coringao

Intimação Da Pf

Recommended Posts

Salve, salve! To querendo partir para o meu terceiro grow, porém como tenho visto aqui a importação de sementes é uma roleta russa com 5 balas.  As seeds que tinha importado, acho que não armazenei como deveria, não germinaram. MAS, mas tenho um amigo indo pra gringa, mais precisamente Amsterdam em maio...

 

Pergunta: Alguém tem conhecimento de ter sido pega semente trazida por passageiro, seja em bagagem despachada ou de mão?  Alguma recomendação? Quem tiver alguma info a respeito e puder me ajudar eu agradeceria muito....Valeu!!!

 

Abraços,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
26 minutes ago, Hediono00 said:

Salve, salve! To querendo partir para o meu terceiro grow, porém como tenho visto aqui a importação de sementes é uma roleta russa com 5 balas.  As seeds que tinha importado, acho que não armazenei como deveria, não germinaram. MAS, mas tenho um amigo indo pra gringa, mais precisamente Amsterdam em maio...

 

Pergunta: Alguém tem conhecimento de ter sido pega semente trazida por passageiro, seja em bagagem despachada ou de mão?  Alguma recomendação? Quem tiver alguma info a respeito e puder me ajudar eu agradeceria muito....Valeu!!!

 

Abraços,

Se fosse eu, levaria dentro do bolso da calça em um saquinho... Todo tipo de mala passa por raio-x... Só vai dar um azar se tiver que passar por scanner corporal... Risco sempre tem, mas acredito eu, que levado junto ao corpo é o jeito menos arriscado...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 23/04/2016 at 19:03, MeLasquei disse:

Cara acho que por baixo uns 5 mil...

Tem a defensoria publica também, por lei são obrigados a te atender, problema é a qualidade do atendimento que nao sei se seria bom.

To esperando a minha intimação chegar, já deixei advogado avisado mas nao falei de preço ainda...

Vou deixar rolar e ver depois...

 

Cara, fui na defensoria pública, estadual e federal aqui de São Paulo. O da defensoria estadual me mandou pra defensoria federal. Nos dois casos os caras só me botaram mais pânico e depois disseram-me que não poderiam me acompanhar porque não foi aberto nenhum processo e não fui denunciado, não era réu de nada!

Acabei comparecendo sem advogado, e por duas vezes pois na primeira o delegado tinha faltado, é mole?

Segundo o delegado que fez minha oitiva, que no meu caso foi muito educado e tranquilizador, o advogado nessa fase, se não for bem informado sobre o tema acaba atrapalhando pois o advogado, por cautela, impede que o cliente responda algumas perguntas necessárias para esclarecer a situação.

Logo que eu cheguei ele perguntou se eu sabia porque eu tinha sido chamado na PF, respondi que desconfiava ser a importação de semente de maconha e ele prontamente respondeu que sim. Disse também que existe uma enxurrada de cartas precatórias vindas de Curitiba e todo o desenrolar da situação depende do entendimento do juiz mas que dificilmente estavam fazendo denúncias para casos como o meu.

Perguntou se eu costumo fazer compras pela internet em outros países, perguntou se sempre compro com cartões de crédito. Também perguntou se eu fumo maconha, respondi que sim e dai ele soltou a melhor! Ele disse olhando para os lados: - Por favor não acende aqui que tem muita policia!

No final perguntei se tinha como acompanhar o processo e ele me respondeu que não. Apenas saberei se for denunciado, se arquivarem não saberei.

E foi isso 10 minutos. Agora só me resta torcer para arquivarem essa merda!

 

Abraços!

Sorte a todos.

  • Like 8

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 23/04/2016 at 19:03, MeLasquei disse: Cara acho que por baixo uns 5 mil...

Tem a defensoria publica também, por lei são obrigados a te atender, problema é a qualidade do atendimento que nao sei se seria bom.

To esperando a minha intimação chegar, já deixei advogado avisado mas nao falei de preço ainda...

Vou deixar rolar e ver depois...

 

Cara, fui na defensoria pública, estadual e federal aqui de São Paulo. O da defensoria estadual me mandou pra defensoria federal. Nos dois casos os caras só me botaram mais pânico e depois disseram-me que não poderiam me acompanhar porque não foi aberto nenhum processo e não fui denunciado, não era réu de nada!

Acabei comparecendo sem advogado, e por duas vezes pois na primeira o delegado tinha faltado, é mole?

Segundo o delegado que fez minha oitiva, que no meu caso foi muito educado e tranquilizador, o advogado nessa fase, se não for bem informado sobre o tema acaba atrapalhando pois o advogado, por cautela, impede que o cliente responda algumas perguntas necessárias para esclarecer a situação.

Logo que eu cheguei ele perguntou se eu sabia porque eu tinha sido chamado na PF, respondi que desconfiava ser a importação de semente de maconha e ele prontamente respondeu que sim. Disse também que existe uma enxurrada de cartas precatórias vindas de Curitiba e todo o desenrolar da situação depende do entendimento do juiz mas que dificilmente estavam fazendo denúncias para casos como o meu.

Perguntou se eu costumo fazer compras pela internet em outros países, perguntou se sempre compro com cartões de crédito. Também perguntou se eu fumo maconha, respondi que sim e dai ele soltou a melhor! Ele disse olhando para os lados: - Por favor não acende aqui que tem muita policia!

No final perguntei se tinha como acompanha o processo e ele me respondeu que não. Apenas saberei se for denunciado, se arquivarem não saberei.

E foi isso 10 minutos. Agora só me resta torcer para arquivarem essa merda!

 

Abraços!

Sorte a todos.

Hehe excelente relato brother.

Enviado de meu Nexus 5 usando Tapatalk

  • Like 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Salve, salve! To querendo partir para o meu terceiro grow, porém como tenho visto aqui a importação de sementes é uma roleta russa com 5 balas.  As seeds que tinha importado, acho que não armazenei como deveria, não germinaram. MAS, mas tenho um amigo indo pra gringa, mais precisamente Amsterdam em maio...

 

Pergunta: Alguém tem conhecimento de ter sido pega semente trazida por passageiro, seja em bagagem despachada ou de mão?  Alguma recomendação? Quem tiver alguma info a respeito e puder me ajudar eu agradeceria muito....Valeu!!!

 

Abraços,

Cara, fui à Amsterdã ano passado, de escala com destino a Bangkok. Tanto na ida e quanto na volta, passei pela capital holandesa e lá se passa por body scanner de ponta. Não arrisquei nada, mas certamente não recomendaria um amigo passar pelo risco de ser enquadrado por tráfico internacional.

Enviado de meu Lenovo A7010a48 usando Tapatalk

  • Like 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minute ago, lars said:

Cara, fui à Amsterdã ano passado, de escala com destino a Bangkok. Tanto na ida e quanto na volta, passei pela capital holandesa e lá se passa por body scanner de ponta. Não arrisquei nada, mas certamente não recomendaria um amigo passar pelo risco de ser enquadrado por tráfico internacional.

Enviado de meu Lenovo A7010a48 usando Tapatalk

Belo relato... esquece o que eu disse e nem arrisca... botar o amigo na fria é sacanagem....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@yokozuna

Fala irmão, Que dureza heim. Nosso sistema é uma bosta.

Espero que saia dessa da melhor forma, e que isso não termine na sua ficha. Boa sorte amigo, estamos torcendo.

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Lars, deixa eu aproveitar pra te perguntar então: 

Vc passou no aparelho no aeroporto da holanda ou do Brasil? É ilegal sair com sementes da Holanda (acho que não, hein)? O problema não seria a entrada no Brasil?  Se, por exemplo simplesmente jogar as seeds no bolso de uma bermuda, ou dentro de um tubo de aspirinas, será que o scan pega? Valeu, amigo!

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
15 horas atrás, lars disse:

Cara, fui à Amsterdã ano passado, de escala com destino a Bangkok. Tanto na ida e quanto na volta, passei pela capital holandesa e lá se passa por body scanner de ponta. Não arrisquei nada, mas certamente não recomendaria um amigo passar pelo risco de ser enquadrado por tráfico internacional.

Enviado de meu Lenovo A7010a48 usando Tapatalk

Lars, deixa eu aproveitar pra te perguntar então: 

Vc passou no aparelho no aeroporto da holanda ou do Brasil? É ilegal sair com sementes da Holanda (acho que não, hein)? O problema não seria a entrada no Brasil?  Se, por exemplo simplesmente jogar as seeds no bolso de uma bermuda, ou dentro de um tubo de aspirinas, será que o scan pega? Valeu, amigo!

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara, eu compraria algum produto orgânico. Um chá in natura, esses que a erva não vem dentro de saquinho. Abre o pote e taca a semente lá. Se passar no scanner o cara vai ver um saco de chá, não vai abir o saco e procurar as sementes. E não leva com vc, a chance de vc olhar prum cana grigo e dar pinta de culpado é grande. joga na mala e abreice.

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 25/04/2016 at 15:37, Hediono00 disse:

Salve, salve! To querendo partir para o meu terceiro grow, porém como tenho visto aqui a importação de sementes é uma roleta russa com 5 balas.  As seeds que tinha importado, acho que não armazenei como deveria, não germinaram. MAS, mas tenho um amigo indo pra gringa, mais precisamente Amsterdam em maio...

 

Pergunta: Alguém tem conhecimento de ter sido pega semente trazida por passageiro, seja em bagagem despachada ou de mão?  Alguma recomendação? Quem tiver alguma info a respeito e puder me ajudar eu agradeceria muito....Valeu!!!

 

Abraços,

Eu não fui no momento pq to quebrado mas quando for vou trazer força de semente. Irmão semente é algo minusculo da pra por dentro de cigarros, charutos custura.. 

Eu vou trazer de boa. E os fertilizantes tb.

PS - Imagina eu lá fumando so as strains escolhida nos menus deles, curtndoi altos baratos e volta com um gift pack com 1 semente, eu me penduro na forca.

huahiauhauhaiua  

[]´s.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Lars, deixa eu aproveitar pra te perguntar então: 

Vc passou no aparelho no aeroporto da holanda ou do Brasil? É ilegal sair com sementes da Holanda (acho que não, hein)? O problema não seria a entrada no Brasil?  Se, por exemplo simplesmente jogar as seeds no bolso de uma bermuda, ou dentro de um tubo de aspirinas, será que o scan pega? Valeu, amigo!

 

Aqui no Brasil eu apenas passei pelo detector de metais. Agora em Amsterdã, me pareceu o procedimento padrão a passagem de todos os passageiros fazendo conexão internacional pelo body scanner. Vi todo mundo do meu vôo passando. Não sei do ponto de vista da lei como se enquadra essa ação, e concordo também que é de fácil transporte e tranquilo de esconder, mas justamente por não conhecer a fundo as jurisdições, eu prefiro optar pela cautela.

Enviado de meu Lenovo A7010a48 usando Tapatalk

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

se voce botar no cigarro, costura, charuto, etc pode chamar atenção dos cana. O cara vai olhar no scanner e perguntar "que ponto brilhante é esse dentro do cigarro de brasileiro?".

E sempre parto do princípio que não sou taaaaaao inteligente assim. Se eu pensei em esconder aqui ou lá, alguém já pensou nisso tb, inclusive os cana.

Acho válido jogar na mala, despachar e pegar aqui no Brasil. Abre o leque de defesa. Se rodar com semente no bolso não tem o que falar. Se rodar na mala, pode alegar que não faz ideia do que seja isso. 

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então galera, um amigo meu trouxe de Amsterdam cerca de 2 anos atrás.

Ele colocou dentro de um tubo de caneta bic daquelas não transparentes.

Pegou o tudo da caneta ( que armazena a tinta) cortou uns 50% dele pra dar espaco e no lugar colocou as seeds, depois tampou na parte de trás fechando a saída, colocou a tampa na caneta, e depois colocou a caneta dentro de uma pequena maleta de mão que foi dentro da mala grande.

Trouxe 15 sementes, 5 de cada strain em 3 canetas de cor diferente, cada cor  era um strain.

Passou de boa, mas diz ele foi uma emoção  a parte a situação...

Fica a dica ai...

Outra coisa, de repente  é melhor trazer do Chile do que da Europa...

 

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu tenho uma pulseira que comprei dos rips que dobrando ela no meio cabe umas 100 seeds no meio depois só custurar as bordas.

  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara, as duas vezes que fui p Amsterdã sai tanto com seeds como a erva. Se for seeds, joga na mala. Impossível detectarem.

Não lembro de ter essa parafernália toda no aeroporto, mas...

Outra opção seria ir por Paris e depois pegar o trem pra Amsterdam.

Na estação de trem ninguém se importa, no aeroporto de Paris tb não.

Enviado de meu XT1563 usando Tapatalk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Eu tenho uma pulseira que comprei dos rips que dobrando ela no meio cabe umas 100 seeds no meio depois só custurar as bordas.

100 seeds vai sair caro hein.

Vc quer abrir um seeds bank, doutor??

Enviado de meu XT1563 usando Tapatalk

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Agora, drkurt disse:

100 seeds vai sair caro hein.

Vc quer abrir um seeds bank, doutor??

Enviado de meu XT1563 usando Tapatalk

E cem seeds na pulseira acho que muito umas 50 seeds e mais cem na embalagens  originais.

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 28/04/2016 at 15:32, MeLasquei disse:

Então galera, um amigo meu trouxe de Amsterdam cerca de 2 anos atrás.

Ele colocou dentro de um tubo de caneta bic daquelas não transparentes.

Pegou o tudo da caneta ( que armazena a tinta) cortou uns 50% dele pra dar espaco e no lugar colocou as seeds, depois tampou na parte de trás fechando a saída, colocou a tampa na caneta, e depois colocou a caneta dentro de uma pequena maleta de mão que foi dentro da mala grande.

Trouxe 15 sementes, 5 de cada strain em 3 canetas de cor diferente, cada cor  era um strain.

Passou de boa, mas diz ele foi uma emoção  a parte a situação...

Fica a dica ai...

Outra coisa, de repente  é melhor trazer do Chile do que da Europa...

 

Pow irmão que ideia boa.

[]´s

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 minutos atrás, Embargos Infringentes disse:

E cem seeds na pulseira acho que muito umas 50 seeds e mais cem na embalagens  originais.

Vc´s tão tudo locow. huiaiuahiuahaiuhaiuahai

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 26/04/2016 at 20:31, yokozuna disse:

Cara, fui na defensoria pública, estadual e federal aqui de São Paulo. O da defensoria estadual me mandou pra defensoria federal. Nos dois casos os caras só me botaram mais pânico e depois disseram-me que não poderiam me acompanhar porque não foi aberto nenhum processo e não fui denunciado, não era réu de nada!

Acabei comparecendo sem advogado, e por duas vezes pois na primeira o delegado tinha faltado, é mole?

Segundo o delegado que fez minha oitiva, que no meu caso foi muito educado e tranquilizador, o advogado nessa fase, se não for bem informado sobre o tema acaba atrapalhando pois o advogado, por cautela, impede que o cliente responda algumas perguntas necessárias para esclarecer a situação.

Logo que eu cheguei ele perguntou se eu sabia porque eu tinha sido chamado na PF, respondi que desconfiava ser a importação de semente de maconha e ele prontamente respondeu que sim. Disse também que existe uma enxurrada de cartas precatórias vindas de Curitiba e todo o desenrolar da situação depende do entendimento do juiz mas que dificilmente estavam fazendo denúncias para casos como o meu.

Perguntou se eu costumo fazer compras pela internet em outros países, perguntou se sempre compro com cartões de crédito. Também perguntou se eu fumo maconha, respondi que sim e dai ele soltou a melhor! Ele disse olhando para os lados: - Por favor não acende aqui que tem muita policia!

No final perguntei se tinha como acompanhar o processo e ele me respondeu que não. Apenas saberei se for denunciado, se arquivarem não saberei.

E foi isso 10 minutos. Agora só me resta torcer para arquivarem essa merda!

 

Abraços!

Sorte a todos.

Pô irmão,  kkkk, a mesma coisa aconteceu comigo,  só que a parte que vc cita,  que ele falou pra vc não acender o baseado, o delegado interino que pegou meu depoimento, falou comigo que o delegado "oficial", não compareceu porque estava numa "queima de maconha " e racho o bico kkk, eles tinham acabado de apreender 1/2 tonelada :(,  kkk bem descontraído esses caras da PF,  vou ser intimado a depor novamente,  fui a primeira sem advogado, com a cara e a coragem,  falei a verdade...  Agora fechei com um advogado específico, indicado pelo Mandacaru, tô esperando esse segundo mandato chegar,  não financio o tráfico a 3 anos,  agora dei um tempo no cultivo,  por consequência estou a 5 meses sem fumar um baseado..  Tô de boa.  Focado no trabalho..  Mais louco pra voltar a plantar,  depois de sexo e futebol,  é o Robe que mais gosto haha,  vamo que vamo,  na Luta,  abraço a todos,  Fé em Deus! 

  • Like 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vou contar o meu caso,

Olá, há um ano atrás escrevi um email para o growroom sobre.

Em 2014, meu namorado foi preso em flagrante por plantar 14 pés de maconha onde morávamos. Ele foi condenado no art. 33, § 4, pegou pena de 1 ano e 9 meses - ficou 9 meses no fechado e nessa fizemos união estável.
Em 2015 chegou a intimação pra mim de sementes que eu havia comprado no exterior - e que eu nem lembrava mais (sim, tola!). Eram 14 sementes - pura coincidência! - e eu procurei uma advogada e fui depor na Polícia Federal em Varginha. Essa advogada disse que pegaria meu caso, e, agora que minha carta chegou em casa, essa advogada disse que vai fazer a defesa. Ela disse que o juiz da minha cidade negou a denúncia, mas a promotora recorreu ao tribunal. 
Outra coisa, pelo que vi no meu processo eles atrelaram a história do meu namorado a minha, colocaram que na mesma casa o X foi preso por trafico de drogas, crime hediondo e classificado no parágrafo §1 do art. 33, sendo que ele foi enquadrado no §4, que é mais ameno! Contei para minha advogada, mas ela disse que não viu isso nos altos. Outra coisa é que os investigadores do meu processo disseram que nossa casa era uma república com passagem constantes de pessoas. Mas, no processo do meu namorado, os policiais que entraram em casa deram depoimento dizendo que só estava nós dois em casa e que parecia não morar mais ninguém. Eu li o processo dele, acompanhei tudo durante 9 meses. Estão mentindo e aumentando coisas no meu processo pra piorar minha situação. Não sei o que fazer mais.
Agradeço!!!
  • Like 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Páprica disse:

Vou contar o meu caso,

Olá, há um ano atrás escrevi um email para o growroom sobre.

Em 2014, meu namorado foi preso em flagrante por plantar 14 pés de maconha onde morávamos. Ele foi condenado no art. 33, § 4, pegou pena de 1 ano e 9 meses - ficou 9 meses no fechado e nessa fizemos união estável.
Em 2015 chegou a intimação pra mim de sementes que eu havia comprado no exterior - e que eu nem lembrava mais (sim, tola!). Eram 14 sementes - pura coincidência! - e eu procurei uma advogada e fui depor na Polícia Federal em Varginha. Essa advogada disse que pegaria meu caso, e, agora que minha carta chegou em casa, essa advogada disse que vai fazer a defesa. Ela disse que o juiz da minha cidade negou a denúncia, mas a promotora recorreu ao tribunal. 
Outra coisa, pelo que vi no meu processo eles atrelaram a história do meu namorado a minha, colocaram que na mesma casa o X foi preso por trafico de drogas, crime hediondo e classificado no parágrafo §1 do art. 33, sendo que ele foi enquadrado no §4, que é mais ameno! Contei para minha advogada, mas ela disse que não viu isso nos altos. Outra coisa é que os investigadores do meu processo disseram que nossa casa era uma república com passagem constantes de pessoas. Mas, no processo do meu namorado, os policiais que entraram em casa deram depoimento dizendo que só estava nós dois em casa e que parecia não morar mais ninguém. Eu li o processo dele, acompanhei tudo durante 9 meses. Estão mentindo e aumentando coisas no meu processo pra piorar minha situação. Não sei o que fazer mais.
Agradeço!!!

Olha semente acho que hoje em dia só da dor de cabeça mesmo, porque ja tem jurisprudencia dizendo que importação de seeds nao configura trafico, e sim contrabando pelo fato da semente não ter poder de entorpecencia.

Mas quanto ao fato do seu companheiro, foi condenado como traficante?

Por que não conseguiram provar que ele era usuario?

Teve advogado acompanhando?

 

  • Like 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
16 horas atrás, Páprica disse:

Vou contar o meu caso,

Olá, há um ano atrás escrevi um email para o growroom sobre.

Em 2014, meu namorado foi preso em flagrante por plantar 14 pés de maconha onde morávamos. Ele foi condenado no art. 33, § 4, pegou pena de 1 ano e 9 meses - ficou 9 meses no fechado e nessa fizemos união estável.
Em 2015 chegou a intimação pra mim de sementes que eu havia comprado no exterior - e que eu nem lembrava mais (sim, tola!). Eram 14 sementes - pura coincidência! - e eu procurei uma advogada e fui depor na Polícia Federal em Varginha. Essa advogada disse que pegaria meu caso, e, agora que minha carta chegou em casa, essa advogada disse que vai fazer a defesa. Ela disse que o juiz da minha cidade negou a denúncia, mas a promotora recorreu ao tribunal. 
Outra coisa, pelo que vi no meu processo eles atrelaram a história do meu namorado a minha, colocaram que na mesma casa o X foi preso por trafico de drogas, crime hediondo e classificado no parágrafo §1 do art. 33, sendo que ele foi enquadrado no §4, que é mais ameno! Contei para minha advogada, mas ela disse que não viu isso nos altos. Outra coisa é que os investigadores do meu processo disseram que nossa casa era uma república com passagem constantes de pessoas. Mas, no processo do meu namorado, os policiais que entraram em casa deram depoimento dizendo que só estava nós dois em casa e que parecia não morar mais ninguém. Eu li o processo dele, acompanhei tudo durante 9 meses. Estão mentindo e aumentando coisas no meu processo pra piorar minha situação. Não sei o que fazer mais.
Agradeço!!!

Nuss, pocha, doidera..  Se Deus quiser não vai dar nada minha conterrânea,  o meu processo rola desde 2014. Fiz meu depoimento em juiz de fora, agora estou no Rio de janeiro, eles bateram na minha casa,  levaram uma intimação,  só que eu não estava, agora transferiram pra cá, tô no aguardo dessa segunda audiência,  agora vou preparado.. Só queria que eles enxergassem que a idéia do plantio, é pra realmente me livrar do tráfico..  

Vamo na luta,  paz,  boa sorte! 

  • Like 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...