Ir para conteúdo
Growroom

Religião E Ciencia Convergindo


Sombra!

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

Salve growlera!!!

bem antes tudo quero dizer pra vc fumar um abrir sua mente como nunca antes!!!

em busca de algumas respostas comecei a procurar sobre vários assuntos envolvendo povos assados/aliens e religião...

bem deparei com um documentario que me fez repensar tudo!!!

o doc é baseado no trabalho de Rene Schwaller http://en.wikipedia.org/wiki/R._A._Schwaller_de_Lubicz que estudou os templos de Luxor e de Karkak por 15 anos e chegou a conclusões muito interessantes...

ele descobriu que os templos são escolas para a evolução/ascenção humana e mostra que somos uma forma de energia e que fazemos parte do universo como um todo...

tem alguns doc no youtube sobre os templos baseando-se no trabalho de René...

assisti a esses 2 e foram muito esclarecedores... infelizmente em inglês...

http://www.youtube.com/watch?v=ZCswN4oUqcw

Bem mas não para por aí...

com esses ensinamentos Nikola Tesla conseguiu desenvolver varias tecnologias incluindo varias que usamos hj como a energia elétrica alternada!!!

mas ele desobriu outra energia muito mais poderoza que essa, a energia do universo, a energia "DIVINA" que se trata de Standing Column Waves

uma energia livre e infinita!!!

mas não é só... isso comprova que o templos estão certo, e se estão certo quanto a isso, estão certo quanto a tudo. inclusive sobre a vida apos a morte...

presisamos evoluir para o estado de amor incodicional o mesmo que "Cristo" conseguiu chegar (e sim eu ví Zeitgeist...)

Como nosso cerebro possui 2 lados nos temos uma máquina dessa "energia divina" em nossas cabeças por isso existem milagres de auto cura ou pessoas q juram tais fenomenos q não conseguimos explicar...

essa energia é muito poderesa e ao termos a ganancia principalmente, nos fazemos uma fonte má dessa energia que está desequilibrando o planeta/universo!!!

Tá mas se existe tal energia pq não usamos ??? simplesmente por causa da ganancia humana!!!

há mais de 10 anos me deparei com esse projeto aqui: http://www.stop.org.br/ em que eles afirmam que fizeram um motor que usa a energia do ESPAÇO!!!

fizeram isso depois de ler um livro “A Nova Física da Metafísica Desinvertida” de Norberto Keppe um psicalista???!!!

bem é muito material, e muita coisa que converge na mesma historia!!! induismo, budismo, cristianismo etc...

e pra mim foi um tapa na cara que me fez acordar!

ainda não consegui juntar todos os pedaços, principalmente aquele que mostra os egipcios num barco entrando um portal estelar...

será q o céu é outra dimensão que precisamos dessa tecnologia pra entrar ???

os estudos continuam...

e quem quiser contribuir pra construirmos essa nave e sumir daqui será bem vindo :D

chegou a hora q temos a inteligencia de entender tudo isso e me sinto no dever passar o q me foi agraciado até o momento...

paz a todos

  • Like 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Ja vi as mumias no museu de Cairo, foram enterradas em grandes piramides com todo o mundo material (joias, animais, comida, etc) para quando ressusitarem ...

Estranho, a mais velha mumia esta esperando por isso quase a 5 mil anos ... e ate agora nada ... acho que escolheu a religiao errada?!?!?

2 + 2 = 4 ... religiao + ciencia = mentiras

  • Like 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

cada um pensa e acredita o q quiser... as provas estão aí... é só ver os materiais q postei...

quem nega q nessas imagens aqui isso é um cara de pau de fora dando uma gozada e ali está um espermatozóide ????

gallery_33851_2474_33223.jpg

é realmente eles não sabaim do q estavam falando... como eles devem ter visto um espermatozoide ??? 0.o

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Ja vi as mumias no museu de Cairo, foram enterradas em grandes piramides com todo o mundo material (joias, animais, comida, etc) para quando ressusitarem ...

Estranho, a mais velha mumia esta esperando por isso quase a 5 mil anos ... e ate agora nada ... acho que escolheu a religiao errada?!?!?

2 + 2 = 4 ... religiao + ciencia = mentiras

acho que sua informação sobre piramides e mumia está errada
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

vão fecha tew tópico hein, e vão da a desculpa imbecil de q isso é um fórum de maconha, então ja q naum fala sobre maconha...

mas eu axei mto mentalmente estimulante... grato por compartilhar brother...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O tópico será movido em breve para o board de Artes, Filosofia, etc. Vou deixar mais um tempinho aqui para que as pessoas interessadas tomem conhecimento.

O board Uso Religioso é pra discutirmos de forma organizada, especificamente, o uso espiritual/religioso da cannabis. Temas que apenas tangenciam o assunto principal do fórum, devem estar nas áreas de temáticas mais "abertas" digamos assim, como APPP, ou no caso desse tópico no Artes, Filosofia, etc.

Rasthael, o tópico não será fechado, aliás, nenhum tópico é fechado e ninguém é banido aleatoriamente. A moderação vem tentando organizar as coisas da melhor maneira pra todos os usuários, de modo que não percamos o foco, principalmente em discussões acirradas, cheias de comentários ásperos como o seu, e que não levam a nada do que nos interessa. Agora, se você acha que qualquer intervenção, em qualquer assunto (como aqui), por qualquer moderador que está fazendo seu trabalho (ativismo, pois não ganhamos nada com isso), vem acompanhada de uma "desculpa imbecil", você precisa saber que está sendo preconceituoso. Eu não estou aqui de bobeira, faço minha parte de modo tão sério e respeitoso como em qualquer frente da minha vida. Espero que você reveja sua postura em relação ao trabalho da moderação daqui pra frente, respeito é bom e todo mundo gosta.

  • Like 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

O tópico será movido em breve para o board de Artes, Filosofia, etc. Vou deixar mais um tempinho aqui para que as pessoas interessadas tomem conhecimento.

O board Uso Religioso é pra discutirmos de forma organizada, especificamente, o uso espiritual/religioso da cannabis. Temas que apenas tangenciam o assunto principal do fórum, devem estar nas áreas de temáticas mais "abertas" digamos assim, como APPP, ou no caso desse tópico no Artes, Filosofia, etc.

Rasthael, o tópico não será fechado, aliás, nenhum tópico é fechado e ninguém é banido aleatoriamente. A moderação vem tentando organizar as coisas da melhor maneira pra todos os usuários, de modo que não percamos o foco, principalmente em discussões acirradas, cheias de comentários ásperos como o seu, e que não levam a nada do que nos interessa. Agora, se você acha que qualquer intervenção, em qualquer assunto (como aqui), por qualquer moderador que está fazendo seu trabalho (ativismo, pois não ganhamos nada com isso), vem acompanhada de uma "desculpa imbecil", você precisa saber que está sendo preconceituoso. Eu não estou aqui de bobeira, faço minha parte de modo tão sério e respeitoso como em qualquer frente da minha vida. Espero que você reveja sua postura em relação ao trabalho da moderação daqui pra frente, respeito é bom e todo mundo gosta.

Não houve generalizações quando usei os termos "desculpa imbecil"... usei essa expressão pelo fato de que mtos users não possuem redes sociais (obviamente por opção) e de certa forma utilizam o growroom pra trocar idéias naum só sobre cannabis, sei q isso bagunça um pouco o fórum e aumenta o trabalho de vcs, mas eu acredito q este seja um aspecto importante do growroom: trocar idéias abertamente sobre variados temas, desde q nos locais corretos...

de fato me manifestei de forma ácida e caso tenha lhe ofendido, ou ofendido algum user, peço sinceras desculpas...

Paz

  • Like 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Desculpem aqueles que acreditam, mas isso não é ciencia. Em ciencia, não existe "acreditar", ela é baseada em conceitos teóricos bem definidos, em conceitos empíricos e em demonstrações experimentais. Tudo que é feito em ciencia é revisado pela comunidade academica. Metafisica não passa de falacias com uma maquiagem cientifica. NÃO existe energia infinita (e muito menos "divina"), assim como não faz sentido se falar em energias "boas" e "más". Não acredito que Nikola Tesla propôs isso, até que me mostrem uma fonte confiavel. E mesmo que essa fonte exista, vale lembrar que Sir Isaac Newton, além de fisico e matematico, também tinha estudos em teologia baseados na Biblia, e até chegou a calcular a data do Apocalipse, mas acho que é desnecessário dizer que ele errou. O site www.stop.org.br não apresenta nada que seja cientificamente valido, esta na categoria "metafisica", ou seja, só serve para desinformar e confundir as pessoas.

Minha intenção aqui não é ofender ninguém, mas queria chamar a atenção da galera, existem muitas mentiras e falácias que são ditas de formas sutis e aparentemente boas, mas precisamos aprender a pensar por nos mesmos, a ser críticos e a nos informar de uma forma melhor.

Paz galera

  • Like 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

achei mais algumas coisas... acredite quem quiser... mas recomendo mesmo estudar com carinho o assunto...

gallery_33851_2474_26302.jpg

THE MORAY RADIANT ENERGY DEVICE

In the early 1900's, Dr. T. Henry Moray of Salt Lake City produced his first device to tap energy from the metafrequency oscillations of empty space itself. Eventually Moray was able to produce a free energy device weighing sixty pounds and producing 50,000 watts of electricity for several hours. Ironically, although he demonstrated his device repeatedly to scientists and engineers, Moray was unable to obtain funding to develop the device further into a useable power station that would furnish electrical power on a mass scale.

As a boy, Moray had been deeply inspired by the greatest electrical genius of all time, Nikola Tesla. His imagination was especially fired by Tesla's claims to have knowledge of an energy source greater than ordinary electricity, and by Tesla's emphasis on frequencies as the stuff of the universe. When Moray finished high school in Salt Lake City, he went abroad to study, and took resident examinations for his doctorate in electrical engineering from the University of Uppsala, Sweden, during the period 1912-14. Returning home, his diploma and credentials were interrupted by World War I, and the University mailed him these items in 1918 after the war.

Shortly thereafter, Moray produced his first elementary device that delivered measureable electrical power, and he continued to work diligently on energy devices when he had time. In the 1920's and 1930's he steadily improved his devices, particularly his detector tube, the only real secret of the device according to Moray himself. In his book, The Sea of Energy in Which the Earth Floats, Moray presents documented evidence that he invented the first transistor-type valve in 1925, far ahead of the of officially recognized discovery of the transistor. In his free energy detector tube Moray apparently used, inside the tube itself, a variation of this transistor idea—a small rounded pellet of a mixture of triboluminescent zinc, a semiconductor material, and a radioactive or fissile material His patent application (for which a patent has never been granted) was filed on July 13, 1931, long before the advent of the Bell Laboratories' transistor.

gallery_33851_2474_8419.jpg

Here the Moray radiant energy device is providing free power to 35 100-watt lamps and a 1200-watt iron.

In test after test Moray demonstrated his radiant energy device to electrical engineering professors, congressmen, dignitaries, and a host of other visitors to his laboratory. Once he even took the device several miles out in the country, away from all power lines, to prove that he was not simply tuning in to energy being clandestinely radiated from some other part of his laboratory. Several times he allowed independent investigators to completely disassemble his device and reassemble it, then reactivate it themselves. In all tests, he was successful in demonstrating that the device could produce energy output without any appreciable energy input. According to exhaustive documentation, no one was ever able to prove that the device was fraudulent or that Moray had not accomplished exactly what he claimed. On the other hand, the records are full of signed statements from physicists, electrical engineers, and scientists who came to the Moray laboratory as doubting Thomases and left with the complete conviction that Moray had indeed succeeded in tapping a universal source of energy that could produce free electrical power.

But in the face of all of this, the U.S. Patent Office refused to grant Moray a patent, first, because his device used a cold cathode in the tubes (the patent examiner asserted it was common knowledge that a heated cathode v as necessary to obtain electrons) and, second, because he failed to identify the source of the energy. All sorts of irrelevant patents and devices were also presented as being infringed upon or duplicated by Moray's work. Each of these objections was patiently answered and nullified by Moray; nonetheless, the patent has still not been issued to this day, although the Morays still keep the patent application current.

One of Moray's efforts to develop the machine involved an association with the Rural Electrification Agency for a short time before World War II. At that time, the R.E.A. was apparently infiltrated by Communist sympathizers and high level officials of a decidedly pinkish tinge. These officials continually urged Moray to turn over all details of his device to the Soviet Union, and even arranged the visit of high-level Soviet scientists to the Moray laboratory to see the device in operation On the initiative of the Communist-infiltrated R.E.A., one person—let us call him "Z"—spent about two months in Moray's laboratory, and succeeded in worming his way into Moray's full confidence. Moray eventually disclosed most of the details of the construction of his special valve to ''Z"—the only person in whom Moray ever completely confided.

There is strong reason to believe that "Z" was a Soviet agent, and that this is where the Soviets first obtained the impetus to develop the hyperspace amplifiers later used in their psychotronic weapons.

However, Moray became quite alarmed at the continued attempts of his R.E.A. contacts to get the device into the hands of the Russians. He eventually concluded that he had become involved with a governmental group filled with radicals and reactionaries. Moray became concerned that fifth column activity was actually directed against him in an attempt to steal his device. Quotes from the Salt Lake Tribune of December 2, 1941, attributed to Representative Thomas D. Winter, imply that Moray's suspicions of the R.E.A. were well founded, since Representative Winter called for a full-scale investigation of the R.E.A. on the grounds of Communist infiltration. Indeed, Moray was wounded by gunshot in his own laboratory on March 2, 1940, which seems to suggest that his fears and suspicions were based on fact. Moray severed his association with the R.E.A. in February 1941.

However, his basic unit had been destroyed by a hammerslinging witness in 1939; it is not clear whether or not this was the work of "Z" or of someone else. According to his son, John Moray, the man who broke his unit, as well as other interested groups, wanted complete disclosure of the materials and construction — nothing more or less. John Moray, who operates the Research Institute in Salt Lake City, has been trying to continue his father's work since the basic unit was destroyed. Dr. Moray himself died in May 1974.

According to John Moray, highly energetic cosmic rays from space are tapped by the machine, which is in subharmonic resonance with this high-frequency energy level, and it converts this energy level into a usable form of electricity. However, John Moray's use of the term "cosmic ray" is not necessarily the same as that of modern physics, but in fact is the same as the present concept of "zero-point" energy of vacuum. T. Henry Moray envisioned all space filled with tremendously high frequency vibrations carrying vast and incalculable amounts of pure raw energy. He envisioned the dynamic Universe as a turbulent source of great energy, just as the ocean waves carry energy throughout the earth. This was also the vision of Tesla, and after him of Clifford and Einstein, who turned the attention of general relativity to the problem of the nature of the vacuum itself. Clifford and Einstein founded a branch of physics that has come to be known as quantum geometrodynamics, the study of energetic change that occurs in little pieces, including the concept that very small lengths of space, or pure vacuum, themselves oscillate at great frequency and with great energy. In Moray's day relativity was still a strange and unproven branch of physics, suspected and rejected by most of the physicists of the day, and quantum physics was still in the process of being worked out. There was no theory whatsoever predicting that empty space itself not only contained prodigious quantities of energy, but in fact was prodigious quantities of energy. But slowly, over the decades, the picture has changed, and the modern followers of quantum geometrodynamics assert the truth of Tesla's original vision. Today we know that one cubic centimeter of pure vacuum contains enough energy to condense into 1080 – 10120 grams of matter! Thus the major part of Moray's thesis—that vacuum itself contains unlimited energy—is vindicated today. In this sense empty space is like a gigantic, restless ocean, and Moray's free energy "tapping" device is no more mysterious than the water wheel. In other words, his thesis that the energy is there to be tapped is correct; it only awaits a practical method to tap it in order to solve the energy problems of mankind forever.

continua aqui...

http://www.cheniere.org/books/excalibur/moray.htm

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

cara.. vc que tem aquelas TV antigas, e tem aquele estatico, cientistas descubriram uns 30 anos atraz que aquilo é energia cosmica (radiação) em frequencias de radio lol.http://www.scientificamerican.com/article.cfm?id=cosmic-radio-background

ainda remanescente ainda do big bang

  • Like 4
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

O engraçado é que a unica evolução que a gente consegue sentir numa vida inteira, é a evolução interna, e se ve a evl. de bixos e seres humanos como deveria ser, (desde o dia em que nasci, até o dia de hoje, nunca vi uma galinha evoluindo suas asas para chegar na sua evolução completa e voar normalmente, ou então perder suas asas, para virar um bixo rasteiro sem aquelas asas mentirosas) só exemplo. A teoria da evolução infelizmente não se sustenta, e se a mesma não se sustenta por que raios eu vou acreditar nela? E tentar quebrar tudo que for teoria que não se origina de uma evolução sem sentido, sem provas Reais (ver, a transformação de seres), o mais sensato seria tentar não provar que o sobrenatural o imaterial não existe já que não se prova o que não existe.

O santo Big bang é coisa linda de ver, mas é o mesmo de se acreditar em que adão e eva vieram do barro, nada concreto, nenhuma verdade desvendado, apenas uma mera teoria, que cada dia mais vem ficando decadente por falta de provas reais, nem há de se aprofundar nesse assunto aqui, pois nunca acabaria essa discussão.

Cientistas taxam os religiosos de loucos, mas o proprio cientista acaba ficando louco, por não compreenderem nada (ninguém sabe de porra nenhuma essa é a unica verdade). E espero que as bacterias que se criam dentro de algum pote de doce que tenho aqui em casa não se evolua e vire um monstro pra me atacar a noite ahuahuhauahuahuahuauh

Mente fechada tanto de ateu quanto de religioso, até hoje, foi o que vi de mais feio na humanidade..

Abraços brothers

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Teoria da Evolução não se sustenta? Se não se sustentasse, não se chamaria "Teoria". Já disse, em ciencia não existe acreditar, vc pode não concordar com a Teoria da Evolução, mas ela existe independentemente das suas crenças.

Big Bang é a mesma coisa de acreditar em Adão e Eva????? Adão e Eva é um mito descrito em um livro que por 2000 anos foi traduzido, reescrito e reinterpretado por autores anônimos, ja aTeoria do Big Bang é baseada tanto em conceitos teóricos, empíricos e experimentais.

apenas uma mera teoria, que cada dia mais vem ficando decadente por falta de provas reais, nem há de se aprofundar nesse assunto aqui, pois nunca acabaria essa discussão.

Como assim, falta de "provas reais"????

E outra, sabia que a chamada "lei da gravidade" é um nome popular, o correto é "Teoria da Gravitação Universal". Pq não se joga de um predio, ja que essa também é uma mera teoria?

A ciencia muda, evolui, conceitos antigos são melhorados. E também temos "certo" e "errado" (não no sentido moral, apenas se uma ideia faz sentido ou não). E desculpe a franqueza, mas o que escreveu acima não passa de um monte de bullshit.

Quer falar de ciência?Recomendo que comece a estudar.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Desculpem aqueles que acreditam, mas isso não é ciencia. Em ciencia, não existe "acreditar", ela é baseada em conceitos teóricos bem definidos, em conceitos empíricos e em demonstrações experimentais.

Não acredito que Nikola Tesla propôs isso

pra quem fala q ciencia não é acrediar...

talvez tu possa mostrar essa fonte confiavel do contrario... pq tudo q encontro dele fala dessa energia...

aproveitar aqui pra deixar mais do projeto STOP e o motor Keppe já q o camarada desacreditou...

e tem muito mais material sobre esse novo motor...

felizmente, mesmo com 100 anos depois d descoberta essa tecnologia vai começar a ser publica...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

porra... teoria da evolução não se sustenta, alienígenas do passado, um russo e suas energias cosmicas...

ta foda... isso ta com cara de religião pra mim

quem mistura religião e ciencia sempre puxa a brasa pra sua sardinha, pra provar uma opinião, mas ignora outros fatos

energia cosmica? essa é velha, tem raios cosmicos cruzando seu corpo a todo momento, grande bosta...

o ser humano não evoluiu do macaco ou do gorila, nos 3 temo um "parente" em comum

a galinha é descendente do t.rex(exemplo meramente ilustrativo), não gostou? prove o contrario

e ha aqueles que falam: como pode existir tantas semelhanças entre civilizações tão distantes? so pode ter sido um e.t.!

ae, o cerebro humano tem exatamente o mesmo potencial em qualquer etnia, as leis da fisica se aplicam a toda a terra

e o que pra voce parece um astronauta ou um esperamotozoide pra eles era o deus da chuva ou um simbolo matematico

grandes afirmações pedem grandes provas... o pessoal ta chapando muito em frente ao history channel e aquela palhaçada de alienigenas do passado

vc acredita no que quiser, mas chamar de ciencia... se fosse assim tinha gente regando cannabis com leite

Olho no Lance!

ah e quero deixar bem claro que sou favoravel a existência de topicos como esse, eu não quero ter facebook como disse o amigo anteriormente, nem quero falar sobre maconha num estilo xiita, se voce fuma pra mim sua opinião sobre qualquer coisa é valida ate que se prove o contrario falo grosseiramente mas não to ofendendo ninguem

Editado por Cerveza
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Teoria da Evolução não se sustenta? Se não se sustentasse, não se chamaria "Teoria". Já disse, em ciencia não existe acreditar, vc pode não concordar com a Teoria da Evolução, mas ela existe independentemente das suas crenças.

Big Bang é a mesma coisa de acreditar em Adão e Eva????? Adão e Eva é um mito descrito em um livro que por 2000 anos foi traduzido, reescrito e reinterpretado por autores anônimos, ja aTeoria do Big Bang é baseada tanto em conceitos teóricos, empíricos e experimentais.

Como assim, falta de "provas reais"????

E outra, sabia que a chamada "lei da gravidade" é um nome popular, o correto é "Teoria da Gravitação Universal". Pq não se joga de um predio, ja que essa também é uma mera teoria?

A ciencia muda, evolui, conceitos antigos são melhorados. E também temos "certo" e "errado" (não no sentido moral, apenas se uma ideia faz sentido ou não). E desculpe a franqueza, mas o que escreveu acima não passa de um monte de bullshit.

Quer falar de ciência?Recomendo que comece a estudar.

Teoria da Evolução não se sustenta? Se não se sustentasse, não se chamaria "Teoria". Já disse, em ciencia não existe acreditar, vc pode não concordar com a Teoria da Evolução, mas ela existe independentemente das suas crenças.

Big Bang é a mesma coisa de acreditar em Adão e Eva????? Adão e Eva é um mito descrito em um livro que por 2000 anos foi traduzido, reescrito e reinterpretado por autores anônimos, ja aTeoria do Big Bang é baseada tanto em conceitos teóricos, empíricos e experimentais.

Como assim, falta de "provas reais"????

E outra, sabia que a chamada "lei da gravidade" é um nome popular, o correto é "Teoria da Gravitação Universal". Pq não se joga de um predio, ja que essa também é uma mera teoria?

A ciencia muda, evolui, conceitos antigos são melhorados. E também temos "certo" e "errado" (não no sentido moral, apenas se uma ideia faz sentido ou não). E desculpe a franqueza, mas o que escreveu acima não passa de um monte de bullshit.

Quer falar de ciência?Recomendo que comece a estudar.

Brother, ta se defendendo assim por que? parece até que o big bang é seu deus ahuahuahuhauhauhauhauhauh

falo justamente desse fanatismo ao big bang, parece um Deus pra alguns céticos. E meu caro, eu não vou lhe mandar estudar, isso é uma coisa pessoal né, mas eu lhe sugiro, que observe as coisas com mais detalhes, e você vera a falha da evolução brother, por isso mesmo é chamado de teoria, não passa disso, e todo bom cientista reconhece que não sabe de porra nenhuma, pois teorias são teorias não é? E tem falhas, ta só no começo, tem muito a desenvolver, concordo.

Estudar, sim, obrigado pelo conselho, sou um cara bem novo, mas ja vejo sua ignorancia sobre o universo de longe, e não precisa me provar conhecimento, estudo constantemente, e erro por que sou humano, e tudo que eu falo aqui, sai do meu cerebro depois de analisar, tudo que aprendi, seja em estudo ou em pratica, e essa foi minha opinião, se o que falei fosse irrelevante, tu não teria digitado esse monte de palavras ai.

mas vamos seguir isso aqui numa discussão sadia, horas, ninguém é dono da verdade até que se prove o contrariolol

abs

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Certo, a intenção não é ofender (apesar da ofença), não tenho como saber quem é vc, e não devia fazer nenhum pré julgamento a respeito. Admito o excesso de arrogancia. Ciencia não é minha religião, é uma das musas. E brother, não se compara Adão e Eva com Big Bang, misturar ciencia e religião sempre da merda, e não foi essa minha intenção

e todo bom cientista reconhece que não sabe de porra nenhuma,

Na verdade não, todo bom cientista reconhece que domina um campo bastante específico em sua area, e tem uma grande ignorancia a respeito de todo o resto.

Lendo com calma o tópico, o que vc falou é importante, nunca acredite em nada como mastigado, não aceite e concorde por negligencia ou comodismo, e questione sempre.

pra quem fala q ciencia não é acrediar...

talvez tu possa mostrar essa fonte confiavel do contrario... pq tudo q encontro dele fala dessa energia...

aproveitar aqui pra deixar mais do projeto STOP e o motor Keppe já q o camarada desacreditou...

e tem muito mais material sobre esse novo motor...

felizmente, mesmo com 100 anos depois d descoberta essa tecnologia vai começar a ser publica...

Sabe por que eu desacredito do Keppe Motor e do Stop? Olha os nomes dos figuras, Cesar Soós e Deluna, agora pesquisa no Google o nome dos figuras. Só Facebook, Likedln e bizarrices do genero.O Cesar Soós tem um site em que apresenta pela "instituição" Keppemotor, "tecnologia da nova fisica" e bizarrices do genero. Tem um curriculo, onde se apresenta como pesquisador, mas nada que esta escrito é relevante. Nenhuma instiuição citada, campos de atuação(' “A Nova Física da Metafísica Desinvertida”,, “Metafísica e Energia”, ou cargos ( Professor de Metafísica Trilógica e de Nova Física aplicada ao Keppe Motor pelo Instituto Keppe & Pacheco.)Pesquisadores brasileiros de verdade tem os curriculos no sistema Lattes, uma plataforma virtual. Agora, pesquise o nome do meu antigo orientador Fabio Coral Fonseca. Vc tem o Lattes do cidadão no primeiro resultado. Os caras do video não são pesquisadores em nenhuma instituição de pesquisa brasileira, são os detentores da patente, e não os criadores. Isso pra mim tem cheiro de auto promoção, compraram o espaço na RIO+20 (que também é bem pocuo relevante, se vc analisar com cuidado) . Eles são fraudes, assim como o gringo Tom Bearden, que foi quem escreveu um texto em inglês postado na pagina anterior. Se vc pesquisar esse gringo, também não chega a lugar nenhum, eventualmente em um forum gringo onde se disucte exatamente isso, se esse cara é um charlatão ou não. As fontes confiaveis são essas, pesquisadores profissionais, de instituições reconhecidas, publicações ( http://www.sciencemag.org/magazine http://www.nature.com/ http://www.scientificamerican.com/ e específecas de area). Livros de pesqusadores conhecidos (recomendo Richard Dawkins, James Lovelock, Carl Sagan, Fritjof Capra). A wikipedia é aceitavel em uma discussão na net, mas nunca em uma publicação. Youtube e outros sites onde não seja possivel obter o nome da pessoa, seu endereço e atuação profissional, publicações etc desconfie muito. Se ele se apresenta como cientista, essas informações são faceis de achar.

abss

  • Like 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...
  • Conteúdo Similar

    • Por leonpred
      A deusa egípcia Seshat





      A deusa egípcia Seshat representada com uma folha de marijüana sobre a cabeça. Seshat foi uma divindade protetora das bibliotecas, do conhecimento e da geomancia entre outras coisas.

      DIR.: Bast, a Artemis grega, deusa da sabedoria. Entre os egípcios, zoomorfa meio-gato, meio-mulher, acreditava-se que dominava variados aspectos da vida civilizada: do Sol Nacente, como filha de Rá; e também deusa da iluminação [intelectual], do lar, do sexo, da fertilidade e do parto, dos prazeres físicos e, curiosamente, deusa das lésbicas que, no país do faraó, eram associadas à verdade, honestidade.
      In CANNABIS PR-NTR-KTM

      As origens do uso erótico/sexual da marijüana remonta ao surgimento dos ritos de fertilidade associados às primeiras práticas da agricultura - em uma época em que a ligação do homem com a terra, com os campos, era compreendida como uma relação religiosa. Entre comunidades primitivas de caçadores, os shamans usaram a magia "imitativa" ou magia simpática [de reprodução, representação da realidade] para obter sucesso na expedições de caça. Vestiam peles de animais, envergavam cabeças de grandes mamíferos em suas danças mágicas. Quando as comunidades fizeram sua transição da economia de caça-coleta para a economia agrária, a mesma lógica foi aplicada aos campos cultivados. Os ciclos das colheitas eram acompanhados de simbolismos e festas rituais.

      Para estimular o bom desenvolvimento dos campos, os primeiros agricultores acreditavam na necessidade de renovar, periodicamente, o "matrimônio" entre a divindade da Terra e a divindade dos Céus. [Como na mitologia grega, Urano, o Céu, fecunda a Terra, Gaia]. O tema principal desses rituais, portanto, era o sexo, posto que era/é meio de fecundação. Orgias coletivas eram praticadas nos campos; orgias que, mais tarde, foram ritualizadas em cerimônias fechadas entre o rei e sua consorte ou entre sacerdotes e sacerdotisas.
      A cannabis é considerada uma das culturas mais antigas da humanidade e a planta tem poderosas qualidades afrodisíacas. As práticas orgiásticas começaram precocemente justamente entre aquelas comunidades pioneiras no cultivo e uso da planta e uma das primeiras práticas religiosas da humanidade foi o coito ritual praticado nos campos.



      Experiência Religiosa

      O pesquisador da marijüana, Sula Benetowa, diz que a origem deste antigo culto, da cannabis, pode ser encontrada no Oriente Médio. No artigo Tracing Onde World Through Different Languages, ele escreve: "Tendo em conta o elemento matriarcal da cultura semita é possível afirmar que a Ásia Menor foi o centro de onde se propagou ambos os caracteres socioculturais: o matriarcalismo e o uso massivo do hashish [essência oleaginosa da maconha].

      Um desses "elementos matriarcais" refere-se ao culto da deusa semita Asherah [em algumas tradições, dita consorte de Jehová], para quem era queimada a cannabis como incenso sagrado. Os corpos também eram "ungidos" com um o óleo da cannabis, o Santo Óleo, semelhante ao usado por Moisés e outros profetas e reis judeus da Antiguidade. [ver CC#5, Kaneh Bosm: the hidden story of cannabis in the old testament].





      Objetos relacionados ao uso de cannabis foram encontrados em tumbas congeladas dos antigos Citas [scythians] nas montanhas Altai, na fronteira entre a Rússia e a Mongólia. No sítio arqueológico também foram achadas sementes e restos dos "frutos" [berlotas] da planta. O Citas usavam a maconha reunindo-se em cabanas onde a erva era queimada e todos aspiravam seus vapores "mágicos" - um "efeito sauna". Essa prática de "repirar cannabis" foi mencionada por Herótodo e data de 500 a.C.. In Hallucinogenic Plants | EROWID.ORG


      William Cole, em Sex and Love in The Bible, fala do culto a Asherah, enquanto cônjuge ou "aspecto feminino" do "deus" israelita Jehovah: "Era foi uma divindade da Natureza, simbolizando sexualidade e fertilidade. Em muitas passagens do Antigo Testamento existem referências a Asherah, representada [o] como um pilar de madeira, um objeto de devoção. Claramente, é um símbolo fálico, ocupando lugar similar ao Lingam hindu.

      Cole também explica que muitos deuses e deusas antigos aparecem em pares de macho/fêmea, [uma referência aos Hermafroditas de Raças Antigas]. Tais deuses também são retratados criando o mundo/Universo através de uma cópula [ato sexual].
      "Os devotos destas divindades, aparentemente acreditavam no dever religioso da magia imitativa na qual, homem e mulher copulavam no solo, misturando suas "sementes" e seus desejos com a terra que, assim, tornar-se-ia ou continuaria fértil, pela partilha do ato sexual praticado pelos humanos. As orgias envolviam o uso de psicotrópicos, substâncias alucinógenas ou relaxantes/excitantes além de atividade sexual intensa e heterodoxa como importante fator de eficiência "mágica".

      Canção Erótica de Salomão
      Uma passagem clássica de "erotismo bíblico", o Cântico dos Cânticos, atribuído ao rei Salomão, atualmente é amplamente aceita como um texto litúrgico-amoroso integrante dos culto ao deus/deusa da fertilidade na região do Oriente Médio. É fato histórico conhecido que o rei israelita Salomão foi iniciado em cultos estrangeiros diversos em virtude do íntimo contato com a cultura de suas numerosas esposas, provenientes de diferentes nações, como o culto a Astarte e a queima ritual do incenso de cannabis [1 Reis 11:3-5].

      Não é surpresa, portanto, encontrar umas tantas referências bíblicas diretas à cannabis nos Cânticos de Salomão:
      "O quanto é intenso o seu amor, minha irmã, minha noiva! Mais delicioso que o vinho é o teu amor e a fragrância de seu óleo [ungënto], mais deliciosa é que o aroma das especiarias. Seu corpo é um pomar de frutos abundantes, de romãs, de henna e nardos, nardos e açafrões, cannabis [Kaneh Bosm] e canela e todas as árvores de incenso" ... [Cântico dos Cânticos 4:8-14]. Outra passagem demonstra explicitamente a a simbologia sexual dentro da liturgia [cerimônia religiosa]:


      Meu amor tocou-me a caverna
      e meu ser fervia por ele
      Eu me ergui e me abri para o meu amor
      a minhas mãos gotejavam a mirra
      A mirra escorrendo entre os dedos
      sobre as mãos...
      E eu abri minhas cadeias para o meu amor
      Cântico dos Cânticos 5:4-6


      Astarte foi adorada como filha e contraparte [aspecto] de Asherah e, tal como sua "mãe", seu culto era associado às práticas sexuais e ao uso da cannabis. Tanto o Cântico dos Cânticos quanto o Hino a Ishtar [outra divindade mesopotâmica] são narrativas de união conjugal. Cerimônias muito parecidas, que incluem o culto ao sexo e uso ritual da cannabis, são encontradas na Índia [ainda nos dias atuais].
      O Festival das Carruagens, que data de época pré-Védica, ainda é realizado pelo culto Jagahath, em Puri. Nesta antiga festividade, carruagens com decoração elaborada, representando o "mundo em ação", saem em cortejo levando a figura velada do "Senhor do Universo" e sua noiva. Acredita-se que uma das figuras veladas é um lingam [pênis] gigante.
      Durante o Festival de Jagganath, as "prostitutas do templo" desempenham o papel de "esposas do rei-deus" e mantêm relações sexuais com o "rei" ou sacerdotes a fim de obter abundantes chuvas de estação. O uso da cannabis faz parte dos rituais. O pesquisador do psicodelismo, Jonathan Ott, em seu livro Pharmacotheon, conta que os ingleses suprimiram, proibindo, esse ritual em toda a Índia e a atuação das devadasis, as prostitutas sagradas. A tradição desapareceu lentamente exceto em Puri.


      Shiva & Kali
      O uso da marijüana é parte do culto Tântrico Hindu de Shiva e Kali, duas das mais antigas divindades do mundo. O uso erótico ritual da cannabis também está inserido em no contexto da obtenção de fertilidade. A forte associação de Shiva com a cannabis está claramente demonstrada na antiga mitologia que envolve a planta bem como as minuciosos procedimentos dos devotos em relação aos campos sagrados.

      Praticantes de tantra, seguidores de Shiva e Kali ainda usam marijüana como estimulante do sistema nervoso central capaz de ativar a energia chamada de kundalini, intimamente conectada com a energia sexual. É um costume milenar. Em The Woman's Encyclopedia of Myths and Secrets, a pesquisadora Barbara Walker explica:




      Os principais fundamentos das práticas tântricas podem ser encontrados em tempos pré-históricos. Basicamente, é uma teosofia [pensamento religioso] que inclui o culto à Deusa-Mãe, às forças sexuais, à fertilidade, aos fenômenos naturais, tal como nos cultos animistas. Muitos dos símbolos usados no tantrismo contemporâneo, como os órgãos sexuais feminino e masculino, são semelhantes àqueles encontrados em cavernas paleolíticas, datando de 20 mil anos, em lugares tão diferentes quanto Europa Ocidental e China.

      Sexo, Maconha & Energia
      Os cultos à fertilidade, repletos de práticas sexuais, evoluíram ao longo das Eras e desenvolveram-se entre os estudiosos Gnósticos e os praticantes de Tantra. Tornou-se um "casamento sagrado" que acontece no plano mental dos praticantes. O ritual não se dedica mais à fecundidade da terra ou dos homens; antes, pretende proporcionar o encontro do indivíduo consigo mesmo e sua identificação com o Universo.

      Ritos que usam o sexo e a cannabis buscam o despertar da kundalini e sua ascensão, ou seja, a ativação da energia sexual de modo tal que ela possa percorrer a coluna, alcançar a glândula pineal e atuar no cérebro como força criadora e re-generadora; e não mais e somente como força de geração física.

      A glândula pineal é considerada a sede da alma, do espírito. É um órgão misterioso de funções praticamente desconhecidas mas para os praticantes do esoterismo, o uso da cannabis combinados com outras práticas, como relaxamento e meditação, produz uma ativação incomum da energia sexual. Nas palavras do místico Aleister Crowley, extremamente experiente quando o assunto é droga e sexo: "Quando você entende que Deus é meramente um nome para o instinto sexual não me parece tão difícil admitir que Deus está no sexo".


      FONTE
      Marijüana: the ultimate sex drug
      CANNABIS CULTURE publicado em novembro | 1999
      por Chris Bennett | tradução & adaptação: Ligia Cabús

×
×
  • Criar Novo...