Ir para conteúdo
Growroom
Bia22

Ajuda Em Conflito Entre Casal (Ele É Usuário E Eu Não)

Recommended Posts

Depois dizem que é bom casar com mulher careta :cadeirada:

Já explanei pra geral que o buquê da minha noiva vai ser uns tops muito irados, pura resina!

Bia, você escreveu um texto mas não disse exatamente o que te incomoda no uso da maconha, a não ser o fato da sua educação "ir contra" este hábito.

Se for isso memso, reeduque-se.

ÔRRA MEU !!! Vai arranjar idéia de vários barbados tentando pegar o buquê da Noiva....kkkkkkkkkk

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ele nao quer te decepcionar agora eh a sua vez, nao decepcione ele

tem q ficar junto pq se gosta, e nao "deixarem de se gostar" pq ele fuma ou gosta, nao q seja seu caso.

eh aquela parada todos temos coisas q nao gostamos um no outro mas se gostar eh estar acima disso tudo

e tira o alcool da vida dele

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara Bia

Acho que vc conseguiu um bom material aqui, que pode te ajudar a decidir qual caminho seguir.

Eu sou casado há 27 anos e minha mulher é careta. Ela fumou qdo eramos adolescentes. Qdo ela engravidou da minha primeira filha ela parou e nunca mais fumou. Ela usa tabaco, que ao meu ver, é muito pior em questões de saúde. Então eu acho que essas pequenas coisas, não servem para endossar a índole de qualquer pessoa num relacionamento. Por isso sou casado há tanto tempo. Num relacionamento o que importa é estar bem com quem vc ama e procurar enxergar as qualidades superando quaisquer defeitos. Agora se vc não o ama,é diferente. Apesar que, na minha opinião, fumar um baseado não é um defeito e sim uma qualidade que vc deveria levar em conta. O gringo parece ser gente boa. Vc não precisa fumar se não quiser, basta entender e apoiar. Eu por exemplo não gosto de tabaco e bebida e nem por isso deixo de gostar das pessoas por elas gostarem.

As pessoas precisam evoluir. Evolua!!

Boa sorte

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Anarquia é: Ordem sem governo!

Na verdade é até muito mais do que isso, mas não ia me dar ao trabalho de explicar isso a uma pessoa que se auto intitula puritana.

Afinal, sabemos que são essas pessoas (que se acham) puritanas que nos colocam na cadeia, não?

E sabemos que todos que fazem parte deste fórum, querendo ou não são anarquistas pois desafiam as leis impostas pelos puritanos.

Então ninguém aqui presta. Segundo as palavras dela.

Só não entendo o que raios leva uma pessoa a entrar num fórum e pedir opinião de pessoas que ela acha que não presta!

Já que eu não lembro de algum dia ter entrado num fórum de puritanos pra pedir opinião e falar que eles não prestam. Porém, realmente não confio!

Mas diferente dela, acho que todos tem direito de falarem o que quiserem e não acho que ela não preste, só acho que seja uma chata de galocha!

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Numa boa o Bia : deixa isso pra lá,começe a fumar e seja feliz..td de bom ra vcs :tongue0011: :tongue0011: :tongue0011:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ola

Sou casado e tenho um filho, e digo pra voce que eh dificil suportar o fato de que a companheira nao quer que eu fume, algo que faco a quinze anos, quando casamos eu nao estava fumando, dois anos depois voltei, e estou ate hoje uns 5 anos... para volta para volta.... cada vez que volto fumo mais ( paro por uns 3 a 4 meses ).

Tambem consumi muito alcool, mas agora parei subitamente, tudo pra mostrar para ela que eu quero erva e nao alcool, por que no alcool se eu beber demais eu caio, ja na erva eu posso usar o quanto quiser que nao me chapa igual o alcool.

Ela tem sido muito companheira e nos ultimos tempos nem tem reclamado do cheiro que sei que ela sente e muito. Fumo uns 3 por dia.

Ela nasceu em familia evangelica e eu fui batizado com 25 anos, eh uma barreira imensa para nos, mas estou tentando encaixar isso na minha vida.

Nao tenho intencao de parar agora, se eu parar vai ser para dizer que nunca mais volto, ate la eu vou usar, e estou comecando a plantar as minhas, tudo longe de casa.

O que quis dizer com tudo isso eh:

Sera que se voce expor o que realmente sente, experimentar e deixa-lo livre para usar. Assim voces nao vao passar por isso que eu e minha esposa passamos. Talvez voce tenha que negociar outras coisas, tal como diminuir o alcool que tira demais os sentidos e agora nao pode mais dirigir.

Eu uso por que gosto, e muita gente usa por que gosta, outros por que precisam, mas no fim das contas eh; essas plantas vieram antes do homem:

cannabis: analgesico

coca: analgesico e anestesico

Papoula: sedativo ( esse que vicia e o corpo pede mais )

Isso tudo era a medicina quando ainda nao havia a medicina.

ninguem nunca vai deixar de usar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vou dar uma dica do que vc tá perdendo:

Apesar de eu e minha mina nos darmos bem na cama há uns 7 anos (tempos q estamos junto) mesmo sem o uso da cannabis, te digo que transar sob o efeito dela faz o sexo chegar há um nível quase tantrico! O orgasmo demora mais a chegar, ou seja, o sexo dura mais tempo e o orgasmo dura bem mais tempo.

Você irá trabalhar feliz da vida o dia seguinte!

Uma pitada de cannabis na relação só ira fazer a coisa pegar mais fogo.

  • Like 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ele nao quer te decepcionar agora eh a sua vez, nao decepcione ele

tem q ficar junto pq se gosta, e nao "deixarem de se gostar" pq ele fuma ou gosta, nao q seja seu caso.

eh aquela parada todos temos coisas q nao gostamos um no outro mas se gostar eh estar acima disso tudo

e tira o alcool da vida dele

Não vou deixar de ficar com ele ou de gostar dele pq ele fuma maconha. A minha única preocupação é que ele parece usar a erva de modo inadequado às vezes, a ponto de não comparecer a compromissos e deixar o trabalho de lado, entende? Se ele mesmo me relatou isso, quem sou eu para dizer o contrário? Quanto ao álcool, eu concordo plenamente, é muito mais nocivo para a saúde e para a sociedade do que a Cannabis.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bia, quero ressaltar mais uma coisa...

Eu não acredito que maconha vicie, NUNCA. É minha opnião e vai contra algumas "pesquisas" fajutas que você pode encontrar por ai, mas vou explicar. Como eu disse, eu e minha mulher fumamos todos os dias praticamente o dia todo. Trabalhamos juntos na nossa propria empresa e fazemos tudo chapados. A maconha não me atrapalha em nada, na verdade é um super plus. Tudo fica mais legal quando estou chapado. Estou chapado agora, desde 1 da tarde, e vou chapar o resto do dia todo.

Oq quero dizer com isso? Qro dizer que os efeitos da maconha variam muito! Depende mto da pessoa e qual tipo de erva vc ta fumando. Quando comecei a fumar lembro q eu ficava totalmente retardado e rindo de tudo. Hoje em dia ninguem sabe dizer quando estou chapado e quando nao estou. Vc aprende a controlar a chapaçao com o tempo! Enfim, cada pessoa tem uma experiencia diferente do outro. Quando a erva aqui em casa acaba e temos que ficar um tempo sem, é super de boa. Não existe abstinência, o corpo nao passa mal pela falta nem nada. É CLARO que dá vontade de fumar, mas isso n quer dizer q seja vício. N é pq vc sente vontade de fazer algo q vc está viciado. Tem dia q eu fico fissurado pra jogar bola com os parceiros mas n dá, isso quer dizer q sou viciado em jogar bola? NÃO! Vicio na minha opinião é quando a pessoa perdeu o controle sobre suas decisões, e eu nunca vi esse ser o caso para NENHUM maconheiro, e olha q conheço mtos. Então não acredito em vicio por maconha, isso é MITO!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara Bia

Acho que vc conseguiu um bom material aqui, que pode te ajudar a decidir qual caminho seguir.

Eu sou casado há 27 anos e minha mulher é careta. Ela fumou qdo eramos adolescentes. Qdo ela engravidou da minha primeira filha ela parou e nunca mais fumou. Ela usa tabaco, que ao meu ver, é muito pior em questões de saúde. Então eu acho que essas pequenas coisas, não servem para endossar a índole de qualquer pessoa num relacionamento. Por isso sou casado há tanto tempo. Num relacionamento o que importa é estar bem com quem vc ama e procurar enxergar as qualidades superando quaisquer defeitos. Agora se vc não o ama,é diferente. Apesar que, na minha opinião, fumar um baseado não é um defeito e sim uma qualidade que vc deveria levar em conta. O gringo parece ser gente boa. Vc não precisa fumar se não quiser, basta entender e apoiar. Eu por exemplo não gosto de tabaco e bebida e nem por isso deixo de gostar das pessoas por elas gostarem.

As pessoas precisam evoluir. Evolua!!

Boa sorte

Muito obrigada pelas palavras. Concordo que o impacto do tabaco sobre a saúde é muito pior não somente pela composição química mas também pelo montante de cigarros que uma pessoa fuma em um dia comparado com o que um usuário de cannabis fuma no mesmo período. Eu nunca fumei maconha porque nunca tive interesse, mas toda essa situação me fez querer experimentar para que eu possa ter minha visão pessoal a respeito da mesma. A essa altura do campeonato, eu não me importo que ele fume com sabedoria.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Retiro oq eu disse sobre a erva nunca viciar. Acredito que pessoas com problemas mentais possam ter seus problemas acentuados pelo uso da cannabis, mas n pq a erva é ruim, mas sim pq a pessoa ja possui essa condição... Abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigada a todos que responderam.

Basso,

Depois de tanta pesquisa a respeito da maconha, o meu problema não é mais ela (até pq eu já resolvi que vou experimentar para ter minha própria opinião).

O problema é o abuso. Ele mesmo reconhece que a forma como ele estava utilizando lá era prejudicial e que o estava afetando inclusive em termos de trabalho. A minha preocupação é somente essa. Quanto à qualidade da erva, eu não tenho dúvidas que a qualidade de lá é muito superior, ele inclusive notou a diferença em uma das vezes quando fumou aqui. Eu moro na Bahia, quando viajamos para a Chapada Diamantina, ele disse que a maconha de lá era de melhor qualidade mas aqui em Salvador, quando ele provou ele mesmo disse: "this is crap! (isso é uma porcaria)". Bem, eu não pude dar minha opinião de fato, pq nunca fumei, mas acredito nele que fuma há quase 20 anos.

Mamute,

Eu vou experimentar sim até pq quero sair da teoria e saber como são os efeitos na prática...

BassHemp,

O álcool é muito pior que a maconha, inclusive mata neurônios, efeito esse que é atribuído erroneamente à erva. Como eu disse acima, o meu problema essa altura não é mais a maconha, mas a forma de usá-la. Se ele fizer isso de uma forma que não prejudique o andamento das nossas atividades cotidianas, estará tudo de boa...

Rickroller,

O que me preocupa é acontecer aqui o que ocorreu, enquanto ele estava nos EUA, ele mesmo disse que tinha dias que ele fumava e não tinha vontade de trabalhar, o que o prejudicou várias vezes. Além disso, por ele ser portador de um problema psíquico chamado transtorno borderline de personalidade, o qual faz ele ter comportamentos compulsivos, ele tende a abusar daquilo que gosta. não somente da erva, mas de comida e de jogos também.

Diegrow,

Sem comentários...

João Silva,

Obrigada pela sua resposta. Acho q vc tvz entenda um pouco da minha situação pois assim como você recusei a erva várias vezes. Vou seguir o seu conselho sim.

Blacklabel,

Desculpe não ter sido muito explícita no primeiro post. Quando eu falei de uso abusivo, não me referi especificamente a frequência/quantidade e sim ao fato disso o ter prejudicado várias vezes profissionalmente, tais como não cumprir atividades de trabalho, inclusive foi ele mesmo que me relatou isso e que não queria voltar a usar de tal forma.

Canadense e Blackfag,

Cada um com sua forma de pensar, não é? Felizmente, ele não pensa como vocês; ao contrário, ele quer eu experimente, e é o que eu vou fazer...

hf,

Obrigada pela sua resposta. Eu vou experimentar e ver no que dá. Se não for a minha praia, não vou implicar por ele usar desde que isso não prejudique no andamento das atividades cotidianas, como ocorreu várias vezes, anteriormente.

alabhamagrower,

Obrigada pelo conselho. Se zilhões de pessoas no mundo, consomem cafeína todos os dias, por que não cannabis? Por mim, ele pode usar todo dia, desde que ele não deixe de trabalhar e cumprir compromissos.

Então bia, legal que você ta revendo sua posição, infelizmente não tem como te garantir 100% que ele não vai retomar o uso abusivo mas ai cabe a você como companheira ajudar ele a diferenciar isso e ajudá-lo a lidar com isso. O fato de ele ter assumido que isso trazia problemas para ele é 70% da solução do problema. E o fato de você estar junto e rever suas posições é mais um incentivo para que ele não retorne ao mesmo padrão de uso.

Como eu falei, uma coisa que acho importantíssima é você desfazer essa ditocomia você x maconha, mesmo que não venha a se tornar usuária evite restringir que ele use apenas longe de você, seria interessante até ao contrário que você pedisse que ele evitasse usar longe de você, isso vai ajudar a você entender o que a maconha age nele e as motivações dele em usar, além de evitar que ele se exponha usando em lugares perigosos ou com pessoas que possam não ser de boa índole, vai evitar que ele assuma alguns riscos que acabaria assumindo se eventualmente ele viesse a passar a fumar escondido de você.

Plantem, e só fumem do que conseguirem colher!

Ótimo conselho

falou poco mas falou bonito.

x2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigada querido. Tudo na vida serve como aprendizado, né? Quem sabe eu ñ vou aprender a gostar da erva? rsrs

Com Certeza Bia !!

Eu mesmo antes de dar o primeiro pega, era super preconceituoso, mas depois que me apaixonei pela erva fui aprendendo com o tempo que não podemos radicalizar e que cada um tem o seu livre arbítrio.

Já estou achando que daqui um tempo vc estará postando seu primeiro cultivo !

Acho tb que vc deve ajudar seu noivo para que ele faça um uso mais correto da Erva Sagrada !

Paz e Amor sempre !

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sou casado a 13 anos, ela super careta mas não ve mal algum em eu fumar de vez em quando. Ela axa tao lindas as minhas WW e Purple Diesel, me prometeu experimentar se eu comprar um vaporizador hehehe prometeu me deixar caso eu fume cigarro. axo que viveremos felizes para sempre hehehe

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sou casado a 13 anos, ela super careta mas não ve mal algum em eu fumar de vez em quando. Ela axa tao lindas as minhas WW e Purple Diesel, me prometeu experimentar se eu comprar um vaporizador hehehe prometeu me deixar caso eu fume cigarro. axo que viveremos felizes para sempre hehehe

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se fosse tivesse pesquisado como disse que pesquisou seu preconceito ja teria acabado!

Pesquisei bastante e, justamente por isso, resolvi experimentar. Preconceitos, todos nós temos, deixemos de hipocrisia. A questão é estar disposto a revê-los. Se eu não estivesse aberta a rever os meus, jamais viria postar um tópico aqui, não acha?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Retiro oq eu disse sobre a erva nunca viciar. Acredito que pessoas com problemas mentais possam ter seus problemas acentuados pelo uso da cannabis, mas n pq a erva é ruim, mas sim pq a pessoa ja possui essa condição... Abraço!

João, eu não acredito que a maconha cause nenhum tipo de problema mental, mas acredito que ela agrave os sinais e sintomas de quem já tem um, ou atue como "gatilho" precipitando um quadro de psicose ou de esquizofrenia EM PESSOAS QUE JÁ ESTÃO NA IMINÊNCIA DE DESENVOLVEREM ESSES PROBLEMAS. Vi alguns estudos americanos e outros relatados pelos neurocientistas Sidarta Ribeiro e Renato Malcher falando sobre isso, e ambos são muito favoráveis à descriminalização da Cannabis, à regulamentação da sua produção, distribuição, venda e consumo, e ainda ao uso medicinal da planta.

O meu noivo possui um transtorno de personalidade chamado transtorno borderline, o qual é pouco divulgado e mal diagnosticado no Brasil, mas o qual eu tenho certeza, muitas pessoas são portadoras. Esse transtorno é fruto de uma hiperatividade no nosso sistema límbico (que regula nossas emoções), e provoca alta impulsividade, irritabilidade e comportamento compulsivo. Sabe aquelas pessoas chamadas de "estressadas, pavio-curtos", que tem uma reação extrema a coisas muito pequenas? Muitas delas tem esse transtorno e passam a vida inteira sem saber disso...

Obrigada e abração pra vc tmb.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então bia, legal que você ta revendo sua posição, infelizmente não tem como te garantir 100% que ele não vai retomar o uso abusivo mas ai cabe a você como companheira ajudar ele a diferenciar isso e ajudá-lo a lidar com isso. O fato de ele ter assumido que isso trazia problemas para ele é 70% da solução do problema. E o fato de você estar junto e rever suas posições é mais um incentivo para que ele não retorne ao mesmo padrão de uso.

Como eu falei, uma coisa que acho importantíssima é você desfazer essa ditocomia você x maconha, mesmo que não venha a se tornar usuária evite restringir que ele use apenas longe de você, seria interessante até ao contrário que você pedisse que ele evitasse usar longe de você, isso vai ajudar a você entender o que a maconha age nele e as motivações dele em usar, além de evitar que ele se exponha usando em lugares perigosos ou com pessoas que possam não ser de boa índole, vai evitar que ele assuma alguns riscos que acabaria assumindo se eventualmente ele viesse a passar a fumar escondido de você.

Ótimo conselho

x2

Querido, muito obrigado pelo conselho. Eu me abri para experimentar, se me tornarei usuária, só o tempo irá dizer. Ele não quer voltar a fazer o uso como antes, e quer q eu use pelo menos uma vez para eu saber como é. Eu não quero de forma alguma restringir a liberdade dele no sentido de usar a erva; só quero que ele faça isso de uma forma que não o prejudique em nenhum sentido, entende?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Com Certeza Bia !!

Eu mesmo antes de dar o primeiro pega, era super preconceituoso, mas depois que me apaixonei pela erva fui aprendendo com o tempo que não podemos radicalizar e que cada um tem o seu livre arbítrio.

Já estou achando que daqui um tempo vc estará postando seu primeiro cultivo !

Acho tb que vc deve ajudar seu noivo para que ele faça um uso mais correto da Erva Sagrada !

Paz e Amor sempre !

Após pesquisar muito sobre a erva, lendo artigos e livros, assistindo documentários, e conversando com conhecidos e alguns amigos que fumam, não tenho nenhum motivo para condenar a Cannabis, muito pelo contrário. O movimento proibicionista da Cannabis começou por razões econômicas e não pelos efeitos que a planta provoca. A demonização da erva foi nada mais nada menos que uma estratégia para retirar o cânhamo do mercado e abrir espaço para as fibras sintéticas.

Eu não tenho problema nehum em rever meus pontos de vista. É o estou fazendo. Obrigada, querido.

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sou casado a 13 anos, ela super careta mas não ve mal algum em eu fumar de vez em quando. Ela axa tao lindas as minhas WW e Purple Diesel, me prometeu experimentar se eu comprar um vaporizador hehehe prometeu me deixar caso eu fume cigarro. axo que viveremos felizes para sempre hehehe

Eu não me considero uma pessoa careta... aliás, quem me conhece na intimidade sabe que não sou. A questão é que a maconha foi algo novo na minha vida, eu nunca tive um relacionamento com alguém que fizesse uso cotidiano da mesma e o que me assustou não foi o fato dele usar mas a forma como ele fez isso, entende? Da forma que ele me relatou, ele me deu a entender que tinha perdido o controle da situação, e pelo fato dele ter o transtorno borderline de personalidade (o qual leva a comportamentos de abuso seja de drogas, sexo, comida, jogos), a minha preocupação aumentou.

Se eu gostar da erva e gostar, com certeza vou usar um vaporizador... fumaça não é muito a minha praia, rsrs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...

×
×
  • Criar Novo...