Ir para conteúdo
Growroom
Pintolico

Sos Marcha Da Maconha

Recommended Posts

Já fizemos a defesa do panfleto, mais de uma vez. Explicamos a importancia que tem para muitas outras cidades, expusemos que Coletivos locais de outros estados dependem do panfleto nacional para realizar a Marcha local. Defendi que o panfleto é um otimo meio de comunicação. Aqui em SP a panfletagem não é ficar distribuindo como se fosse anúncio de restaurante a kilo. Aqui a gente vai, entrega, conversa, sorri e convida.

Mas é isso, se o GR, ou a maioria do pessoal que está debatendo, não quer que aqui ajude a arrecadar o dinheiro (era essa a proposta do topico SOS) no final será assim.

Argumentar com quem não quer o panfleto não é dar murro em ponta de faca, muito menos se queimar. Sei do compromisso de todos que estão tentando levantar esse panfleto nacional, da importância que ele tem em pautar nacionalmente e minimamente a Marcha da Maconha. Acredito mesmo no que estou defendendo e ingenuidade não tem espaço no GR a muito tempo.

Fica por isso então, o GR não abre a campanha de arrecadação para o panfleto nacional.

abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tirando a acusação de Boicote, aqui só estamos trocando argumentos, Picax! Não vejo mal nisso! O que não aceito é o GR e seus membros serem demonizados por não embarcar no panfleto!

Até parece que vamos deixar a Marcha na mão!

Boicote, seria fazer o que ja foi ventilado e recusado, de fazer uma marcha só sobre o cultivo, como rola na Argentina! Isso seria jogar areia na Marcha da Maconha!

Em 2011, estamos juntos denovo, nas Marchas do Brasil todo o GR estará marcando presença!

E os coletivos locais que precisarem de grana, apresentem ai o Projeto (objetivos+orçamentos) que ajudamos a arrecadar!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

E os coletivos locais que precisarem de grana, apresentem ai o Projeto (objetivos+orçamentos) que ajudamos a arrecadar!

Que absurdo Sano! Uma penca de coletivos locais já tem um projeto: os panfletos nacionais!

Parece que não ficou claro isso ainda. E eu to apontando o motivo: Está se colocando um conflito do RJ à frente do interesse dos coletivos do país. As pessoas que boicotam (e é sim esse o termo, estrito senso, sem pejorativismos) a iniciativa o fazem porque têm uma determinada opinião sobre um conflito do RJ - estou certo? Ao fazerem isso, estão deixando de lado o projeto (com objetivo e orçamento claro) que vários coletivos locais partilham!

Sinceramente Sano, assim como você, eu tenho uma penca de coisa pra fazer antes de ficar aqui perdendo meu tempo com acusações ou queimações levianas, como estão querendo me pintar. EU SOU DE LUTA PRA CARALHO MERMÃO - PELA CAUSA ATÉ O FIM!

Respeito o tempo de todos assim como respeito o meu! Fato é que se trata de uma questão importante e, se vocês têm uma opinião, ótimo - todo meu respeito! - mas isso que se está fazendo é ruim para o movimento e para a legalização da Maconha!

Essa história de bandido e mocinho, de defensor do certo, pra mim num tá com nada! Teoria da conspiração só serve pra botar nois contra nois memo!

Força, paz e bem!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tirando a acusação de Boicote, aqui só estamos trocando argumentos, Picax! Não vejo mal nisso! O que não aceito é o GR e seus membros serem demonizados por não embarcar no panfleto!

Até parece que vamos deixar a Marcha na mão!

Boicote, seria fazer o que ja foi ventilado e recusado, de fazer uma marcha só sobre o cultivo, como rola na Argentina! Isso seria jogar areia na Marcha da Maconha!

Em 2011, estamos juntos denovo, nas Marchas do Brasil todo o GR estará marcando presença!

E os coletivos locais que precisarem de grana, apresentem ai o Projeto (objetivos+orçamentos) que ajudamos a arrecadar!

Claro que não vamos deixar a Marcha na mão. Tem sub forum sobre a organizacao dos bondes do GR para irem nas Marcha, legal pra caralho.

ACho melhor trancar o topico. Fiquemos com os outros que podem ajudar muito mais.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

E esse Coletivos vão decorar a Marcha com os panfletos?

Vão fazer cartazes no dia com os panfletos?

Te respeito, cara! E uma divergência não vai mudar isso!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu discordo do trancamento do tópico.

Tanta coisa importante vindo à baila, tem mais é que ficarmos aqui trocando conversa, ponto de vista, opinião, sugestão, contação de história, o que for, menos trocação de ofença e baixo calão mode on.

Eu não acho que seja tão importante assim uma arrecação nacional para um panfleto.

Digo o por que: Divulgue-se e compartilhe-se os panfletos em pdf.

Os organizadores das marchas locais que se manifestem, se têm interesse ou não em uma impressão única, feita no RJ, ou em SP, sei lá, com custo menor (mais quantidade melhor preço) para impressão, mas com custo para envio (correio?).

Ou se têm interesse em uma impressão local (menor quantidade preço maior) só que sem o custo do envio.

É tão difícil assim percebermos que existem alternativas à uma arrecadação única?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

PPerverso, dá uma olhada nesse prospecto da General Cannabis e compara com o `SOS Marcha da Maconha`:

http://www.otcmarkets.com/edgar/GetFilingHtml?FilingID=7765473

"Para acabar a guerra aos pobres, basta os pobres plantarem maconha e terem voz política"

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu acho legal continuarem as discussões sim, lembrando que estamos todos, sem exceção, do mesmo lado. Vamos esquecer o problema da arrecadação da grana, o GR não acha necessária nem uma quantidade mínima de panfletos?

Por exemplo, concordo com a defesa que os membros fizeram do ponto de vista abraçado pelo GR, mas isso não quer dizer que um panfleto não seja importante, vamos reconhecer que se eles não são fundamentais pra realização das marchas de determinadas cidades no mínimo eles facilitam muito a articulação dos maconheiros. Po ano passado eu apresentei a marcha pra uma galera do interior que nem cogitava a idéia, através dos panfletos. Quem não da um rolé no litoral e não ta na comunidade cannábica virtual, sem os panfletos, só tem a chance de ficar sabendo da marcha no boca a boca.

O avião com a faixa substitui os panfletos no RJ? Acho que não, acredito que as coisas se complementem em vez de se exluírem. E se o cinco rodar os panfletos, ninguém vai fazer propaganda ? Sei la galera, essa treta que rola a tempos pode estar prejudicando a marcha agora que a hora se aproxima. Eu quero ver o avião fazer 420 voos na orla mas tb quero ver a galera chamando as pessoas nas ruas, como sempre rolou.

Não sei se aqui é o canal mas não existe a possibilidade de ser criada uma arte para o flyer em conjunto, dois tipos de arte, ou ainda frente marcha, verso GR, nao sei qualquer coisa que consiga conciliar as demandas dos vários coletivos. Se o GR é importante pra realização da Marcha a ponto dessa conversa estar rolando, vamos fazer um panfleto do GR chamando pra marcha então. Assim como o GR promoveu com sucesso a campanha dos adesivos, não seria difícil mobilizar o fórum pra campanha dos panfletos, não é verdade?!

Penso que pra quem vai ler, não interessa a origem do panfleto, e sim a mensagem convocando pra marcha.

Vamos parar de dar murro em ponta de faca, vamos buscar soluções, o amigo carlindo explanou bem sobre isso no começo.

Dois panfletos, é genial minha solução ? ou não?

O pessoal que rodou as cartilhas do GR poderia nos dar o orçamento da época, lembro que era um preço acessível e o material era top.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concordo com um panfleto do GR, desde que a tiragem e a distribuição sejam racionalizadas!

E quem quiser Cartilha, só falar quantas que eu envio! Já mandei pra Curitiba e pra Piracicaba!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

afinal, o planfeto tinha alguma propaganda política, de algum partido ou candidato, mesmo que sutil? Alguém teria ai o planfeto para postar?

vlw

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Falou tudo vermezão, concordo em todos os itens. Manda o nº da tua conta que vou depositar uma grana pra tu organizar a marcha do Boris, eu e o israel. :party0023::Pothead:

Grande Boris, xacumigo que eu organzo uma Marcha sinistrona!

Se liga na baladeeenha que rolo aq no ap sabadao passado! hahaahahaahahhahahahahaha

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O panfleto não vai ter nenhuma propaganda de nehum politico..envolvido ou não com a Marcha.

Acho que essa não é a questão..

Pelo que eu entendo as discordancias com o panfleto são:

A logistica (principalmente a quantidade), com o conteudo que apesar de ser bom não contempla questões importantes como o cultivo e com a prioridade da verba arrecadada no Rio...Se ela deveria ser investida em questões locais, ou se a maior parte do dinheiro deveria ser investido na produção de milhares de flyers para todo o pais...

Eu acho que o mais critico é que não se chega a nada em comum,como são muitos os panfletos eles poderiam ao menos ser menores, para sobrar mais grana pra infra do dia aqui, mas a ideia é dessa vez fazer um grande panfleto! o Maior já feito! (tome papel e plástico, pq a tinta é plastica)

A Marcha tem que ir para outro patamar, tem que acontecer um show no dia...com palco,apresentaçoes artisticas e culturais...

Isso sim vai levantar a Marcha, vai deixar ela mais parecida com as do Chile, Argentina e as outras europeias que são um grande festival...

Enquanto tivermos como prioridade para nossa verba fomentar a organização de outros grupos(que é algo importante mas não precisa mais ser prioridade) vamos crescer num determinado sentido....mas vamos perder muito em outro...

O que faz as pessoas quererem organizar a Marcha em suas cidade é justamente o sucesso que ela faz, por ser algo original...Não podemos cair na mesmisse, a cada ano temos que mostrar que crescemos...mais do mesmo não adianta...

Muitos coletivos estão organizados no país, muitos grupos se formaram em torno da distrubuição destes panfletos, eles tem seu valor, e garanto que ninguem está querendo que eles deixem de existir...

Esses grupos podem perfeitamente tocar essa produção sem nenhuma dependencia do Rio...

Seria muito legal ver isso acontecer!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O texto e a arte do panfleto. O texto foi escrito pelo Gerardo e modificado pela lista nacional da Marcha. A arte acabou de ser postada na lista nacional e deve sofrer algumas correções.

Arte: http://www.growroom.net/board/index.php?app=gallery&module=images&img=108322

Texto:

"A lei serve para manter a paz social e prevenir a violência e a opressão.

Diz-se que uma lei é socialmente adequada quando atinge esse objetivo. No

entanto, para que isso aconteça ela não pode estar em confronto aberto com a

realidade. Quando a lei colide com a vida real o seu resultado é o oposto do

que se deseja, como acontece no caso da proibição da maconha.

Após décadas de “guerra às drogas”, bilhões gastos, incontáveis mortes, a

superlotação das prisões e o apodrecimento das corporações policiais pela

corrupção, é mais do que hora de rever essa política criminal fracassada. A

começar pela legalização da maconha, de longe a substância ilegal mais usada

no mundo e menos lesiva que drogas legalizadas como tabaco e álcool.

A regulamentação do cultivo para consumo próprio, do comércio e do seu

uso medicinal tiraria das mãos do crime organizado noventa por cento

de seus

clientes, que usam apenas a erva, diminuindo assim drasticamente o mercado

ilegal das drogas proibidas.

O dinheiro gasto na repressão seria mais bem

empregado na prevenção e no tratamento de quem necessitasse. Mais saúde e

educação, menos “caveirão”.

Para defender essa proposta, todo ano é realizada a Marcha da Maconha, em

centenas de cidades pelo mundo. No Brasil, onde a violência e a corrupção

causadas pela proibição se fazem sentir de forma tão intensa, não podemos

ficar fora dessa luta. Na prática, legalizar a maconha significa salvar

vidas."

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Beleza cinco, eu não faço parte de lista, mas que fizer pode passar essa mensagem a eles. É imperativo que se cite o uso industrtial da canabis fora do contexto farmacológico, colocar em evidência seus inúmeros usos não psicotrópicos, pois alé de sair da ditocomia maconheiro vs careta, isso mostra o que o grande potencial economico da cannabis não esta só na droga e sim nos inúmeros produtos que se pode fazer apartir dela. Isso também vai mostrar que não somos apenas um bando de maconheiros querendo ficar doidões e evidência ainda mais o absurdo da lei.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Achei o material "bunitinho" -_- com os bonequinhos estilo playmobil e tal. Minha irmã mais nova iria adorar.

Ficou bastante infantilóide, a mim parece que é material voltado para crianças, e não adultos, tenho receio que isso possa servir para fomentar uma matéria da imprensa marrom justamente alertando sobre esse "detalhe".

No mais, acho que a designer, flavinha mattos tem sim o seu talento, já reconhecido pelo PSOL inclusive: http://flavinhamattos.carbonmade.com/projects/2849349#3

Quanto ao conteúdo em si eu vou tecer algumas considerações:

"Apresentação:

Quando pensamos em divulgar um evento polêmico, é preciso analisar diferentes fatores para o conteúdo da comunicação.

No específico caso da Marcha da Maconha, o debate ainda é cercado de mitos, desconfiança e rompimento dos valores conservadores sociais.

Muitas são as barreiras que ainda encontramos até mesmo com usuários, público-alvo do panfleto agora apresentado.

Entretanto, devemos considerar que essa peça circulará para além desse público.

O panfleto terá circulação livre na sociedade e precisa ter uma abordagem simples e pedagócica (sic). Os argumentos devem ser explícitos, fortes e convincentes, para evitarmos polêmicas e distorções de opiniões contrárias, mesmo sabendo que elas existirão. A comunicação deve ajudar nesse debate."

"Objetivos e soluções gráficas:

Assim sendo, o conteúdo da comunicação desta peça levou em consideração as principais questões:

- Politizar cada vez mais o público alvo (usuários e simpatizantes);

- Dialogar com a sociedade em geral;

- Explicitar os principais argumentos do debate da legalização de forma simples e pedagógica;

Para atingir esses objetivos, a comunicação visual foi solucionada da seguinte forma:

- Utilização de personagens estilizados, com identificação no público-alvo (roupas, estilos, cores);

- Símbolos que facilitam a comunicação e sintetizam a mensagem do texto, fazendo a mensagem total ser rapidamente absorvida por cognição;

- Cores predominantemente em tons naturais, como tons de verde e marrons;

- Fundo de papel de fibra natural;"

Eu não gostei de muitas coisas nesse panfleto.

A começar por, de acordo com a apresentação do mesmo, ser idealizado para um público-alvo de usuários e simpatizantes.

Acredito que ele deveria ser voltado à toda a sociedade, para que sua leitura possa ser interessante não apenas à quem interessa ter a maconha legalizada, ou seja, nós usuários (né Cinco), mas também àqueles que ainda não abandonaram o paradigma atual de guerra às drogas.

Para que a comunicação sirva para auxiliar a levar a mensagem sem riscos dela ser malinterpretada, então o design dos ditos personagens estilizados deveria ser outro, já que bonecos de playmobil vão comunicar muito mais instantaneamente as crianças, ou os adultos infantilóides.

Quanto ao objetivo de politizar o público-alvo, só de ouvir isso me dói as orelhas e me dá três tipos de medo. A designer do PSOL falando em politizar o público-alvo... hummm sei :segredinho:

Acho que essa discussão deve ser travada no plano político sim, mas a marcha é uma manifestação de cidadãos, e nela deve prevalecer um tom político apartidário. APARTIDÁRIO!

E quanto ao conteúdo em si, não li uma linha sequer sobre os potenciais medicinais e industriais da cannabis, além de utilizar de argumentos falaciosos quando diz que a legalização da maconha diminuiria 90% da clientela do tráfico, gostaria de saber a fonte dessa afirmativa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como ativista que colaborou ativamente no desenvolvimento da identidade visual da Marcha (por 3 anos), tenho a acrescentar que o flyer fugiu completamente a padronagem básica de fonte (Sansa) e palheta de cores que costuma ser usada para as peças da Marcha...

De fato parece haver um erro no foco e abordagem em relação ao público alvo.

Mas na minha opinião o erro mais grave está no fato de o leitor do "flyer gigante" ter que passar por todo o texto para somente no fim de tudo se deparar com as informações básicas como o dia e o local das manifestações...Essas informações deveriam ser colocadas de forma mais inteligente para serem melhor assimiladas pelo público.

Enquanto flyer de divulgação está extenso e massivo, a parte que trata do cultivo é limitada não explorando o assunto em sua profundidade...

Ficou um folheto ativista(incompleto), não um flyer de divulgação...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É um panfleto praticamente eleitoral...

Faltou cancha pra quem tentou levar o negócio sozinho e centralizou eu suas mãos o movimento!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olha sem desmerecer a rapazeada que fez a funcao nessas cidades mas pra mim fazer marchas em Campinas, Atibaia e Jundiai enquanto a Marcha de Sao Paulo (capital) nao consegue juntar 500 pessoas eh um contra-senso gigantesco...esses lugares ficam a menos de 1 hora da Capital....Isso tinha que ser unificado gente...pelamor...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

vou dar meu pitaco

acho que a marcha deveria ser uma ANUAL, NACIONAL e em UMA CIDADE, preferencialmente uma cidade grande (Rio, São Paulo...)

seria muito mais facil passar na Globo, no CQC, ser capa de algum jornal de circulação nacional e muito mais facil de junta grana pra realmente fazer zuada...

daí quem conseguisse mobilizar uma galera a nivel local faria um evento local...

pra onde manda dinheiro pro avião??? :rolleyes:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olha sem desmerecer a rapazeada que fez a funcao nessas cidades mas pra mim fazer marchas em Campinas, Atibaia e Jundiai enquanto a Marcha de Sao Paulo (capital) nao consegue juntar 500 pessoas eh um contra-senso gigantesco...esses lugares ficam a menos de 1 hora da Capital....Isso tinha que ser unificado gente...pelamor...

vou dar meu pitaco

acho que a marcha deveria ser uma ANUAL, NACIONAL e em UMA CIDADE, preferencialmente uma cidade grande (Rio, São Paulo...)

seria muito mais facil passar na Globo, no CQC, ser capa de algum jornal de circulação nacional e muito mais facil de junta grana pra realmente fazer zuada...

daí quem conseguisse mobilizar uma galera a nivel local faria um evento local...

pra onde manda dinheiro pro avião??? :rolleyes:

Acho que é preciso reforçar que a Marcha da Maconha não tem coordenação nacional, não tem direção e não tem ninguém que possa dizer o que vai ou não acontecer.

A unica forma de tomar rumo é estar perto, construir as Marchas, ir nas reuniões, participar e influenciar pra que as coisas aconteçam... mas é processo. Solução miraculosa num vai ter!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pode naum ter uma direção explicita, mas tem (pelo menos aqui no GR) alguns nomes de grande influencia que seriam capazes de polarizar mais força para um evento, ou para o evento.

Acho que é preciso reforçar que a Marcha da Maconha não tem coordenação nacional, não tem direção e não tem ninguém que possa dizer o que vai ou não acontecer.

A unica forma de tomar rumo é estar perto, construir as Marchas, ir nas reuniões, participar e influenciar pra que as coisas aconteçam... mas é processo. Solução miraculosa num vai ter!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sim... isso eu acho um caminho massa. As coisas se influenciarem e dialogarem, mas não podemos esquecer essa premissa - a coisa é incontrolável.

Por mais que a gente concorde que seja legal as cidades se concentrarem, existe uma penca de coisa no meio que só rolando uma aproximação inicial pra debater. Saca?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se é perto, tenta ir nas duas!

To amarradão q vai ter Marcha esse ano em Niterói! Conheço uma galera lá, e vou convocar geral pra sair do armário!

Do lado do Rio, e mais uma Marcha pra curtir!

Acho que todos que estão indignados com o proibicionismo querem uma Marcha em sua cidade!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Processando...

×
×
  • Criar Novo...