a escolha, na prática, à critério do promotor (um advogado constituído por você para sua defesa pode pedir a conversão da pena ao juiz). O juiz ao ver o que foi proposto pelo MP ira designar uma audiência e você será intimado através de um Oficial de Justiça para comparecer em uma data e horário no Fórum da sua cidade. É evidente que muitas pessoas se sentem desconfortáveis e até mesmo revoltadas de terem que comparecer ao fórum, com um sentimento de serem de certa maneira marginalizadas por algo de fato tão banal como fumar nossa erva, tendo em vista crimes mais graves e impunes que ocorrem em nosso país, mas costumo aconselhar amigos que se encontrem na situação narrada a ir na mencionada audiência, pois irá ser proposto a você uma das três penalidades do art. 28 em caráter de transação penal, para explicar melhor a definição da transação, transcrevi  um trecho deste artigo que encontrei na internet publicado por Luis Antônio Francisco Pinto na página Jus Brasil: 
       
      "Desse modo, antes de oferecida uma queixa-crime (pelo particular) ou denúncia (pelo Ministério Público), é garantido ao suposto infrator a oportunidade de lhe ser aplicada de imediato pena não privativa de liberdade (art. 72 e 76, Lei n. 9.099/95), o que lhe livra de responder a uma ação penal e, sem admitir culpa, cumpre penas alternativas, tais como prestação de serviços à comunidade, pagamento de determinado valor para instituição de caridade, entre outras. Assim, a transação penal tem o objetivo de desburocratizar o processo penal; fazer com que a justiça criminal seja mais célere; evitar que o suposto infrator enfrente um processo criminal que poderá culminar com uma condenação, com todas as consequências negativas que uma condenação criminal pode trazer a um indivíduo, como gerar maus antecedentes e reincidência, suspensão dos direitos políticos pelo prazo de cumprimento da pena; etc. No ponto, importante salientar que a aceitação da transação penal não é reconhecimento de culpa pelo suposto infrator. É, em verdade, uma forma de “acordo” em que ele opta por não enfrentar um processo criminal para não correr o risco de sair condenado ao final, se considerado culpado; ou se, mesmo que em seu íntimo saiba que não é culpado, simplesmente para não passar pelas agruras do processo criminal. De qualquer forma, sempre o suposto infrator estará acompanhado de advogado, seja particular, defensor público ou, onde não tiver este, de advogado dativo nomeado pelo juiz. O importante é que ele seja esclarecido das vantagens e desvantagens da aceitação ou não da transação penal. Se de um lado é assim, de outro, uma vez aceita a transação penal, o beneficiário (suposto infrator) não vai poder desfrutar novamente dos benefícios desse instituto pelo prazo de cinco anos" Bom, espero ter ajudado de alguma forma os amigos que estejam passando por essa situação ou conheçam pessoa que esteja passando por esse dilema, fico a disposição para tentar ajudar em algum caso, não sei muito mas no que puder auxiliar estamos ai, obrigado! 
  • Tópicos

  • Posts

    • Tomei uma volta de 400 conto desses safados do Cannabiorganic anos atras ... recebi TODAS as sementes quebradas (veio num envelope escroto sem nenhuma proteção... e vi MUITA gente reclamando de herma em final de flora. MSB tem tido muito problema de germinação, gente comentando no FB puta da vida etc, das últimas 6 neles que comprei só germinaram 3 ... 
    • Opa, pegando o embalo no tópico do amigo  Quando estava preparando um solo aqui ( já a tempos atrás) passei pelos mesmos problemas ( odor forte, e moscas)   E minha dúvida é quanto ao mulch (cobertura)  Ando frequentando também o Téonanacatl forum, que é sobre cultivo de cogumelos. E vi que o pessoal usa bastante um "selo de vermiculita" por cima, pra evitar o contato com pragas e infecções.  Sabem dizer se neste caso de preparo e descanso do solo, uma camada de vermiculita por cima pode impedir as moscas de pousarem no substrato ?  Vlw pessoal tmj
    • Salve, seedster. Obrigado por responder. A probabilidade da sua remessa sair do buraco negro da retenção é remota... sinceramente, as chances são nulas considerando o tempo em que ela está parada e sem atualização de status há meses. Supondo que a sua remessa fosse liberada, dificilmente suas sementes germinariam devido ao tempo fora do ambiente ideal de armazenamento. As sementes fora da temperatura de conservação (aproximadamente 8ºC) consomem mais rápido o próprio hormônio de germinação, pois o embrião é um organismo vivo em estado de "hibernação". Sendo assim, sementes com mais de 3 meses fora da temperatura ideal de conservação, sofrendo com oscilações de temperatura e umidade, dificilmente germinam. O mais comum de acontecer é a ponta da radícula sair e o desenvolvimento travar. O procedimento padrão é o encaminhamento pro Min. da Agricultura, análise, identificação e incineração das sementes. É provável que todas essas etapas já tenham sido realizadas sem a inserção do status na página de rastreio. Eu tenho uma remessa do Hipersemillas há 2 meses e uns dias na retenção, sem atualização de status. Há outros cultivadores com remessas há 5 meses ou mais na retenção e sem atualizações. Não queime sua energia mental alimentando paranoias. Esqueça.
×
×
  • Criar Novo...