Ir para conteúdo
Growroom

Recommended Posts

  • Usuário Growroom

Gelera,

Recebi uma intimação da PF, segunda feira é meu depoimento.

Dicas por favor...

Consultores jurídicos, vocês advogam para casos assim? Tem algum material para auxiliar um advogado? O único que tenho não é de criminal...

Moro no Rio...

Andei dando uma lida e vi que alguns casos são tranquilos e outros dão mais dor de cabeça, gostaria de saber o que eu devo evitar de falar e o que posso falar...

Meu caso é o seguinte, fiz um pedido na green house para o endereco de um amigo no final de 2012, passaram uns 2 meses e nada, reclamei e eles reenviaram, mais uns meses se passaram e nada, reclamei e eles reenviaram pela 3 e ultima vez, porem trocamos o endereco para minha casa, passou um tempao e não chegou, isso ja era meio de 2013. Ficou por isso mesmo, nunca mais reclamei nem nada, no final de 2013 chegou na casa do meu amigo 1 pacote, peguei com ele, mas acabou que nem rolou de plantar, minha mae acabou jogando fora. Tempo se passou, em abril de 2014, pedi umas auto, uma semana depois, o pai do meu amigo disse que um agente foi me procurar la, porem como não encontrou ninguem, foi embora (O ap é de temporada, estava vazio), ou seja, eles interceptaram um ou dois pacotes de sementes do 1 pedido, ainda no endereco do meu amigo... Beleza, não aconteceu mais nada, nunca mais me procuraram e o pedido das auto chegou depois de um tempo, para meu alivio. Joguei elas fora, de tão bolado que estava. Agora, a 1 semana atrás, chegou uma intimação para prestar esclarecimentos a justiça.

Gostaria de saber como proceder,

Como funciona la,

O cara que faz as perguntas e eu que respondo?

Devo ser sempre honesto? (Eu acho que é o melhor, mentir só da merda)

Posso responder que sou consumidor?

Se eu falar que era para consumo proprio é ruim?

Se ele perguntar o que eu pretendia com as sementes ou por que eu pedi, o que devo responder?

Por favor galera, da um help ai...

poxa mano,que pena veio..tanto trabalho,tanto perrengue,pra tu jogar fora as seeds?mas eu te entendo cara,na hora que a gente ta puto com algo, a gente faz as coisas sem pensar msm.

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Respostas 1.8k
  • Created
  • Última resposta

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Olha.. Eu não quero polemizar, tampouco fazer papel de advogado do diabo.. Mas eu acho que algumas coisas tem que ser melhor explicadas, os pingos de alguns is tem que ser colocados e eu vou usar a mi

Olá, bom dia a todos. Vim aqui contribuir nesse tópico com minha experiência no assunto.  Eu fui grower durante mais de dez anos, e sempre mantive o lema "o segredo do segredo é o segredo" nos cultivo

faça a atitude correta: vá algemado pra delegacia e fala q vc tem q ser preso por cultivar droga transgenica em casa pra abastecer todo o sudeste brasileiro e lucara 15 bilhoes de dolares com iisso

  • Usuário Growroom

São dezenas de casos chegando ao SOS, estamos nos esforçando para responder o mais rápido possível.

Quem recebeu a intimação não fique apreensivo, a PF trata as pessoas de forma educada e sabe que não são bandidos.

Enquanto isso vamos aperfeiçoando nossa tese de defesa.

Muitos se preocupam com a possibilidade das sementes ter THC, mas já estamos desenvolvendo uma tese para enfrentar isso, com base nas recentes resoluções do maconha medicinal na ANVISA.

Vamos em frente, que logo a mudança chega!

  • Like 22
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

estou correndo atras de alguns advogados, mais quando conta a historia, eles querem cobrar o olho da cara !! te fazem medo, falando que a coisa e muito seria....

e aconselhável ir com advogado ??? quais os riscos de ir sozinho ??

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

O risco remoto é sofrer uma coação durante o depoimento. Se você ler os relatos de quem foi depor é ponto pacifico a cordialidade dos membros da PF.

  • Like 4
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

galera, meucaso é o seguinte:

Sou do interior de São Paulo, e fiz a compra de algumas sementes em fevereiro do ano passado, da seguinte forma:
Nome de uma pessoa inexistente
Cartao de credito em nome de um amigo
Endereço da casa de outro amigo
Porém, esta semana chegou uma intimação na casa dele, para que um morador da casa fosse depor.

por gentileza necessito da ajuda de vocês quanto ao que fazer neste caso.

por gentileza consultores e mombros, preciso de dicas.

atenciosamente.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

galera, meucaso é o seguinte:

Sou do interior de São Paulo, e fiz a compra de algumas sementes em fevereiro do ano passado, da seguinte forma:

Nome de uma pessoa inexistente
Cartao de credito em nome de um amigo
Endereço da casa de outro amigo

Porém, esta semana chegou uma intimação na casa dele, para que um morador da casa fosse depor.

por gentileza necessito da ajuda de vocês quanto ao que fazer neste caso.

por gentileza consultores e mombros, preciso de dicas.

atenciosamente.

O melhor seria chamar um adv. pra ir até a del. de policia, e dar uma olhada no processo, mas não vai ter como seu amigo não ir na delegacia prestar depoimento, se não tem nada que vincule a compra com o nome dele, acho que da até pra negar a compra.

boa sorte

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Chegou há umas semanas atrás a intimação que eu sabia que ia chegar. Resumindo, estou esperando a terceira, depois de notificar a PF informando que estou em outra cidade. Mas depois de muita tensão, estou mais calma. É aquela história: "quem não deve, não teme". E eu não fiz nada errado aos olhos da real justiça.

Faço parte do grupo de pessoas que viram na cannabis a oportunidade de começar uma nova vida: uma vida sem dores incapacitantes, sem crises de ansiedade e depressão, com ânimo para sair da cama, se alimentar bem, conseguir ter uma vida normal e funcional. Deixei de usar cannabis poucos meses depois que comecei a usar, porque não queria comprar algo prensado e ruim vindo do tráfico. Foi então que resolvi comprar sementes, no desespero de querer cultivar uma planta que me deu de volta a vontade de viver. As sementes não chegaram, a ansiedade veio, e depois o desânimo, e minha vida voltou ao que era: um mundo cinza e sem esperança, regado à antidepressivos e analgésicos que não funcionavam e que possuem efeitos colaterais horríveis - e estou nessa até hoje.

A cannabis ainda é vista como uma planta ilegal, que "tira vidas" devido ao tráfico (que sabemos muito bem porque existe), e adquirí-la de boa qualidade, sem pêlos de rato, insetos esmagados e sabe-se lá mais o que, no Brasil, é uma tarefa quase que impossível. O que nos força a buscar o cultivo próprio, afinal, queremos um produto de qualidade e sair do ciclo de contribuição com o tráfico. Eu passava aperto financeiro para comprar antidepressivos caros porque minha vida literalmente dependia deles. Obviamente eu sabia o valor do uso de um medicamento (no caso da cannabis, uma planta) de qualidade no tratamento dos meus problemas de saúde.

E aqui estou, junto com vários usuários que tudo que querem e queriam era cultivar para si uma planta, algo que a Natureza (ou Deus) gerou. E enquanto muitos países caminham para a legalização, o Brasil parece dar um passo para frente, para depois dar dois para trás.

Ainda não perdi minhas esperanças. Estou apenas com meus medicamentos legalizados que não me deixam bem, literalmente tentando sobreviver dia após dia, e torcendo para uma futura legalização. Sei muito bem que se eu estivesse acesso seguro e de qualidade à essa planta milagrosa minha vida seria outra. Espero, com esperança, que o poder público nesse país dê mais passos pra frente, e que veja a legalização como um dos pilares para a construção de um Brasil melhor, pra todos.

Enquanto isso, força e paz à todos que estão nessa luta, recebendo intimações e na ansiedade com todos os processos. Força, para superar esse momento passageiro, e Paz, pois foi sempre o que queríamos no momento que fizemos a escolha de comprar sementes.

  • Like 2
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Chegou há umas semanas atrás a intimação que eu sabia que ia chegar. Resumindo, estou esperando a terceira, depois de notificar a PF informando que estou em outra cidade. Mas depois de muita tensão, estou mais calma. É aquela história: "quem não deve, não teme". E eu não fiz nada errado aos olhos da real justiça.

Faço parte do grupo de pessoas que viram na cannabis a oportunidade de começar uma nova vida: uma vida sem dores incapacitantes, sem crises de ansiedade e depressão, com ânimo para sair da cama, se alimentar bem, conseguir ter uma vida normal e funcional. Deixei de usar cannabis poucos meses depois que comecei a usar, porque não queria comprar algo prensado e ruim vindo do tráfico. Foi então que resolvi comprar sementes, no desespero de querer cultivar uma planta que me deu de volta a vontade de viver. As sementes não chegaram, a ansiedade veio, e depois o desânimo, e minha vida voltou ao que era: um mundo cinza e sem esperança, regado à antidepressivos e analgésicos que não funcionavam e que possuem efeitos colaterais horríveis - e estou nessa até hoje.

A cannabis ainda é vista como uma planta ilegal, que "tira vidas" devido ao tráfico (que sabemos muito bem porque existe), e adquirí-la de boa qualidade, sem pêlos de rato, insetos esmagados e sabe-se lá mais o que, no Brasil, é uma tarefa quase que impossível. O que nos força a buscar o cultivo próprio, afinal, queremos um produto de qualidade e sair do ciclo de contribuição com o tráfico. Eu passava aperto financeiro para comprar antidepressivos caros porque minha vida literalmente dependia deles. Obviamente eu sabia o valor do uso de um medicamento (no caso da cannabis, uma planta) de qualidade no tratamento dos meus problemas de saúde.

E aqui estou, junto com vários usuários que tudo que querem e queriam era cultivar para si uma planta, algo que a Natureza (ou Deus) gerou. E enquanto muitos países caminham para a legalização, o Brasil parece dar um passo para frente, para depois dar dois para trás.

Ainda não perdi minhas esperanças. Estou apenas com meus medicamentos legalizados que não me deixam bem, literalmente tentando sobreviver dia após dia, e torcendo para uma futura legalização. Sei muito bem que se eu estivesse acesso seguro e de qualidade à essa planta milagrosa minha vida seria outra. Espero, com esperança, que o poder público nesse país dê mais passos pra frente, e que veja a legalização como um dos pilares para a construção de um Brasil melhor, pra todos.

Enquanto isso, força e paz à todos que estão nessa luta, recebendo intimações e na ansiedade com todos os processos. Força, para superar esse momento passageiro, e Paz, pois foi sempre o que queríamos no momento que fizemos a escolha de comprar sementes.

escreve para nós, [email protected]

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom
... Muitos se preocupam com a possibilidade das sementes ter THC, mas já estamos desenvolvendo uma tese para enfrentar isso, com base nas recentes resoluções do maconha medicinal na ANVISA.

Vamos em frente, que logo a mudança chega!

Fala man ..

Sobre thc nas seeds.. isso é impossivel, correto ? Eles nao tem como "provar" que é substancia ilicita

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Acabei de receber um telefonema de um parceiro dizendo que a PF esteve na minha casa me procurando com uma intimação, eu ja esperava na verdade é de um pedido de 2012 do Mercannabis, vamos la nos explicar para o dotô!

O triste é ver todo o empenho da PF para me achar por causa de alguma seeds que estou plantando para tratar minha epilepsia, triste!

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Consultores Jurídicos GR

galera, meucaso é o seguinte:

Sou do interior de São Paulo, e fiz a compra de algumas sementes em fevereiro do ano passado, da seguinte forma:

Nome de uma pessoa inexistente
Cartao de credito em nome de um amigo
Endereço da casa de outro amigo

Porém, esta semana chegou uma intimação na casa dele, para que um morador da casa fosse depor.

por gentileza necessito da ajuda de vocês quanto ao que fazer neste caso.

por gentileza consultores e mombros, preciso de dicas.

atenciosamente.

Primeiramente,

não acredito ser ético envolver outras pessoas na nossa bronca, acho que se sujou para o amigo sem que ele tenha culpa a melhor coisa é você como o responsável da bronca assumir o ônus. Deixar que ele vá a DP para se explicar de algo que não fez ainda que seja para falar que não tem nada a ver com a história é complicado. Mas pode ser uma saída. Se ele for lá e apenas falar que não autorizou nenhuma compra e que não reconhece a encomenda nem sabe quem fez ele poderá arcar com o ônus de sustentar isso até o final das investigações.

Não sei o que pode vir a ocorrer no decorrer dessas investigações, os riscos são muitos, desde nada ficar provado, até um possível indiciamento como autor da compra, sem ter sido.

Então, eu acho que por uma questão de honestidade e lealdade, vc deveria ir e se apresentar como o autor da compra, mandar a real, que fez em nome do terceiro que nada tem a ver com isso, que nao sabia do conteúdo da remessa, que apenas estava de boa-fé afim de ajudar um amigo.

Daí é dizer o protocolo, que as seeds seriam para tentar cultivar para consumo próprio, fins medicinais ou recreativos, não importa, mas diga a real; dizer que não tem certeza do êxito do cultivo também é bom para teses de defesas futuras.

Enfim, vai muito da consciência de cada um. Na minha eu nao deixaria os amigos responder ainda que para dizer que não sabem de nada por uma bronca que é minha.

Paz. Espero ter ajudado.

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Primeiramente,

não acredito ser ético envolver outras pessoas na nossa bronca, acho que se sujou para o amigo sem que ele tenha culpa a melhor coisa é você como o responsável da bronca assumir o ônus. Deixar que ele vá a DP para se explicar de algo que não fez ainda que seja para falar que não tem nada a ver com a história é complicado. Mas pode ser uma saída. Se ele for lá e apenas falar que não autorizou nenhuma compra e que não reconhece a encomenda nem sabe quem fez ele poderá arcar com o ônus de sustentar isso até o final das investigações.

Não sei o que pode vir a ocorrer no decorrer dessas investigações, os riscos são muitos, desde nada ficar provado, até um possível indiciamento como autor da compra, sem ter sido.

Então, eu acho que por uma questão de honestidade e lealdade, vc deveria ir e se apresentar como o autor da compra, mandar a real, que fez em nome do terceiro que nada tem a ver com isso, que nao sabia do conteúdo da remessa, que apenas estava de boa-fé afim de ajudar um amigo.

Daí é dizer o protocolo, que as seeds seriam para tentar cultivar para consumo próprio, fins medicinais ou recreativos, não importa, mas diga a real; dizer que não tem certeza do êxito do cultivo também é bom para teses de defesas futuras.

Enfim, vai muito da consciência de cada um. Na minha eu nao deixaria os amigos responder ainda que para dizer que não sabem de nada por uma bronca que é minha.

Paz. Espero ter ajudado.

Comentei isso no trhead de sementes é no mínimo muita falta de responsabilidade colocar alguém numa sitação dessas

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Pessoal fui na PF de SP hoje as 14h como postei acima e alguns ja sabem.....

......fui com meu advogado contratado, valor cobrado da tabela do site da OAB. OK.

Um dia antes o advogado foi la e protocolou algumas coisas alem de bater um papo com o delegado no cafe q tem dentro da PF mesmo no primeiro andar. ( pra minha sorte ele ja conhecia o delegado o que acabou me ajudando um pouco )

Colocou junto com o inquérito alguns documentos como por exemplo meu IR para deixa claro que sou um pessoa que trabalho, tudo certo, pago impostos e não vivo de trafico.

Chegando la fui atendido pelo Delegado que me tratou muito bem, de forma amigável, sempre rindo e conversando sobre o assunto.

Nao fiquei em momento algum tenso ou algo assim, para mim foi super de boa! ate para minha surpresa.

O delegado me pergunto algumas coisas ja me induzindo a resposta lógica para todas, claro sempre a verdade.

Falei que pedi as seeds sim , para tenta um cultivo próprio, morro e vivo sozinho mesmo tendo namorada que frequenta bem a minha casa, porem não faz uso de droga nenhuma ( e não faz mesmo )

e que normalmente eu fumo antes de dormir depois de um dia de trabalho, uso de forma recreativa e também de forma medicinal, afinal sou muito agitado e também ansioso.

Conversamos sobre o assunto um pouco , eles sabem muito mais do que pensamos, provavelmente tem alguns PF plantando também pois sabe ate algumas técnicas sobre assunto, lâmpadas, e cabines de cultivo.

Ele me descaracterizo de trafico colocando em letras negritas algumas coisas e me reforço que muito provavelmente NAO daria nenhum problema.

Estou muito de boa agora !!! ainda bem que passou tudo isso, agora e esperar o MP por la.. mas vai ser arquivado. pois a verdade vence sempre!!

Quero deixa um obrigado ao pessoal do forum e um obrigado especial ao pessoal do JURÍDICO.

Qualquer coisa pode me chamar in box aqui no forum , espero ajudar quem tiver ainda pra ir!! e tenso sim, mas fale sempre a verdade, quem não deve não teme, não somos bandidos!

PAZ PRA TODOS!

  • Like 6
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Olá galera !! Bom, eis o meu relato...

Trata-se de uma encomenda de 2013 da Attitude,

por sinal a única que eu fiz... Como nunca chegou,

nunca mais pedi e desencanei total..

Mês passado chegou uma intimação em meu nome..

achei muuuuuuuito estranho...... afinal, quem não

deve não teme...

Fui depor na PF alguns dias atrás...

Estava bastante tranquilo...frieza nessas horas é essencial...

Cheguei de roupa social e gravata...

Falei primeiramente com a escrivã,

que pegou meus dados iniciais e pediu para aguardar para falar com o delegado.

Ela perguntou se eu sabia do que se tratava, e eu disse que não.

Então me adiantou que se tratava de uma encomenda com substância ilícita

encaminhada ao meu endereço.

Como não estava no meu nome, e eu tinha comprado com bitcoins, e também

não tenho nada em casa, fiz cara de surpreso...

Bom, resumindo, aguardei por cerca de meia hora, veio a escrivã e me pediu para

acompanhá-la até o 3 andar.

Chegando lá, aguardei por mais cerca de 5 minutos, e veio então o delegado

me chamar...

falou o meu nome, eu confirmei, e fomos até a sala dele, onde pediu para que

eu fechasse a porta.

Foi super educado, me deu a mão, disse boa tarde, eu retribui, olhei nos olhos

dele, dei um leve sorriso, e disse, boa tarde, doutor, tudo bem ?

bem graças, a Deus...

bom, chegou uma carta precatória de Curitiba e eu preciso te fazer algumas perguntas..

tudo bem ?

- tudo bem...

-Então, como a escrivã deve ter te adiantado, foi barrada na alfândega uma correspondência

encaminhada para seu endereço, vinda do reino unido, de remetente desconhecido,

contendo material orgânico ilícito, precisamente 29 grãos que se assemelham com sementes de maconha...

Novamente, fiz cara de surpreso..

Então ele pegou uma pastinha, abriu, e começou:

Nome; profissão; já foi processado criminalmente; faz uso de algum tipo de substância entorpecente;

O sr. encomendou algo do exterior; o sr. tem ciência de que foi remetido ao seu endereço um pacote contendo substância

entorpecente; a quanto tempo o sr. mora nessa residência; conhece o proprietário anterior; o sr. conhece alguem que more, morou ou viajou para o reino unido;

Respondendo negativamente todas as perguntas, não houve absolutamente NENHUM questionamento

sobre minhas respostas por parte do dr. delegado...

Conforme eu ia respondendo, ele ia digitando..

Tão logo acabaram as perguntas, ele imprimiu o papel com meu depoimento, pediu para ler e assinar.

Tão logo assinei, ele se levantou, me deu a mão novamente, agradeceu, e me deu boa tarde...

Dei dois passos, meio que dei uma de inocente, virei de volta e perguntei, e agora, dr., qual o procedimento ?

Palavras do delegado: "Agora provavelmente vai ser arquivado... pode dormir tranquilo.. quer o número

do inquérito para companhar ?"

respondi: Não, obrigado....

Espero que fique por isso !

Um abraço, e muita sorte e luz para todos...

Fiz um depoimento parecido com o seu em março, com a mesma receptividade da PF.

Essa semana, acompanhando pelo número do processo, minha advogada viu que o Ministério Público decidiu me processar, e que foi acolhido pelo juíz. Em breve deve me procurar um oficial de Justiça.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Pessoal fui na PF de SP hoje as 14h como postei acima e alguns ja sabem.....

......fui com meu advogado contratado, valor cobrado da tabela do site da OAB. OK.

Um dia antes o advogado foi la e protocolou algumas coisas alem de bater um papo com o delegado no cafe q tem dentro da PF mesmo no primeiro andar. ( pra minha sorte ele ja conhecia o delegado o que acabou me ajudando um pouco )

Colocou junto com o inquérito alguns documentos como por exemplo meu IR para deixa claro que sou um pessoa que trabalho, tudo certo, pago impostos e não vivo de trafico.

Chegando la fui atendido pelo Delegado que me tratou muito bem, de forma amigável, sempre rindo e conversando sobre o assunto.

Nao fiquei em momento algum tenso ou algo assim, para mim foi super de boa! ate para minha surpresa.

O delegado me pergunto algumas coisas ja me induzindo a resposta lógica para todas, claro sempre a verdade.

Falei que pedi as seeds sim , para tenta um cultivo próprio, morro e vivo sozinho mesmo tendo namorada que frequenta bem a minha casa, porem não faz uso de droga nenhuma ( e não faz mesmo )

e que normalmente eu fumo antes de dormir depois de um dia de trabalho, uso de forma recreativa e também de forma medicinal, afinal sou muito agitado e também ansioso.

Conversamos sobre o assunto um pouco , eles sabem muito mais do que pensamos, provavelmente tem alguns PF plantando também pois sabe ate algumas técnicas sobre assunto, lâmpadas, e cabines de cultivo.

Ele me descaracterizo de trafico colocando em letras negritas algumas coisas e me reforço que muito provavelmente NAO daria nenhum problema.

Estou muito de boa agora !!! ainda bem que passou tudo isso, agora e esperar o MP por la.. mas vai ser arquivado. pois a verdade vence sempre!!

Quero deixa um obrigado ao pessoal do forum e um obrigado especial ao pessoal do JURÍDICO.

Qualquer coisa pode me chamar in box aqui no forum , espero ajudar quem tiver ainda pra ir!! e tenso sim, mas fale sempre a verdade, quem não deve não teme, não somos bandidos!

PAZ PRA TODOS!

Que bom as coisas terem sido light pra você. Vai dar tudo certo!

Fui hoje lá na Lapa também, 14hs, mas como não sou aqui de Sampa (não conheço ninguém que poderia me representar) fui sozinho mesmo.

Nem cheguei a falar com o delegado, quem tomou meu depoimento foi o escrivão. No começo, ainda bastante apreensivo (apesar de calmo), achei que iria ser uma conversa pesada. Assumi que comprei com a intenção de plantar, que conhecia o risco de interceptação, mas por acreditar na redução dos riscos e danos causados pelo tráfico, resolvi correr o risco.

Ele me perguntou se eu era usuário regular, e eu disse que sim, porém de baixa frequência, que só fumo quando percebo alteração de humor drástica, pois tenho déficit de atenção, e a maconha me ajuda a viver de maneira producente, diminuindo essas oscilações. O escrivão então me mandou procurar um médico.

Expliquei pra ele que recebi tal diagnóstico ainda na infância, e que passei por diversos tratamentos, inclusive com drogas pesadas como Ritalina, Haldol, Akineton, etc, e todas me fizeram muito mal, me toliam de meu poder volitivo. Disse ainda que não estava lá pra fazer apologia, que não tenho conhecimento nem vocação para tal, mas apenas acredito que a questão do cultivo para consumo próprio, caso gere algum transtorno no usuário, deveria ser pauta de saúde, e não de segurança, pois o potencial ofensivo à saúde não cabe no mesmo patamar de outras drogas ilícitas. Ele então recuou e falou: "realmente, seria bom se médicos pudessem receitar maconha".

Não sei mesmo o que será do meu caso quando o pessoal de Curitiba apreciar meu depoimento, essa expectativa vai drenar boa parte das minhas energias. Mas estou tranquilo e com a consciência em paz, pois sei que minha filha, meus netos, e entes queridos de todos nós um dia deixarão de sofrer com a promiscuidade, corrupção e violência que o tráfico despeja em nossa sociedade.

Eu recebi o número do inquérito, mas não sei como acessá-lo.

Enfim, por enquanto é o que tenho a compartilhar com todos.

Grande abraço e paz pra todos nós, e muita luz aos que ainda têm dificuldades pra lidar com nosso estigma.

  • Like 3
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Show mano, quero dizer que bom q foi 'suave' apesar dos pesares, mas fica tranquilo que tenho certeza que ainda este ano legaliza, a pressão esta muito forte, até mesmo da midia, logo quase os forçando a conversar sobre.

Força parça vai dar tudo certo.

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

é isso aí, muito bom saber, o meu dia tá chegando, e minha verdade tambem será dita, só espero que essa porra seja arquivada ao invés de ser denunciado, mas com o apoio do CJGR me sinto mais forte e confiante

sigamos em frente que nossa vitoria nao sera por acidente

saude e sorte

  • Like 2
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Salve, pessoal, tudo certo?

Fui intimado no fim de 2014. No meio da confusão de pensamentos e falta de alternativas, recorri a um advogado indicado pelo amigo da minha namorada. Fomos até a PF aqui de SP e ele me orientou a falar que eu não fiz a compra... Achei meio estranho, mas enfim.

O MPF ofereceu denúncia e agora aguardo intimação. Acontece que esse advogado não conhece o assunto e me cobrou 10 conto nessa primeira fase do processo. Estou falido, pagando empréstimos e devendo algumas pessoas. Ainda assim, ele pede mais 20 mil pra segunda fase do processo. Além de não ter essa grana nem nos próximos 10 anos, não tenho a menor confiança que esse advogado vá me ajudar. Na real até acho que ele me fodeu no dia do depoimento, mesmo sem querer.

Agora estou sendo auxiliado pelo amigo da minha namorada. Mas ele também não é muito familiarizado no assunto.

Queria solicitar de coração alguma ajuda de vocês, qualquer material com que ele possa trabalhar. QUALQUER COISA, mesmo. Estou entrando em desespero, numa fase em que acho que estou sendo observado e monitorado o tempo todo. Não desejo isso a ninguém.

Obrigado mesmo pela atenção e perdão pelo texto gigante... =/

Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Salve, pessoal, tudo certo?

Fui intimado no fim de 2014. No meio da confusão de pensamentos e falta de alternativas, recorri a um advogado indicado pelo amigo da minha namorada. Fomos até a PF aqui de SP e ele me orientou a falar que eu não fiz a compra... Achei meio estranho, mas enfim.

O MPF ofereceu denúncia e agora aguardo intimação. Acontece que esse advogado não conhece o assunto e me cobrou 10 conto nessa primeira fase do processo. Estou falido, pagando empréstimos e devendo algumas pessoas. Ainda assim, ele pede mais 20 mil pra segunda fase do processo. Além de não ter essa grana nem nos próximos 10 anos, não tenho a menor confiança que esse advogado vá me ajudar. Na real até acho que ele me fodeu no dia do depoimento, mesmo sem querer.

Agora estou sendo auxiliado pelo amigo da minha namorada. Mas ele também não é muito familiarizado no assunto.

Queria solicitar de coração alguma ajuda de vocês, qualquer material com que ele possa trabalhar. QUALQUER COISA, mesmo. Estou entrando em desespero, numa fase em que acho que estou sendo observado e monitorado o tempo todo. Não desejo isso a ninguém.

Obrigado mesmo pela atenção e perdão pelo texto gigante... =/

Nao sei ao bem se isso pode te ajudar,

No dia que eu estava na PF para meu depoimento , vi um delegado conversar com a mae de um kara que tinha acabado de depor sobre o mesmo assunto. importação de seeds.

No processo de explicar oq aconteceria com o filho dela.. ele falou:

Caso o MP nao arquivasse , que ele não ficasse preocupado pois não resultaria em prisão ou algo assim o processo,

Que no máximo ele teria que cobrir alguma medida corretiva do exemplo: serviço comunitário, pagamento de cesta básica ou algo do tipo, que ele e ela não ficasse preocupados pois ninguém vai preso por causa disso.

Nao sei ao certo se isso te acalma ou te ajuda Penhasco, mas fica calmo irmão!! relaxa que vai da tudo certo.

PS: Troca de ADVOGADO. se voce for de SP posso te indicar o meu que ta cuidado de tudo por mensagem privada aqui mesmo no forum.

PS2: um valor justo e o valor cobrado de TABELA no site da OAB. qualquer pessoa pode entrar no site e ver os valores ok.

segue o link: http://www.oabsp.org.br/servicos/tabelas/tabela-de-honorarios/advocacia-criminal

FORCA A TODOS!

Luz e PAZ!

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

Depois do depoimento tem algum modo de acompanhar o inquérito? Normalmente quanto tempo leva pra virar processo nos casos que viram, alguém tem ideia?

Segundo informacoes colidas no forum e também conversando com alguns advogados.

Pode varias de 2 meses a 5 meses. vai depender mesmo do fluxo de trabalho e processos la no MP.

De qualquer forma agora estou no mesmo barco que voce.. a espera do resultado. que o MP resolva da forma certa e justa.

Nao somos bandidos.

PS: no meu inquérito na PF , anexei (protocolei alguns documentos) como por exemplo o meu Imposto de Renda (IR) e outros documentos assim que ja comprova de ante-mão que sou um kara do bem, trabalho, tenho empresa, minha renda e fruto do meu trabalho, não trafico, não sou bandido e tenho tudo certo , pago os impostos em dia etc.

Agora e so esperar pra ver no que da.

Luz e PAZ a todos!

  • Like 1
Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Usuário Growroom

PS2: um valor justo e o valor cobrado de TABELA no site da OAB. qualquer pessoa pode entrar no site e ver os valores ok.

segue o link: http://www.oabsp.org.br/servicos/tabelas/tabela-de-honorarios/advocacia-criminal

Prezado Chora Chora, o valor de referencia seria o do item abaixo ? grato

68 – PEDIDO DE EXPLICAÇÕES (INTERPELAÇÃO JUDICIAL):

Mínimo R$ 1.793,33.

Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...

  • Tópicos

  • Posts

    • Cara, primeiro de tudo. Tu é de menor e esse fórum é pra maior de idade. Segundo, não fuma maconha cara, espera mais 2 aninhos ai. Faz mal pro desenvolvimento do teu cérebro usar maconha e álcool nesta idade. Terceiro e não menos importante, procure um psicólogo para te ajudar a entender oque está sentindo. Não é só louco que faz terapia, todo mundo deve fazer. 
    • É o seguinte galera, tenho 16 anos e comecei a fumar a uns 3 meses... Até o dia de hoje só fumei umas 15 vezes e sempre pouco tipo 5 tragos e já parava. Sempre tudo suave até a última vez que fumei , tava sozinho em casa fumei de manhã , tranquilo passou a brisa e passei o dia inteiro suave até que a noite do nada começou a me dar uns bagulho muito estranho , isso tudo que vou falar 100% sóbrio. O ápice de tudo durou 1 dia e meio mais ou menos depois até hoje já fazem 2 semanas estou ainda sentindo as mesmas coisas porém 100x mais leve. Bom, eu comecei a ver tudo estranho, não me sentia muito dentro de mim, tava tendo umas reflexões muito estranhas tipo oque é a vida? quem são as pessoas porque somos tão conscientes, pensava no mundo de uma maneira mais profunda e isso estava muito ruim, não era só um questionamento diário comum era uma perturbação que não saia da minh mente, fazer as coisas tava tudo estranho, dei uma pesquisada não achei nada ao certo apenas uma tal de despersonalização, eh algo parecido com isso não sei se eh exatamente. Eu me sentia um pouco sonâmbulo o tempo todo e uma angústia no peito de vez em quando, enfim, tudo estranho mesmo. Alguem sabe oque é ? Gostaria de fumar novamente ia dar 1 mês e testar mas tô com medo, tbm gostaria de saber se isso eh só com maconha ou não posso usar outras drogas tbm, álcool tbm gostaria de saber se posso usar, não acho que estou esquizofrênico como li na internet mas tô estranho mano 
    •  Eae brother eu aconselho dar uma lida sem compromisso nesse topico aqui  
×
×
  • Criar Novo...