Ir para conteúdo
Growroom

Denunciar

  • Conteúdo Similar

    • Por highbythebeach
      Olá, estou buscando tirar dúvidas e encontrar experiências de outras pessoas. Abri essa enquete, pois estou sofrendo males no intestino e vou fazer uma colonoscopia para descobrir o que me afeta. O fato é que sinto muito desconforto (algumas dores) e constipação (intestino preso), tomei muitos remédios e eles não ajudaram em nada a não ser em intoxicar meu fígado. Gostaria de saber quais efeitos você sentiram com o uso da cannabis no intestino/estômago usando a planta como tratamento, também gostaria de saber se alguém com síndrome do intestino irritável/doença de crohn como se sentem com o uso da cannabis.
    • Por Ravid
      Bom Dia,

      Gostaria de esclarecer uma duvida com vocês
      Gostaria de saber se a maconha tem alguma interação perigosa com o uso de antidepressivos para síndrome do pânico.
      Eu tive uma crise de pânico a mais ou menos 6 meses, devido o stress, sou fumante assíduo a 7 anos, todos os dias, porém de uns tempos pra cá eu tenho dado bad trip com a impressão do coração estar acelerado.
      Eu fiz eletrocardiograma e o médico disse que meu coração é saudável e sem problema nenhum.

      Acredito que ela de fato aumenta o ritmo cardíaco, sempre aumentou, porém depois que fiquei com essa cisma depois de uma crise de ansiedade cismei com esse lance do coração, antes devia aumentar e eu nem reparava.
      Tenho sentido uma certa angustia, pois a medicação me deixa apático e infelizmente não posso descontinuar ela nos próximos 6 meses ou 1 ano, meu médico disse que não é bom eu fumar por causa da ansiedade, mas acho que ele é meio conservador quanto a isso.
      Gostaria de saber se tem alguma informação ou artigo, qualquer coisa, pra ser mais especifico eu uso PAROXETINA pela manhã 20mg e durante a noite 0,5mg de ALPRAZOLAM, já vasculhei a internet e não encontrei nada a respeito.
      Se puder ao menos me dar uma luz, queria poder voltar a fumar um fino ao menos quando chego do trabalho, ou em situações recreativas.
      Outro detalhe, gostaria de saber se é possível eu ter um infarte mesmo não tendo predisposição a problemas cardiacos e ter feito eletro recente, eu sempre odiei remédios controlados, e a favor da homeopatia, mas no meu caso é bem necessário eu terminar o uso dos remédios, mas não gostaria de abandonar a ganja, sou psicoterapeuta e sei que isso tudo é coisa da cabeça, mas gostaria de o conforto e ou a informação de vocês.

      Desde já agradeço e obrigado quem teve pasciencia de ler todo o drama.


      Atenciosamente
      Rafael
    • Por Sivuca
      Esses dias me interessei muito pela síndrome de Tourette, para os portadores dessa síndrome , esses tiques, e sons que são repetidos milhares de vezes por dia deve ser algo muito incomodo... eu tenho a mania de balançar a perna, e isso já me irrita, imaginem as pessoas portadoras dessa síndrome, deve ser um inferno.
      Nas minhas pesquisas encontrei esse vídeo que mostra um homem com a síndrome, e com sintomas muito severos, vejam o vídeo, vale mais que mil palavras.





      A síndrome de Tourette ou síndrome de la Tourette,1 também referida como SGT ou ST, é uma desordem neurológica ou neuroquímica caracterizada por tiques, reações rápidas, movimentos repentinos (espasmos) ou vocalizações que ocorre repetidamente da mesma maneira com considerável frequência. Esses tiques motores e vocais mudam constantemente de intensidade e não existem duas pessoas no mundo que apresentem os mesmos sintomas. A maioria das pessoas afectadas é do sexo masculino. A doença foi descrita pela primeira vez em 1825, pelo médico francês Jean Itard. Mais tarde, em 1885, Gilles de la Tourette publicou um relato de nove casos da doença, que denominou maladie des tics convulsifs avec coprolalie ("doença dos tiques convulsivos com coprolalia"). Posteriormente a doença foi renomeada "doença de Gilles de la Tourette", por Charcot, o influente diretor da Salpêtrière . fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%ADndrome_de_Tourette
  • Tópicos

  • Posts

    • To contigo mano... Acho que o que tu postou aí complementa o que postei por agora... Outro caso que da p citar é o da MIMOSA... Todo mundo acha que foi criação da Barney's por ser 1 breeder mais antigo e famoso. No fim eles recruzaram com 1 macho da Barney's e vendem como MIMOSA EVO... E se a produção for de bulk, a MIMOSA verdadeira fica perdida no meio de tanta cruza.
    • Galera a casa caiu pro stealth da OA, podem perceber que eles seguraram todas as encomendas inclusive as que tinham pago o despacho e foram todas apreendidas na mesma leva e no mesmo horário que foi incluído no sistema, ou seja, já Flagraram e o mesmo vai acontecer com as próximas encomendas, fiquem atentos e não peçam OA pois já era, alguém lá de dentro se ligou nisso tudo pois são muitos pacotes iguais vindos do mesmo lugar (Espanha), vamos ver até quando o att vai aguentar infelizmente
    • Opa, bom dia mano. Então, sendo sincero, ainda me falta muito conhecimento nessa parte de phenohunt e entender o pool genético de cada strain. Sabe mais ou menos o que é F1 e F2?!?! Sendo assim, tentarei te explicar de uma forma simples e resumida o meu entendimento da produção de bulk. Primeiramente não existe seleção em bulk mano... Ai que tá a maior parte do problema. Porque as empresas/breeders que produzem bulk nem compram sementes para fazer seleção, normalmente eles pegam 1 clone do real criador e tentam reproduzir em larga escala ou cruzam com uma outra strain deles mesmos e acabam criando outra coisa.  Talvez estejam romântizando a produção em grande escala, como se os produtores de bulk tivessem um galpão bonitinho com toda aparelhagem certinha, controle de seleção, polinização e tudo mais... não mano, eles mandam 1k de sementes lá p/ Marrocos e as bichanas são cultivadas ao ar livre, a Deus dará... se reproduzindo ali mesmo, pela natureza. Tu acha que nesses campos só tem a strain A e B que estão ali para formarem a C que a seed vai ser vendida?!? Tu acha que eles vão cultivar apenas apenas a Tangi e Kosher Kush p sair as 24k (por exemplo) ou terá outras strains junto no mesmo campo de cultivo?!?  Qual o controle de polinização que tu vai ter? Como saber se não vai ter polém de outras genéticas no meio da cruza Tangi X Kosher Kush?!? Isso que nem fomos para o pool genético ainda, nem falamos na parte econômica da coisa (porque 1 produtor de bulk vai comprar o clone mais caro e fiel a strain, se ele só quer produzir sementes e não tá preocupado com a qualidade?!?). Tu pode até ter achado exagero os 10%, mas não deixa de ser uma realidade... não tô falando que é a regra geral ou o comum, tô falando que existe sim a possibilidade da tua Gelato bulk ter apenas 10% do profile da verdadeira gelato. Nao é cuspir no prato que comeu não mano... Eu mesmo já plantei bulk e era o que eu tinha acesso com o pouco conhecimento que eu tinha e também o preço dos packs de 1 breeder mais confiável. Como disse o outro mano, acho que nossos problemas são mais os impecilios políticos e proibicionistas de plantar aqui no BR. Concordo contigo e com o Erva Sagrada que é facada no rim pagar $60 num packzin com 10 regulares, ainda mais com o dólar do bozo batendo 5.60... Se tu pode achar uma planta premium no meio das bulk?!? Como eu disse, única certeza dessa vida é a morte. Mas a probabilidade é bem baixa... "Ah, mas o fulano lá em 1982 achou o macho perfeito para todas as cruzas dele e bla bla bla... Em 1982, não existia essa cruza atrás de cruza, as genéticas era mais preservadas ou menos defasadas com cruzas ruins, etc. Pode ver que, praticamente todas as grandes descobertas de cepas, fenos e perfis genéticos não foram descobertos nas produções em grande escala, exatamente pela falta de controle de qualidade. Por fim, acho que estamos aqui para aprender. E, observando e lendo o que os growers mais antigos aqui do fórum falam e fazem, conforme nós iniciantes formos aprendendo e evoluindo, o bulk vai se tornando algo até contrário ao que queremos para a cena canábica. É isso mano, dava p falar muito mais coisas, mas além do meu conhecimento limitado nesse assunto, o tópico ia ficar fora de contexto. Que tu ache uma planta p chamar de keeper.      
×
×
  • Criar Novo...