Ir para conteúdo
Growroom

A Vitória Da Legalização Nos Eua Pode Ter Curta Duração.


Recommended Posts

  • Usuário Growroom

Marijuana legalization victories could be short-lived

(Reuters) - Votes making Colorado and Washington the first U.S. states to legalize marijuana for recreational use could be short-lived victories for pot backers because the federal government will fight them, two former U.S. drug control officials said on Wednesday.

They said the federal government could sue to block parts of the measures or send threatening letters to marijuana shops, followed up by street-level clampdowns similar to those targeting medical marijuana dispensaries the government suspects are fronts for drug traffickers.

"This is a symbolic victory for (legalization) advocates, but it will be short-lived," Kevin Sabet, a former adviser to the Obama administration's drug czar, told reporters.

"They are facing an uphill battle with implementing this, in the face of ... presidential opposition and in the face of federal enforcement opposition," Sabet said.

Colorado and Washington state legalized the possession and sale of marijuana for adult recreational use on Tuesday through ballot measures in defiance of federal law, while a similar initiative was defeated at the polls in Oregon.

The initiatives appeared to reflect growing national support for liberalized marijuana laws, as indicated by a Gallup poll last year that found 50 percent of Americans favored making it legal, versus 46 percent opposed.

The U.S. Department of Justice, which considers marijuana an illegal drug liable to being abused, said enforcement of the federal Controlled Substances Act "remains unchanged."

"We are reviewing the ballot initiatives and have no additional comment at this time," a government statement said.

Sabet said he expected the Obama administration would at some point file a federal lawsuit to challenge and seek to block aspects of state-level legalization measures and that this "is going to be caught up in the courts for quite a while."

HARD TO ROLL BACK CLOCK

But federal action was not expected to snuff out state-sanctioned marijuana in those states - especially the ability of individuals to possess an ounce or less of the drug without risk of arrest by local police.

Sabet, who opposes legalization, acknowledged that states were free to eliminate their own penalties for possession. But he said U.S. Attorneys could send letters to Colorado and Washington governors warning them not to implement provisions to regulate and tax marijuana at special stores.

Or the federal government could wait until such a system is created and sue to block it, he said.

Colorado Governor John Hickenlooper, a Democrat, had said he personally opposed his state's legalization measure. But he has since said he plans to respect the will of voters.

In Washington state, Democratic gubernatorial candidate Jay Inslee, who was leading in the vote count in a tight race, has spoken out against his state's initiative but is committed to implementing it, campaign spokeswoman Jaime Smith said.

If the Obama administration reacts too harshly, it could suffer politically with younger, more left-leaning voters who chose legalization and typically lean Democratic.

But President Barack Obama also faces pressure from anti-drug groups to protect young people from harm they say would result if states set up a regulated and taxed marijuana trade.

Robert DuPont, who served as drug czar for former Presidents Richard Nixon and Gerald Ford and opposes legalization, said he welcomed a confrontation.

"I think it's time to resolve it," he said.

Ian Millhiser, senior constitutional policy analyst with the left-leaning Center for American Progress, said the federal government, even if it sues to challenge the Colorado and Washington initiatives, cannot force police in those states to arrest people for marijuana infractions.

"If I were Barack Obama, I would look at this and say I would rather have young voters with me," Millhiser said.

(Additional reporting by Jonathan Kaminsky in Olympia; Editing by Cynthia Johnston and Jim Loney)

http://www.reuters.c...121108?irpc=932

Mal foi aprovada e tão querendo sacanear.....proibicionistas malditos!!!....

:335968164-hippy2:

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Via google tradutor:

Eles disseram que o governo federal poderia abrir um processo para bloquear partes das medidas ou enviar cartas ameaçadoras de lojas de maconha, seguido por nível da rua pressões exercidas semelhantes aos dispensários de maconha medicinal visando os suspeitos do governo são fachadas para traficantes de drogas.

"Esta é uma vitória simbólica para (legalização) defensores, mas vai ser de curta duração," Kevin Sabet, ex-assessor do czar da administração Obama de drogas, disse a jornalistas.

"Eles estão enfrentando uma batalha difícil de implementar isso, em face da ... presidencial da oposição e, em face da oposição de aplicação federal", disse Sabet.

Colorado e Washington Estado legalizou a posse ea venda de maconha para uso recreativo adulto na terça-feira através de medidas eleitorais desafiando a lei federal, enquanto uma iniciativa semelhante foi derrotado nas urnas no Oregon.

As iniciativas parece refletir o crescente apoio nacional para leis sobre a maconha liberalizados, como indicado por uma pesquisa do Instituto Gallup no ano passado, que encontrou 50 por cento dos americanos eram favoráveis ​​tornando-legal, contra 46 por cento se opõem.

O Departamento de Justiça dos EUA, que considera a maconha uma droga ilegal passível de ser abusado, disse que a aplicação da Lei de Substâncias Controladas federal, "permanece inalterado".

"Estamos revendo as iniciativas eleitorais e não tenho nenhum comentário adicional neste momento", disse um comunicado do governo.

Sabet disse esperar que o governo Obama em algum arquivo de ponto de uma ação federal para desafiar e tentar bloquear os aspectos das medidas estaduais legalização e que este "vai ser pego nos tribunais por um bom tempo."

DURO para reverter CLOCK

Mas a ação federal não era esperado para extinguir maconha sancionada pelo Estado nesses estados - especialmente a capacidade dos indivíduos de possuir uma onça ou menos da droga, sem risco de prisão pela polícia local.

Sabet, que se opõe à legalização, reconheceu que os Estados são livres para eliminar suas próprias penalidades para a posse. Mas ele disse que os advogados dos EUA poderiam enviar cartas para o Colorado e Washington governadores advertindo-os a não aplicar as disposições para regular e taxar a maconha em lojas especiais.

Ou o governo federal poderia esperar até que esse sistema é criado e processar para bloqueá-lo, disse ele.

Colorado governador John Hickenlooper, um democrata, disse que ele pessoalmente contra medida de seu estado legalização. Mas ele já disse que pretende respeitar a vontade dos eleitores.

No estado de Washington, candidato a governador democrata Jay Inslee, que liderava na contagem de votos em uma disputa acirrada, se manifestou contra a iniciativa de seu estado, mas está comprometida com a implementação, porta-voz da campanha de Jaime disse Smith.

Se o governo Obama reage de forma muito dura, ele poderia sofrer politicamente com mais jovens, mais de esquerda eleitores que escolheram a legalização e, normalmente, se inclinar Democrata.

Mas o presidente Barack Obama também enfrenta a pressão de grupos anti-drogas para proteger os jovens do mal que eles dizem que resultaria se os Estados estabelecer um comércio de maconha regulamentada e tributada.

Robert DuPont, que serviu como czar das drogas para os ex-presidentes Richard Nixon e Gerald Ford e se opõe à legalização, se disse satisfeito com um confronto.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Valeu a força OMASSA!...

é foda msm....mas é bem provavel que isso aconteça, basta ver o que rolou com diversos dispensarios na califa, e até msm o furduncio q quase entrou em vigor na holanda proibindo turistas de fumar.... esses pela saco desses proibicionistas, tem poder, infelismente!

Ainda rola Crazy.....o pior é q são leis estaduais que permitem...aí vem os federais do DEA e grampeia todo mundo.....

phoda....

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Valeu a força OMASSA!...

Ainda rola Crazy.....o pior é q são leis estaduais que permitem...aí vem os federais do DEA e grampeia todo mundo.....

phoda....

pow irmao, esse DEA ai quer o caixa 2 do trafico os pode, bando de interesseiros corruptos. Tomatecru ta loko.
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

A verdade é que o governo federal dos EUA é composto por dezenas de filhos da puta. Especialmente no Departamento de Justiça e no DEA.

Não querem respeitar principios básicos do federalismo que é deixar os estados legislarem sobre tais isso. Pena de morte, aborto e etc os estados podem decidir, então porque não pode ser o mesmo com drogas?

Um verdadeiro absurdo, a vontade dos eleitores do Colorado e Washington está sendo completamente violada!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Galera, eu acho que isso já era de se esperar! Os federais até hoje não respeitaram os 17 estados que decidiram pela maconha medicinal, porque eles respeitariam os 2 estados que legalizaram plenamente? Mas eu vejo isto muito positivamente por 2 razões:

  1. Como o texto diz, os federais provavelmente vão deixar criar-se um sistema, para depois atacá-lo. O simples fato de existir um sistema 100% legal rodando em algum lugar do mundo, principalmente no berço do proibicionismo, é algo muito positivo.

  2. O efeito inspirador que isto pode ter em outras partes do mundo, que já estavam louquinhas para legalizar antes, deve ser algo grande, cujos efeitos perceberemos nos próximos anos.

Acho que a briga nos EUA vai ser boa e longa, tanto nas ruas como nos tribunais.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

maconha medicinal pode ? Não! P q? Pq não tem nenhum valor medicinal

mas Maconha recreacional então pode né :D ou vai dizer que não é divertido ??? :D

chupa q é de uva

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Lendo essas notícias :

http://reason.com/blog/2012/07/26/pro-obama-super-pac-donor-morgan-freeman

http://www.huffingtonpost.com/2012/07/18/morgan-freeman-marijuana-legalization-weed_n_1683905.html

http://newsbusters.org/blogs/noel-sheppard/2012/06/20/morgan-freeman-were-lot-trouble-if-we-dont-reelect-obama-people-other

http://www.marijuanamajority.com/

http://www.drugwarmemes.com/

Eu fico pensando....... Será que o Morgan Freeman já não teria alguma coisa combinada com Obama se ele fosse eleito? Ele financiaria e lutaria tanto pela reeleição de Obama e a legalização da erva por nada? Gastaria 1 milhão de dolares a toa?!!

Ou é só coisa é de Brother? Eu estava com esperança que com a vitória de Obama tudo iria se resolver.

Será que eu sou tão inocente assim?/!!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Acredito que se ocorrer uma intervenção federal, vai ser um verdadeiro tiro no pe!!

Pois a revolta do povo não será apenas nos estados que legalizaram...e sim de toda a população, pois o fato será uma violação à democracia....e isso é algo que os americanos não permitem...

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

é foda msm....mas é bem provavel que isso aconteça, basta ver o que rolou com diversos dispensarios na califa, e até msm o furduncio q quase entrou em vigor na holanda proibindo turistas de fumar.... esses pela saco desses proibicionistas, tem poder, infelismente!

na califa eles fecham 1 e abrem 4... e a enxugação de gelo continua

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...
  • Conteúdo Similar

    • Por Maconheira000
      Olá maconheiros(a),tenho 17 anos,daqui uns dias faço 18 anos, comecei a fumar com 14 anos e rodei em fevereiro desse ano,minha vó deu maior sermão,choro e ainda fico falando q ia me internar na clínica,e ficava me chamando de drogada todo o dia,e ainda ela tranca a porta do quarto,pq ela acha q vou roubar o dinheiro dela.
      E para ainda mais,meus pais são autoridades e minha família é tudo crente (crente bem fanáticos),não tenho como morar com os meus pais,por questões pessoais não daria nem um pouco certo.
      Tô planejando a me mudar para capital faz tempo,moro no interior,e pior q minha família tb não aceita eu ir morar na capital falam q é perigoso e tudo mais,já até falaram q se eu for eles vai tentar me impedir.
      Aceito conselhos,e tenho uma pergunta,podem me internar na clínica mesmo eu sendo de maior?ainda mais q meus pais tem essa autoridade.
    • Por YellowGandalf
      O Senado adiou a votação da Legalização da Cannabis Medicinal para próxima semana.
      O tópico que deve ser votado na semana que vem é de grande urgencia, estamos torcendo que essas familias consiga fazer esses remédios sem precisar pagar toneladas de dinheiro para empresas farmaceuticas gringas que importam remedios da mesma planta para o Brasil, confira o video e deixe sua opinião tbm
      21/11/2018
    • Por xBarbieMaconheira
      A cannabis é mto influente no México (tanto q o termo marijuana vem de lá). Soube q legalizaram a erva lá, mas n sei pq não vi tanto alarde nem algo que comprove como ocorreu lá. 
      https://www.upi.com/Mexicos-Supreme-Court-legalizes-cannabis-for-recreational-use/9621541024238/
      https://veja.abril.com.br/mundo/suprema-corte-do-mexico-libera-uso-recreativo-da-maconha/
      A página da Wikipédia sobre maconha no México atualizou e falou que legalizaram... Mas n vi nhm maconheiro comemorando e nem a BBC publicando matéria sobre. E aí?
    • Por GrowerUcho
      Boa tarde gurizada!
      Gostaria de compartilhar com vocês uma matéria de 2002 da revista Super Interessante.
      Encontrei essa revista na parada de ônibus, tem um espaço para pegar e deixar livros e revistas, a ideia é compartilhar. Antes de devolver ela pra parada, para que mais pessoas possam ter acesso as informações nela contidas, eu fotografei a matéria sobre a Maconha.
      Tem bastante informações úteis, sobre quais motivos levaram a planta a ser criminalizada. Quanto a isso, brilhou uma luz na minha cabeça sobre a descriminalização aqui no Brasil, quando vocês lerem a matéria, verão que a criminalização foi influenciada pelo Tio Sam, sim o mesmo país que hoje está legalizando geral, inclusive na Califórnia tá 100% liberado, há anos atrás havia imposto a criminalização da planta por vários motivos imorais, tais como o controle das minorias mexicanas presentes naquele país, a substituição do Cânhamo por uma outra indústria rival... Enfim, leiam a matéria! Sobre a luz que me brilhou, se o mesmo país que influenciou a criminalização e que ainda conta com um poder de influência muito grande em vários países (inclusive o Brasil), creio que em não muito tempo sejamos influenciados a descriminalizar a planta. Inclusive podemos vir a ser um futuro mercado para a indústria canábica de lá...
       
      Se quiserem baixar o PDF com a matéria completa, segue o link
       
    • Por FreeZion
      A PL 7270/2014 - parece que voltou com força! Uma luz para regulamentação do plantio caseiro?
      Ultima Atualização :
      23/04/2018 Mesa Diretora da Câmara dos Deputados ( MESA )
      Deferido o Requerimento n. 8.189/2018, conforme despacho do seguinte teor: “Defiro o Requerimento n. 8.189/2018, nos termos do artigo 142 do Regimento Interno da Câmara dos Deputados - RICD. Outrossim, tendo em vista que o Projeto de Lei n. 8.293/2017 trata de matéria correlata ao Projeto de Lei n. 1.823/2007, apense-se a primeira proposição à segunda. Publique-se. Oficie-se.” Ementa
      Regula a produção, a industrialização e a comercialização de Cannabis, derivados e produtos de Cannabis, dispõe sobre o Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas, cria o Conselho Nacional de Assessoria, Pesquisa e Avaliação para as Políticas sobre Drogas, altera as leis nºs 11.343, de 23 de agosto de 2006, 8.072, de 25 de julho de 1990, e 9.294, de 15 de julho de 1999 e dá outras providências.
      Explicação da Ementa
      Regula a produção e comercialização da maconha.
       
      Link para Acesso:
      http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=608833
×
×
  • Criar Novo...