Ir para conteúdo
Growroom

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

Exatamente coloquei que a muitos estudos, de especialistas na area, que o homem não interfere no CLIMA .

Em relação ao CLIMA, o que os veiculos e as industrias produzem de CO2 é insignificante em relação aos vulcões em atividade.

Vazamento de petróleo e matança de animais são outra coisa, considero crimes irreparaveis .

Suvacão, coloquei o estudo da OMS, porque é a mesma que é utilizada como "referência" pelos proibicionistas.

Questão pessoal ?? Apenas estou colocando um fato, afirmado por especialistas por exemplo:

Geólogo Friedrich-Karl Ewert, Convenção da ONU sobre mudança climática, 07.09.10

O serviço de climatologia alemão possui medições que remontam até 1701. Neles lêem-se quase as mesmas tendências para o arrefecimento ou para o aquecimento. Do ponto de vista da temperatura global a mudança é tão pequena que pode melhor ser descrita como estabilidade das temperaturas

“Contrariamente aos cenários dos modelos computacionais o CO2 antropogénico é vazio de significados porque sua influência não é reconhecível.”

John Zyrkowski, presidente de Lean Techniques, LLC:

Zyrkowski escreveu o livro “É o sol e não seu 4x4. O CO2 não vai destruir a terra”, defendendo que os relatórios do IPCC estão irremediavelmente distorcidos.

Roger Pielke Jr, prof. de Meio Ambiente, Univ de Colorado-Boulder, sobre climas extremos de 2010:

“nas questões relativas aos eventos climáticos extremos e a mudança climática, a ciência do IPCC tem um nível similar às interpretações de Nostradamus e dos calendários Maias”

Com 40 anos de experiência em estudos do clima no planeta, Luiz Carlos Molion " não existe aquecimento global"

William Gray, meteorologista pioneiro em furacões:

“Eu já lhe disse cem vezes: o aquecimento global é uma farsa! Esse pânico vai fazer seu percurso. Dentro de 15-20 anos, nós vamos olhar para trás e ver que era uma farsa.” (Ken Kayes Storm Center, 02/04/09)

Kelvin Kemm, físico nuclear sul-africano e diretor de Stratek Business:

“A conferência do clima de Copenhague continuará a suprimir a verdade científica, e tentando travar o desenvolvimento econômico africano?”

Dr. Philip Lloyd, físico nuclear sul-africano, co-coordinador do IPCC:

“O volume de CO2 que nós produzimos é insignificante em termos de circulação natural entre ar, água e solo… Estou preparando um circunstanciado estudo sobre os relatórios do IPCC e dos Sumários para Responsáveis Políticos, identificando o modo pelo qual esses Sumários distorceram a ciência.”

Dr. Habibullo Abdussamatov, chefe de pesquisas espaciais do Observatório Pulkovo de São Petersburgo

“Os alarmistas do aquecimento global confundiram causa e efeito. Na medida que a radiação solar aquece a Terra, CO2 é liberado na atmosfera pelos oceanos do mundo.”

Yuri A. Izrael, vice-presidente do IPCC:

“Não há prova de uma relação entre a atividade humana e o aquecimento global”.

Dr. Kiminori Itoh, físico-químico ambientalista, membro do IPCC:

“Os temores espalhados sobre o aquecimento global constituem o pior escândalo científico da história... Quando o público perceba a verdade, vai se sentir decepcionado com a ciência e com os cientistas”.

Carta aberta de 100 cientistas ao secretário-geral da ONU, 14/12/2007:

“É impossível deter as alterações climáticas... O IPCC tem publicado conclusões cada vez mais alarmistas sobre a influência climática do CO2 de origem humana, um gás não poluente que é essencial à fotossíntese (...) as conclusões do IPCC são absolutamente injustificadas... Tentar impedir o clima de se alterar é fútil”

igualmente .

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Exatamente coloquei que a muitos estudos, de especialistas na area, que o homem não interfere no CLIMA .

Em relação ao CLIMA, o que os veiculos e as industrias produzem de CO2 é insignificante em relação aos vulcões em atividade.

Vazamento de petróleo e matança de animais são outra coisa, considero crimes irreparaveis .

Suvacão, coloquei o estudo da OMS, porque é a mesma que é utilizada como "referência" pelos proibicionistas.

Questão pessoal ?? Apenas estou colocando um fato, afirmado por especialistas por exemplo:

Geólogo Friedrich-Karl Ewert, Convenção da ONU sobre mudança climática, 07.09.10

O serviço de climatologia alemão possui medições que remontam até 1701. Neles lêem-se quase as mesmas tendências para o arrefecimento ou para o aquecimento. Do ponto de vista da temperatura global a mudança é tão pequena que pode melhor ser descrita como estabilidade das temperaturas

“Contrariamente aos cenários dos modelos computacionais o CO2 antropogénico é vazio de significados porque sua influência não é reconhecível.”

John Zyrkowski, presidente de Lean Techniques, LLC:

Zyrkowski escreveu o livro “É o sol e não seu 4x4. O CO2 não vai destruir a terra”, defendendo que os relatórios do IPCC estão irremediavelmente distorcidos.

Roger Pielke Jr, prof. de Meio Ambiente, Univ de Colorado-Boulder, sobre climas extremos de 2010:

“nas questões relativas aos eventos climáticos extremos e a mudança climática, a ciência do IPCC tem um nível similar às interpretações de Nostradamus e dos calendários Maias”

Com 40 anos de experiência em estudos do clima no planeta, Luiz Carlos Molion " não existe aquecimento global"

William Gray, meteorologista pioneiro em furacões:

“Eu já lhe disse cem vezes: o aquecimento global é uma farsa! Esse pânico vai fazer seu percurso. Dentro de 15-20 anos, nós vamos olhar para trás e ver que era uma farsa.” (Ken Kayes Storm Center, 02/04/09)

Kelvin Kemm, físico nuclear sul-africano e diretor de Stratek Business:

“A conferência do clima de Copenhague continuará a suprimir a verdade científica, e tentando travar o desenvolvimento econômico africano?”

Dr. Philip Lloyd, físico nuclear sul-africano, co-coordinador do IPCC:

“O volume de CO2 que nós produzimos é insignificante em termos de circulação natural entre ar, água e solo… Estou preparando um circunstanciado estudo sobre os relatórios do IPCC e dos Sumários para Responsáveis Políticos, identificando o modo pelo qual esses Sumários distorceram a ciência.”

Dr. Habibullo Abdussamatov, chefe de pesquisas espaciais do Observatório Pulkovo de São Petersburgo

“Os alarmistas do aquecimento global confundiram causa e efeito. Na medida que a radiação solar aquece a Terra, CO2 é liberado na atmosfera pelos oceanos do mundo.”

Yuri A. Izrael, vice-presidente do IPCC:

“Não há prova de uma relação entre a atividade humana e o aquecimento global”.

Dr. Kiminori Itoh, físico-químico ambientalista, membro do IPCC:

“Os temores espalhados sobre o aquecimento global constituem o pior escândalo científico da história... Quando o público perceba a verdade, vai se sentir decepcionado com a ciência e com os cientistas”.

Carta aberta de 100 cientistas ao secretário-geral da ONU, 14/12/2007:

“É impossível deter as alterações climáticas... O IPCC tem publicado conclusões cada vez mais alarmistas sobre a influência climática do CO2 de origem humana, um gás não poluente que é essencial à fotossíntese (...) as conclusões do IPCC são absolutamente injustificadas... Tentar impedir o clima de se alterar é fútil”

igualmente .

Caro, libertário, Será mesmo que é insignificante o que produzem?

Dr. Habibullo Abdussamatov, chefe de pesquisas espaciais do Observatório Pulkovo de São Petersburgo

Disse dos tais sumarios que distorcem a ciencia, Mas onde estão esses sumários?

Isso tudo faz sentido, mas ao meu ver, com os dados expostos por você, não torna insignificante a ação do homem influenciando o meio ambiente e/ou clima.

Quanto a afirmação do Dr. Kiminori Itoh, físico-químico ambientalista, membro do IPCC, pode ser real, mas será que não carece de uma investigação mais profunda?

Eu gostaria de ver o outro lado da história também, esse é um, mas e o outro? e quanto ao fato do gás expelido de origem/meio humano ? não poluente? Será que podemos afirmar isso e acreditar piamente nisso também? Eu tenho minhas dúvidas em relação a essas afirmações.

Assim como o senso critico diante da minha opinião que também tem sua fundamentação, talvez vaga, mas igualmente vaga a essas opiniões expostas sobre essas afirmações diga-se de passagem do ano de 2007

Logo toda a destruição e regressão que temos atualmente em questões climaticas e ambientais, não tem origem do homem?

Pode ser que a fundo na questão real mesmo da coisa o fluxo natural das coisas e a ordem como funciona toda ação do nosso sistema tenha maior importância em questões ambientais e/ou climáticas do que a a ação do homem, mas a ponto de tornar insignificante a ação do homem influenciando nas alterações ambientais? Sinceramente, não sei, mas com certeza há muitas duvidas sobre isso. Mas pode ser

que seja de grande importância essas afirmaçoes e cartas, porém para entender melhor os dois lados desas questão seria necessario um estudo mais aprofundado dentre ambas as opiniões, que talvez eu venha a me aprofundar nessa questão, mas creio que não agora, apesar de muito interessante.

Mas é importante ver tudo isso postado por você,

De qualquer forma,

Agradeço a opinião, embora controversa com uma maioria, pode ser real, e pode não ser tão real. Quem sabe isso não gere um interesse maior do pessoal aqui nessa questão. Não deixa de ser uma boa troca de idéias.

Abraços

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Voltando um pouco ao assunto,

*Thomas Karl, diretor do Centro de Dados Climátiticos da National Oceanic and Atmosferic Administration (NOAA), e Kevin Trenberth, chefe da Divisão de Análises Climáticas do National Center for Atmospheric Research (NCAR), verificaram que as emissões de poluentes, mais que fenômenos da natureza, têm sido a principal causa das alterações do clima na Terra nos últimos 50 anos.

"Gases que provocam o efeito estufa representam a maior influência do homem no clima do planeta. Os principais efeitos diretos dessa alteração climática são uma freqüência maior em ondas de calor, secas ou casos de extrema precipitação, mas há ainda impactos relacionados, como mudanças de vegetação ou aumento no nível do mar”, disseram os autores em comunicado conjunto das duas agências norte-americanas."

Os cientistas estimam em 90% a probabilidade de ocorrer um aumento nas temperaturas globais de 1,7 a 4,9 graus Celsius, devido à influência humana, entre 1990 e 2100. Karl e Trenberth confirmam que o principal poluente é o dióxido de carbono, principal responsável pelo efeito estufa.

"De acordo com o estudo, os níveis de dióxido de carbono na atmosfera aumentaram em mais de 30% desde o período pré-industrial, pulando de 280 partes por milhão por volume (ppmv) a mais de 370 ppmv nos dias de hoje."

"Para os pesquisadores, se as emissões continuarem aumentando o mundo terá a maior mudança no clima em pelo menos 10 mil anos, que poderá influir de forma contundente, por exemplo, nas circulações dos oceanos ou nos padrões climáticos existentes."

Enfim, embora a cartas da ONU, e todas essas afirmações citadas por você tenham seu valor, é claro que vão haver contestações controversas, alias a maioria delas, o que não as torna totalmente reais, mas as torna questionáveis, assim como todas, é necessário um maior aprofundamento, mas eu não acreditaria piamente nisso tudo que você expôs, como não acredito piamente no que citei acima. tudo é muito questionável, embora talvez cheguemos a uma conclusão que vai pender pra um dos lados, mas não arrisco nenhuma afirmação com tanta certeza, nem pras minhas opiniões, nem pra suas, que na realidade refletem opiniões de terceiros.

Abraços.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Caro, libertário, Será mesmo que é insignificante o que produzem?

Dr. Habibullo Abdussamatov, chefe de pesquisas espaciais do Observatório Pulkovo de São Petersburgo

Disse dos tais sumarios que distorcem a ciencia, Mas onde estão esses sumários?

Isso tudo faz sentido, mas ao meu ver, com os dados expostos por você, não torna insignificante a ação do homem influenciando o meio ambiente e/ou clima.

Quanto a afirmação do Dr. Kiminori Itoh, físico-químico ambientalista, membro do IPCC, pode ser real, mas será que não carece de uma investigação mais profunda?

Eu gostaria de ver o outro lado da história também, esse é um, mas e o outro? e quanto ao fato do gás expelido de origem/meio humano ? não poluente? Será que podemos afirmar isso e acreditar piamente nisso também? Eu tenho minhas dúvidas em relação a essas afirmações.

Assim como o senso critico diante da minha opinião que também tem sua fundamentação, talvez vaga, mas igualmente vaga a essas opiniões expostas sobre essas afirmações diga-se de passagem do ano de 2007

Logo toda a destruição e regressão que temos atualmente em questões climaticas e ambientais, não tem origem do homem?

Pode ser que a fundo na questão real mesmo da coisa o fluxo natural das coisas e a ordem como funciona toda ação do nosso sistema tenha maior importância em questões ambientais e/ou climáticas do que a a ação do homem, mas a ponto de tornar insignificante a ação do homem influenciando nas alterações ambientais? Sinceramente, não sei, mas com certeza há muitas duvidas sobre isso. Mas pode ser

que seja de grande importância essas afirmaçoes e cartas, porém para entender melhor os dois lados desas questão seria necessario um estudo mais aprofundado dentre ambas as opiniões, que talvez eu venha a me aprofundar nessa questão, mas creio que não agora, apesar de muito interessante.

Mas é importante ver tudo isso postado por você,

De qualquer forma,

Agradeço a opinião, embora controversa com uma maioria, pode ser real, e pode não ser tão real. Quem sabe isso não gere um interesse maior do pessoal aqui nessa questão. Não deixa de ser uma boa troca de idéias.

Abraços

Será mesmo que é insignificante o que produzem?

Sim, suvacao, em relação CO2. A ponto do físico Frank J. tipler, pedir para que o produzam mais :

O CO2 é o primeiro e mais importante alimento das plantas. E estas são o elo primordial da corrente da vida.

O CO2 é a fonte de carbono para a química orgânica. Sem ele, os seres vivos desapareceriam. Quanto menos CO2 no ar, menos as plantas o sintetizam. Em conseqüência, menor será a massa vegetal e menos alimento haverá para os animais, e obviamente para os humanos.

Eliminado o CO2, morre toda a biosfera. Mas, a histeria ambientalista trata esse gás benéfico como um “tóxico” perigoso para a Terra.

http://pjmedia.com/blog/humans-and-their-co2-save-the-planet/2/

Mas onde estão esses sumários?

não sei, mas com uma pesquisa mais profunda, deve-se encontrar.

Quanto a uma investigação mais profunda , também concordo com vc.

Também acredito na duvida, pena que o outro lado o "oficial" não . A grande midia junto com os politicos, nossos legisladores tem certeza, a ponto de querer legislar sobre a vida das pessoas. .

Suvacao, não é mais debate de opinião, Já há todo um código e uma legislação junto com impostos, em pleno funcionamento junto com agências regulamentadoras sobre a questão.

aqui em SP temos a CONTROLAR, por um ar mais puro .nos taxam claro para o nosso proprio bem .

Um outro exemplo lá fora:

FMI e Bird recomendam ao G-20 criação de imposto sobre CO2 e combustíveis

AFP) – 23/09/2011

WASHINGTON — O Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Mundial (Bird) recomendam aos países industrializados e emergentes do G-20 que criem um imposto sobre as emissões de CO2 e os combustíveis para os transportes marítimo e aéreo, em um relatório do qual a AFP obteve uma cópia nesta sexta-feira.

"Políticas globais de taxação do CO2 (...) são consideradas uma possibilidade promissora", assinala o documento, solicitado pelo G-20 ao fim de uma reunião de ministros das Finanças em abril passado, com o objetivo de buscar financiamento para a luta contra as mudanças climáticas.

O FMI e o Bird sugerem o preço de 25 dólares por tonelada de CO2 em países ocidentais, União Europeia, Japão, Coreia do Sul, Austrália e Nova Zelândia. Os autores do relatório estimam que esse valor "poderia permitir levantar fundos de cerca de 250 bilhões de dólares em 2020", e reduzir em 10% as emissões de CO2 previstas para essa época, o que custaria a esses países "menos de 0,1% do PIB, em média".

O relatório recomenda ainda taxar da mesma forma a tonelada de CO2 emitida por combustíveis usados nos transportes marítimo e aéreo, o que permitiria uma arrecadação de "cerca de 40 bilhões de dólares por ano até 2020".

http://www.google.com/hostednews/afp/article/ALeqM5ifm95DeBvlafjEcJno6f6Y915yeA?docId=CNG.195448caea3250d2e473e6ffc00d9c58.501

Logo toda a destruição e regressão que temos atualmente em questões climaticas e ambientais, não tem origem do homem?

não há regressão a respeito do CLIMA, no passado era mais quente .

O calor real “sem precedentes” aconteceu bem antes da era industrial

“Os dados mostram que o aquecimento atual não é incomum, mas parte de um ciclo natural”

TempHistory2.jpg

“Gases de efeito estufa, bem como vapor de água, não é o motorista significativa do clima”, disse Duhamel. ”As emissões humanas de dióxido de carbono são insignificantes em comparação com as emissões de gás natural. As previsões dos muitos modelos climáticos e divulgados pelos meios de comunicação são simplesmente errados “.

“Não há provas físicas que mostram que as emissões humanas de dióxido de carbono tem um efeito significativo na temperatura global”, diz Duhamel.”O dióxido de carbono é vital para a vida na terra e os atuais níveis atmosféricos estão perigosamente baixos. A medida “politica” para reduzir gases de efeito estufa não terá nenhum efeito mensurável sobre a temperatura, mas danificarão bastante a economia, impedindo a produção e utilização de energia. “

“O gráfico (acima), com base na reconstrução dos registros geológicos e históricos, mostra que houve vários ciclos de quente / frio a partir do final da idade do gelo”, diz Duhamel.

“A temperatura Climatic Holoceno Optimum era de 3 º C a 10 º C mais quente que hoje, em muitas áreas. Este é mais quente do que os cenários extremos do IPCC. Claramente, as temperaturas atuais não são invulgarmente quente ou anterior “.

Suvacao segue um link, com tabelas que mostram o periodo medieval, o aquecimento roman. Enfim o aquecimento no ultimos meio milhão de anos.

http://www.c3headlines.com/temperature-charts-historical-proxies.html

igualmente

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Se isso tudo for real mesmo, e a questão que "a medida “politica” para reduzir gases de efeito estufa não terá nenhum efeito mensurável sobre a temperatura".

E "”O dióxido de carbono é vital para a vida na terra e os atuais níveis atmosféricos estão perigosamente baixos" , se essa afirmação estiver correta realmente, não sei se é motivo pra ficar aliviado ou mais assustado.

Pq de um lado pesquisadores falando que o dióxido de carbono de origem humana tem influencia grande na questão do efeito estufa etc, e de outro lado outros falando que o nível ainda se encontra baixo, e o pior perigosamente baixos.

Enfim se tudo isso tiver um fundamento concreto, é preocupante a questão, mas a verdade é que assim como não existem comprovações físicas que o dióxido de carbono expelido pelo homem tem grande significância, eu gostaria de ver as provas físicas que provam que o dióxido de carbono expelido pelo homem NÃO tem grande significância, e alias, no seu post ele diz que as emissões desse dióxido pelo homem são insignificantes em relação ao gás natural, mas peraí, mesmo sendo insignificantes em relação ao gás natural, devemos simplesmente ignorar? Não deixa de ter uma parcela de significância, certo?

Agora se realmente estiver correto isso sobre os níveis estarem perigosamente baixos, eu fico meio perdido, queria que essas coisas ficassem mais as claras pra podermos formular uma opinião mais concreta.

Complicado.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

o homem nao e nada nesse planeta.

Não concordo, nós somos o câncer do planeta, e os anticorpos do planeta são manifestados por fenômenos naturais que matam milhares de pessoas, quanto mais nós ferirmos o planeta, mais os seus anticorpos tentarão destruir o problema, que somso nós. :335968164-hippy2:

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...
  • Conteúdo Similar

    • Por zCruzados
      Não sei se esse é o lugar ideal pra este tópico,mas queria saber de vcs se tem alguma forma de fumar maconha no banheiro sem deixar cheiro,pq me falaram uma vez que a agua quente do banheiro tira o cheiro,o que voces acham ?
      Vi na internet que se colocar shampoo no vapor do chuveiro tira na hora o cheiro,mas nao intendi o que quis dizer "vapor" ....
      Será que da pra queimar um no banheiro sem deixar cheiro ?
    • Por dreamerfoxxx
      Boa tarde.
      Gostaria de saber se ao vaporizar a erva, eu elimino os problemas da combustão da planta.
      Atualmente eu faço uso de um bong para ajudar a resfriar a água, mas creio que a quantidade de fumaça afeta os pulmões de qualquer forma.
      Aproveitando o tópico : Vaporizar a erva da a mesma brisa que fumar no Beck? Ou você tem que fumar mais pra ficar chapado?
      Grato desde já , jah bless.
    • Por CanhamoMAN
      Extrato de cannabis em cigarro eletrônico é melhor para saúde que maconha
      http://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/redacao/2016/05/26/cannabis-no-cigarro-eletronico-e-mais-eficaz-para-uso-medicinal.htm
      Paula Moura
      Colaboração para o UOL
      26/05/201610h00 Um estudo avaliou a eficácia de uso de maconha em cigarros eletrônicos e descobriu que é uma alternativa mais segura aos cigarros comuns para tratamento terapêutico. A pesquisa publicada na Scientific Reports, do grupo da revista Nature, nesta quinta-feira (26), enfatizou a utilização de óleo de haxixe extraído com butano em vez da planta in natura. Segundo os autores do Centro Universitário de Medicina Legal de Lausanne, na Suíça, é uma nova forma de administrar os canabinoides.
      A vaporização como forma de usar os componentes medicinais da planta cannabis é estudada na medicina há cerca de dez anos, mas não havia sido testada cientificamente nos chamados e-cigarettes. "A grande novidade é o estudo do uso do óleo no formato de e-cigarette em vez da planta in natura", diz Renato Filev, pesquisador da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo).
      Os vaporizadores são mais seguros porque quando a maconha é fumada em cigarro comum pode produzir fumaça prejudicial à saúde. Os canabinoides, como THC e BHO, para fazer o extrato usado no cigarro eletrônico foram extraídos com gás butano para produzir o óleo de haxixe concentrado. Amostras dos vapores gerados por três e-cigarettes foram coletadas e analisadas, apresentando muito menos substâncias tóxicas.
       
      Getty Images  
      Os dispositivos usados para a vaporização são filamentos que esquentam para que as substâncias virem vapor sem que haja queima, explica Filev.
      "Qualquer matéria orgânica ao ser levada à combustão pode produzir substâncias tóxicas: hidrocarbonetos, que danificam os tecidos, alcatrão e monóxido de carbono (que prejudica troca gasosa no sangue)." Fumar o cigarro comum também pode causar desconforto pulmonar, como aperto no peito, chiado, entre outros sintomas.
      Apesar de ser menos tóxico, o óleo pode arrastar outros tipos de produtos como agrotóxicos, traços do solvente ou mesmo fungos e bactérias, aponta o brasileiro. Ele explica que geralmente se usa a flor da planta, que concentra a maior quantidade de resina. Essa resina contém THC (tetrahidrocanabidiol) - substância psicoativa, que provoca euforia-- e CBD ou canabidiol, ambos com efeito medicinal e atuantes contra convulsões.
      Vincent Varlet e seus colegas da Suíça avaliam que a vaporização também foi mais eficaz do que remédios com o concentrado de canabidiol ingeridos oralmente.
      Além da redução de substâncias tóxicas, os autores da pesquisa acreditam que o uso do extrato e da vaporização representa um risco baixo de serem usados por consumidores de maconha para uso recreativo. Isso porque a solvência do óleo de haxixe de butano em refis comerciais líquidos dificultam a fabricação de refis com concentrações altas de óleo, que são preferidas por esses usuários.
      Eles ressaltam que, como apenas um tipo de e-cigarette foi analisado no estudo, outros dispositivos de outras marcas e de extratos podem produzir canabidinoides diferentes e outros níveis de compostos voláteis.
      Uma limitação do estudo é que não se comparou o vapor de óleo de haxixe versus a planta in natura também vaporizada, apenas queimada."
      Renato Filev, da Unifesp
      Brasil proíbe venda de cigarros eletrônicos
      No Brasil, há apenas vaporizadores importados e geralmente são mais usados para uso recreativo do que medicinal. Esses dispositivos não geram fumaça nem cheiro forte. "Pessoas usam em locais públicos e passam despercebidos", diz Filev.
      Os cigarros eletrônicos são proibidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Segundo a agência reguladora, "a medida levou em consideração a falta de comprovação científica sobre a eficácia e a segurança do produto".
      A assessoria de imprensa da Anvisa disse que a proibição foi decidida após consulta pública com a participação de órgãos de defesa do consumidor e que os produtos foram desaconselhados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) no final de 2008.
×
×
  • Criar Novo...