Ir para conteúdo
Growroom

Recommended Posts

  • Respostas 1.8k
  • Created
  • Última resposta

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Olha.. Eu não quero polemizar, tampouco fazer papel de advogado do diabo.. Mas eu acho que algumas coisas tem que ser melhor explicadas, os pingos de alguns is tem que ser colocados e eu vou usar a mi

Olá, bom dia a todos. Vim aqui contribuir nesse tópico com minha experiência no assunto.  Eu fui grower durante mais de dez anos, e sempre mantive o lema "o segredo do segredo é o segredo" nos cultivo

faça a atitude correta: vá algemado pra delegacia e fala q vc tem q ser preso por cultivar droga transgenica em casa pra abastecer todo o sudeste brasileiro e lucara 15 bilhoes de dolares com iisso

  • Usuário Growroom

Srs, antes de mentir no depoimento, pesquisem um pouco o que a justiça pode fazer...nesse caso acima, a juiza chegou a pedir ao Banco Central para informar se houve compras internacionais no cartão do réu, teve quebra de sigilo bancário...além disso, em vários processos a PF chega a ir na casa das pessoas, tirar foto do prédio/casa, falar com porteiro pra confirmar se a pessoa mora lá.

Também já vi casos em que a PF pede busca e apreensão na casa das pessoas, durante o inquérito policial, quando a pessoa ainda nem sabe que está rolando a investigação. Alguns juizes dão a ordem de busca, outros não...Imaginem acordar as 6 da manhã com a PF na porta..pqp

Então, se vc fala que não comprou e a Visa manda a transação pra juiza, vc já começa o processo sendo mentiroso, levantando suspeitas e perde a oportunidade de parecer honesto...sei lá, mas eu não mentiria num depoimento pra PF não, de bobos eles naõ tem nada

Hoje, comprar semente pela internet é muito muito arriscado, pensem bem o que está em jogo antes de pedir. É provavel que se consolide uma jurisprudencia mostrando que quem pede semente faz isso pra uso próprio e que essas pessoas não são traficantes, mas o Ministério Público tem apresentado muitas denuncias tentando enquadrar em trafico internacional...a brincadeira pode ser cara e desgastante emocionalmente.

Acho bem difícil identificarem a compra no banco na fatura do cartão, até pq não vai aparecer "compra de semente de maconha" ou o nome do site. Pelo que sei, os nomes que aparecem nas faturas não tem nada a ver, estão sempre mudando, como vão provar, linkar? E os valores, como vão saber? Como vão provar que foi vc que ordenou a compra, que não roubaram o número do teu cartão? É impossível... ainda mais quando a própria PF diz que é impossível identificar o remetente ou provar que foi o destinatário que ordenou a compra.

Tudo que se sabe é que tem uma carta com remetente anônimo, que é o responsável pela carta, o destinatário nem sabe de sua existência até ser intimado, qualquer um pode enviar uma carta e tentar ralar com outro? Não é bem assim que funciona, no direito penal, sentença condenatória tem q ser baseada em prova cabal, a mera sombra de uma dúvida não é capaz de embasar uma sentença.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Acho bem difícil identificarem a compra no banco na fatura do cartão, até pq não vai aparecer "compra de semente de maconha" ou o nome do site. Pelo que sei, os nomes que aparecem nas faturas não tem nada a ver, estão sempre mudando, como vão provar, linkar? E os valores, como vão saber? Como vão provar que foi vc que ordenou a compra, que não roubaram o número do teu cartão? É impossível... ainda mais quando a própria PF diz que é impossível identificar o remetente ou provar que foi o destinatário que ordenou a compra.

Tudo que se sabe é que tem uma carta com remetente anônimo, que é o responsável pela carta, o destinatário nem sabe de sua existência até ser intimado, qualquer um pode enviar uma carta e tentar ralar com outro? Não é bem assim que funciona, no direito penal, sentença condenatória tem q ser baseada em prova cabal, a mera sombra de uma dúvida não é capaz de embasar uma sentença.

Infelizmente nossa justiça trabalha com provas presumidas, para tal basta ter o extrato em mãos, o produto aprendido e cruzar os dados. Não que seja correto, mas é uma das artimanhas para produzir provas. Se a ideia é diminuir os riscos compre por formas anônimas, por exemplo bitcoin, Western Union ou similares. Veja o caso das balanças.

Não querendo entrar em debates, mas uma semente de prensado pode ser tão boa quanto qualquer outra comercializada, assim como uma de um seed bank pode ser uma porcaria. Qualquer iniciante pode iniciar com essas sementes e brincar com a genética, aprendendo e evoluindo sem a neura da intimação. Claro, quem não quer uma genética popular!? Mas com o tempo e contatos muitos parceiros fortalecem. O que alguns esquecem é que é possível produzir algumas sementes em uma mesma matriz que esta florindo.

  • Like 3
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Se for pra comprar seeds, tem que ser no anonimato total, endereço diferente do seu, não utilize seu cartão, não mande pro endereço onde tem um grow, não coloque seu nome... Mesmo assim eu não arrisco mais, só quem já passou por isso, sabe o estresse que é receber uma intimação da PF

  • Like 2
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Acho bem difícil identificarem a compra no banco na fatura do cartão, até pq não vai aparecer "compra de semente de maconha" ou o nome do site. Pelo que sei, os nomes que aparecem nas faturas não tem nada a ver, estão sempre mudando, como vão provar, linkar? E os valores, como vão saber? Como vão provar que foi vc que ordenou a compra, que não roubaram o número do teu cartão? É impossível... ainda mais quando a própria PF diz que é impossível identificar o remetente ou provar que foi o destinatário que ordenou a compra.

Tudo que se sabe é que tem uma carta com remetente anônimo, que é o responsável pela carta, o destinatário nem sabe de sua existência até ser intimado, qualquer um pode enviar uma carta e tentar ralar com outro? Não é bem assim que funciona, no direito penal, sentença condenatória tem q ser baseada em prova cabal, a mera sombra de uma dúvida não é capaz de embasar uma sentença.

Cara, basta ler o processo que eu citei que tá reproduzido no post, numero 0012284-82.2012.403.6181 . Tá lá o pedido do MP por quebra de sigilo bancário e o juiz oficiou o banco central pra abrir todas as contas de cartao de credito do CPF do cara na época...aí não precisa ser muito esperto pra ver uma compra feita no país de origem da correspondencia, na mesma época e pedir pra vc explicar o que foi comprado né. Se roubaram teu cartão vc deve ter feito no mínimo uma reclamaçaõ na época, não é crível que vc tenha um cartão roubado, que alguém tenha feito compra em seu nome e vc nem se manifestou...

Enfim, todo mundo é adulto e faz o que acha melhor, só tentei alertar que mentir pode ser ruim pois vc pode ser facilmente pego, e aí, pro juiz, sua boa fé já foi pro ralo...

  • Like 4
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Galera, não sei se vocês já leram essa tese, mas tem MUITA coisa útil:

http://www.midia.apmp.com.br/arquivos/pdf/artigos/2014_m_a_f.pdf

"Não se prepara a "maconha" tendo por base a SEMENTE dela, mas sim a partir da planta que dela se originou. A simples importação de sementes é conduta subsumível no art. 28, § 1º, da Lei n. 11.343/06, na forma tentada (CP, art. 14, II), mas que apresenta-se impunível, já que o preceito secundário, isto é, as penas do art. 28 da Lei n. 11.343/06, na prática, não comportam combinação com o art. 14, parágrafo único, do Código Penal. Se uma pessoa fosse surpreendida trazendo com ela sementes de maconha não estaria em tese cometendo crime algum, uma vez que essas não são, sob o aspecto técnico, consideradas como droga nos termos da Lei. Quanto a um possível crime de contrabando, ou seja, no crime de importação de mercadoria proibida (art. 334, caput, do Código Penal), já que não se permite a importação de SEMENTE de maconha sem prévia autorização do órgão competente, essa também se quedaria a atipicidade porquanto mero descumprimento administrativo posto que a posse da semente, em si, também não se reveste de tipicidade.

O núcleo do tipo do crime de contrabando é mercadoria proibida, no que se incluiriam mudas ou plantas, mas não as sementes. Sementes podem gerar essas mas não se incluem na Portaria SVS/MS 344/98/99 e nem na RDC/ANVISA 39/12 que atualizou as substâncias que devem ser tratadas como droga ou de controle especial, de modo a exigir proibição de importação e comércio. As sementes de maconha dependeriam, para que fossem importadas, de autorização normativa do Ministério da Agricultura o que, na ausência, implicaria em infração administrativa posto que semente não é planta e nem muda e a atipicidade estaria na ausência de THC nas sementes. Seria o mesmo tratamento destinado ao éter e a acetona que são matérias primas para confecção de droga, enquanto que semente não se presta para preparo como matéria prima, mas objeto para eventual cultivo ou plantio. A importação é ato preparatório impunível não conduta mista ou alternativa que ferem o princípio da estrita legalidade. Não há tipicidade formal nem para a lei de drogas e nem para o contrabando."

(PS: o MP ofereceu denúncia, fui intimado e tenho que apresentar minha defesa até amanhã. Torçam por mim aí!)

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Salve pessoal.

Vim compartilhar também.

Em abril recebi a cartinha da PF me chamando para um depoimento em SP, em maio. Já imaginei que seriam das seeds de 2013 que não chegaram.
Fui lá tranquilo, sem advogado, sem me estressar antes da hora. Fui muito bem atendido, falei a verdade, que comprei pro meu consumo... 10 minutos e tchau.
Ontem chegou uma nova carta. "Comunicado de indiciamento".
Sim, achei que seria arquivado e de boa..... Mas não, a saga continuará. O ruim é que não sei até quando e como isso irá se desenrolar.
Agora estou preocupado, pois minha esposa está desempregada e eu não posso perder meu emprego.
Alguém pode me ajudar?
O que acontecerá agora? Irei depor à um juiz?
Tenho que ir atrás da PF para saber a data ou aguardo?
Preciso de um advogado agora?
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Salve pessoal.

Vim compartilhar também.

Em abril recebi a cartinha da PF me chamando para um depoimento em SP, em maio. Já imaginei que seriam das seeds de 2013 que não chegaram.
Fui lá tranquilo, sem advogado, sem me estressar antes da hora. Fui muito bem atendido, falei a verdade, que comprei pro meu consumo... 10 minutos e tchau.
Ontem chegou uma nova carta. "Comunicado de indiciamento".
Sim, achei que seria arquivado e de boa..... Mas não, a saga continuará. O ruim é que não sei até quando e como isso irá se desenrolar.
Agora estou preocupado, pois minha esposa está desempregada e eu não posso perder meu emprego.
Alguém pode me ajudar?
O que acontecerá agora? Irei depor à um juiz?
Tenho que ir atrás da PF para saber a data ou aguardo?
Preciso de um advogado agora?

Sim, o sos@growroom.net está a disposição para ajudá-lo;

A PF concluiu os trabalhos dela com o indiciamento. A questão está nas mãos do MP Federal.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

É, prestei meu depoimento. Fui lá, falei o que tinha que falar, e respondi todas as perguntas que me fizeram. Fiquei lá uma meia hora acho, não foi os dez minutos que todo mundo tem falado e não fizeram poucas perguntas...


Falei que havia comprado depois de ter lutado durante um mês com a pior crise de cefaléia da minha vida, e quando me deram maconha pra fumar, em poucos minutos a dor acabou. Disse que comprei pensando em talvez plantar, para consumo próprio, e que só fumei daquela vez, porque mesmo precisando dela, me recuso a contribuir com o tráfico. Também falei que por ter depressão profunda e muita ansiedade, não consigo trabalhar, estou desempregada, e só recementemente comecei a tomar algum controle sobre a minha vida, e estou contando com a ajuda dos meus pais para viver. Obviamente nada disso parecia afetá-los. E eles bateram na tecla do "não trabalho" e "não trabalho como registrada tem anos"...

No final eles falaram que eu fui indiciada (art. 33) porque "confessei a compra", depois falaram que eu já tinha sido indiciada antes mesmo de prestar depoimento...


Fica aqui a dica: esperem com esperança uma oficialização de que a importação das sementes não configure tráfico. NÃO COMPREM SEMENTES ONLINE. Sério.

Eu não tenho como pagar um advogado, então vou depender da defensoria pública. Mas sinto que não fiz nada de errado. Não tem como explicar o que é conviver com uma dor incapacitante, depressão, e saber que o medicamento que preciso é apenas uma planta...

  • Like 9
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Galera!

Gostaria da opinião de vocês sobre algo que poderá acontecer comigo em breve..

Eu comprei umas seeds em Fevereiro da Nirvana e até agora não chegaram, imagino que não devam chegar também (seria bom se chegasse, huahuaa)

Vacilei, fui ver que tava embassado depois de comprar, fui no embalo de outro camarada que comprou e chegou!!

Minha preocupação é que foi comprada pelo cartão de credito, enviada para um nome falso para o endereço de um apto de um brother!! Sem rastreio...

Neste caso, pode dar algum problema para este brother que emprestou o endereço? Ou sabem me dizer oque pode acontecer?

Abraços...valeu, fiquem na paz!!!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Salve Pessoal, boa noite!

Fui prestar esclarecimentos na PF do Alto da Lapa (São Paulo) no último dia 27/05/2015.
Fui de peito aberto, falei a verdade, não fiz apologia nem fiquei me justificando, apenas me limitei a relatar os fatos.
Hoje, dia 10/07/2015, recebi uma carta da PF dizendo que fui indiciado no art. 33 e estou com ânsia de vômito, coisa que nunca senti antes na vida, mesmo em situações "cascudas" pelas quais já passei.
Acabei de enviar um e-mail para o SOS relatando os detalhes do caso e solicitando os contatos dos CJGR em São Paulo capital.
Por favor, me ajudem.

Tudo de melhor pra todos nós!

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Galera!

Gostaria da opinião de vocês sobre algo que poderá acontecer comigo em breve..

Eu comprei umas seeds em Fevereiro da Nirvana e até agora não chegaram, imagino que não devam chegar também (seria bom se chegasse, huahuaa)

Vacilei, fui ver que tava embassado depois de comprar, fui no embalo de outro camarada que comprou e chegou!!

Minha preocupação é que foi comprada pelo cartão de credito, enviada para um nome falso para o endereço de um apto de um brother!! Sem rastreio...

Neste caso, pode dar algum problema para este brother que emprestou o endereço? Ou sabem me dizer oque pode acontecer?

Abraços...valeu, fiquem na paz!!!

Se for interceptada, o dono do endereço vai ser intimado. Nunca se deve envolver amigos na história...

Mas espera pra se preocupar depois de passado uns 2 meses depois da compra, às vezes demora pra chegar.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Se for interceptada, o dono do endereço vai ser intimado. Nunca se deve envolver amigos na história...

Mas espera pra se preocupar depois de passado uns 2 meses depois da compra, às vezes demora pra chegar.

Fala parceiro!

Obrigado pela resposta..

É, foi um vacilo!! Hoje vendo oque vem acontecendo com a galera nem faria a compra.. Não arriscaria nem fudendo!!

Então, já faz 5 meses!! Provavelmente danço!! O pior mesmo é que então devem intimar a mãe dele..

Neste caso, eles podem abrir uma investigação ne? Caso eles tentassem intimar a pessoa com o nome falso e não encontra-se esta pessoa, há alguma chance de ser arquivado?

Na real haviam me dado a letra que nessa condição (sem rastreio e nome falso) não tinha erro, mas agora sendo racional vejo que foi proaganda enganosa!! que zika!!!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Boa tarde gente .. eu tinha um nick aqui mas perdi e fiz outro para dizer que tbm recebi uma intimação da pf referente uma compra de cedas que fiz a uns 3 anos atras e recebi do site 5 sementes gratis que ate hj nao chegou . A intimação veio endereçada ao morador do apartamento e nao em meu nome .. comparecimento em 20/07 , tenho lido os post do pessoal que esta na mesma situação e muitos estão dizendo a verdade mas meu advogado mandou negar tudo pois nao consta nome e moro num conjunto com 9 blocos no rj .. os consultores disseram para eu dizer a verdade atraves do email sos@growroom.net mas confesso que ainda estou com muitas duvidas e não estou seguro em mentir .. entao eu pergunto se voces tbm receberam a intimaçao da mesma forma , endereçada ao morador ou veio no nome de quem fez a compra ? nem lembrava mais dessa compra e juro que comprei somente as cedas e o site enviou 5 sementes junto . havia feito outras compras e todas chegaram ae sim eram somente sementes e ja plantei e ja colhi mas no momento nao tenho nada .. sera que a pf realmente nao tem dados do comprador para enviar a intimaçao endereçada ao apartamento ? fiz a compra no cartao de creditos .. minha duvida eh grande sobre dizer a verdade ou negar ... força e fé

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

O pessoal que presta ajuda juridica poderia explicar resumidamente como se dá todos os passos quando se vira processo e os prazos normais? A pessoa é informada quando é indiciada? É informada quando o MP aceita a denúncia? Ou então somente é avisada caso vire processo?

Acho que seria legal esse tópico ter um pouco mais de informações gerais que se aplicam a todos os casos. Talvez fosse caso de fazer um tópico novo servindo um pouco como guia.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Pessoal vou relatar meu caso pra ver se ajuda alguem a se tranquilizar.

A PF me indiciou no 33 (traf.internacional) por causa das sementes.

Porém o MP rejeitou a TESE do 33 e me condenou no 28 a 60 hrs de serviços à comunidade mais

10 sessões de terapia, com comprovação.

Porém antes disso minha casa recebeu as 8:30 da manha 6 agentes e simultaneamente mais 6 agentes no meu

escritório. Viraram toda minha casa e meu trabalho, e minha vida social.

Pra entrar no meu apto tinham mandato e tudo, emitido pelo mesmo cara q depois me aliviou.

era isso.....isso se deu 6 meses depois do pedido das seeds.

Abraço

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites

O pessoal que presta ajuda juridica poderia explicar resumidamente como se dá todos os passos quando se vira processo e os prazos normais? A pessoa é informada quando é indiciada? É informada quando o MP aceita a denúncia? Ou então somente é avisada caso vire processo?

Acho que seria legal esse tópico ter um pouco mais de informações gerais que se aplicam a todos os casos. Talvez fosse caso de fazer um tópico novo servindo um pouco como guia.

Olá Userverde, entendo sua necessidade, mas, infelizmente, não há um cronograma de tramitações para cada passo.

Veja meu caso, comarca RJ: Compra em maio de 2011. Intimação(cartinha) em novembro de 2012, Depoimento em Fevereiro de 2013 , Levado ao MP em Julho de 2013. Arquivamanto em Setembro de 2013.

Assim, há Estados mais ou menos eficientes, com mais ou menos processos correndo em pararalo de maior relevância, burocráticos, detalhistas, minimalistas, metódicos, mais progressistas , mais punitivos. Delegados mais "sangue nos olhos" , Procuradores mais embasados, Juizes mais repressores , em suma, não há consenso nem prazos, para cada etapa.

Assim, entendo que não há necessidade de criar um novo tópico para o tema que por si, não há resposta satisfatória que lhe trará sossego ou parâmetros confiáveis, lamento.

OBS: Recomendo assistir hoje ( 14/07) na GLOBO o "profissão repórter", sobre prisão temporária, onde detentos chegam aguardar julgamento por ANOS, por aí você tem ciência da Justiça brasileira.

Caso perca, poderá assistir depois em http://g1.globo.com/profissao-reporter/index.html

Atenciosamente,

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Olá Userverde, entendo sua necessidade, mas, infelizmente, não há um cronograma de tramitações para cada passo.

Veja meu caso, comarca RJ: Compra em maio de 2011. Intimação(cartinha) em novembro de 2012, Depoimento em Fevereiro de 2013 , Levado ao MP em Julho de 2013. Arquivamanto em Setembro de 2013.

Assim, há Estados mais ou menos eficientes, com mais ou menos processos correndo em pararalo de maior relevância, burocráticos, detalhistas, minimalistas, metódicos, mais progressistas , mais punitivos. Delegados mais "sangue nos olhos" , Procuradores mais embasados, Juizes mais repressores , em suma, não há consenso nem prazos, para cada etapa.

Assim, entendo que não há necessidade de criar um novo tópico para o tema que por si, não há resposta satisfatória que lhe trará sossego ou parâmetros confiáveis, lamento.

OBS: Recomendo assistir hoje ( 14/07) na GLOBO o "profissão repórter", sobre prisão temporária, onde detentos chegam aguardar julgamento por ANOS, por aí você tem ciência da Justiça brasileira.

Caso perca, poderá assistir depois em http://g1.globo.com/profissao-reporter/index.html

Atenciosamente,

Acho que as datas relevantes e razoavelmente previsiveis é só a partir do depoimento, acho que é isso que poderia ser feito um guia geral. Explicar como o pessoal do SOS indica que aja na delegacia, isso já tem até post solto sobre, só que tá no meio do tópico, a maioria não vai ler.

Claro que há variancia, isso pode ser citado. Pelo que você citou aí, a partir do depoimento parece ter seguido os prazos médios citados aqui no tópico.

Uma coisa que não descobri, tem gente falando que recebeu carta quando foi indiciado. Isso é feito sempre? Esse tipo de detalhe que atinge a todos e seria bom saber.

Isso seria só pra dar uma orientada geral do que fazer e esperar. Claro que pra defesa específica, aí só com advogado ou contactando o SOS. Mas aposto que eles já tiveram que explicar a mesma coisa muitas vezes.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Bom dia! Fiz um pedido no Merca em 2013 com um nome fictício, o qual não chegou. Recebi uma intimação pelos correios, no meu endereço porém para este nome inventado. Alguém sAbe como devo proceder?

chama um adv. pra dar uma olhada no inquérito e estudar junto com vc. a defesa, uma boa lida neste tópico vai te ajudar bastante, se comprou com seu cartão de crédito, vai ser dificil negar...caso contrário pode até tentar, mas é dificil enganar a pf

boa sorte

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...

×
×
  • Criar Novo...