Bas

Growroom E Quebrando O Tabu - Documentário Com Fhc

Recommended Posts

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...

  • Tópicos

  • Posts

    • É para o TCC? Aproveitando a vibe, vamos lá: Fumo ''cannabis'' há 13 anos mais ou menos, comecei bem cedo, talvez na casa dos 15~16.  Sempre comprei prensado. Sou um paciente em busca da minha medicina, não concordo em ter q ter contato com mercado pararelo para obter resquicios do meu alimento espiritual em um produto de pessima qualidade. A exposição é grande, mesmo para quem não cultiva e recorre ao trafico. Falando um pouco mais sobre a minha relação com a erva, no começo não entendia muito bem qual era a da parada, fumava sem propósito, muito que por curiosidade. Ao longo dos anos, depois de muita reflexão e muitas milhas na bagagem, já ciente do que eu queria para a minha vida, decidi me aprofundar no assunto e tentar buscar dentro de mim respostas para a minha conexão com a ganja. Foi então que comecei a ter contato com a reggae music , nacional e internacional, responsaveis por me fazer pensar e chegar cada vez mais perto das respostas q eu buscava. Gosto da natureza, sou filho dela, e creio ser esse o meu proposito em vida, a volta às raizes. Pro rasta não faz sentido comprar, e sim cultivar o seu proprio alimento (assim consideramos a erva, alimento para a alma). Hoje em dia, ciente de tudo isso, não me faz sentido algum ter que comprar cannabis. Foi então que resolvi começar a cultivar. Pela ideologia e pela qualidade. Estou vivendo uma experiencia nova atualmente, saí da casa dos meus pais e estou morando com a minha namorada em um imovel alugado, e tendo o meu espaço, resolvi nao perder mais tempo. Com relação ao risco, confesso que o cultivo é um pouco mais complicado,pra meter as caras vc precisa se sentir responsavel e preparado - coisas que só o tempo te trarão -  fica muito mais difícil se desfazer de vasos com plantas adultas, do que de pedaços de maconha prensada. Se bem que comigo eu sempre tinha umas 200g para meu consumo.  Assim como filhas de sangue, devemos ser responsaveis com as nossas plantas. Ainda mais sob uma lei que não nos favorece. Eu particularmente não gosto de pensar muito nisso, tento colocar na balança o fato de plantar em casa ou ter que ir buscar na biqueira. No fim das contas, a exposição ao sair de casa é muito maior do que ter um canto reservado para seu plantio. Rodar por indoor, eu considero de risco as seguintes hipoteses: 1-cheiro muito forte vazando pela casa 2-luz vazando pelas frestas 3-comercio via aplicativo (seu nome na lista de contato dos outros salvo como ''Contatinho do Kunk'') 4-mandadin de busca e apreensao Bom é isso ae... acho que ja falei d+ Grande abraço aluno, esperamos poder contar contigo em prol da nossa causa. Tmj!  
    • Salve galera, tudo certo? Fiz minhas primeiras compras pra começar meu primeiro grow, mas ainda tenho algumas dúvidas. Primeiro as infos do grow: Banheiro de 1.5mx0.7m e tem uns 2m de altura, como tem pia e vaso to pensando em começar só uma, talvez duas se eu ver se tem espaço com os vasos pra ter uma noção Materiais até agora (com os links para mais info): - Kit Iluminação Demape 250W Basic, que contem(https://vegaeflora.com.br/produto/kit-iluminacao-250w-basic-completo-completo/😞 -- 1 lâmpada HPS tubular Demape 250W (20k lumens) -- 1 lâmpada HQI tubular Demape 250W (28k lumens) -- 1 reator Demape 250W --  1 refletor Stucco Basic -- 1 Timer Analógico - Vasos+pratos (11L) (Tenho uns potes que vou usar pras primeiras fases antes de transplantar pra esses) - Substrato: --Turfa+perlita: https://vegaeflora.com.br/produto/mix-turfa-e-perlita-28-litros/ --Terra mix: https://vegaeflora.com.br/produto/terra-bertazzo-10kg/ --Fibra de coco - Ventilador pequeno que eu ja tinha pra circular o ar Comprei tudo pela internet, então ainda to esperando chegar. Como vi muito post de growbox, e minha situação é diferente, to postando aqui pq é o tópico de iniciantes, pq não acho muitos diários de grow adaptado em banheiros, já que o meu não tem nem janela kkkkkk Pra lâmpada poder variar a altura eu to pensando em comprar gancho tipo aqueles pra armar varal, colocar um em cima das plantas pra lampada descer em cima, um na parede pra amarrar, e passar fio de varal mesmo (com fita isolante perto da lâmpada pq vai que o negocio esquenta demais e a lâmpada cai). Alguém já fez algo parecido? To querendo comprar um exaustor daqueles de banheiro, mas não sei se aguenta ou se daria pra colocar um filtro de carbono junto, se alguem puder dar um salve da sua experiência agradeço. Alguém já fez grow em banheiro e sabe se eu colocar o exaustor de banheiro na posição normal (no desso do teto) o cheiro corre pra dentro do prédio? Pq se nao der nada nem compro o filtro e deixo a marola rolar pra dentro hehehe  Minha dúvida maior é sobre a nutrição. Procurei muito sobre adubo mas acho muita coisa sobre adubos industrializados. Mas além de ter muita variedade, eles são caros e, como ainda tenho que comprar o exaustor e o filtro, não vou ter a grana pra tudo. Procurei em vários lugares sobre outros tipos de adubo e planejo usar a mistura que vi mais frequentemente: casca de banana, casca de ovo e borra de café. Minha dúvida é: Preciso de algum cuidado especial para aplicar essa mistura na cannabis? Todos os vídeos que vi não explicam muito de quantidades, então se alguem usa essa mistura e puder me explicar, pois vi que ela encaixa bem pra vega (talvez pra flora eu compre um fert específico, mas ainda temo que chegar la) Se alguém usa ela na flora ai também da um salve! Obrigado por todas as infos do fórum! Aprendi muito nessas ultimas semanas lendo aqui e sei que tenho muita coisa pra aprender ainda. Quando tiver tudo montado vou postar o diário aqui também. Paz de Jah pra todos daqui!
    • Velho, todos nós estamos vulneráveis. Infelizmente vai depender da tua realidade.   Eu planto maconha em casa já tem um tempo, meus pais sabem, confiam em mim, sabem que não vou sair vendendo. Minhas colheitas são minhas e eu me recuso a vender até que seja legalizado. Nem quando for legalizado eu vou querer vender. Então, só eu sei das minhas plantas. Não preciso sair falando pra ninguém que eu tenho três plantas de maconha no meu armário. Eu moro num bairro nobre, onde as viaturas sequer lembram que existe. Ou seja, eu só vou rodar se alguém me denunciar. Não há como a polícia descobrir. Tenho vizinhos, porém a casa fica bem longe e seria difícil sentir o aroma das plantas. Mesmo sabendo disso, investi num sistema de exaustão com filtro de carvão. Ninguém desconfiaria que eu tenho um grow no meu quarto, nem se eles tivessem dentro do meu quarto sentiriam o odor. Então eu, que tenho todos esses benefícios, não vou sofrer com a proibição.   Agora, se você mora em periferia onde a polícia está fazendo operações, se seus vizinhos são chatos e te denunciarem, você vai rodar. Dependendo da sua realidade, você roda como traficante, e aí você tá fudido. Então tem sim um risco, infelizmente, tudo vai depender da sua realidade.    Uma plantação de maconha é extremamente difícil de esconder se você não tiver filtro de carvão pra eliminar o cheiro. A planta fede SIM, não acredite nas pessoas que dizem o contrário.    O segredo do sucesso é o segredo, enquanto essa merda for proibida no Brasil. Então, se você não quer rodar, plante suas plantas e CALE A BOCA. Não conte pra ninguém, não mostre pra ninguém, nem pros seus melhores amigos. As pessoas que moram com você precisam estar ciente que você planta. Essa é minha opinião.