TUFTUF

Sua Opinião Sobre As Ultimas Prisões

Recommended Posts

Vamos ajudar galera. Corrijam o que eu escrevi, escrevam mais coisas, layout da cartilha, imagens, etc. E os publicitários, por favor, tragam as técnicas. =)

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Infelizmente a unica forma de fazermos algo contra esse magistrado é mudando a Lei, sem isso, ele a aplica da forma que sua consciência mandar.

Desta maneira, olha o tamanho do poder que uma única pessoa tem!!!!

Vamos mudar o nome do cargo para "Deus"!

Tudo bem que vc´s consultores já devem estar carecas (alguns literalmente- hehehehe) de saber disso, mas fiquei abismado em saber que não tem como fazermos algo contra essa falta de equilíbrio nos julgamentos deste juiz..................

Absurdo......

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O que se pode fazer é recorrer! Pedir para uma instãncia superior rever a decisão do juiz. Atacar o magistrado por sua ideologia é perda de tempo, a lei dá respaldo a esse tipo de julgamento.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Exatamente!

Pessoal, leiam o primeiro post do Joonh aqui no tópico. O que ele disse que iria fazer era elaborar uma cartilha, feito uma que o GR já fez, pra enviar pra diversas autoridades, como juizes, delegados e outros agentes da lei, bem como a população, desmetindo mitos e informando mais sobre o cultivo da erva, como, por exemplo, 1 planta = 1 kg, não se fuma folhas, muitas plantas viram machos e estas não servem pra consumo, etc, etc. O que ele quer fazer não tem nada a ver com o caso do Pedro.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então Sano, já acompanho o Growroom a muitos anos anonimamente, e a casa me ajudou muito e quero de alguma forma retribuir, se o pessoal quiser podemos realmente elaborar uma cartilha realmente eficiente, clara, precisa e direta e atacar o cerne do problema estou aqui. As duas pessoas "chave" que "Decidem" a vida de quem tem seu cultivo descoberto, são o delegado (principal na minha opinião) e o Juiz TEM que ser eles dois o foco. Se conseguirmos chegar a eles, talvez pelas associações, ou quem sabe por carta direta, ou ainda visita (utopia) teríamos realmente uma forma eficiente de mudar como muitos casos serão concluídos.

Infelizmente a unica forma de fazermos algo contra esse magistrado é mudando a Lei, sem isso, ele a aplica da forma que sua consciência mandar.

Acho fundamental essa cartilha voltada para autoridades, esclarecendo alguns mitos sobre o cultivo. Falar que não se fuma folhas, que só as femeas servem, que não existe maconha geneticamente modificada, que não existe superpotente, que não existe laboratório de maconha...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mettalph teremos que reduzir muito esse texto, deixa isso comigo! Talvez cada item (no máximo 6) deva ter apenas duas frases. :) Só teremos 5 segundos iniciais para prender ele e se prendermos a atenção dele no máximo 45 segundos, antes que ele largue a folha. Vamos pensar - Quais seriam os 6 elementos mais importantes que um juiz/delegado devem saber ao julgar um usuário pego com digamos 6 pés em casa? Essa é uma das perguntas chave. O ponto crítico deste projeto seria o modo como entregaríamos o folder/folheto na mão do delegado/juiz sem muita exposição. Talvez as associações possam ser uma das respostas para esta questão.

Vamos ajudar galera. Corrijam o que eu escrevi, escrevam mais coisas, layout da cartilha, imagens, etc. E os publicitários, por favor, tragam as técnicas. =)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então Sano, já acompanho o Growroom a muitos anos anonimamente, e a casa me ajudou muito e quero de alguma forma retribuir, se o pessoal quiser podemos realmente elaborar uma cartilha realmente eficiente, clara, precisa e direta e atacar o cerne do problema, as duas pessoas "chave" que "Decidem" a vida de quem tem seu cultivo descoberto, são o delegado (principal na minha opinião) e o Juiz TEM que ser eles dois o foco. Se conseguirmos chegar a eles, talvez pelas associações, ou quem sabe por carta direta, ou ainda visita (utopia) teríamos realmente uma forma eficiente de mudar como muitos casos serão concluídos.

Sua ajuda é muito bem vinda! Uma cartilha esclarecendo as autoridades sobre o cultivo doméstico para uso próprio é o ideal. Levantei alguns temas que o mettalph desenvolveu os textos para ser trabalhados. Sugiro também incluir a questão da quantidades de plantas, o que deve ser relacionado com o fato da maconha ser uma planta de ciclo anual.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sano, creio que uma quantidade razoável seriam umas 6 plantas como na Califórnia, o que acha? Mettalph e você? Sabe quantas são permitidas na Espanha? Porque acho difícil eles acreditarem que são necessárias 20. Creio que se eles tiverem a ideia de que precisamos de no mínimo 6 plantas para ser livre, já daremos um passo enorme. Veja que deixar aberto pode ser um erro. Por exemplo, "são necessárias várias plantas para o auto sustento." Acho mais efetivo, "são necessárias pelo menos 6 plantas para o auto sustento.

Sua ajuda é muito bem vinda! Uma cartilha esclarecendo as autoridades sobre o cultivo doméstico para uso próprio é o ideal. Levantei alguns temas que o mettalph desenvolveu os textos para ser trabalhados. Sugiro também incluir a questão da quantidades de plantas, o que deve ser relacionado com o fato da maconha ser uma planta de ciclo anual.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pessoal, mandem todas que lembrarem, quanto mais, melhor, dessa forma podemos realizar um brainstorm pelo fórum e decidir com mais qualidade quais os 3 pontos fundamentais relacionados a efetividade da cartilha, o primeiro ponto é a "Mensagem principal", que pode ser (exemplo) O cultivo da cannabis para o auto sustento combate o tráfico de drogas. O segundo ponto, são outras 3 ideias primárias (mais importantes), e por último, mais 3 ideias secundárias. (menos importantes)

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A quantidade varia conforme a necessidade do cultivador! Não se prenda a números! A Lei fala em pequena quantidade para consumo pessoal. Consumo pessoal é fácil de ser argumentado, pois para ilidi-lo precisa de circulabilidade da colheita. O problema esta no termo pequena quantidade, que é subjetivo! Seis plantas para mim é muito aquém da pequena quantidade, e não considero meu consumo maior que da maioria dos cultivadores.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

OK, creio que este seja um ponto crítico que mereça nossa atenção, a falta de um limite claro, é exatamente o que tem gerado muita dúvida. Mas concordo, vamos deixar de lado a quantidade e pensar nos pontos cruciais. Abs,

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

pelo titulo do topico , eu nunca ia imaginar que a conversa que está aqui se desenrlando , fosse , esse assunto e tema e textos tao bem escritos, parabens GR e a galera que usa essa ferramenta pra crescer/evoluir..vamos que vamos :emoticon-0137-clapping: :emoticon-0137-clapping:

esse texto explicativo de descartes e aproveiamentos e de desmistificar o mito, de "geneticamente modificada".. "skunk".... deu vontade de copiar o texto e mandar por email pra toda minha lista, com o titulo assim, "Verdades sobre a Cannabis(maconha)"

e em cima do texto , escrito assim:

"esse texto é pra explicar e informar, aos desinformados e préconceituosos, dando a oportunidade de adquirir um conhecimento cientifico, pra nao falar/repetir a MERDA, que tanto se repete na televisao e na midia irresponsável...e por consequencia se reflete na sociedade...pela desinformação ou informação errada que se cria o preconceito pejorativo..."

e em baixo o texto explicativo , hehehehehe to só esperando na disciplina. quando tiver pronto da um sinal de largada.. hehehehhehehehe

manda pra cá o texto inteiro e corrigido que eu faço o layout, manda... pro papai aqui, joga essa bola pra cá que eu devolvo ela redondinha e fumegante só pra vcs mandarem pro GOOOOLL :party0023:

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa tarde pessoal…

Faz um tempo que eu nao frequento e posto aqui, mas de vez em quando eu dou uma entrada pra saber sobre noticias de prisoes, etc..

Achei ótima essa iniciativa de esclarecimento, e gostaria de contribuir com algumas sugestões.

Como disse o Sano la em cima, acho que toda manifestação deve ser feita baseada na serenidade do discurso e no respeito, mesmo nós sendo vítimas da caçada promovida pelo Estado;

Acho que poderia ser explorado os recentes epsódios ocorridos contra a PM de São Paulo pelo PCC. Semana passada saiu uma reportagem grande na Folha de SP mostrando informações sobre a administração financeira da facção e como o dinheiro da venda de drogas por toda a cidade financia o grupo. De repente, um texto mostrando como o cultivo caseiro, mesmo que um grower o faça pra sustentar a sí e a uma "roda de amigos", poderia, em tese, ajudar a quebrar um pouco esse rendimento que financia a compra de armas e açoes contra o Estado e a sociedade;

Com relação a planta, quando eu converso com quem é contra sua regulamentação, frente a algumas alegações sem fundamento, eu costumo usar alguns argumentos:

- a cannabis, sativa e indica, é como as uvas, vermelhas e verdes, que existem em diferentes espécies que produzem diferentes vinhos tintos e brancos. ex: Cabernet Sauvigno­n, Merlot­, Pinot Noir , Cabernet Franc, Syrah, Tempranillo, Bordô, ­Chardonnay, Sauvignon Blanc, Prosecco, etc…

- Ok, existem espécies de maconha geneticamente modificada, mas isso nao significa nada com relação do produto. Não existe "super maconha". Simplesmente se misturou um macho de uma espécie com uma femea de outra a fim de se conseguir outras caracteristicas como tamanho, rendimento, tempo de crescimento, sabor, e um pouco mais de potencia em seu efeito. Se fizessem isso com uvas, nao surgeriria um "vinho ultra potente" com maior efeito adictivo. Além do que, cruzar espécias de uma mesma familia de plantas ja e feito, inicialmente por Gregor Mendel com ervilhas, maças e peras, desde 1860. E naquela época nao existiam laboratorios ultra modernos. Hoje temos a fruta Murcote (cruzamento de laranja x tangerina), entre outras frutas, verduras e legumes hibridos.

- Essa historia de maconha mais potente também nao quer dizer nada. Em via de regra, quanto mais potente for o fumo, mais fino será o baseado. Eu nao conheço ninguem que tome pinga ou cachaça em caneca de chopp.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sano, na minha opinião, a lei pode dizer: "nenhuma pena poderá ser aplicada em cultivadores de maconha em qualquer instancia" que de alguma maneira ele vai interpretar da sua maneira torpe, imparcial, desequilibrada, anti profissional.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu estava lendo uma entrevista da ministra Carmen Lucia e olha só como se encaixa aqui na discussão:

ISTOÉ - Como punir políticos que fazem promessas absurdas e mentem para os eleitores?

CÁRMEN LÚCIA - Acho um equívoco o fato de esse tipo de mentira ser uma das poucas formas de conduta condenável que não prevê punições. Ela não está discutida em nenhuma religião ou sistema social. Falo de religião porque o direito penal colheu de práticas religiosas o conceito de errado e certo...

o assunto de drogas é abordado pelo código penal, coisa que não deveria ser, não é só o juíz, é o policial, o delegado, td mundo seguindo o protocolo.. por isso q o cara nao pode dar mole, tem de se defender dessa lei, pq o estado julga e prende mesmo, não importa muito as cabeças que vão deferir pra por o cara no chilindró, e muita cabeça por aí tbm ganha dinheiro coagindo o usuário com essa lei...

eu esses dias mandei um e-mail para um juíz falando do auto cultivo, dos cultivadores, das prisões, ele agradeceu e mandou um abraço... a explanação é o melhor caminho

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu estava lendo uma entrevista da ministra Carmen Lucia e olha só como se encaixa aqui na discussão:

ISTOÉ - Como punir políticos que fazem promessas absurdas e mentem para os eleitores?

CÁRMEN LÚCIA - Acho um equívoco o fato de esse tipo de mentira ser uma das poucas formas de conduta condenável que não prevê punições. Ela não está discutida em nenhuma religião ou sistema social. Falo de religião porque o direito penal colheu de práticas religiosas o conceito de errado e certo...

o assunto de drogas é abordado pelo código penal, coisa que não deveria ser, não é só o juíz, é o policial, o delegado, td mundo seguindo o protocolo.. por isso q o cara nao pode dar mole, tem de se defender dessa lei, pq o estado julga e prende mesmo, não importa muito as cabeças que vão deferir pra por o cara no chilindró, e muita cabeça por aí tbm ganha dinheiro coagindo o usuário com essa lei...

eu esses dias mandei um e-mail para um juíz falando do auto cultivo, dos cultivadores, das prisões, ele agradeceu e mandou um abraço... a explanação é o melhor caminho

eu sempre falei(cheguei a criar um topico) , disso de diminuir a distancia e aproximar da verdade os que nao tem essas informações que nos temos, mas fui chamado de "pessoa querendo ser um martir kamikaze" , por criar um tipo de ativismo que ia contra essa regrinha basica de se esconder a vida toda, atraz de "o segredo do sucesso é o segredo" , concordo em partes do segredo para o sucesso da segurança, mas no momento presente que vivemos em nosso pais temos que ser gritantes e visiveis... temos que ser a INFORMAÇÂO que queremos passar, pois quem fala de nós dá uma enxugada da porra nos nossos VERDADEIROS interesses e nececidades...

direto aos que tem que saber o que somos, pois somos ÒTIMO EXEMPLO de pratica de redução de danos e de nao alimentação das mazelas atribuidas ao consumo e circulação das drogas...

vamos com força a Campanha Cultivo Caseiro Já, por uma sociedade menos inJusta

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

só quero deixar meu apoio!

esse mês vou fazer a colheita gostaria de ressucitar um tópico.... to disposto a investir 100 reais em cartas canábicas pra ajudar com a causa gostei dos textos do mettalhp

http://www.growroom....i/page__st__140

eu acho que quanto essa questão (especificamente das CARTAS CANÁBICAS) tamos batendo na mesma tecla a mais de um ano, muita coisa foi discutioda muito lindo mas p***a nehuma foi feita NAS VIAS DE FATO

temos material de sobra j;á pra enviar, tá tudo aí,ja pensamos em cada detalhe, temos argumentação e acima de tudo boa educação e muito respeito com quem quer que seja pra expor nossos argumentos

vamo meter mão na massa!!

chega de discutir o sexo dos anjos!!!

ae selva passa a bola que to na área e to louco pra fazer gol! além da cartilha minhas cartas irão acompanhadas de folhinha de maconha, pois o cultivo caseiro de maconha ajuda a combater o crime organizado. é só botar numa caixa de correio e sumir na neblina.

ps: ultima tragada da noite... a principio vou mandar pra impressa e pros deputados... nao tenho consenso sobre incluir folhas da erva pra delegados e juizes pode fazer com q fiquem com mais raiva da gente

batalhoes de sp

http://pt.wikipedia....o_de_São_Paulo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

eu sempre falei(cheguei a criar um topico) , disso de diminuir a distancia e aproximar da verdade os que nao tem essas informações que nos temos, mas fui chamado de "pessoa querendo ser um martir kamikaze" , por criar um tipo de ativismo que ia contra essa regrinha basica de se esconder a vida toda, atraz de "o segredo do sucesso é o segredo" , concordo em partes do segredo para o sucesso da segurança, mas no momento presente que vivemos em nosso pais temos que ser gritantes e visiveis... temos que ser a INFORMAÇÂO que queremos passar, pois quem fala de nós dá uma enxugada da porra nos nossos VERDADEIROS interesses e nececidades...

direto aos que tem que saber o que somos, pois somos ÒTIMO EXEMPLO de pratica de redução de danos e de nao alimentação das mazelas atribuidas ao consumo e circulação das drogas...

vamos com força a Campanha Cultivo Caseiro Já, por uma sociedade menos inJusta

claro selva, essa regrinha basica q vc falou vai até contra um principio constitucional "é livre o pensamento sendo VEDADO o anonimato" ou seja, se você vai escrever uma carta vc tem q por um remetente... e com a internet também fica muito mais facil, da pra anexar a cartilha num e-mail e sair informando sem gastar grana, indo direto ao ponto, nós temos que pensar que a autoridade é ser humano também e passível de comunicação, senão fizermos nada também não vai adiantar nada ficar lamentando qnd cai a casa de um irmão nosso, eu vi a cartilha aqui no tópico e achei muito boa, já para os juízes os consultores juridicos poderiam elaborar uma falando no "jurisdiques", uma cartilha pra cada patente do estado e no seu linguajar, q tal? tem que ser cara limpa... e fazer sair faísca dessa engrenagem

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito boa a ideia da cartilha. Além de descartar machos, e nas fêmeas descartar caule, folhas etc, tem que explicar que as flores perdem 75% de seu volume ao serem secas.

Ou seja, quem tem meio quilo tem só 125 gramas.

Tem que explicar que um ciclo demora pelo menos 2 ou 3 meses, então o indivíduo que cultiva para consumo próprio precisa colher o suficiente para o consumo de 2 meses.

Tanto no caso do Sativa como do Pedro, as plantas foram pesadas com vaso e tudo, com caule, folhas, enfim. Essa pesagem "viciada" entra na perícia preliminar, que é um documento utilizado pelo delegado e pelo magistrado para decidirem se mantêm ou não a prisão.

No caso do Sativa, na perícia inicial dizia-se que ele tinha mais de 70kg, mas após a perícia final e na decisão judicial considerou-se que era menos de 1kg, Mas mesmo assim entendeu-se que era muito e ele foi condenado por tráfico.

Mas creio que são casos beeem diferentes e o Pedro não deve ficar preso muito tempo.

A cartilha auxiliará em casos futuros! Pode ajudar a autoridade policial a se embasar e evitar prisões desnecessárias.

Nessa lei atual, podiam só chegar e apreender as plantas, pra que prender o cara por uma semana?

Concordo com o sano, ao invés de ofender magistrados, o que temos que fazer é mudar essas leis.

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ninguem falou em ofender ao magistrado, apenas recorrer a instancias superiores ou a sua corregedoria alegando perseguição ideólogica. isso não pode ser tolerado, é como um negro ser julgado por ser negro, um homossexual por ser homossexual e não pelos atos ou pelos fatos.

quando a o preconceito existe fica impossivel redigir uma lei que seja imparcial.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ps: ultima tragada da noite... a principio vou mandar pra impressa e pros deputados... nao tenho consenso sobre incluir folhas da erva pra delegados e juizes pode fazer com q fiquem com mais raiva da gente

eu particularmente, nao acho boa ideia mandar folhas, parece um pequeno insulto.. sei lá, já a cartilha é como um material informativo , mas nao vejo como muito mal tbm nao, vejo apenas que por ser um contato partindo de nós acho que podemos moldar , mais sério...sem mais delongas, acho que a folinha ficará sobrando , com tanta informação...minha opiniao

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito boa a ideia da cartilha. Além de descartar machos, e nas fêmeas descartar caule, folhas etc, tem que explicar que as flores perdem 75% de seu volume ao serem secas.

Ou seja, quem tem meio quilo tem só 125 gramas.

Tem que explicar que um ciclo demora pelo menos 2 ou 3 meses, então o indivíduo que cultiva para consumo próprio precisa colher o suficiente para o consumo de 2 meses.

Tanto no caso do Sativa como do Pedro, as plantas foram pesadas com vaso e tudo, com caule, folhas, enfim. Essa pesagem "viciada" entra na perícia preliminar, que é um documento utilizado pelo delegado e pelo magistrado para decidirem se mantêm ou não a prisão.

No caso do Sativa, na perícia inicial dizia-se que ele tinha mais de 70kg, mas após a perícia final e na decisão judicial considerou-se que era menos de 1kg, Mas mesmo assim entendeu-se que era muito e ele foi condenado por tráfico.

Mas creio que são casos beeem diferentes e o Pedro não deve ficar preso muito tempo.

A cartilha auxiliará em casos futuros! Pode ajudar a autoridade policial a se embasar e evitar prisões desnecessárias.

Nessa lei atual, podiam só chegar e apreender as plantas, pra que prender o cara por uma semana?

Concordo com o sano, ao invés de ofender magistrados, o que temos que fazer é mudar essas leis.

rapas eu tanto penso em que , nao se deve a planta sofrer nenhuma ação pois o vegetal , nao tem nada a oferecer de risco, o sujeito ainda pode ser um merda mermo e tem umas plantas pq ouviu falar que era bom fumar plantado , porem as plantinhas é que nao podem ser arrancadas fora do tempo , maltratadas , expostas para foto , acho maior brutalidade quando os vegetais pagam com a vida, varias plantas, pq o humano quer prender o outro , LIBERDADE AOS VEGETAIS....eu penso que prende o cara e nao mexe nas plantas, até pq quando voltar pra casa, e assinar o 28 por uso, nao ter que plantar tudo de novo , hein....

ME SOLTE E SOLTE MINHAS PLANTAS....POVO DA FLORESTA

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

rapas eu tanto penso em que , nao se deve a planta sofrer nenhuma ação pois o vegetal , nao tem nada a oferecer de risco, o sujeito ainda pode ser um merda mermo e tem umas plantas pq ouviu falar que era bom fumar plantado , porem as plantinhas é que nao podem ser arrancadas fora do tempo , maltratadas , expostas para foto , acho maior brutalidade quando os vegetais pagam com a vida, varias plantas, pq o humano quer prender o outro , LIBERDADE AOS VEGETAIS....eu penso que prende o cara e nao mexe nas plantas, até pq quando voltar pra casa, e assinar o 28 por uso, nao ter que plantar tudo de novo , hein....

ME SOLTE E SOLTE MINHAS PLANTAS....POVO DA FLORESTA

Claro que eu acredito em uma legislação em que as plantas não sejam presas, mas, diante da situação atual (em que o cara tá preso há uma semana), não teria sido melhor se tivessem levado as plantas mas deixado ele em casa? Eu preferiria.

Na legislação atual seria perfeitamente possível a polícia aprender as plantas mas não prender o cara.

Temos que lutar é por uma legislação que permita o cara cultivar sem ninguém poder entrar na casa dele e muito menos alguém poder apreender o que ele cultiva para consumo próprio.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Palhaçada a justiça e a polícia não sabem distinguir criminosos de usuários e o que vemos são um monte de bandidos soltos e vários usuários presos condenados injustamente. Pessoal precisamos nos unir e conseguir um abaixo assinado de um milhão de pessoas pela descriminalização do cultivo caseiro, auto-cultivo. É o único jeito, não vamos mais esperar vamos começar a recolher as assinaturas, só na marcha da maconha já sairiam várias, isso tem que ser feito no dia das marchas os organizadores tem que tomar essa medida, não podemos mais esperar, DREAD LOCK THE TIME IS NOW

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tem que estar na lei até quantos pés, para não ficarmos na mão do juiz e ser interpretado erroneamente, portanto teria que estar explícito algo do tipo até 6 pés de cannabis sativa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...