Ir para conteúdo
Growroom

Premio Congresso Em Foco, Votação Popular


growthem

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

Tá rolando uma votação que vai premiar os congressistas que se destacaram em 2011:

Dos parlamentares abaixo quem melhor representa a população no Congresso?

Na pergunta acima você vai poder votar, entre vários nomes, no Paulo Teixeira PT-SP, que foi o meu voto e ao meu ver é o que melhor representa nossos quase 42mil membros.

Nas demais perguntas pra quem não se identificar com algum parlamentar, é permitido votar em branco.

Vote aqui

http://www.premiocon...om.br/Voto.aspx

E aqui temos uma parcial:

http://www.premiocon...br/Boletim.aspx

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

PARCIAL DO DIA 30/09/2011

Chico Alencar (Psol-RJ) 5823

Jean Wyllys (Psol-RJ) 5755

Manuela D'Ávila (PCdoB-RS) 4471

Romário (PSB-RJ) 3919

Ivan Valente (Psol-SP) 3868

ACM Neto (DEM-BA) 3768

Luiza Erundina (PSB-SP) 3739

Vicentinho (PT-SP) 3486

Dr. Rosinha (PT-PR) 3294

Delegado Protógenes (PCdoB-SP) 3243

Marco Maia (PT-RS) 3184

Erika Kokay (PT-DF) 2995

Paulo Teixeira (PT-SP) 2704

Ai, pode não parecer grande coisa, mas ele ganhando essa parada ai , daria muito mas voz na palavra do cara.

E melhor ouvir: 'o deputado que defende a legalização' ou 'o deputado ganhador do premio do congresso, defensor da legalização' ????

Pra quem defende nossa causa, ser ouvido com respeito já é uma vitória!!!

Portanto, VOTEM BASTANTE

Abcs

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Reguffe tem umas ideias massa, ve umas entrevistas, videos, ele vai ganhar teu voto

www.youtube.com/watch?v=PEqQSQQdNcQ&feature=player_detailpage#t=136s

entaum growthern já q vc acompanha a turma ae ( eu não ! auahauahuhaua), me sugere ae a turma preu naum votar errrado po !!!!! uahuahauahua

Eu confio no seu voto !

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

isso ae, Senador vai no Cristovao

PLS - PROJETO DE LEI DO SENADO, Nº 480 de 2007

Autor: SENADOR - Cristovam Buarque Ementa: Determina a obrigatoriedade de os agentes públicos eleitos matricularem seus filhos e demais dependentes em escolas públicas até 2014.

ahuuhauha ia rachar se isso fosse pra frente... escola publica ia ser luxo, se já é foda arrumar vaga agora nessa precariedade...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

Já pensou? Filhos de barões todos em escolas públicas? Isso daqui iria virar o país dos meus sonhos, povo com educação mais elevada, menos ignorantes e a bancada evangélica perderia esse grande domínio.

Conheço as idéias desse cara desde 2006, quando votei nele pra presidente. Dá gosto de falar que foi o primeiro candidato a presidente a receber meu voto.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

" Romário (PSB-RJ) 3919 " ( Que isso??? )

Vou repetir:

Ei paízinho de merda!!!

Cara, vc acompanha o cenário? Romário, por incrível que pareça, tem tomado ações concretas em relação a defender crianças especiais. Ele tem uma filha que nasceu com síndrome de down. Romário vem atuando no combate ao crack também

Vergonha é ACM Neto, bandido, golpista, filhote da ditadura, filho não, neto.

DEM já mudou de sigla 5x, era o partido (UDN/ARENA) que dava sustentação á Ditadura

Paulo Teixeira, o delegado Protógenez (prendeu Maluf, Pitta, Abadia, Dantas, Naji Nahas) e Cristovam Buraque ao meu ver são os melhores

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

tava vendo não sei aonde o romário e o popó disseram que iam fazer alguma coisa contra ricardo teixeira....... querer todo mundo quer né...... bom..............

Congresso em foco..... olha aí a PATROCINADORA OFICIAL DO NOSSO BRASIL E DOS NOSSOS DEPUTADOS, hipocrisia é pouco

patrocinio_cabec.jpg

logo_ambev.jpg

HEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHE

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Usuário Growroom

a gente nao pode esquecer do

José Antônio Reguffe (PDT-DF)

http://www.istoe.com...+FICHA+LIMPA/17

lembrei do cara de agora, o Barbiere

Barbiere é o novo Roberto Jefferson, só que desta vez os denunciados são de direita (PSDB, DEM).

O governor Geraldo Alckim comanda o esquema de compra de votos na Assembleia Legislativa

O esquema ja se arrasta por 5 anos, desde o governo Serra

Na mídia parcial (e partidária) nada se publica.

Silêncio ensurdecedor.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 4 months later...

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...
  • Conteúdo Similar

    • Por sóamangarosa
      Rodrigo Maia cria comissão de juristas para fortalecer o combate ao tráfico de drogas e armas
       
      O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, criou nesta segunda-feira (9) uma comissão de juristas para elaborar um anteprojeto de lei sobre o combate ao tráfico de drogas e armas no País. O grupo será presidido pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes e terá quatro meses para elaborar um anteprojeto com “medidas investigativas, processuais e de regime de cumprimento de pena”.

      De acordo com Rodrigo Maia, o combate à criminalidade organizada é prioridade absoluta. “São necessárias alterações legislativas que garantam o intercâmbio de policiais e o uso compartilhado de informações e equipamentos de inteligência, bem como a cooperação entre as equipes de perícias e apoio tecnológico em laboratório forense, especialmente em lavagem de dinheiro e financiamento de atividades ilícitas”, explicou o presidente.

      Integrantes
      Farão parte do grupo de trabalho oito especialistas em Direito Penal:
      - o presidente do Conselho de Política Criminal e Penitenciária, desembargador Cesar Mecchi Morales;
      - a defensora pública da União Érica de Oliveira Hartmann; 
      - o procurador-geral de Justiça do Ministério Público de São Paulo, Gianpaolo Poggio Smanio; 
      - o subprocurador-geral da República, José Bonifacio Borges de Andrada; 
      - a promotora de Justiça da Bahia Mônica Barroso Costa; 
      - a advogada Patrícia Vanzolini;
      - o advogado Renato da Costa Figueira; e 
      - o advogado Renato de Mello Jorge Silveira.

      A atividade dos integrantes do grupo não será remunerada e eles só terão direito ao custeio dos gastos com transporte e hospedagem. 

      No ato da criação do grupo de trabalho, também estão previstas audiências públicas e reuniões com representantes do Judiciário, do Ministério Público, de administrações penitenciárias estaduais, da sociedade civil organizada, entre outros.
      Rodrigo Maia informou ainda que a presidência da Câmara vai estabelecer um canal de comunicação direta com sociedade para que ela encaminhe sugestões legislativas.
       
      Fonte: http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/SEGURANCA/546332-RODRIGO-MAIA-CRIA-COMISSAO-DE-JURISTAS-PARA-FORTALECER-O-COMBATE-AO-TRAFICO-DE-DROGAS-E-ARMAS.html
       
       
       O Brasil esta caminhando na contra mão, nós precisamos fazer alguma coisa, vc viu como os senadores ignoraram por completo nossa sugestão legislativa nº 25/2017 a respeito da descriminalização do cultivo, e realizaram completamente o oposto, eu mandei email's pra esses deputados e senadores condenando essa atitude, também floodei os comentários da noticia na pagina da camara (mas eles filtram os comentários e só mostram os comentários que eles querem), a gente precisa fazer alguma coisa. Ao invés de combater a corrupção e descriminalizar o cultivo caseiro, eles querem criminalizar ainda mais nosso hobby e descriminalizar a corrupção, ve se pode uma coisa dessas..
    • Por CanhamoMAN
      Congresso Médico de Santos abre com palestra sobre uso terapêutico da maconha Programação é voltada para classe médica e ao público em geral

      DE A TRIBUNA ON-LINE 10/05/2015 - 20:19 - Atualizado em 10/05/2015 - 20:19 http://www.atribuna.com.br/noticias/noticias-detalhe/santos/congresso-medico-de-santos-abre-com-palestra-sobre-uso-terapeutico-da-maconha/?cHash=8d637010e157a9f007d4fb265708ac4e Elisaldo Calini irá defender uso do canabidiol. O XXXIII Congresso Médico de Santos (Comas) irá debater temas pertinentes a classe médica e ao público a partir desta segunda-feira (11), às 18h30, no Centro Universitário Lusíada.
      O evento abrirá com a palestra Cannabis Sativa Medicina, ministrada pelo médico Elisaldo Carlini, especialista em psicofarmacologia e defensor do uso da maconha como droga terapêutica.
      O congresso, que é realizado pelos alunos do Curso de Ciências Médicas, prossegue por toda a semana contendo palestras multidisciplinares. Para participar, os interessados devem pagar uma taxa de inscrição no valor de R$ 70,00, mas também é possível assistir palestras avulsas (R$ 15,00) ou acompanhar o dia todo (R$ 40,00).

      O evento será realizado no teatro do Campus III, Rua Batista Pereira, 265, Macuco, em Santos. A programação completa pode ser conferida por meio do site do Comas.


      Programação Programação COMAS 2015 - 11 à 15 de maio de 2015



    • Por CanhamoMAN
      Legalização da maconha é discutida em congresso de psiquiatria http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/brasil/2014/10/17/interna_brasil,536844/legalizacao-da-maconha-e-discutida-em-congresso-de-psiquiatria.shtml
      Anamaria Nascimento
      Publicação: 17/10/2014 14:05 Atualização: 17/10/2014 14:25
      BRASÍLIA - Um debate sobre a legalização da maconha no Brasil dividiu a comunidade médica durante o 32º Congresso Brasileiro de Psiquiatria (CBP), que acontece até sábado no Distrito Federal e reúne cerca de 7 mil estudantes e profissionais de saúde mental. As discussões entre os médicos foram acompanhadas pelo senador Cristovam Buarque (PDT-DF), responsável pela formulação de um projeto de lei sobrea legalização da droga. De acordo com o senador, as opiniões dos médicos serão levadas em conta na elaboração do projeto.

      Contrário à legalização da droga, o psiquiatra Ronaldo Laranjeira, professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), argumentou que 28 milhões de pessoas vivem com um dependente químico no Brasil e que 62% das pessoas que usam o entorpecente fizeram uso da droga pela primeira vez antes dos 18 anos. "Cestamos falando de uma questão que afeta principalmente os adolescentes brasileiros. A solução do problema está na prevenção e não na legalização", pontuou.

      Entre os defensores do uso medicinal da maconha, o psiquiatra Elisaldo Carlini, também professor da Unifesp, destacou que a importância da maconha para fins medicinais está comprovada. "Cartigos científicos elaborados em várias partes do mundo ao longo das décadas apontam que a maconha não pode ser relacionada a transtornos psíquicos", afirmou. Segundo ele, a legalização da droga levaria ainda a uma diminuição da população carcerária brasileira. "Cinco dias detentos em uma penitenciária causam mais problemas em um indivíduo do que cinco anos de uso da maconha", comparou.
    • Por CanhamoMAN
      14-02-14 Despenalização do uso da droga foi um erro
      Carlos Eduardo Rios do Amaral* http://www.jb.com.br/sociedade-aberta/noticias/2014/02/14/despenalizacao-do-uso-da-droga-foi-um-erro/ Desde agosto de 2006 a Lei Federal n 11.343 – a Nova Lei de Tóxicos – abrandou em muito a pena para o crime de uso de drogas. Antes, o usuário de drogas era severamente punido com detenção de seis meses a dois anos. Hoje, ao ser flagrado portando drogas para consumo pessoal, o indivíduo recebe uma advertência sobre os efeitos das drogas em geral.

      Tal alteração legislativa, logo que percebida pelos ávidos pela droga, resultou em verdadeiro desastre para as pessoas de bem e em ruína da sociedade e da família brasileiras. Não existe nada na literatura médica que sobressaia aos fatos vivenciados por juízes, promotores e defensores pblicos no triste dia a dia forense das varas criminais.

      Nas varas da infância e da juventude a situação é caótica, de aterrorizar os mais esperançosos na possibilidade de ressocialização do ser humano em fase de desenvolvimento. Crianças e adolescentes mergulhados no mundo das drogas e das execuções de membros de bocas de fumo rivais desconhecem outro modo de vida, senão o de matar ou morrer em nome da droga.

      Em tema de violência doméstica aquele pai chefe de família há muito tempo já deixou o cigarro, a cerveja e a cachacinha de lado. O agressor doméstico quer a pedra de crack, a carreira de cocaína, para depois de uma sessão de espancamentos da indefesa mulher, usá-la na frente dos filhos assustados com a agressão à mãe.

      Agora, a ida a boca de fumo é encorajada pela nova legislação federal. Até o principiante usuário se sente confortável em desafiar essa vacilante legislação, que, em verdade, não pune nada. Na periferia ou nas animadas coberturas de bairros nobres a droga vai tomando seu espaço de destaque e sedução. A vaquinha dos “vinte reais” vai se tornando mais frequente nos fins de festas. O disk-cerveja vai perdendo a concorrência para o desleal disk-droga, este ltimo muito bem motorizado.

      Estamos em ano de eleições gerais. Toda a sociedade brasileira clama pelo fim da violência generalizada que assola o país.

      Não é possível que o Congresso Nacional e o Executivo desatendam ao anseio popular de paz. Assim como o traficante, o usuário de drogas deve ser impedido de fomentar a violência no Brasil. E isso só será possível recaindo a dura espada da Justiça sobre esses criminosos, tanto o usuário como o traficante. Figuras que muitas vezes se confundem num só vilão.
      *Carlos Eduardo Rios do Amaral é defensor público no estado do Espírito Santo.

    • Por Praiero Hemp
      Expressão Nacional discute política antidrogas

      Os deputados estão se preparando para votar o projeto que muda a política antidrogas no país. O texto aumenta a pena para traficantes e permite a internação compulsória de dependentes químicos por até seis meses. Mas, para alguns especialistas, a questão das drogas deve ser tratada como problema de saúde pública, e não de segurança. Esse foi o tema desta edição do Expressão Nacional, com transmissão ao vivo pela TV Câmara e pela Rádio Câmara. Participaram do debate os deputados Givaldo Carimbão (PSB-AL), Ivan Valente (PSol-SP), Osmar Terra (PMDB-RS) e Paulo Teixeira (PT-SP).


      http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/tv/materias/EXPRESSAO-NACIONAL/438344-EXPRESSAO-NACIONAL-DISCUTE-POLITICA-ANTIDROGAS.html


      Mas graças a JAH, essa merda cair, fácil, fácil....


×
×
  • Criar Novo...